Pedro Ivo Resende - Vitamina UFF 2010 - Redes Sociais

1,055 views
974 views

Published on

Published in: Education, Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,055
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
36
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pedro Ivo Resende - Vitamina UFF 2010 - Redes Sociais

  1. 1. @agenciariot Apresentação – Mídias sociais 10 de novembro de 2010
  2. 2. @agenciariot CENÁRIO
  3. 3. @agenciariot CENÁRIO Mudanças estruturais – “Web 1.0” INTERNET
  4. 4. @agenciariot Mudanças estruturais – “Web 2.0” CENÁRIO INTERNET
  5. 5. @agenciariot Popularização da internet no Brasil  O país possui 64,5 milhões de internautas. Destes, 38% acessam a internet diariamente;  42% do homens e 39% das mulheres já acessaram a internet no país;  A internet é um meio essencialmente social para o brasileiro, 89% dos usuários brasileiros utilizam a internet para se comunicar;  Hoje, aproximadamente 18 milhões dos acessos no Brasil provêm de banda larga;  Proporcionalmente à renda, o Brasil possui 3x mais internautas que os EUA. Fonte: Datafolha F/Nazca 2009 e Ibope NetRatings 2009. CENÁRIO INTERNET
  6. 6. @agenciariot Presença de mídias sociais no Brasil CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS • O top 5 de países com maior número de usuários de internet é formado, além do Brasil, pelas 4 maiores economias do mundo (EUA, China, Alemanha e Japão – respectivamente) este dado mostra, claramente, o potencial econômico de nosso país em terreno virtual.
  7. 7. @agenciariot CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS As redes sociais formam uma extensão virtual das relações de amizade e contato entre as pessoas. Além do mais, nunca houve tanta informação livre em trânsito. Dado este cenário, estatísticas interessantes endossam a força das mídias sociais em território nacional. São algumas delas: Ao todo, somos mais 64,5 de milhões de usuários* Mais que um terço dos brasileiros já está na internet, sendo as classes A, B e C as mais presentes. * Datafolha / Fnazca 2009 Gastamos, em média, 26h15m na internet por semana* Semanalmente, são mais de 1.972 páginas acessadas. * IBOPE NielsenOnline/09 http://www.osnumerosdainternet.com.br/847/ Dos brasileiros on-line, 87% estão nas redes sociais* Sendo que 38% deles as acessam diariamente. * Ibope Inteligência/Worldwide Independent Network of Market Research, 2010 http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2010/07/87-dos-internautas- brasileiros-utilizam-uma-rede-social-diz-ibope.html Presença de mídias sociais no Brasil
  8. 8. @agenciariot O alcance das redes sociais CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS Estima-se que, entre os usuários no Brasil: * TNS Research Internation/10 http://www.osnumerosdainternet.com.br/na-internet-consumidor-forma-sua-opiniao-e-pode-ate-mudar-de-ideia/ 76% procuram dados em fóruns ou blogs* 50% deles já chegaram a mudar sua opinião sobre uma compra ao encontrarem uma opinião negativa em um blog* 28% fecharam a negociação baseados no relato de outros consumidores*
  9. 9. @agenciariot CENÁRIO MOBILE O Brasil possui 185 milhões de celulares habilitados* Somente em julho de 2010, foram habilitadas 1,42 milhão de linhas * O Estado de São Paulo http://www.adnews.com.br/telecom.php?id=106147 Mercado de smartphones no Brasil cresceu 170% no 1º trimestre de 2010* Foram comercializados quase 1,2 milhão de unidades no período * Gartner http://computerworld.uol.com.br/telecom/2010/05/26/mercado-de-smartphones-no-brasil-cresce-170-no-1o-trimestre Tráfego de dados móveis deve crescer 66 vezes até 2013* * Cisco VNI http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=54816 Alta penetração: 95,92 acessos por 100 habitantes* * Anatel http://www1.ahciet.net/actualidad/noticias/Lists/Entradas%20de%20blog/Post.aspx?ID=988 O crescimento exponencial do mobile
  10. 10. @agenciariot CENÁRIO MOBILE Fim progressivo da divisão entre mobile e internet – integração com a “internet das coisas” – presença de redes sociais nos sistemas operacionais dos celulares – planos de acesso específicos para mídias sociais ( tarifas flat ) O crescimento exponencial do mobile
  11. 11. @agenciariot Principais redes no Brasil CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS As redes sociais no Brasil carregam grande parte de identidade e relações dos usuários. Existem alguns canais que agregam muitos usuários. São eles: FACEBOOK – Maior rede social do mungo, oferece inúmeras possibilidades de interação. São 10 milhões de brasileiros, majoritariamente das classes A e B.
