Resultados 2t12 v10

  • 1,329 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,329
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Vigor Alimentos S.A. Resultados 2o Trimestre de 20120
  • 2. DisclaimerNós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têmcomo base crenças e suposições de nossa Administração e informações a que a Companhia atualmente temacesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre nossas intenções, crenças ouexpectativas atuais, assim como aquelas dos membros do Conselho de Administração e Diretores daCompanhia.As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobreresultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ouque incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima"ou expressões semelhantes.As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem riscos,incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias quepoderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir demaneira significativa daqueles expressos ou sugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dosfatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da nossa capacidade de controle ouprevisão. 1 1
  • 3. Agenda Destaques do Resultado A Vigor Alimentos Desempenho no Período O que fizemos e ainda faremos Visão de Futuro2
  • 4. Destaques do Resultado Performance em 6 meses, iguala o resultado de todo ano 2011 EBITDA  R$18,6 milhões no 2T12, (+125%)  R$43,4 milhões nos seis primeiros meses (+148%) Receita Líquida  R$324,2 milhões no 2T12 (+9,8%)  +9,0% no semestre (R$638,4 milhões)  Melhor mix com redução de Leite UHT (-23,2%) e crescimento de Queijos e Requeijões (+16,5%) e Spreads (+25,3%) no 2T12  Atuação em 2 segmentos mostram a resiliência do modelo de negócios em momentos difíceis  Consumo (+ 6,4%) e Food (+ 21,8%) vs.Cesta Nielsen de Consumo1 (+0,4%)vs.Perecíveis (-0,5%)1Variação de volume, valor e preço – LTM encerrados em Abril/12 – Total Brasil, base: 137 categoriasde produto – Total Brasil – Fonte: Nielsen | Retail Index 3
  • 5. Destaques do Resultado (cont.) Performance em 6 meses, iguala o resultado de todo ano 2011 Volume  +12,3% no 2T12 (excluindo Leite UHT)  +12,6% no Semestre (excluindo Leite UHT) Margem Bruta  Lucro Bruto +26,0% no 2T12 para R$92,1 milhões (+3.7 p.p. na Margem para 28,4%)  +21,8% no semestre para R$182,4 milhões (+3,0 p.p. na Margem para 28,6%) Geração de Caixa  Geração Operacional de Caixa 1 de R$28,4 milhões no 1o. semestre foi superior ao Capex do período  Dívida Líquida Ajustada2 no 2T12 foi de R$10,9 milhõesNotas:1. Considera os juros referentes ao Refis de R$9,5 milhões2. Inclui o resultado líquido do swap (R$31,6 milhões) utilizado para hedge da dívida em US$ 4
  • 6. Nossas categorias de produtosDiversificação de categorias de produtos Receita Líquida – 6M12 com alto valor agregado Total: R$ 638,4 milhões Iogurtes •Margem Percentual alta •Sazonalidade positiva no 3ºTri e 4ºTri •Foco de lançamentos e inovações Queijos e Requeijões Cremes e outros •Marcas líderes nas categorias Iogurtes 13% 22% •Margem absoluta alta Leites 8% Spreads •Alta penetração nos lares •Diversificação na matriz de custo; Queijos e •Possível agregar marca ao produto Spreads Requeijões 28% 26% Leites •Pouco volume •Disciplina na margem Cremes e Outros •Grande foco no Food Service 5
  • 7. ...Ancorados em nossas marcas e segmentos de atuação Marcas referência em suas categorias de consumo e liderança no Food Service Consumo Food Service B/C A/B/C A/B A/B A/B Business to MarcaSegmentação Marca Nacional Marca Nacional Marca Nacional Marca Nacional Business Regional Iogurtes / Queijos Parmesão Queijos UHT Produtos Confeitaria e Principais Requeijão Sobremesas Especiais Manteiga Salgados Ingredientes produtos Achocolatado básicos 6
