• Save
Apresentação TCC Risco na comunicação entre máquinas virtuais - Vinícius Lima
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,720
On Slideshare
1,719
From Embeds
1
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 1

http://www.kombo.com.br 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Trabalho de Conclusão de Curso Risco na Comunicação entre Máquinas Virtuais Autor: Vinícius Reginaldo Lima - RA: 338090085-0 Orientador: Profº Cláudio Luís Sitolino FIPP - FACULDADE DE INFORMÁTICA DE PRES. PRUDENTE CST – REDES DE COMPUTADORES
  • 2. Sumário
    • Objetivo do Trabalho
    • O que é Virtualização
    • Virtualizador
    • Funcionamento do Virtualizador
    • Ambiente de Testes
    • Testes Realizados
    • Conclusão
    • Considerações Finais
  • 3. Objetivo do Trabalho
    • Testar três soluções de software de virtualização de uso gratuito
    • Montar um ambiente de estudo para analisar a comunicação entre as máquinas virtuais
    • Verificar como a rede virtual se comporta
    • Quais os riscos e características da comunicação entre máquinas virtuais
  • 4. O que é Virtualização
    • A virtualização não é algo recente, seu conceito sobre máquina virtual surgiu nos anos 60 a partir do sistema operacional M44/44X da IBM®
    • Virtualização visa à transformação de uma única estrutura de hardware em várias estruturas compostas dentro do mesmo hardware
    • Abstração do hardware com isolamento entre as máquinas virtuais
  • 5. Virtualizador
    • É o programa responsável por emular máquinas virtuais abstraindo recursos de hardware da máquina física.
    • Criar um ambiente virtual independente.
    • O virtualizador deve garantir isolamento, encapsulamento e independência do hardware.
  • 6. Funcionamento do Virtualizador Hardware S. O. Hospedeiro Hardware Virtualizado Máquina Virtual Máquina Virtual S.O. Convidado S.O. Convidado Máquina Hospedeira } Virtualizador
  • 7. Ambiente de Testes
    • Virtualizadores: VMware Player, VirtualBox e Virtual PC
    • Máquina Hospedeira: Microcomputador padrão x86 (CPU 2Ghz, Memória 2GB, HD 160GB)
    • Máquinas Virtuais: Windows XP SP3 em Host-Only (Somente rede interna)
    • Programa de Analise de Trafego: Wireshark
  • 8. Ambiente de Testes (2) Para cada virtualizador, foi utilizado o seguinte ambiente de teste
  • 9. Testes Realizados
    • Foram realizados testes de comunicação entre as três máquinas virtuais emuladas pelo mesmo virtualizador em cada teste
    • Foi analisado o comportamento da comunicação entre as máquinas virtuais através do Wireshark, instalado em uma das máquinas.
  • 10. VMware Player 3.1.4 build-385536
  • 11. VirtualBox versão 4.0.4 r70112
  • 12. Virtual PC 6.0.192.0
  • 13. Virtual PC 6.0.192.0
  • 14. Virtual PC 6.0.156.0
  • 15. Conclusão
    • VMware Player
    • VirtualBox
    • Virtual PC 6.0.156.0
    • – Propagaram todo o trafego de dados por difusão na rede virtual, possibilitando interceptação dos dados.
    • Virtual PC 6.0.192.0
    • – Não propagou todo o trafego por difusão na rede, mas sim endereçando os pacotes somente para o destino, como faria um switch em uma rede física.
  • 16. Considerações Finais
      • Diferentes comportamentos em relação a comunicação entre máquinas virtuais para diferentes softwares de virtualização
      • Diferentes resultados para versões diferentes do mesmo software de virtualização (Virtual PC)
      • Virtual PC 6.0.192.0 se demonstrou imune a técnica de MAC Flood
  • 17. Bibliografia
    • MAGALHÃES, MARA LÚCIA; ORTEGA, JAKELINE QUEIROZ. // Normas e Padrões para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos e Científicos da Unoeste. // 1ª Edição Eletrônica .// Presidente Prudente, 2006.
    •  
    • VIANA, ELISEU RIBEIRO CHERENE. // Virtualização de Servidores Linux para Redes Corporativas - Guia Prático. // Edição 1. // São Paulo: / Ciência Moderna, 2008.
    •  
    • SOUZA, DENIS AUGUSTO A. DE. // FreeBSD: O Poder dos Servidores em Suas Mãos. // Edição 1. // São Paulo: / Novatec editora, 2009.
    •  
    • SIQUEIRA, LUCIANO; BRENDEL, JENS-CHRISTOPH. // Virtualização. // Edição 4. // São Paulo: / Linux New Media, 2007. LAUREANO, MARCOS A. P.; MAZIERO, CARLOS A. &quot; Virtualização: Conceitos e Aplicações em Segurança &quot;. Minicursos em VIII Simpósio Brasileiro em Segurança da Informação e de Sistemas Computacionais. Disponível em: < http://www.mlaureano.org/vms/sbseg2008_texto.pdf >. Acesso em 20 de fev. 2011. Conceitos sobre Virtualização. Disponível em:< http://www.scribd.com/doc/8952213/Virtualizacao >. Acesso em 20 de fev. 2011. Artigo sobre Virtualização de Datacenter. Disponível em: < http://www.ccuec.unicamp.br:9000/CCUEC/database/images/Artigo_Virtualizacao_Datacenter.pdf >. Acesso em 20 de fev. 2011. Virtualização: da teoria a soluções. Disponível em: < http://www.gta.ufrj.br/ensino/CPE758/artigos-basicos/cap4-v2.pdf >. Acesso em 21 de fev. 2011. O IMPACTO DA VIRTUALIZAÇÃO NAS EMPRESAS. Disponível em: < http://www.excelenciaemgestao.org/Portals/2/documents/cneg4/anais/T7_0014_0102.pdf >. Acesso em 22 de fev. 2011.
    •  
    • Virtualização - VMWare e Xen. Disponível em < http://www.gta.ufrj.br/grad/09_1/versao-final/virtualizacao/ > Acesso em 04 de mai. 2011.