Your SlideShare is downloading. ×
Apresentação feijao   paty e vinicius
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Apresentação feijao paty e vinicius

819
views

Published on

Published in: Economy & Finance

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
819
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
44
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade Estadual de Santa Cruz - UESCDepartamento de Ciências Agrárias e Ambientais - DCAAColegiado de Agronomia Cultivos II Feijão Patrícia Martins Vinicius Vieira
  • 2. FeijãoNome científico: Phaseolus vulgaris L.Família: LeguminosaeOrigem: América do Sul e CentralCaracterísticas da planta:Planta Anualum pouco pubescentecaule finos, até 60 cm de altura, ou possuir hábito de trepadeira, atingindo assim 3 m. As folhas compostas por três folíolos:Um terminal e os dois restantes laterais e opostos.O fruto : vagem de comprimento variável, de 10 a 20 cm, reta ou curvada, contendonumerosas sementes de cor e formato de acordo com a variedade.Há feijões brancos, amarelos, vermelhos, pardos, róseos, pretos e pitalgos.Características da flor: flores hermafroditas.Cálice : verdeCorola: composta por cinco pétalas de coloração branca, amarelada, rosada ou violácea.
  • 3. Feijão - CultivaresSistemas agroecológicos.1.BRS Radiante, apresenta alto potencial produtivo, grãos grandes e excelentes qualidades culinárias. Seu porte é ereto, com boa resistência ao acamamento.2.BRS Estilo, além do porte ereto de planta, alto potencial produtivo, resistência às principais doenças e ao acamamento – apresenta estabilidade de produção e grãos claros com tamanho semelhante aos da cultivar Pérola.3.BRS Esplendor ,apresenta arquitetura de plantas ereta, comresistência ao acamamento, sendo adaptada à colheita mecânica direta.4.Jalo Precoce, é moderadamente resistente à mancha-angular e aocrestamento bacteriano comum. Em condições de campo, é suscetível àantracnose, ao oídio, ao mosaico comum e ao mosaico dourado.
  • 4. Feijão - CultivaresMacanudo, Minuano, Macotaço, Ouro Negro, Diamante Negro, Xamego e GuapoBrilhante, do grupo preto; Aporé, Pérola, Rudá e Princesa, do grupo comercial carioca;Safira do grupo roxo;Corrrente e Bambuí do grupo mulatinho.
  • 5. Feijão
  • 6. Feijão
  • 7. Feijão
  • 8. Feijão - SementesUma semente de qualidade deve ter:1) pureza genética2) pureza física3) qualidade fisiológica4) bom estado fitossanitário
  • 9. Produção e o comércio de semente1 ) Lei de Sementes (LS) , cria condições para o sistema de certificação privada e fortalece a fiscalização da produção e do comércio de sementes no Brasil.2 ) Lei de Proteção de Cultivares (LPC), reconhece a propriedade sobre cultivares e protege o direito dos seus criadores. Esta lei prevê penalidades para quem vender, oferecer para venda, reproduzir, embalar e armazenar sementes de cultivares protegidas. Entretanto, a mesma lei também prevê o direito de qualquer agricultor reservar e plantar sementes para uso próprio, fato muito comum entre os produtores de feijão.
  • 10. Feijão - PlantioÉpoca de plantio:O feijão pode ser produzido em três épocas: Cultivo de feijão das águas –o plantio nos meses de agosto e setembro, sob condições normais, acompanhando o início da estação chuvosa. Cultivo da seca – nos meses de janeiro e fevereiro, sob condições normais, quando se pode contar com o índice de chuva para o desenvolvimento inicial das plantas. Cultivo do inverno (ou terceira época, como também é chamado) cultivado nos meses de maio e junho.
  • 11. Feijão - PlantioSolo e preparo do terreno:solos encharcados, ácidos, sendo preferidas as terras boas e leves.Devem ser evitados os terrenos muito inclinados, porque seu cultivo favorece aerosão.Conservação do solo e a rotação de cultura. Preparo do terreno: aração e gradagem. Deixando-o livre de torrões, raízes ourestos de culturas, que prejudicam a germinação.Bom preparo: depende também das condições de umidadeUma aração feita a 20 – 25cm de profundidade e posterior gradagem.Buracos de plantio: não devem ser profundos, aproximadamente 5cm, cobrindo-seas sementes com pouca terra
  • 12. Feijão - PlantioCorreção e adubagem do solo:melhorado com a utilização de corretivos e fertilizantes.A primeira medida a ser tomada, a retirada de amostras de terras da área a sercultivada para avaliação de sua fertilidade.A calagem deve ser feita de preferência com calcário que contenha magnésio e com 60dias de antecedência do plantio, para que tenha efeito já no primeiro ciclo.O fósforo e o nitrogênio são os elementos mais recomendados, sendo o potássio, namaioria dos casos, dispensável.Adubação com fósforo e potássio, deve ser efetuada nos sulcos de plantio, ao lado eabaixo das sementes.O nitrogênio é usado em cobertura, distribuindo em filete ao lado das plantas 15 a 25dias após a emergência.
  • 13. Feijão – PlantioEspaçamento:Espaçamento: 50 a 60cm entre as fileiras. semear de 12 a 15 sementes por metro de canteiro. A população ideal é aquela correspondente a 10 plantas adultas por metro de linha.Emprego de sementes melhoradas.•No caso de semeio mecanizado ou alanço diretamente no sulco: utilizarespaçamento de 0,60m entre sulcos ecerca de 10 a 12 sementes por metrolinear, totalizando um estande deaproximadamente, 240.000 plantas nacolheita.
  • 14. Obrigado!