  12. 12. @agenciariot CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS ORKUT – A rede mais popular do Brasil, com 26 milhões de membros está em decadência na frequência de uso. Não oferece grandes possibilidades de interações e seu público está nas classes B, C e D, sendo que a faixa etária predominante, hoje, varia entre 12 e 18 anos; Principais redes no Brasil
  13. 13. @agenciariot CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS TWITTER – É a rede que mais cresce no país, com mais de 10 milhões de usuários. Baseada na constante atualização e acompanhamento de pequenas postagens entre usuários. Mescla os usuários de Orkut e Facebook. Principais redes no Brasil
  14. 14. @agenciariot CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS YOUTUBE – com mais de 20 milhões de usuários brasileiros, o YouTube oferece aos usuários uma gama quase infinita de conteúdo. Principais redes no Brasil
  15. 15. @agenciariot CENÁRIO MÍDIAS SOCIAIS FLICKR – O maior álbum de fotos da internet, já alcançou a marca de 3,5 milhes de usuários brasileiros. Principais redes no Brasil
  16. 16. @agenciariot TENDÊNCIAS
  17. 17. @agenciariot Geolocalização TENDÊNCIAS Sites como o Twitter já permitem inserir informações referentes à localização do usuário, permitindo, assim, ver de onde determinado tweet foi enviado. O Facebook lançou o serviço PLACES. Aplicações integradas a smartphones, como o Foursquare e Gowalla, têm obtido sucesso. MÍDIAS SOCIAIS
  18. 18. @agenciariot Descentralização das presenças TENDÊNCIAS Através de iniciativas como o Facebook Open Graph e o Twitter @Anywhere (respectivamente dispostas acima), funcionalidades e recursos que até então eram disponíveis exclusivamente nas plataformas em si, agora também estão sendo disseminados por toda a web. Isso significa que já é possível “curtir” determinado artigo no site da CNN e este ser publicado no seu perfil do Facebook imediatamente, por exemplo. MÍDIAS SOCIAIS
  19. 19. @agenciariot Compra coletiva TENDÊNCIAS O modelo empregado em sistemas de compra coletiva consiste em atrair diversos usuários com uma intenção de compra em comum e oferecer descontos e ofertas especiais caso alguma meta pré-estabelecida de compradores seja atingida. O foco é angariar possíveis interessados em um produto ou serviço disponível em lojas espalhadas por cidades específicas – fato que reforça a tendência de negócios cada vez mais locais. MÍDIAS SOCIAIS
  20. 20. @agenciariot “Googlealização” das mídias TENDÊNCIAS A visibilidade deixará de estar somente atrelada à keywords, tendo como principais pilares o conteúdo e as conexões sociais. Interações qualitativas em uma página do Facebook podem mudar a forma na qual determinados elementos são rankeados no Google. Em resumo, as pessoas se tornarão mídia. Pensando bem, elas já são. MÍDIAS SOCIAIS
  21. 21. @agenciariot Pagamentos mobile TENDÊNCIAS O objetivo é tornar viável pagamentos on-the-go diretamente do aparelho celular. A startup ‘Square’ – projeto de um dos fundadores do Twitter – desenvolveu um plug que encaixa-se à entrada de aúdio do iPhone, possibilitando, desta forma, que operações financeiras utilizando um cartão de crédito sejam processadas em qualquer lugar. MÍDIAS SOCIAIS
  22. 22. @agenciariot Ter uma política de social media TENDÊNCIAS À medida que mais e mais empresas começam a mergulhar de cabeça no mundo das mídias sociais, ter uma política que dê direcionamentos, do’s/don’t dos e expresse claramente como um funcionário deve agir caso publique algum comentário que evidencie seu local de trabalho, está se tornando uma prática cada vez mais comum.Muitas coisas podem soar lógicas (bom senso), mas, ainda assim, podem ser relevantes para deixar alguns pontos completamente claros e compreensíveis. MÍDIAS SOCIAIS
  23. 23. @agenciariot Integração internet x televisão TENDÊNCIAS Ao mesmo tempo que telespectadores de canais de TV estão migrando suas atenções para a web, diversos fabricantes de televisores já estão pensando (e criando) aparelhos com funcionalidades exclusivas – provenientes da internet. Como em tempo real, a experiência de uma TV interativa ganha pontos pela capacidade extremamente maior de achar tipos de conteúdo que lhes interessam, que é, no caso, a principal proposta do Google TV – o qual busca levar a tradicional e consolido sistema de busca do Google para televisores. MÍDIAS SOCIAIS
