A TECNOLOGIA E A HIPERMIDIAÇÃO NA FORMATACÃO DE CONTEÚDO PARA WEB
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A TECNOLOGIA E A HIPERMIDIAÇÃO NA FORMATACÃO DE CONTEÚDO PARA WEB

on

  • 910 views

Apresentação final do projeto de conclusão de curso - EWEB

Apresentação final do projeto de conclusão de curso - EWEB

Statistics

Views

Total Views
910
Views on SlideShare
907
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

2 Embeds 3

http://www.slideshare.net 2
http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A TECNOLOGIA E A HIPERMIDIAÇÃO NA FORMATACÃO DE CONTEÚDO PARA WEB A TECNOLOGIA E A HIPERMIDIAÇÃO NA FORMATACÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Presentation Transcript

    • A TECNOLOGIA E A HIPERMIDIAÇÃO NA FORMATACÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Orientador: Professor Cícero Lira Alunos: Guilherme Fadel João Scudeler Vinícius Krause Vinícius Sgarbe
    • #Apresentação Este estudo é voltado para o entendimento dos 4 eixos principais que compõem o jornalismo da web; a linguagem, conteúdo, rotinas de produção e as tecnologias que se aplicam ou se deveriam aplicar no contexto da atividade jornalística on-line no Brasil. 2
    • # Objetivos - Conhecer as formas mais adequadas de uso da linguagem jornalística na internet. - Identificar quais as necessidades específicas do fazer jornalístico online. - Identificar quais as possibilidades tecnológicas mais eficientes para o exercício do jornalismo na rede. - Conhecer os tipos de conteúdo que atendem aos usuários da internet. # Metodologias utilizadas Pesquisa etnográfica Análise de discurso Pesquisa quantitativa Entrevistas com profissionais Revisão Bibliográfica 3
    • # Principais referências teóricas Marshal Mc Luhan - Os meios de comunicação como extensões do homem Pierre Levy – Cibercultura O que é o virtual Processos Richard Hall - Organizações: estruturas, processos e resultados Linguagem Jakob Nielsen - Projetando Websites Tecnologia Gustavo A. L. Seabra Cardoso - A mídia na sociedade em rede Conteúdos Elizabeth Saad Corrêa - Estratégias para a mídia digital 4
    • # Produtos Site Vídeos 5
    • # EWEB. Jornalismo Digital Padronizado - Apresentação O EWEB é um site que reúne e promove a produção de conhecimento sobre jornalismo na internet. A idéia é reunir informações para que jornalistas, blogueiros e produtores de conteúdo para a internet em geral tenham referências práticas e teóricas para fundamentar seus trabalhos, além de interagir com profissionais do setor e divulgar suas novas idéias. Endereço para acesso da versão beta: http://webkrause.ourpublicsquare.com/ - Objetivo Auxiliar na definição de padrões e reunião de informações que melhorem a qualidade e produtividade da atividade jornalística na internet. - Justificativa A internet permite que grandes quantidades de informação, de diferentes perspectivas se encontrem em favor de um bem comum. O EWEB atende uma demanda de produtores de conteúdo para a internet que tem poucas referências práticas e teóricas acerca da atividade jornalística em ambientes digitais. 6
    • # Planejamento – EWEB - Público Alvo -Primário: Jornalistas e editores de sites de notícias. -Secundário: Produtores de conteúdo para web em geral , empresas, estudantes. -Metodologia para definição: Amostragem - Análise de mercado Modelo de negócios baseado na colaboração de empresas e usuários beneficiários. (Mozilla Foundation, W3C, Boxes and Arrows, Wikipedia, Canonical) - Concorrência -Direta - Jornalistas da Web (http://www.jornalistasdaweb.com.br/) - Boxes and Arrows (http://www.boxesandarrows.com/) -Indireta -Usabilidoido (http://www.usabilidoido.com.br) - Talk2 (http://www.talk2.com.br/) 7
    • O que os sites que estão dando certo tem em comum? Tim O'Reilly – Inventor do termo “web 2.0” 8
    • Participação de autores especiais e conselho editorial # Inovação selecionando o que há de novo no jornalismo digital. 9
    • #Inteligência Coletiva Os artigos são escritos pelos próprios usuários . 10
    • Os usuários podem ajudar a escolher quais os # Co-desenvolvimento artigos devem entrar no site. 11
    • # Valor agregado Os usuários podem comentar e avaliar artigos. por pessoas comuns Os usuários podem comentar e avaliar artigos. 12
