0
AGP
                                      Tecnologias da Informação


                         A Sociedade da
            ...
Sectores Económicos
  Sectores económicos - Colin Clark e Jean Fourastié
  • Primário - Agricultura
  • Secundário - Indús...
Sector Quaternário
  • Um novo sector baseado na informação, e
    na evolução desde uma sociedade pós-
    industrial de ...
Sector Quinário
  • É um sector económico de acordo a alguns
    economistas que inclui os serviços sem
    motivação de l...
O sector Terciário
              As falsas premissas de Fourastié
  • Eliminação do desemprego porque o terciário
    tem ...
O Pós-Terciário
  • Quarto Sector
    Administração da informação
  • Quinto Sector
    Geração de conhecimento


        ...
Sociedade Pós-Industrial
  • Alain Touraine - La societé pos-
    industrielle, 1969




  • Daniel Bell -The Coming of Po...
Sociedade Pós-Industrial
  • Um rápido aumento do sector serviços, em
    comparação com o sector industrial
  • Um consid...
Sociedade Pós-Industrial
 • Uma sociedade pós-industrial é aquela onde
   a maioria dos empregados não estão
   implicados...
Alvin Toffler

• Choque do futuro (Future Shock) (1970)
     A sociedade está a passar por uma enorme mudança estrutural, ...
Estimativas de Marc Porat, (1977)
        Info Economy: Definitions and Measurement




                                  ...
Sociedade da Informação
      Mais uma revolução tecnológica, com forte
     contribuição das tecnologias da informação,
 ...
Características da Sociedade da Informação


  • Globalização da economia
  • Evolução técnica e tecnológica muito
    ráp...
Profundas alterações

  •    Na organização do trabalho
  •    Na difusão das ideias e da informação
  •    Na produção de...
Da investigação fundamental
                    à sociedade da informação

      Computador electrónico programável
    ...
Benefícios da SI
1. Como comunicamos
       texto, som, imagem, gestos, em qualquer língua
2. Como lidamos com informação
...
Benefícios da SI
5. Como negociamos
        qualquer cliente pode comprar de qualquer lugar a qualquer
        momento e c...
Benefícios da SI
8. Como investigamos
        colaboração científica à distância, acesso remoto a
        instrumentos de ...
Actividades prioritárias na SI
1. Desenvolvimento fiável de Software
   métodos para criar e manter com eficiência softwar...
Actividades prioritárias na SI
4. Expansibilidade dos sistemas de informação
   técnicas para assegurar a expansão em vári...
Actividades prioritárias na SI
7. Computação ubíqua e redes sem fios
   assegurar que os sistemas móveis e sem fios são pa...
Actividades prioritárias na SI
9. Impactes sociais e económicos da Sociedade da
    Informação
    interacções sociais; de...
Sociedade da Informação

 A sociedade da informação é uma sociedade
 onde a componente da informação e do
 conhecimento de...
A pirâmide do conhecimento
   •      Onde está a Vida
          que perdemos ao viver?
   •      Onde está a sabedoria que...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Iscad ti 2010_2011_1 - sociedade da informação_1_conceitos e sectores

1,036

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,036
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Iscad ti 2010_2011_1 - sociedade da informação_1_conceitos e sectores"