  24. 24. @agenciariot Orkut x Facebook no Brasil TENDÊNCIAS Apesar de ainda líder no Brasil, o Orkut já perdeu terreno e está quase perdendo o posto de rede social mais acessada na Índia, onde também era mainstream. Aqui, ele também perde relevância e número de acessos a cada dia que passa. Efetivamente, o Facebook tem ganhado bastante penetração na classe A, um dos grupos sociais com o maior nível de influência no resto da sociedade. Por isso, logo veremos um ritmo de crescimento acelerado na classe B, e eventualmente na C à medida que o produto vá sendo utilizado. Passar o Orkut é só uma questão de tempo, caso o mesmo não reaja de forma realmente inovadora. MÍDIAS SOCIAIS
  25. 25. @agenciariot Plano nacional de banda larga TENDÊNCIAS Com expectativas animadoras de disponiblizar o serviço de 11,9 mi de domiícios para quase 40 mi até 2014 aqui no Brasil, o Plano Nacional de Banda Larga certamente terá um impacto suficientemente grande em usuários e não usuários de internet para estimular e criar o hábito de utilizar com frequência serviços de mídia social. MÍDIAS SOCIAIS
  26. 26. @agenciariot Social games TENDÊNCIAS Utilizar um site de rede social como plataforma de lazer é um hábito que vem crescendo dia após dia. Considerando que o valor dos social games é potencializado pela ferramenta, estes podem ser instrumentos de reputação (divulgar entre seus amigos que você é o melhor), de sociabilidade (conhecer pessoas, participar de fóruns, ampliar a rede social para melhor atuar no jogo), de suporte social (apoio da rede nas tarefas difíceis) etc. Inclusive, já tem até gente anunciando neles! (OgilvyInteractive – Árvores de Bis @ Colheita Feliz). MÍDIAS SOCIAIS
  27. 27. @agenciariot CAMPANHAS
  28. 28. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS Marketing viral não é a panacéia milagrosa que resolverá todos os problemas de comunicação ( “Não precisamos mais investir em mídia! Os usuários farão todo o trabalho por nós!” ). A estratégia em mídias sociais deve ser encarada como mais um elemento do mix de mídia. E quanto mais alinhada com a estratégia de comunicação da empresa, melhor.
  29. 29. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS Construção de marca não deve apostar todas as fichas em viral ( particularmente vídeos ). Variáveis são imprevisíveis. Deve-se criar comunicação integrada e otimizada para mídias sociais e construir um relacionamento, um diálogo contínuo.Agilidade e dinâmica das mídias sociais permitem rápidas mudanças de rumo e absorção de tendências Pontos chave para construção de marca em mídias sociais: • Conteúdo; • Conectores / formadores de opinião; • Conversação.
  30. 30. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS Publicidade e conteúdo – uma dobradinha antiga. Publicidade era o preço a se pagar pelo conteúdo. Moeda de troca pelo investimento de mídia. Hoje em dia existem mais 72 milhões de blogs disponíveis e 10 anos de vídeos no YouTube. O que fazer? Bite-Size Information – termo criado pela Wired para designar pequenas porções de conteúdo. Capacidade de propagação de vídeo de 3 minutos > 30 minutosNovos paradigmas de conteúdo: • Cultura do remix e mashup; • Flexibilidade dos direitos autorais / DRM. I - CONTEÚDO
  31. 31. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS Exemplo de publicidade como conteúdo:Links patrocinados – modelo criado pela Overture e aperfeiçoado pelo Google I - CONTEÚDO
  32. 32. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS II - CONECTORES BETAS: São grandes “conectores sociais”, que absorvem as idéias criadas pelos Alfas e, através de suas conexões, divulgam ela para o grande público. ALFAS: São os pioneiros, responsáveis pela concepção das idéias, pela criação de novos hábitos de consumo, tendências, modas, etc. Aqui se inicia a cadeia de propagação da informação.
  33. 33. @agenciariot CAMPANHAS EM MÍDIAS SOCIAIS III - CONVERSAÇÃO A cultura da resposta rápida:As marcas devem ser capazes de se organizar tão rápido quanto seus consumidores; Como consumidores esperamos respostas imediatas e entendemos as discussões em canais sociais como um bem público.
  34. 34. @agenciariot OBRIGADO! Se ainda estiver com dúvidas, entre em contato por: contato@riot.com.br / +55 11 3506 5912

×