O Que é Um Roteiro

44,248
-1

Published on

3 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
44,248
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
831
Comments
3
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Que é Um Roteiro

  1. 1. O que é um Roteiro ?
  2. 2. Introdução <ul><li>Ninguém ensina ninguém a escrever. Nem roteiros, nem textos para Internet, nem literatura, nem nada que exija criatividade e talento. O primeiro passo para quem quer escrever, seja lá o que for, é certificar-se de que leva algum jeito pra isso. Para escrever é preciso gostar das palavras. Se o candidato a escritor não for um gênio, pode superar as dificuldades com esforço e determinação. Mas se faltar talento e criatividade, aí não tem remédio! </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Depois da descoberta do talento surgem as primeiras dúvidas: O Que , Como e Onde escrever. O Que escrever? Roteiros? Textos para a Internet? Ou Literatura? </li></ul><ul><li>Como escrever um roteiro para Teatro, para Cinema ou para Televisão? Um texto para a Web? Ou uma Crônica, um Conto, uma Poesia? </li></ul><ul><li>Antes de começar a aprender, é preciso conhecer formatos, veículos e eleger um foco. </li></ul>
  4. 4. Definições de Roteiro <ul><li>&quot;O Roteiro é a forma escrita de qualquer audiovisual. É uma forma literária efêmera, pois só existe durante o tempo que leva para ser convertido em um produto audiovisual. No entanto, sem material escrito não se pode dizer nada, por isso um bom roteiro não é garantia de um bom filme, mas sem um roteiro não existe um bom filme&quot;. (Doc Comparato) </li></ul>
  5. 5. <ul><li>&quot;Roteiro é uma peça literária na qual o autor só tem um recurso: a descrição. E ela precisa ser compreendida por toda a equipe de produção. Pra todo mundo entender, não pode haver metáforas. Portanto, o bom roteirista não é necessariamente um bom escritor, mas aquele que sabe traduzir, com racionalidade e clareza, o seu pensamento visual&quot;. (Fernando Bonassi) </li></ul>
  6. 6. <ul><li>&quot;Roteiro é uma história contada em imagens, diálogo e descrição, dentro do contexto de uma estrutura dramática&quot;. (Syd Field). </li></ul>
  7. 7. Os primeiros passos para escrever um Roteiro
  8. 8. 1º - Desenvolver uma Idéia <ul><li>Todo roteiro – assim como toda obra literária e toda obra de arte – começa sempre a partir de uma Idéia . Idéias valem ouro! A criatividade pode ser alimentada pela observação e interpretação da realidade, muita leitura, pesquisa, vivências do autor, brainstorms com amigos e parceiros, etc. </li></ul>
  9. 9. 2º- Determinar uma Story Line <ul><li>Definir o Conflito (O que). Traduzir a Idéia em um Conflito essencial e condensar este Conflito em palavras. O Conflito é a matéria prima da dramaturgia e pode confrontar diversas forças. Por exemplo: O ser humano contra outros seres humanos, o ser humano contra as forças da natureza, o ser humano contra ele mesmo, etc. Todo o bom roteiro tem um conflito essencial e pode ser resumido em uma única frase. </li></ul>
  10. 10. 3º - Criar uma Sinopse (ou Argumento) <ul><li>Definir os Personagens (Quem). Determinar quem viverá o Conflito básico e definir o Perfil dos Personagens. Uma ferramenta interessante para a criação dos personagens consistentes é criar uma ficha, contendo informações diversas sobre cada um deles, como por exemplo, seus dados, seus hábitos e costumes, religião, situação financeira, dados biográficos, perfil psicológico, crenças religiosas, filosóficas, etc. Além dos personagens, a Sinopse deve definir a localização da ação, em que época ela acontece e descrever o percurso da Ação Dramática . </li></ul>
  11. 11. 4º - Elaborar uma Estrutura (ou Escaleta) <ul><li>Organizar uma Ação Dramática (Como) definindo de que maneira os personagens viverão o Conflito , ou seja, de que forma a história será contada. Para isso é importante definir o Plot da ação, ou seja, a parte central da Ação Dramática, a espinha dorsal do roteiro. A Estrutura é a divisão da Sinopse em partes e a forma, ou seja, como a trama vai evoluir até o desfecho. </li></ul>
  12. 12. 5º - Elaborar o Pré-Roteiro (ou Roteiro Literário) <ul><li>Incluir os Diálogos (falas ou locução) que são o fator determinante do Tempo Dramático das cenas ou seqüências. Definir as palavras que serão usadas pelos personagens que viverão o Conflito. As Rubricas (ou indicações) devem acompanhar as falas descrevendo o estado de ânimo ou atitudes das personagens para orientar o diretor e os atores com relação ao clima de cada fala e de cada cena. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>No pré-roteiro, a narrativa, que até aqui é vista como um todo, será dividida em cenas, ou seqüências. Cada cena deve estar integrada ao todo e o desenrolar das cenas deve ter um Ritmo que resulte num tempo ideal. A harmonia do Ritmo determinará a harmonia do conjunto da obra. </li></ul>
  14. 14. 6º - Participar do Roteiro Final (ou Roteiro Técnico) <ul><li>Manejar as cenas e criar uma Unidade Dramática para o audiovisual. O roteiro final é um trabalho de equipe que requer a interação do roteirista com o diretor, a equipe de produção e até com o elenco. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>É hora de corrigir imperfeições e trabalhar as imagens mais a fundo, incluindo os Movimentos de Câmera e Planos de Filmagem. Aqui também serão incluídos a Iluminação, a Trilha Sonora, o Elenco e outros detalhes de produção. Ao final deste trabalho o roteiro deve estar pronto para ser gravado </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Doc Comparato acredita que &quot; Compete ao diretor e à sua equipe, converter o roteiro literário em roteiro técnico... Elaborar o roteiro final significa converter o Primeiro Roteiro – um texto – em uma ferramenta de trabalho que será entregue à equipe de produção para ser traduzida em imagens e sons &quot;. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Escrever uma história narrando os fatos de uma forma simples e coloquial com o tema: </li></ul><ul><li>“ Quem é você” </li></ul>

×