Your SlideShare is downloading. ×
0
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Biologia8 sustlocom
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Biologia8 sustlocom

1,241

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,241
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SUSTENTAÇÃO E LOCOMOÇÃO Prof. Rebeca
  • 2. A LOCOMOÇÃO <ul><li>Locomoção é o modo como o animal se desloca no meio em que se encontra. </li></ul><ul><li>Os animais deslocam-se para capturarem o seus alimentos, para fugirem dos seus inimigos, para acasalarem, para encontrarem melhores condições de vida. </li></ul><ul><li>O que é a locomoção? </li></ul><ul><li>Por que se deslocam os animais? </li></ul>
  • 3. SISTEMA ESQUELÉTICO <ul><li>Classificação </li></ul><ul><ul><li>Ausência de esqueleto (esqueleto hídrico) : maioria dos cnidários, platelmintos, nematódeos, anelídeos e moluscos (polvo). </li></ul></ul><ul><ul><li>Esqueleto externo ou exoesqueleto : (corais – calcário e orgânico), maioria dos moluscos (conchas) e artrópodos (muda ou ecdise; quitina, calcário) </li></ul></ul><ul><ul><li>Esqueleto interno ou endoesqueleto : poríferos (espículas silicosas ou calcárias, espongina), moluscos (lulas), equinodermos (calcário) e cordados (ósseo, cartilaginoso). </li></ul></ul><ul><li>Exoesqueleto – crescimento descontínuo; Endoesqueleto – crescimento contínuo. </li></ul>
  • 4.  
  • 5. FUNÇÕES DO ESQUELETO <ul><li>Sustentação mecânica </li></ul><ul><li>Locomoção </li></ul><ul><li>Reserva de sais minerais (Ca, Mg, P), proteínas, lipídios (medula óssea amarela) </li></ul><ul><li>Hematopoiese </li></ul><ul><li>Proteção de órgãos internos </li></ul>
  • 6. SISTEMA ESQUELÉTICO HUMANO <ul><li>206 ossos </li></ul><ul><li>Divisão </li></ul><ul><ul><li>Eixo Axial – crânio, coluna vertebral, costelas e esterno </li></ul></ul><ul><ul><li>Eixo Zonal – cinturas pélvica e escapular </li></ul></ul><ul><ul><li>Eixo Apendicular – membros superiores e inferiores </li></ul></ul><ul><li>Ligamentos (O-O) e Tendões (M-O) </li></ul>
  • 7.  
  • 8.  
  • 9.  
  • 10. SISTEMA MUSCULAR HUMANO <ul><li>Origem: Mesoderme </li></ul><ul><li>Funções: sustentação, locomoção e movimentos internos (batimentos cardíacos, peristaltismo...) </li></ul><ul><li>Grande capacidade contrátil  apresenta muitos filamentos protéicos contráteis (miofibrilas: actina e miosina). </li></ul><ul><li>Mioglobina  transporte de O 2 . </li></ul><ul><li>Termos: </li></ul><ul><ul><ul><li>Células musculares  Fibras musculares </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Membrana Plasmática  Sarcolema </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Citoplasma  Sarcoplasma </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ret. Endoplasmático  Ret. Sarcoplasmático </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sarcômero  Unidade contrátil do músculo. </li></ul></ul></ul><ul><li>Tipos: </li></ul><ul><ul><ul><li>Estriado Esquelético </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estriado Cardíaco </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Liso </li></ul></ul></ul>
  • 11. SISTEMA MUSCULAR HUMANO <ul><li>Estriado Esquelético </li></ul><ul><ul><ul><li>Contração rápida e forte </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle voluntário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vários núcleos periféricos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fibras cilíndricas e alongadas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Local: Ligado ao esqueleto. </li></ul></ul></ul><ul><li>Estriado Cardíaco </li></ul><ul><ul><ul><li>Contração rápida, ritmada e moderadamente forte </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle involuntário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1 núcleo central </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fibras cilíndricas anastomosadas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Local: Coração </li></ul></ul></ul><ul><li>Liso </li></ul><ul><ul><ul><li>Contração lenta e fraca </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle involuntário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1 núcleo central </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fibras fusiformes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Local: Vasos sangüíneos, tubas uterinas, útero e vísceras. </li></ul></ul></ul>Fonte: Sônia Lopes – Bio – Vol.1; Ed. Saraiva, 1998.
  • 12.  
  • 13.  
