Política Nacional de Humanização – origens, sentidos, método, princípios e diretrizes Dário Frederico  Pasche Coordenador ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>PNH:  POLÍTI...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>MOVIMENTO DE...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  SENTIDO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO w...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  SENTIDO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO w...
<ul><li>Inseparabilidade entre atenção e gestão </li></ul>PRINCÍPIOS  da PNH Política Nacional de Humanização  Secretaria ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>MÉTODO  </li...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>COLETIVOS e ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>PERTURBAÇÃO ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] DIRETRIZES  ORIENTAÇ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>Acolhimento ...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>Clínica ampl...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] Diretrizes estabelec...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>GRUPO DE TRA...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] <ul><li>EQUIPE DE RE...
<ul><li>A PNH é uma oferta para o enfrentamento de problemas do SUS, gerando soluções coletivas, reafirmando os princípios...
www.saude.gov.br/bvs/humanizacao  www.saude.gov.br/humanizasus  www.saude.gov.br/sas  [email_address] redehumanizasus.net ...
<ul><li>2º SEMINÁRIO NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO  BRASÍLIA 05, 06 E 07 DE AGOSTO/2009 </li></ul><ul><li>PÚBLICO: 1,2 mil pesso...
<ul><li>Ministério da Saúde  [email_address]   </li></ul><ul><li>Portal do  Ministério da Saúde  www.saude.gov.br/humaniza...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

A Política Nacional de Humanização e a Mudança de Paradigma na Humanização

31,060
-1

Published on

Palestra realizada por Dr. Dário Frederico Pache no dia 10 de julho de 2009, às 9hrs, no Grande Auditório

Published in: Health & Medicine
2 Comments
30 Likes
Statistics
Notes
  • Precisamos de mudanças rápidas no sentido de humanizar os serviços de saúde. Modificar a acessibilidade e equidade, falha do sistema SUS, nos âmbitos hospitalares.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Acredito na PNH do SUS. Muito boa a apresentação!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
31,060
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
30
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Política Nacional de Humanização e a Mudança de Paradigma na Humanização

