Países emergentes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Países emergentes

on

  • 8,799 views

 

Statistics

Views

Total Views
8,799
Views on SlideShare
8,799
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
70
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Países emergentes Document Transcript

  • 1. Países Emergentes<br />País em desenvolvimento ou país emergente são termos geralmente usados para descrever um país que possui um padrão de vida entre baixo e médio, uma base industrial em desenvolvimento e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) variando entre médio e elevado. A classificação de países é difícil, visto que não existe uma única definição internacionalmente reconhecida de país desenvolvido e os níveis de desenvolvimento, econômico e social, podem variar muito dentro do grupo dos países em desenvolvimento, sendo que alguns desses países possuem alto padrão de vida médio.<br />Algumas organizações internacionais, como o Banco Mundial, usam classificações estritamente numéricas. O Banco Mundial considera todos os países com renda baixa e média como "em desenvolvimento". Na classificação mais recente, as economias foram divididas usando o produto nacional bruto per capita de 2008. Em 2008, os países com PIB per capita abaixo de US$ 11,905 e acima de US$ 900 foram classificados como em desenvolvimento. Outras instituições utilizam definições menos específicas.<br />Os países com economias mais avançadas do que outras nações em desenvolvimento, mas que ainda não demonstraram sinais plenos de desenvolvimento são agrupados sob a designação de países recentemente industrializados.<br />Medida e conceito de desenvolvimento<br />Não existe um consenso, ao longo do tempo e entre as várias escolas de pensamento econômico, sobre a definição de desenvolvimento de um país. Mas é comum o estabelecimento do grau de desenvolvimento de um país através da comparação de estatísticas como o PIB per capita que é equivocado, expectativa de vida, grau de alfabetização e etc. A ONU desenvolveu o IDH, um índice composto de vários parâmetros, que estabelece um indicador de desenvolvimento humano para os países onde os dados são disponíveis. Os países em desenvolvimento possuem valores baixos para esses indicadores em relação aos valores obtidos pelos países considerados desenvolvidos.<br />Os termos utilizados em discussões acerca do desenvolvimento dos países são muitos. A ONU adota o termo Least Developed Country (LDC), ou País menos desenvolvido. Em contra partida, o grupo de países desenvolvidos também é chamado de "países mais desenvolvidos economicamente", Primeiro Mundo ou países industrializados.<br />Existem alguns países que se encontram no limite dessas duas definições, notadamente o grupo conhecido como BRICS (Brasil, Rússia, Índia China e África do Sul). Esses países são industrializados e têm um grande peso econômico no cenário global, porém falham na distribuição equitativa de renda, fazendo com que haja pobreza e problemas estruturais. Em contrapartida, há países menos industrializados e de baixa projeção econômica mundial, mas que conseguem manter certo nível de bem estar social. Esses países se encontram principalmente no Leste Europeu e no Cone Sul.<br />Classificação<br />Com a classificação como países emergentes dos países antes considerados no Segundo Mundo podemos considerar duas tipologias.<br /> Países emergentes economicamente<br />São países com uma economia muito forte ou forte, muitas vezes comparável com a economia de países do Primeiro Mundo, como é o caso do Brasil que é um país em desenvolvimento e que tem a sétima economia do globo, com um parque industrial complexo, e que tanto exporta maquinaria de ponta, quanto matéria-prima. Celso Furtado defendeu que o Brasil é um caso em que a industrialização se deu em condições de subdesenvolvimento. A exportação de café e algodão de vulto motivou modernização de transportes, melhora das instalações mecânicas, além de industrias complementares que se desenvolveram no país: confecções,materiais de construção, embalagens e outras que na verdade não concorriam com as exportações.