  1. 1. AGP Tecnologias da Informação A Sociedade da Informação e do Conhecimento Conceitos, impactos e benefícios AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  2. 2. Sectores Económicos Sectores económicos - Colin Clark e Jean Fourastié • Primário - Agricultura • Secundário - Indústria • Terciário – Serviços Um visão diferente dos sectores • Primeiro Sector – Economia orientada à Produção • Segundo Sector – Estado • Terceiro Sector - Organizações não governamentais AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  3. 3. Sector Quaternário • Um novo sector baseado na informação, e na evolução desde uma sociedade pós- industrial de serviços a uma sociedade da informação ou uma revolução da informação • Inclui a indústria de alta tecnologia, de tecnologias da informação e telecomunicações e algumas formas de investigação científica, bem como a educação, a consultoria e a indústria da informação. AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  4. 4. Sector Quinário • É um sector económico de acordo a alguns economistas que inclui os serviços sem motivação de lucro como a saúde, a educação, a cultura, a investigação, a polícia, os bombeiros e outras instituições governamentais. • Também inclui actividades domésticas como as realizadas por donas-de-casa ou familiares que cuidam de outros nos próprios lares. AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  5. 5. O sector Terciário As falsas premissas de Fourastié • Eliminação do desemprego porque o terciário tem um tamanho ilimitado (Aparecimento das TIC) • A substituição do Secundário pelo Terciário (Necessidade de exportação de bens e equipamentos) • Nível educacional da força de trabalho extremamente elevado (Necessidade de serviços de baixa qualificação) • Os salários dos trabalhadores equilibrar-se- iam num nível elevado (A desigualdade salarial incrementou-se de forma contínua na maioria dos países da OCDE) AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  6. 6. O Pós-Terciário • Quarto Sector Administração da informação • Quinto Sector Geração de conhecimento Hatt, Paul, e Foote, Nelson 'On the expansion of the tertiary, quaternary, and quinary sectors,' American Economic Review, Maio 1953 AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  7. 7. Sociedade Pós-Industrial • Alain Touraine - La societé pos- industrielle, 1969 • Daniel Bell -The Coming of Pos- Industrial Society, 1973 AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  8. 8. Sociedade Pós-Industrial • Um rápido aumento do sector serviços, em comparação com o sector industrial • Um considerável aumento das tecnologias da informação, que leva à constituição do conceito da "era da informação" • A informação, o conhecimento e a criatividade são as novas matérias primas da economia, podendo-se falar da revolução da informação AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  9. 9. Sociedade Pós-Industrial • Uma sociedade pós-industrial é aquela onde a maioria dos empregados não estão implicados na produção de mercadorias tangíveis • O que caracteriza à sociedade pos-industrial não é só a mudança na natureza do poder, o qual já não surge da propriedade ou da administração política, mas sim da posse do conhecimento e na sua natureza AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  10. 10. Alvin Toffler • Choque do futuro (Future Shock) (1970) A sociedade está a passar por uma enorme mudança estrutural, uma revolução da sociedade industrial para uma "sociedade super-industrial― – stress e desorientação – “sobrecarga informativa‖ • A Terceira Vaga (The Third Wave) (1980) Novas maneiras de criar riqueza – 1ª vaga – Cultivar a terra – 2ª vaga – Fabrico industrial e o comércio de bens – 3ª vaga – A importância e o valor de uma organização é o conhecimento que ela possui (intangível) Mudança da produção em massa para a produção desmassificada (diversificação e personalização) AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  11. 11. Estimativas de Marc Porat, (1977) Info Economy: Definitions and Measurement Serviços de Informação Ouros Serviços Indústria (Produtos) Agricultura Caça e Pesca AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  12. 12. Sociedade da Informação Mais uma revolução tecnológica, com forte contribuição das tecnologias da informação, onde se apresenta uma nova forma de relação entre a economia, o Estado e a Sociedade O ―Capitalismo Informacional” elege as TIC como o paradigma das mudanças sociais que reestruturaram o modo de produção capitalista, a partir de 1980. Manuel Castells "A Sociedade em Rede― 1991 AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  13. 13. Características da Sociedade da Informação • Globalização da economia • Evolução técnica e tecnológica muito rápida • Sociedade: os trabalhadores do conhecimento • Alteração das noções de tempo e de espaço • Crescente importância do computador AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  14. 14. Profundas alterações • Na organização do trabalho • Na difusão das ideias e da informação • Na produção de bens materiais • Nos modos de viver das sociedades • Nas formas de vender e de comprar • As empresas mudaram estruturalmente AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  15. 15. Da investigação fundamental à sociedade da informação  Computador electrónico programável  Transístor  Chip / microelectrónica  Interruptor digital e o router  Internet  Protocolo TCP/IP  Fibra óptica de comunicação  Satélite de comunicação  World Wide Web AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  16. 16. Benefícios da SI 1. Como comunicamos texto, som, imagem, gestos, em qualquer língua 2. Como lidamos com informação disseminação, procura, integração, transformação, interacção multi-modal homem-máquina 3. Como aprendemos aprendizagem interactiva, personalizada, à distância, independente de lugar, idade, limitação física ou horário 4. Como acedemos a cuidados de saúde telemedicina, tratamento assistido por computador, extensiva informação dos pacientes sobre cuidados de saúde AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  17. 