    • O site tem vários hipertextos de conteúdo cruzado e exibe # Efeitos em rede as participações dos usuários, estimulando ações de resposta. 13
    • #Vídeos Introdução São quatro vídeos com dois minutos cada, constituídos por uma série de depoimentos de profissionais que trabalham com webjornalismo e estão aptos a contribuir com a padronização processual do fazer jornalístico online, objetivo dos vídeos e desse estudo. Objetivo Fornecer uma visão ampla sobre o desenvolvimento de conteúdo on-line, valorizando a aplicação de padrões e expondo as tendências da rede e situando a atuação dos profissionais de internet nos dias atuais. -Justificativa O fato de não existir uma verdade única num meio tão diversificado e dinâmico como a internet , faz com que profissionais busquem referências atualizadas, de forma rápida. Pequenos vídeos que mostrem de forma simplificada aspectos do webjornalismo atendem esta demanda e auxiliam no processo de publicação do conteúdo. 14
    • #Planejamento - Vídeos Público Alvo Primário: Jornalistas e editores de sites de notícias. Secundário: Desenvolvedores web , empresas. Metodologia para definição: Amostragem Análise de mercado Não existem muitos documentários sobre tecnologia no Brasil, relacionados à internet ou aspectos sociais da interação humano-computador. As principais produções são custeadas por fundações e grandes produtoras cinematográficas. Concorrência Direta Guerra dos Browsers (Discovery) Acessibilidade na Web: Custo ou Benefício? (Acesso Digital) Indireta Todo o mercado de produção cinematográfica independente no Brasil sobre assuntos técnicos. 15
    • # Vídeo 1 Texto velho, como no impresso O texto jornalístico para a internet é um tema recorrente nos bancos acadêmicos e redações profissionais. O prefixo web está instalado. Website, webjornalismo, websemântica. O alvo é: encontrar o tom adequado para o meio. Bem, os problemas começam justamente aqui. Quando se entendeu por completo algum item do jornalismo digital significa que ele ficou obsoleto ou já se transformou em outra coisa. 16
    • # Vídeo 2 Volume espremido e significado valorizado A discussão sobre as formas do jornalismo na internet passa, invariavelmente, pela semântica e pela semiótica. A composição do significado e o esforço da não parcialidade têm então de ser revistos, considerando a diminuição do volume. 17
    • # Vídeo 3 Incerteza nas redes sociais Se por um lado as mídias sociais permitiram a troca de informações entre usuários, por outro ela descaracterizou o modelo vigente de informar, desenhado pelos meios de comunicação nos últimos 50 anos. O tempo real ignora os processos produtivos vigentes, com temas pautados, editados, revisados. Não há tempo para tanto. 18
    • # Vídeo 4 Jornalismo na internet: a convergência chegou faz tempo Nos últimos anos a comunicação social se concentrou na convergência das mídias. A internet acelerou muito um processo natural de unificação, advogado tanto por teóricos como por profissionais ativos da produção de conteúdo. No centro, a idéia de simplificar as coisas. 19
    • # Conclusões Do estudo: Não existe uma rotina padrão para a atividade jornalística na internet. O conteúdo é colaborativo, mas alguém sempre define as regras. Os sites de notícias estão adquirindo um formato comum, e a recepção de informação está cada vez mais descentralizada. A tecnologia altera os processos de comunicação assim como os processos de comunicação alteram a tecnologia. Dos produtos: A versão beta do site teve mais de quatrocentas e setenta impressões de página em 30 dias de veiculação, por acesso orgânico. Os vídeos postados no site e no Youtube, tem juntos mais de 100 visualizações em dez dias de veiculação, por acesso orgânico. 20
    • # Mais Conclusões Trabalhar com internet hoje é estar na crista da onda do mercado de comunicação. Jornalistas profissionais são artigos de luxo na internet. Mas são necessários como nunca. A Web 2.0 é a maior ameaça ao ego do jornalista contemporâneo, mas uma grande oportunidade para o exercício do verdadeiro jornalismo. A tecnologia é amiga do conteúdo. O jornalista hoje deve ser amigo dos dois. 21
    • Obrigado ! @CiceroL @guilhermefadel @joaoscudeler @sgarbe @viniciuskrause