Temperos

  • 294 views
Uploaded on

lista de temperos e seus variados usos

lista de temperos e seus variados usos

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
294
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
30
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Temperos Ervas e Especiarias. Açafrão Cebola Noz-moscada Água de flor (de Cebolinha Orégano laranja) Cerefólio ou Papoula Aipo Cerefolho Páprica Aipo marrom ou sal Chilli Pimentas de aipo Coentro Pimenta Caiena Aji-no-moto Colorau Pimenta Chilli Alcaparra Cominho Pimenta Cumaí Alcavaria Cravo Pimante da Jamaica Alecrim Curry Pimenta de Cheiro Alfavaca Endro ou Dill ou Pimenta do Reino Alho Aneto Pimenta Malagueta AlhoPoró Erva-doce Pimenta Rosa Allspice Estragão Raiz-forte Anis Funcho Rosmaninho Anis Estrelado Gengibre Salsa Arruda Gergelim Salsão Artemista Hortelã Sálvia Basilicão Louro Segurelha Baunilha Macis Tomilho
  • 2. Bouquetgarni Manjericão Vinha Dálhos Canela Manjerona Zimbro Capuchinha Melissa Cardamona MostardaAçafrão:1): O bem nosso, o gengibre dourado-curcuma uma raiz de gosto bem forte, usada depois de seca emoída, em pó, com açafrão o arroz e a galinha ficam não só uma delicia, como de um colorido lindo.2) O outro tipo, Azafrán de la Mancha é ingrediente indispensável na paella (à espanhola), em risotos esopas. Na Itália e na franca se usa muito também. Trata-se do pólen de lírios, que tem que ser colhido ànoite, antes que as abelhas e passarinhos levem embora. Melho comprar em pistilo, pra evitar falsificaçãoáque custa algo como R$50.00 a grama. Só a dificuldade de colher e quantidade de flores para produzir jáfazem dele próprio requinte na cozinha.Água de flor (de laranja): Muito usada no Norte para aromatizar tanto doces como salgados, fácil deencontrar em farmácias.
  • 3. Aipo: da mesma família que o salsão, só que mais graúdo, com o talo branco mais rijo e mais grosso.Muito bom nas saladas frescas, maioneses, sucos, canapés, ensopados e sopas. Muito usadas na Europa eEstados Unidos são as semente para temperar assados, sopas, picles e saladas.Aipo marrom ou sal de aipo: aromatiza o sal. Usado em pratos com ovos, aves, saladas de batatas,atum, e cozidos com carnes e vegetais. Fica ótimo em drinks como bloddy mary e sucos de tomate.Aji-no-moto: realçador de sabor em pó que intensifica o sabor natural dos alimentos. Muito usado nacozinha oriental e bastante divulgado na cozinha por aqui. . Usa-se no preparo, ou polvilhado depois nospratos prontos. Ao contrário do que muitos pensam, AJI-NO-MOTO não é sal e, portanto, não possui apropriedade de salgar.. Recomenda-se o uso de atémetade da quantidade que for adicionada de sal.Alcaparra: uma folhinha de cujo botão se faz o tempero. Facilmente encontrada em vidro, conservada emsal e vinagre. Bom em saladas, pratos de carne diversas, peixes e frutos do mar, molho e pizzas.Indispensável para o beef-tartar. Para os molhos, as mais valorizadas são as de tamanho pequeno, quenão precisam ser picadas.Ao contrário, da maioria dos temperos, as alcaparras guardam seu aroma e seu
  • 4. sabor depois do cozimento e se misturam muito bem com a cebola e azeitona para caracterizar os pratosmediterrâneos.Alcavaria: as folhas novas são usadas para enfeitar vegetaias cozidos. As folhas e as hastes mais lisaspodem ser consumidas em saladas ou cozidas com outros vegetais.Alecrim: Folhinha de perfume doce e fresco, que vai muito bem no preparo de carnes, ensopados(carneiro fica sensacional), aves, peixes, molhos e sopas (principalmente a de ervilhas), omeletes, patês,beringela, batatas, couve-flor, pães, sucos e saladas de frutas. Como suas folhas pontiagudas são ruim demastigar (e ficam ainda mais duras quando secas), esta erva é usada durante o cozimento e depoisretirada da comida. As folhinhas secas bem masseradas, passadas em carne de porco ou galinha, antes deassar, dão um toque especial. Ótimo no churrasco quando salpicado sobre o carvão. Um pouquinhotambém no nosso bolo de fubá, mas com calma que o alecrim e forte. Use o galhinho para decorar o pratoque for feito com essa erva.Alfavaca: esta folhinha e o melhor tempero para peixes, carnes e aquele arroz que se cozinha com umtablete de caldo de carne. Duas folhinhas bastam. É meio parente do manjericão, porém mais saborosa.Fácil de se ter em casa plantada. Pode-se deixar secar as folhas e guardar em vidro.