  1. 1. Política Nacional de Humanização – origens, sentidos, método, princípios e diretrizes Dário Frederico Pasche Coordenador da Política Nacional de Humanização do SUS/MS São Paulo, 10 de julho de 2009
  2. 2. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>PNH: POLÍTICA DO SUS </li></ul><ul><li>PNH é uma produção do SUS - emerge da experimentação/avaliação da política pública de saúde </li></ul><ul><li>No curso de duas décadas o SUS enfrentou desafios, superando-os </li></ul><ul><li>Ao mesmo tempo, nossa experiência “susista” produziu uma agenda político-sanitária cujo enfrentamento é condição para a ampliação da sustentação política e social do próprio SUS. </li></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  3. 3. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul><li>A PNH reconhece que há um SUS que dá certo , mas que existem desafios e problemas na política pública, nos modos de gerir e de cuidar e que é necessário superá-los </li></ul></ul><ul><ul><li>Anunciá-lo como afirmação de horizonte utópico de que é possível produzir mudanças nas práticas de gestão e de atenção – movimento ativo de produção de reencantamento dos trabalhadores e da sociedade em geral pelo SUS, pela política pública solidária, inclusiva e de qualidade </li></ul></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  4. 4. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>MOVIMENTO DE CRIAÇÃO DO SUS </li></ul><ul><li>Contexto de luta contra o autoritarismo </li></ul><ul><li>Centripetismo, forças de exclusão </li></ul><ul><li>Na saúde: hospitalocentrismo, modelo médico-centrado </li></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  5. 5. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul><li>SUS , em princípios e diretrizes, indicam o que deve ser, como deve ser a saúde no Brasil: para todos, integral, descentralizada e com participação cidadã, </li></ul></ul><ul><ul><li>A questão que nos desafio: é como – como fazer para que este SUS da estabilidade da Lei seja transformado como prática social </li></ul></ul><ul><ul><li>Assim, está posta uma questão de método </li></ul></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  6. 6. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><ul><li>A PNH toma esta questão de método como um problema ético-político, apresentando-se como uma “política com princípios metodológicos” </li></ul></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  7. 7. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li>11ª CNS – 2000 </li></ul><ul><li>Desafio de humanizar o SUS </li></ul><ul><li>Mas o que seria humanizar o SUS? </li></ul><ul><li>Humanizar, como orientação para o SUS, considerando quais críticas e de quem? </li></ul>EMERGÊNCIA DO TEMA DA HUMANIZAÇÃO NO SUS
  8. 8. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li>HUMANIZAÇÃO NA PERSPECTIVA DO TRABALHADOR </li></ul><ul><li>Avaliação positiva do SUS, mas: </li></ul><ul><li>Condições concretas de trabalho - planos de carreira, salários, acesso a tecnologias, etc </li></ul><ul><li>Gestão do trabalho: ainda pouco participativas (democracia nas relações) </li></ul>EMERGÊNCIA DO TEMA DA HUMANIZAÇÃO NO SUS
  9. 9. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas www.saude.gov.br/humanizasus <ul><li>HUMANIZAÇÃO NA PERSPERCTIVA DOS CIDADÃOS </li></ul><ul><li>Avaliação positiva do SUS </li></ul><ul><ul><li>Direito, garantia de acesso, universalidade, eqüidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Saúde como um valor da sociedade brasileira </li></ul></ul><ul><li>Responsabilidade sanitária: quem cuida de quem? </li></ul><ul><ul><li>Quem me cuida? </li></ul></ul><ul><ul><li>Com quem eu conto quando eu ou minha família necessita? </li></ul></ul><ul><li>Continuidade dos tratamentos/do cuidado </li></ul><ul><ul><li>Como garantir seguimento dos cuidados entre níveis de atenção? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como articular/fazer comunicação entre diferentes serviços? </li></ul></ul>EMERGÊNCIA DO TEMA DA HUMANIZAÇÃO NO SUS
  10. 10. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas SENTIDO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO www.saude.gov.br/bvs/humanização HUMINIZAÇÃO NO SUS LIDAR – MEXER - ALTERAR FORÇAS QUE PRODUZEM ESTES PROBLEMAS
  11. 11. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas SENTIDO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO www.saude.gov.br/bvs/humanização NÃO SE TRATA, PORTANTO DE HUMANIZAR O HUMANO, MAS ENFRENTAR E LIDAR COM RELAÇÕES DE PODER, TRABALHO E AFETO PRODUTORAS DE PRÁTICAS DESUMANIZADAS
