• Like

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Cidadania20

  • 422 views
Uploaded on

Cidadania 2.0 - A visão de um informático... e como convencer um leigo de que isto pode ser uma boa ideia

Cidadania 2.0 - A visão de um informático... e como convencer um leigo de que isto pode ser uma boa ideia

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
422
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Cidadania 2.0 A visão de um informático E como convencer um leigo de que isto pode ser uma boa ideia
  • 2. Conclusões destas experiências • Onde está a informação? • Em que formato está? • Que ferramentas temos para as visualizar
  • 3. machine-readable machine-processable data
  • 4. Porque é importante?
  • 5. "a informação devia ser um bem público e devia estar acessível a toda a gente" Vitor Bento (economista)
  • 6. "um dos problemas que nós temos é que a assimetria de informação em Portugal é enorme" Vitor Bento (economista)
  • 7. (…) uma das grandes diferenças para os países nórdicos (muitas vezes apontados como modelos) o facto de eles acentarem a construção da sociedade num principio básico que é a confiança, "em Portugal é o contrário(…) “ Raul Moreira Vidal (FEUP)
  • 8. • porque se a informação é pública... então deve ser pública... • Em 2010 isso quer dizer que é completa, actualizada, atempada, acessível, referenciável, não proprietária, license-free, machine-readable e processable
  • 9. Há bons exemplos… mas… Acho que o focus ainda não é o mais acertado…
  • 10. • No limite os organismos públicos não precisam de sites para divulgar informação • Podem “simplesmente” fornecer os serviços necessários para que outros os criem / explorem • O que diferencia os organismos públicos é o acesso à informação e não a sua disponibilização
  • 11. • “I want Britain to be (…) the world leader in public service delivery where we can give the greatest possible voice and choice to citizens, parents patients and consumers, and the world leader in the new politics where that voice for feedback and deliberative decisions can transform the way we make local and national policies and decisions.” Gordon Brown - “Speech on Building Britain’s Digital Future“, de 22-março-2010
  • 12. • "The purpose of Data.gov is to increase public access to high value, machine readable datasets generated by the Executive Branch of the Federal Government."
  • 13. • Está na altura de: – Convencer os nossos representantes democráticos (nacionais, locais) – Liderar com exemplos (desenvolvimento de use cases interessantes)
  • 14. • Está na altura de: – Convencer os nossos representantes democráticos (nacionais, locais) – Liderar com exemplos (desenvolvimento de use cases interessantes) – Convencer os nossos representantes democráticos (nacionais, locais) – Liderar com exemplos (desenvolvimento de use cases interessantes)
  • 15. • O meu objectivo: – Desenvolver aplicações que utilizem informação pública
  • 16. • Porquê esta apresentação – tempo – ferramentas – comunidade – network
  • 17. • O meu objectivo HOJE: – Lobbying local Convencer-vos a desenvolver aplicações que utilizem informação pública
  • 18. • O que precisamos – Que utilizem as ferramentas pre-web que já temos: • Assembleias de Freguesia • Assembleias Municipais • Associações • (…) Lobby => corredor Fazer Lobby => estar no corredor da assembleia municipal a questionar os nossos deputados
  • 19. – Questionem porque não estão online: • As actas das reuniões • Os orçamentos • Os planos de actividades • Os inventários • Os relatórios trimestrais (…) ou se já estiverem online – Porque não estão num formato machine-readable • Pode existir o relatório e contas de 100 páginas em formato pdf mas depois queremos também algo que fala a linguagem dos computadores
  • 20. • Utilizem a web2.0 • Blogs => criar conteúdos • Twitter => promover diálogos • Facebook => criar comunidades – Valorizem os vossos representantes que também as utilizam
  • 21. • E se tiverem vontade – desenvolvam aplicações que utilizem informação pública
  • 22. • O que ganhamos com isso: – Serviço público – Visibilidade
  • 23. • O que ganhamos com isso: – Inter/Multi/Trans disciplinaridade • Informáticos; Designers; Marketeers; Jornalistas; Geógrafos; Economista; Advogados;…
  • 24. • O que ganhamos com isso: – Projectos que estão no topo da cadeia de valor
  • 25. • Ideias? Eu já tenho algumas… • vitorsilva.com@gmail.com twitter.com/vitorsilva