Case PARADA - Trânsito sem Celular

247
-1

Published on

Apresentação de Case para inscrição no Prêmio Colunistas Brasília. Criação da agência Propeg.

Banner SMS: http://www.ad-viewer.com/mincidades/bannersms/

Published in: Marketing
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
247
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Case PARADA - Trânsito sem Celular

  1. 1. CAMPANHA Parada Celular 2013
  2. 2. Resumo do case
  3. 3. Em 2013, desenvolvemos uma campanha de combate ao uso do celular no trânsito para o Ministério das Cidades.
  4. 4. Convocamos não somente os motoristas, mas todos os atores do trânsito – pedestres, motoristas, motociclistas e ciclistas – para refletirem sobre as consequências geradas pelo uso do celular enquanto dirigem e a urgente necessidade de reduzir os acidentes.
  5. 5. Contexto
  6. 6. 84% dos brasileiros acima de 16 anos possuem celular Fonte: Pontomobi Jul/2013
  7. 7. e fazem uso intenso do aparelho Fonte: Pontomobi Jul/2013
  8. 8. Inclusive enquanto dirigem!
  9. 9. Apesar das leis claras e bem difundidas 23% das colisões de automóveis envolvem celulares
  10. 10. Principais atividades dos usuários de smartphones Fonte: Pontomobi Jul/2013 85% SMS 75% Redes Sociais 74% APPs 43% Mobile TV
  11. 11. Desafio de comunicação
  12. 12. O celular x trânsito Ganhar tempo Resolver questões Praticidade e Mobilidade
  13. 13. Como contribuir para a redução deste comportamento de risco?
  14. 14. Estratégia
  15. 15. Comandos Desconstruir o hábito Despertar o comportamento de não usar o celular até chegar ao destino. Sensibilizar Provocar a reflexão de motoristas sobre os riscos de acidente/morte ao combinar direção e celular.
  16. 16. Jovens FOCO PRIORITÁRIO Heavy user Iniciantes SOCIEDADE EM GERAL e FORMADORES DE OPINIÃO
  17. 17. Estratégia 1. Trabalhar a noção de risco 3. Desatenção como gancho criativo criativa OS RISCOS E AS CONSEQUÊNCIAS DA DESATENÇÃO 2. Uso de cenas de impacto ANALOGIAS COM OUTROS COMPORTAMENTOS DE RISCO TAMBÉM ABSURDOS CAUSAR INCÔMODO E DESCONFORTO NO PÚBLICO EM CONTATO COM AS PEÇAS RELACIONAR DESATENÇÃO COM O CELULAR AO VOLANTE E OS PERIGOS DECORRENTES
  18. 18. Peças da campanha
  19. 19. Filme 15” Marceneiro
  20. 20. Filme 15” Açougueiro
  21. 21. Filme 15” Médica
  22. 22. Filme 30” Riscos
  23. 23. Anúncios
  24. 24. Banner SMS
  25. 25. Resultados
  26. 26. A CAMPANHA TEVE RECEPTIVIDADE MUITO POSITIVA JUNTO ÀS PESSOAS E A ENTIDADES DA SOCIEDADE CIVIL, COMO AFERIDO EM PESQUISA DE PÓS-TESTE E RECALL REALIZADA APÓS O PERÍODO DE VEICULAÇÃO. A SEGUIR, ALGUNS TRECHOS REPRESENTATIVOS DE ENTREVISTAS DESENVOLVIDAS COM OS PARTICIPANTES DA PESQUISA.
  27. 27. “Influenciada por essa campanha, eu estava saindo do Shopping Cidade Jardim, quando notei uma mulher dirigindo atrás do meu carro e falando ao celular ao mesmo tempo. Parei, morrendo de medo que ela batesse. Ela também parou. Olhou para mim fazendo sinal que não tinha entendido o porquê de minha parada. Bati no vidro. Ela abriu. Tomei um lufada de Channel nº 5, que ativou imediatamente minha enxaqueca. ‘Senhora (ela era bem mais velha): dirigir e falar ao celular?’. Ela: ‘Quem é você? Mulher do Haddad?’. Respondi: ‘Não, mas vou notificar o seu carro exatamente como um marronzinho faria. Aguarde a multa’.” Promotora Pública, 42, AB, São Paulo “Quando vi esse filme na Globo, foi como se levasse uma pancada. Fiquei meio atordoado. Pensei em quantas vezes eu dirigi e falei ao celular, desviando minha atenção totalmente da rua. Poderia ter atropelado alguém ou causado acidente grave.” Motorista de táxi, 27, C, São Paulo “O celular desvia o foco de nossa atenção. Claro. Você vê, mas não enxerga. Tragédias enormes têm acontecido por causa dessa mania, dessa obsessão de não largar o celular. Agora, o governo acordou. Já era tempo. Filme bem feito aquele da imagem da cirurgia e outras que dão efeito ‘de vácuo’ no estômago.” Dona de restaurante, 39, AB, Belo Horizonte “Depois que essa campanha começou, fiz uma reunião com os meus dois filhos, que têm 18 e 20 anos, craques em dirigir e falar ao celular ao mesmo tempo. Eles não queriam aceitar a proibição dessa campanha. Encerrei a questão lembrando que está mais do que comprovado o perigo para quem dirige e fala ao celular ao mesmo tempo. Tem também a possibilidade de o condutor causar até a morte de outras pessoas. Celular mais direção pode dar cadeia. Acho que se convenceram.” Dono de mercearia, 50, C, Belo Horizonte
  28. 28. “O celular virou nosso gêmeo real e virtual. Ele nos transporta do interior do carro para os lugares aonde se quer ir. Isso é bom e isso é ruim, tchê! Soube da tragédia de Santa Maria ao acessar SMS, enquanto estava dirigindo. Tinha uma amiga lá. Quase enfiei o carro bem no meio de um poste. Esse filme é um baita alerta. Bem feito.” Estudante de Direito, 22, AB, Porto Alegre “Quando eu era menina, a mãe dizia que guria com piolho parava para comer, porque quando comia esquecia da coceira. Esse filme é um ‘piolho’ na cabeça da gente! Pra que ninguém esqueça. Não sai da cabeça, não.” Dona de casa, 50, C, Porto Alegre “Essa campanha está corretíssima. O filme é bem feito, mostra a irresponsabilidade de se dirigir e falar ao celular. É o ‘choque de ordem’ do governo. O Rio precisa deixar a malandragem de lado. Nós vamos sediar as Olimpíadas...” Professor de Educação Física, 27, AB, Rio de Janeiro “ Assisti ao filme publicitário mais de uma vez na Globo e me convenci, sinceramente, de que o celular tem que ficar desligado enquanto o carro está em movimento. Vi que realmente era hora de mudar minha conduta. É duro admitir isso, mas não tem outro jeito.” Atleta, 21, C, Rio de Janeiro
  29. 29. REPERCUSSÃO EM SITES E PUBLICAÇÕES DE PUBLICIDADE
  30. 30. REPERCUSSÃO EM SITES DO SEGMENTO DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO
  31. 31. RESULTADOS DE IMPACTOS DE MÍDIA, DIGITAL E REDES SOCIAIS / 6,3 MI DE PESSOAS IMPACTADAS NO MEIO REVISTA / 9,5 MI DE PESSOAS IMPACTADAS NO MEIO JORNAL / 72 MI DE IMPRESSÕES NO MEIO DIGITAL / MAIS 21 MIL LIKES NA FANPAGE
  32. 32. CAMPANHA Parada Celular 2013

×