  12. 12. <ul><li>Inseparabilidade entre atenção e gestão </li></ul>PRINCÍPIOS da PNH Política Nacional de Humanização Secretaria de Atenção à Saúde Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>As técnicas e a clínica são influenciadas de forma decisiva pelos modos de gestão, pelas definições sobre a organização do trabalho, pelo conjunto de marcações que acabam por definir os meios e processos com os quais o trabalho compõe, interage e depende </li></ul><ul><li>Transversalidade – comunicação/contato </li></ul><ul><li>Pôr em contato para produção do comum </li></ul><ul><li>Deslocamentos identitários </li></ul><ul><li>Protagonismo dos sujeitos </li></ul><ul><li>Produção de sujeitos, de grupos sujeitos </li></ul><ul><li>Ampliação da vontade e capacidade de fazer </li></ul>
  13. 13. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>MÉTODO </li></ul><ul><li>TRÍPLICE INCLUSÃO </li></ul><ul><li>DIFERENTES SUJEITOS – ESPAÇOS COLETIVOS </li></ul><ul><li>RODAS </li></ul>POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  14. 14. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>COLETIVOS e MOVIMENTOS </li></ul><ul><li>SOCIAIS </li></ul><ul><li>FOMENTO DE REDES </li></ul><ul><li>MOVIMENTOS </li></ul>MÉTODO – TRÍPLICE INCLUSÃO
  15. 15. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>PERTURBAÇÃO QUE AS INCLUSÕES PRODUZEM </li></ul><ul><li>GESTÃO DE CONFLITOS </li></ul>MÉTODO – TRÍPLICE INCLUSÃO
  16. 16. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] DIRETRIZES ORIENTAÇÕES ÉTICO-POLÍTICAS P OLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
  17. 17. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>Acolhimento </li></ul><ul><li>Co-gestão – gestão democrática </li></ul>DIRETRIZES - ORIENTAÇÕES ÉTICO-POLÍTICAS
  18. 18. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>Clínica ampliada </li></ul><ul><li>Valorização do trabalho e do trabalhador </li></ul><ul><li>Defesa dos direitos dos usuários </li></ul>DIRETRIZES - ORIENTAÇÕES ÉTICO-POLÍTICAS
  19. 19. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] Diretrizes estabelecem rumos para criação/experimentação de dispositivos DISPOSITIVOS Arranjos de trabalho que alterem a dinâmica da organização do trabalho Construção de novas realidade institucionais, de novos modos de gerir e cuidar
  20. 20. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO (GTH) </li></ul><ul><li>CÂMARA TÉCNICA DE HUMANIZAÇÃO (CTH) </li></ul><ul><li>COLEGIADO GESTOR (sistemas e serviços de saúde) </li></ul><ul><li>CONTRATOS DE GESTÃO </li></ul><ul><li>OUVIDORIA </li></ul><ul><li>VISITA ABERTA - DIREITO À ACOMPANHANTE </li></ul><ul><li>PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM SAÚDE DO TRABALHADOR (PFST) E COMUNIDADE AMPLIADA DE PESQUISA (CAP) </li></ul>DISPOSITIVOS
  21. 21. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] <ul><li>EQUIPE DE REFERÊNCIA </li></ul><ul><li>APOIO MATRICIAL </li></ul><ul><li>PROJETOS CO-GERIDOS DE AMBIÊNCIA </li></ul><ul><li>ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO </li></ul><ul><li>PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR (PTS) E PROJETO DE SAÚDE COLETIVA </li></ul>DISPOSITIVOS
  22. 22. <ul><li>A PNH é uma oferta para o enfrentamento de problemas do SUS, gerando soluções coletivas, reafirmando os princípios do SUS como inalienáveis, como incontornáveis . </li></ul><ul><li>Humanizar a saúde é, pois, construir relações mais afirmativas dos valores que orientam nossa política pública de saúde, como a solidariedade, a equidade, a justiça social . </li></ul>Política Nacional de Humanização Secretaria de Atenção à Saúde Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address]
  23. 23. www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] redehumanizasus.net Mais de 4 mil participantes de todo o Brasil
  24. 24. <ul><li>2º SEMINÁRIO NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO BRASÍLIA 05, 06 E 07 DE AGOSTO/2009 </li></ul><ul><li>PÚBLICO: 1,2 mil pessoas - trabalhadores, gestores, usuários, pesquisadores, alunos etc. – 3,2 mil inscritos!!! </li></ul><ul><li>Inscrições a partir de abril – site www.saude.gov.br/humanizasus </li></ul>www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address]
  25. 25. <ul><li>Ministério da Saúde [email_address] </li></ul><ul><li>Portal do Ministério da Saúde www.saude.gov.br/humanizasus </li></ul><ul><li>Página web Rede HumanizaSUS www.redehumanizasus.net </li></ul><ul><li>Biblioteca Virtual em Saúde www.saude.gov.br/bvs/humanizacao </li></ul>www.saude.gov.br/bvs/humanizacao www.saude.gov.br/humanizasus www.saude.gov.br/sas [email_address] Fale conosco

×