Trecho do “Pequeno príncipe” de <br />Antoine de Saint - ExupérY<br />O Pequeno Príncipe e a raposa <br />Isabel Vivas De ...
- Bom dia, disse a raposa.<br />-Bom dia, respondeu polidamente o principezinho, que se<br /> voltou, mas não viu nada.<br...
sou uma raposa - disse a raposa.
 Anda brincar comigo - pediu-lhe o principezinho. -  Estou tão triste…</li></ul>22-01-2011<br />
<ul><li>Os homens, disse a raposa, têm fuzis e caçam. É bem incómodo! Criam galinhas também.
É a única coisa interessante que eles fazem. Tu procuras galinhas?
- não, disse o principezinho. Eu procuro amigos. Que quer disser “ cativar”?
É uma coisa muito esquecida, disse a raposa.
Significa” criar laços…”
 Criar laços ?</li></ul>22-01-2011<br />
<ul><li>Exactamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto  inteiramente igual  a cem mil outros garoto...
<ul><li>Minha vida é monótona, disse a raposa. Mas se tu me cativas,</li></ul> minha vida será como que cheia de sol. E de...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Principezinho

1,238
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,238
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Principezinho

  1. 1. Trecho do “Pequeno príncipe” de <br />Antoine de Saint - ExupérY<br />O Pequeno Príncipe e a raposa <br />Isabel Vivas De Castro<br />22-01-2011<br />
  2. 2. - Bom dia, disse a raposa.<br />-Bom dia, respondeu polidamente o principezinho, que se<br /> voltou, mas não viu nada.<br />- Eu estou aqui disse a voz, debaixo da macieira… <br /><ul><li>Quem és tu? Perguntou o principezinho.
  3. 3. sou uma raposa - disse a raposa.
  4. 4. Anda brincar comigo - pediu-lhe o principezinho. - Estou tão triste…</li></ul>22-01-2011<br />
  5. 5. <ul><li>Os homens, disse a raposa, têm fuzis e caçam. É bem incómodo! Criam galinhas também.
  6. 6. É a única coisa interessante que eles fazem. Tu procuras galinhas?
  7. 7. - não, disse o principezinho. Eu procuro amigos. Que quer disser “ cativar”?
  8. 8. É uma coisa muito esquecida, disse a raposa.
  9. 9. Significa” criar laços…”
  10. 10. Criar laços ?</li></ul>22-01-2011<br />
  11. 11. <ul><li>Exactamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não posso a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas… </li></ul>Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidades um do outro. Será para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo… <br />22-01-2011<br />
  12. 12. <ul><li>Minha vida é monótona, disse a raposa. Mas se tu me cativas,</li></ul> minha vida será como que cheia de sol. E depois olha!<br /> Vês, lá longe, os campos de trigo? <br />Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. <br />Mas tu tens cabelos cor de ouro,<br />Entãoserá maravilhoso quando me tiveres cativado. O trigo, que é dourado, fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo…<br />22-01-2011<br />
  13. 13. <ul><li>Por favor… cativa-me! Disse a raposa.
  14. 14. Bem quisera, disse o principezinho, mas eu não tenho tempo.</li></ul>Tenho amigos a descobrir e muitas coisas a conhecer.<br />_ A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma, <br />Compram tudo prontinho nas lojas. <br />Mas como não existem lojas de amigos,<br /> os homens não têm mais amigos. <br />Se tu queres um amigo, cativa-me!<br /><ul><li>O que é preciso fazer?</li></ul>Perguntou o principezinho. <br />22-01-2011<br />
  15. 15. <ul><li>É preciso ser paciente, respondeu a raposa. Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendido. Mas, cada dia, te sentará mais perto…</li></ul>No dia seguinte, o principezinho voltou.<br />22-01-2011<br />
  16. 16. - Teria sido melhor voltares à mesma hora, disse a raposa. <br />Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração… <br />Assim o principezinho cativou a raposa.<br />Mas, quando chegou a hora da partida, a raposa disse:<br />- Ah! Eu vou chorar. <br />22-01-2011<br />
  17. 17. <ul><li>A culpa é tua, disse o principezinho, eu não te queria fazer mas tu quisestes que eu te cativasse…
  18. 18. Quis, disse a raposa.
  19. 19. Mas tu vais chorar! disse o principezinho. </li></ul>- vou, disse a raposa.<br />- Então, não sais lucrando nada!<br />- Eu lucro, disse a raposa, por causa da cor do trigo.<br />22-01-2011<br />
  20. 20. <ul><li>Adeus, disse o principezinho…
  21. 21. Adeus, disse a raposa. Vou te fazer presente de um segredo.
  22. 22. É muito simples: só se vê bem com o coração.</li></ul>O essencial é invisível para os olhos.<br /><ul><li>O essencial é invisível para os olho,</li></ul> repetiu o principezinho, a fim de se<br /> lembrar<br />22-01-2011<br />
  23. 23. <ul><li>Os homens esqueceram essa verdade, disse a raposa. Mas tu</li></ul> não a deves esquecer.<br />Tu te tornas eternamente<br /> responsável por aquilo que cativas. <br />Antoine de <br />Saint- Exupéry<br />22-01-2011<br />
  24. 24. Conheça, participe e divulgue o blogEm cada lugar uma ideiahttp//emcadalugarumaideia.blogspot.com<br />Não se esqueça de ficar seguidor do blog e deixar seus comentáriosnos textos e vídeos e apresentações do blog<br />Em cada lugar uma ideia<br />22-01-2011<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×