  • 14. a) Aves 1. Adaptações ao voo <ul><li>Forma alongada </li></ul><ul><li>Corpo coberto de penas ( Protecção e </li></ul><ul><li>ajudam a voar) </li></ul><ul><li>Membros anteriores transformados </li></ul><ul><li>em asas </li></ul><ul><li>Ossos ocos </li></ul><ul><li>Músculos peitorais fortes </li></ul><ul><li>Quilha – prolongamento do externo </li></ul><ul><li>onde se ligam os músculos que movem as asas </li></ul><ul><li>Sacos aéreos para reserva de ar, </li></ul><ul><li>ligados aos ossos ocos, para facilitar o voo </li></ul>
  • 15. Locomoção no ar <ul><li>A maioria das aves, dos insectos e morcegos deslocam-se no espaço aéreo, possuindo características específicas: </li></ul><ul><li>As Aves </li></ul><ul><li>Corpo aerodinâmico Ossos ocos - ossos pneumáticos </li></ul><ul><li>Sacos aéreos O esterno em forma de quilha Asas </li></ul><ul><li>Os Morcegos </li></ul><ul><li>Membrana alar -Prega da pele que liga os ossos alongados dos dedos da mão aos lados do corpo, aos membros posteriores e à cauda. </li></ul><ul><li>Os Insectos </li></ul><ul><li>Asas membranosas leves e impermeáveis </li></ul>
  • 16. b) Insectos <ul><li>Asas membranosas e leves </li></ul><ul><li>Asas reforçadas por nervuras de quitina </li></ul><ul><li>Músculos fortes ligados ao exosqueleto </li></ul>
  • 17. Morcego <ul><li>Membros anteriores transformados </li></ul><ul><li>Membrana alar – prega de pele que liga o </li></ul><ul><li>antebraço e 4 dedos muito alongados aos </li></ul><ul><li>membros posteriores e à cauda. </li></ul><ul><li>Quilha e fortes músculos peitorais. </li></ul>
  • 18. Locomoção na água <ul><li>Natação é o tipo de locomoção mais geral dos animais de vida aquática. </li></ul><ul><li>Peixes </li></ul><ul><li>Corpo em forma de Fuso - Forma Hidrodinâmica </li></ul><ul><li>Posição das escamas - da frente para trás </li></ul><ul><li>Barbatanas pares (peitorais e ventrais) e Barbatanas ímpares (dorsal ,caudal e anal ) </li></ul><ul><li>Aves Aquáticas e anfíbios </li></ul><ul><li>Membrana interdigital - liga os dedos dos membros posteriores </li></ul><ul><li>Mamíferos aquáticos </li></ul><ul><li>Forma fusiforme e membros e cauda transformados em barbatanas </li></ul>
  • 19. LOCOMOÇÃO NO SOLO <ul><li>É a locomoção dos animais mamíferos plantígrados. </li></ul><ul><li>Assenta no solo a planta dos pés </li></ul><ul><li>e das mãos, tendo por isso uma </li></ul><ul><li>marcha lenta, </li></ul><ul><li>Marcha </li></ul>
  • 20. Locomoção no solo <ul><li>No solo os animais podem deslocar-se por marcha , corrida , salto ou reptação . </li></ul><ul><li>O modo como os animais se deslocam no solo está ligado à forma como assentam os seus membros: </li></ul><ul><li>Marcha </li></ul><ul><li>Animais que apoiam toda a </li></ul><ul><li>extensão da pata no solo - Plantígrados </li></ul><ul><li>(chimpanzé, urso…) </li></ul><ul><li>Corrida </li></ul><ul><li>Animais que apoiam no solo apenas </li></ul><ul><li>os dedos ou a ultima falange do dedo </li></ul><ul><li>digitígrados (cão, chita..) ou ungulígrados </li></ul><ul><li>(cavalo, veado, zebra…) </li></ul>
  • 21. Locomoção no solo (continuação) <ul><li>Salto </li></ul><ul><li>Animais com os membros posteriores em forma de Z e maiores que os anteriores (gafanhoto, canguru, coelho…) </li></ul><ul><li>Reptação </li></ul><ul><li>Animais sem membros, ou cuja posição dos membros não lhes permite o apoio sobre eles </li></ul><ul><li>(crocodilo, cobra ,lagarto, minhoca, caracol…) </li></ul><ul><li>Sines 2007 </li></ul>