17. Benefícios da SI 5. Como negociamos qualquer cliente pode comprar de qualquer lugar a qualquer momento e comparando preços e produtos, qualquer empresa pode comercializar mundial-mente e receber feedback instantâneo dos clientes, transacções feitas com precisão, em segurança e com informação imediata do consumidor e do vendedor 6. Como trabalhamos independentemente de localização e horários, com flexibilidade, em movimento, com extensiva informação, comunicação e cooperação à distância 7. Como projectamos e construímos coisas extensivo uso de projecto assistido por computador, cooperação de projectistas fabricantes fornecedores e clientes no processo de projecto e fabrico AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  18. 18. Benefícios da SI 8. Como investigamos colaboração científica à distância, acesso remoto a instrumentos de elevado custo, partilha de dados e de meios computacionais, acesso a informação em bibliotecas digitais 9. Como compreendemos o ambiente informação extensiva sobre biodiversidade e condições ambientais, modelos climáticos e ecológicos globais e regionais de grande fiabilidade 10.Como interagimos com o governo acesso fácil a informação e serviços, independente da localização, horário e capacidade física, sistemas de atendimento one-stop, possibilidade de submissão electrónica de solicitações ou formulários, sistemas de gestão de emergências com apoio de informação extensiva e de instrumentos eficazes de simulação, planeamento e coordenação AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  19. 19. Actividades prioritárias na SI 1. Desenvolvimento fiável de Software métodos para criar e manter com eficiência software de elevada qualidade e assegurar a fiabilidade de sistemas complexos — tão eficazes como os métodos para projectar e testar aviões, comboios, satélites, barragens, pontes 2. Segurança e privacidade da informação sistemas que as assegurem sem degradação de velocidade e facilidade de utilização 3. Armazenamento, gestão e procura de vastas quantidades de dados técnicas para lidar com uma gigantescas quantidades de dados, para procura e interpretação de dados em formatos diversos — imagem, som, texto, tabelas — em representações e linguagens diferentes; agentes inteligentes para procura, selecção e tratamento da informação de acordo com as necessidades ou as preferências do utilizador AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  20. 20. Actividades prioritárias na SI 4. Expansibilidade dos sistemas de informação técnicas para assegurar a expansão em várias ordens de grandeza em condições de segurança, integridade, fiabilidade e rapidez; mecanismos de detecção, mitigação e recuperação de erros humanos na criação e utilização dos sistemas 5. Capacidade de modelação e simulação avançada em biomedicina, meteorologia, clima, oceanografia, qualidade ambiental, gestão de crises, projecto e gestão avançada de sistemas complexos — veículos, sistemas de distribuição e de transporte, moldes, vestuário, calçado, arquitectura 6. Comunicação homem-computador sistemas interactivos com utilização de som, linguagem natural, gestos e posturas; sistemas de uso mais fácil e acessíveis a cidadãos com necessidades especiais AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  21. 21. Actividades prioritárias na SI 7. Computação ubíqua e redes sem fios assegurar que os sistemas móveis e sem fios são parte integrante da Internet, em particular instrumentos em equipamento doméstico ou de trabalho, veículos, equipamento portátil, instrumentos de monitorização da saúde, instrumentos de combate a emergências públicas 8. Sistemas inteligentes e redes de robots interacção dos sistemas de informação com robots para acção em ambientes agressivos, em catástrofes; robots miniaturizados para cuidados de saúde 9. Novos paradigmas de computação computação neuronal, molecular, DNA e quântica AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  22. 22. Actividades prioritárias na SI 9. Impactes sociais e económicos da Sociedade da Informação interacções sociais; desigualdades étnicas, de género e económicas; reorganização do trabalho e das oportunidades de emprego; privacidade e protecção dos direitos individuais; ética na gestão e disseminação de informação; riscos e mitigação de info-exclusão; protecção de propriedade intelectual; aspectos legislativos do comércio electrónico, da disponibilização de conteúdos, da privacidade e da segurança e suas implicações sociais; o impactes nas instituições sociais - educação, cuidados de saúde, segurança social, governo; democracia e política 10. Educação e formação da nova geração de investigadores, engenheiros e empreendedores só possível em ambientes científicos e tecnológicos criativos, exigentes e competitivos AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal Luís Magalhães - FCT
  23. 23. Sociedade da Informação A sociedade da informação é uma sociedade onde a componente da informação e do conhecimento desempenha um papel nuclear em todos os tipos de actividade humana em consequência do desenvolvimento da tecnologia digital, e da Internet em particular, induzindo novas formas de organização da economia e da sociedade. Resolução do Conselho de Ministros nº 107/2003 AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  24. 24. A pirâmide do conhecimento • Onde está a Vida que perdemos ao viver? • Onde está a sabedoria que perdemos no conhecimento? Sabedoria • Onde está o conhecimento que perdemos na informação? Intuição T.S. Eliot Conhecimento Significado Informação Contexto Dados AGP - Tecnologias da Informação 2010 - 2011 - Luís Vidigal
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×