  • 8. Desempenho no período Aumento de 9,8% da Receita Líquida reflete a mudança no mix para produtos de maior valor agregado Volume sem Leite UHT Volume Vendido (Ton) Receita Líquida (R$ Mil) 12,3% 75,049 66,803 1,5% 181,556 324,233 9,0% 638,409 3,5% 90,126 9,8% 585,694 87,111 178,940 295,398 2T11 2T12 6M11 6M12 2T11 2T12 6M11 6M12Volume Vendido -Ton 2T11 2T12 ∆% 6M11 6M12 ∆% Receita Líquida - R$ Mil 2T11 2T12 ∆% 6M11 6M12 ∆%Iogurtes 19.145 18.892 -1,3% 42.617 40.901 -4,0% Iogurtes 63.621 67.069 5,4% 135.650 143.096 5,5%Queijos e Requeijões 5.664 6.397 12,9% 11.349 12.578 10,8% Queijos e Requeijões 73.599 85.720 16,5% 141.769 165.523 16,8%Spreads 28.414 35.684 25,6% 54.345 70.101 29,0% Spreads 81.863 102.556 25,3% 155.933 195.027 25,1%Leite UHT 20.307 15.077 -25,8% 44.068 29.628 -32,8% Leite UHT 33.409 25.665 -23,2% 70.147 49.696 -29,2%Cremes e Outros 13.581 14.077 3,7% 26.562 28.348 6,7% Cremes e Outros 42.907 43.223 0,7% 82.195 85.067 3,5%Total 87.111 90.126 3,5% 178.940 181.556 1,5% Total 295.398 324.233 9,8% 585.694 638.409 9,0% 7
  • 9. Desempenho no período Crescimento da Margem EBITDA reflete o aumento da Margem Bruta Lucro Bruto (R$ Mil); Margem Bruta (%) EBITDA (R$Mil); Margem EBITDA (%) 182,393 18,589 92,056 21,8% 124,5% 168,8% 43,442 26% 6.8% 28.4% 28.6% 5.7% 149,715 73,052 8,280 25.6% 17,541 24.7% Δ=3,0p.p 2.8% 3.0% Δ=3,7p.p Δ=2,9p.p Δ=3,8p.p 2T11 2T12 6M11 6M12 2T11 2T12 6M11 6M12Lucro Bruto - R$ Mil 2T11 2T12 ∆% 6M11 6M12 ∆%Iogurtes 23.584 28.250 19,8% 50.902 61.230 20,3%  Aumento de margem EBITDA de 3.8p.p. (6M12)Queijos e Requeijões 18.538 20.592 11,1% 36.485 38.575 5,7%  +3,0 p.p. Margem Bruta  +0.8 p.p. Despesas Vendas Gerais e Adm.Spreads 11.313 19.806 75,1% 22.207 37.056 66,9%Leite UHT 3.831 5.444 42,1% 8.874 9.740 9,8%Cremes e Outros 15.787 17.964 13,8% 31.247 35.791 14,5%Total 73.053 92.056 26,0% 149.715 182.393 21,8% 8
  • 10. Geração de Caixa e Endividamento Geração de Caixa Operacional1sustentou o plano de Capex Comportamento do Caixa – R$ Milhões Dívida Líquida (30/06/2012) – R$ Milhões 28,4 28,0 110,2 31.6 321,7 203.8 254.4 211.9 211,9 50.6 10.9 Caixa Dez/11 Fluxo de Capex Juros e Caixa Jun/12 CP LP Dívida Total Swap 2 Caixa Dívida Caixa Amortizações Líquida 3 Operacional Ajustada Linha Taxa média Vencimento Saldo BNDES Juros de 11.44% Nov/12 42,0 FCO Juros de 10% Mai/14 1,6 Finame Juros de 8,7% Jul/16 1,3 BOND 4 V.C. + Juros de 10,25% Fev/17 209,4 Dívida Bruta Total 254,41. Fluxo de Caixa Operacional inclui o ajuste para juros do Refis de R$9,5 milhões2. Resultado do Swap Cambial para hedge da variação cambial nos Notes 2017 (U.S.$ 100,000,000 9.25% Step-up Notes due 2017)3. Inclui resultado do swap para hedge de dívida em USD de R$31,6 milhões4. Dívida em US$ com hedge contratado para proteção da variação cambial 9
  • 11. O que já fizemos e o que ainda faremos Iniciativas já implementadas... ...e outras ainda estão por vir • Inovações e lançamentos de novos produtos Fortalecimento das • Retomada das campanhas na mídia • Descontinuação de linhas de produtos não marcas-chave • Nova comunicação de marketing alinhada com novo alinhados com nossa estratégia posicionamento e precificação • Ampliação das inovações no portfólioAmpliação de rede de • Revisão do modelo de atendimento ao mercado • Início da expansão geográfica para aumentar a distribuição • Merchandising atuando com equipe própria presença nas áreas contíguas ao core marketExcelência em Gestão • Gestão meritocrática, com acompanhamento de KPI’s • • Formar pessoas e investir nos nossos talentos e Governança Novo quadro executivo com relevantes experiências externas • Comitês de Pessoas, e Riscos e Finanças Corporativa • Conselho de Administração de maioria independente • Plantas especializadas em produtos Excelência no • Obtenção de certificados de qualidade produtiva em • Capex em categorias com alto potencial de crescimento processo produtivo todas as plantas • Programa de fidelização do produtor rural 10
  • 12. Visão de FuturoUma grande empresa de alimentos e uma das maiores empresa de lácteos do Brasil • Lançamento sistemático de inovações, respeitando a sazonalidade Categorias e Segmentos inerente às categorias chave • Desenvolvimento do segmento Food Service • Ampliação da venda em áreas contíguas à SP Expansão Geográfica • Redução da dependência do mercado de São Paulo • Expansão da capacidade produtiva, com investimentos de Plano de Investimentos aproximadamente R$500 milhões nos próximos anos • Aumento sistemático da margem para níveis superiores a performance Margem EBITDA histórica • Ampliação da liquidez na Bolsa Estrutura de Capital • Redução do custo de capital • Política de retorno do capital para o acionista 11
  • 13. OBRIGADO !12