  • 22. <ul><li>É a locomoção das aves que apoiam no solo 3 dos 4 dedos no solo. </li></ul><ul><li>É a locomoção dos invertebrados que apoiam as extremidades das patas articuladas </li></ul><ul><li>Marcha </li></ul>
  • 23. <ul><li>A velocidade de deslocação está relacionada com a extremidade dos membros que ele apoia no solo. </li></ul><ul><li>De acordo com esta característica, podemos dividir os mamíferos em plantígrados , digitígrados e ungulígrados . </li></ul><ul><li>Podemos dizer que as aves, que não estão adaptadas ao voo, podem apoiar dois ou três dedos no chão . </li></ul><ul><li>E que os invertebrados como a formiga e as aranhas apoiam no solo as suas patas articuladas. </li></ul><ul><li>Velocidade de deslocação </li></ul><ul><li>De que depende a velocidade de deslocação? </li></ul>
  • 24. <ul><li>Locomoção dos mamíferos: </li></ul><ul><li>digitígrados e ungulígrados </li></ul><ul><li>( apoiam os dedos no chão ) ( apoiam as extremidades dos dedos </li></ul><ul><li>protegidas pelo casco) </li></ul><ul><li>Corrida </li></ul>
  • 25. <ul><li>A avestruz atinge grandes velocidades, já que as suas patas possuem apenas dois dedos. </li></ul><ul><li>Corrida </li></ul>
  • 26. <ul><li>Locomoção dos animais que têm os membro inferiores maiores em forma de Z </li></ul><ul><li>Salto </li></ul>
  • 27. <ul><li>Locomoção dos animais que não têm membros - ápodes. </li></ul><ul><li>Esqueleto de uma cobra </li></ul><ul><li>Locomoção dos animais que possuem patas curtas colocadas lateralmente ao corpo. </li></ul><ul><li>Esqueleto de um lagarto </li></ul><ul><li>Reptação </li></ul>
  • 28. <ul><li>Definição de locomoção. </li></ul><ul><li>Funções da locomoção. </li></ul><ul><li>A velocidade de deslocação está relacionada com a extremidade dos membros que ele apoia no solo. </li></ul><ul><li>Diferenciar animais plantígrados, digitígrados, ungulígrados </li></ul><ul><li>Deves saber que o tarso = calcanhar, metatarso= peito do pé; falanges= dedos. </li></ul><ul><li>Distinguir os diferentes modos de locomoção no solo: marcha, corrida, salto e reptação. </li></ul><ul><li>Saber o que são animais ápodes. </li></ul><ul><li>O que deves saber! </li></ul>
  • 29. Locomoção na Água <ul><li>Forma hidrodinâmica </li></ul><ul><li>Barbatanas </li></ul><ul><li>Escamas orientadas </li></ul>Natação a) Peixes
  • 30. b) Mamíferos Aquáticos <ul><li>Membros anteriores transformados em </li></ul><ul><li>barbatanas </li></ul><ul><li>Cauda transformada em barbatana caudal </li></ul><ul><li>Forma fusiforme </li></ul>
  • 31. c) Anfíbios e algumas aves <ul><li>Dedos dos membros posteriores com membrana </li></ul><ul><li>interdigital. </li></ul>
  • 32. d) Invertebrados Aquáticos Ventosas sobre fundo mar Propulsão Rastejo sobre rochas
  • 33. TROPISMOS - DEPENDENTES DO ESTÍMULO - Fototopismo – luz - Geotropismo – gravidade - Quimiotropismo – substância químicas - Tigmotropismo - mecânico CAULE - Geotropismo Negativo RAIZ - Fototropismo Negativo CAULE - Fototropismo Positivo MOVIMENTOS DOS VEGETAIS Tropismos – Nastismos - Locomoção GRÃOS-DE-PÓLEN Quimiotropismo RAIZ - Geotropismo Positivo Tigmotropismo
  • 34. TIGMONASTIAS - Dependem do contato <ul><li>FOTONASTIAS </li></ul><ul><li>Resposta às variações da luz </li></ul>NASTISMOS OU NASTIAS (Movimentos não-orientados) <ul><li>QUIMIONASTIAS </li></ul><ul><li>Substância químicas causam curvatura </li></ul><ul><li>HIGRONASTIAS </li></ul><ul><li>Movimento abertura com água </li></ul>TERMONASTIAS - Movimento função da temperatura Abrem – Temperatura altas Fecham – Temperatura baixas

×