  • 5. Alho: Qualquer principiante sabe o que é alho. Tem gente que diz que não gosta, mas o alho é essencialem praticamente tudo o que se faz salgado. O segredo é usa-lo com exatidão. Na dose certa, o paladarmais implicante não vai reclamar- só vai sentir que esta bom. Elemento fundamental na vinha dalhos, éclaro.Alho Poró: É o alho verde, com bulbos e folhas grandes. Meio parecido com a cebolinha, só que bemmaior. Bom para o preparo de sopas, ensopados e saladas.Allspice: Nome inglês para a pimenta-da-Jamaica. Uma frutinha muito saborosa, misto de cravo, canela enos-moscada. Usada em pó, é um tempero gostoso e versátil, que valoriza salgados ou doce, bolos oupães. Especialmente indicada para sopas, ensopados, carne de panela, molhos, bolos de frutas e bebidasquentes, tipo grog.Anis: Aneto erva-doce, tudo é a mesma coisa. As sementes são temperos típicos para nossos bolos ebroinhas de fubá. E para o quentão. Usadas com sabedoria melhoram sopas como o ``borsch``, creme de
  • 6. tomate e pratos de peixe. Use também em pasta de queijo. As folhas, como as sementes, dão um chámuito tranqüilizantes. Nem é preciso falar no licor.Anis Estrelado: o anis estrelado é da família da magnólia. Quando seco possui cor marrom e saborpicante.Arruda: Muitos gostam de plantar um pézinho no quintal para tirar o mau olhado. É folha bastantearomática, que se pode usar para temperar assados e saladas. Mas o paladar é forte. Há quem não goste.Tem que ser usada com calma.Artemista: O folclore a descreve como erva-dos-cem-gostos.Mais conhecida como sálvia.Basilicão: Pouca gente conhece, poucos sabem usar. O sabor e o aroma são bastante fortes, ma vale apena experimentar ate acertar, porque é tempero excelentes para molhos e massas. No carneiro ficaespetacular.
  • 7. Baunilha: tempero liquido (que pode ser extraidos de vários tipos de trepadeiras, gênero vanila) muitoaromático, para doces. Indispensável em cremes, pudim de pão e sobremesas. Serve também comoaromatizante para vinhos, cafés e chocolates.Bouquet garni:Canela: É a casca de um a arvore. Usada em pedaços ou em pó tem sabor e aroma forte. Convém nãoexagerar. Indispensável no quentão e no ponche de vinho quente, em pedaços. Em pó, especialmenteempregadas em bolos, doces, pães, tortas. A doçaria brasileira indica para polvilhar em cremes, compotas.Bem usada é ótima para temperar carne de porco, presunto (tipo à Virgínia) e caças.Capuchinha: É uma erva originária do Peru. No século XVII, ela foi introduzida na Europa e acaboufazendo muito sucesso, nao só pelos seus ploderes medicinais, mas também pela sua aplicaçao naculinária. As folhas e flores sao usadas empanadas ou em saladas frescas; os frutos sao usados no preparode picles; os botoes florais servem para substituir a alcaparra e sao usados em conservas de vinagre e salpara temperar saladas e verduras cruas.
  • 8. Cardamona: Sementinha que tem gosto de gengibre. Muito usada, principalmente em molhos cremososdoces, aves assadas, pães, sopas.Existe em três cores; verde, marrom e branco, mas no Brasil só chega obranco. Para usá-lo você deve abrir as sementes e moe-las. É vendida também em vidros já moída. Servepara aromatizar chá ou café, neste caso, coloque na xícara cápsulas fechadas. A planta também édecorativa. Tem flor cor-de-rosa muito bonita.Cebola: Não e preciso dizer nada. Nenhuma cozinha pode passar sem ela.Cebolinha: Um dos cheiros verdes. Parente da cebola, mesmo sabor, mesmo aroma, mas bem mais fraco,não deve faltar nos refogados, molhos, vinhas dalhos e saladas. Vai bem ate em pastas de queijo, ou,bem picadinha, polvilhadas em pratos de forno.Cerefólio ou Cerefolho: Parecido com a salsa, mas mais suave, pode ser usado com ela, para salpicarem molho ou assados (especialmente nos peixes) antes de ir ao forno. O francês não despensa na suacelebre omelete ``aux fines herbes``.