<br />Países emergentes socialmente<br />São países com uma sociedade comparável com a dos países do Primeiro Mundo, por vezes até melhor, que não têm ainda um impacto económico forte como os países emergentes economicamente, mas que têm uma educação, saúde, saneamento, etc. desenvolvidas.<br />Equiparados aos países do Primeiro Mundo, estão mais perto deste que os países emergentes economicamente, que ainda têm sérios problemas sociais.<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Pa%C3%ADs_em_desenvolvimento<br />Brasil um país emergente<br />O Brasil é um país subdesenvolvido industrializado, isso significa que o país possui um sistema político-econômico vinculado ao capitalismo, esse processo promove a apresentação, no país, da maioria das empresas da iniciativa privada, que tem como principal finalidade a busca incessante de lucros, dessa forma o conjunto de atividades econômicas influencia diretamente na configuração da economia nacional. <br />A sociedade brasileira, como a maioria dos outros países capitalistas, é dividida em dois grupos distintos, de um lado a burguesia, conjunto de pessoas que detêm os meios de produção (indústrias, empresas, fazendas, bancos etc.) que acumulam capitais a partir dos lucros arrecadados em suas propriedades produtivas. Do outro lado fica a classe trabalhadora ou proletária, pessoas que vendem sua força de trabalho em troca de salário. <br /> Apesar de ser um país industrializado e capitalista, não se apresenta no centro do capitalismo mundial, pois se enquadra como uma economia dependente e periférica, no entanto, o país pode ser classificado como semi-periferia. <br />Essas características são provenientes do alto grau de dependência tecnológica e econômica, fragilidade comercial em relação às grandes potências, dívida externa, grande quantidade de empresas multinacionais, restrita elaboração de novas tecnologias e grande reprodução de técnicas e tecnologias criadas em países centrais e uma enorme disparidade social. <br />O Brasil apresenta economia dependente, apesar disso, possui um alto índice de industrialização, com economia diversificada, isso significa que a produção não se limita à produção agropecuária e extração de minérios, existe também um complexo e completo parque industrial que produz aviões, automóveis, softwares, e muito outros equipamentos modernos. <br />Ele não faz parte do grupo de países com pequenas economias e industrialização modesta, no qual se integram Uganda, Costa do Marfim, Paquistão, Bangladesh, Etiópia, Niger, Mali, Zaire, Bolívia, Haiti, entre outros. Já países como Argentina, México, África do Sul, Tigres asiáticos, Coréia do Sul, Taiwam, Malásia, Hong Kong, Indonésia, Índia e especialmente a China, são prováveis potências mundiais, embora a civilização chinesa sempre fora avançada. <br />Por Eduardo de Freitas<br />http://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/brasil-um-pais-emergente.htm<br />A Economia dos Países Emergentes: Alguns Dados Recentes<br />21 setembro<br />Na década de 1990 os países menos desenvolvidos apresentaram taxas de crescimento mais altas do que as dos países mais avançados. Além disso, a porcentagem da renda mundial que cabe aos países menos desenvolvidos tem crescido constantemente desde 1990, enquanto que a parcela que cabe aos países mais ricos decresceu simetricamente.<br />Os dois gráficos abaixo foram compilados por Dumenil e Levy neste artigo ainda em preparação. No primeiro gráfico vemos as taxas de crescimento para diferentes regiões do mundo, separadas por níveis de renda. No segundo gráfico vemos as parcelas da renda mundial total que cabem aos países ricos e aos emergentes. É interessante ver que as taxas mais altas de crescimento dos países menos avançados fez com estes avançassem sobre os países ricos em termos da porcentagem da renda mundial total. Parece que nos próximos anos os países menos desenvolvidos produzirão uma parcela maior da renda mundial do que os países ricos.<br />. PIB (PPC)[Esconder]<br />Total: $19.057 bilhões (estimativa de 2010)China $10.084 bilhõesIndia $4.001 bilhõesRússia $2.219 bilhõesBrasil $2.182 bilhões<br />GDP (nominal)[Esconder]<br />Total: $11.381 trilhões (estimativa de 2010)China US$ 5,878 trilhõesBrasil US$ 2,029 trilhõesRússia US$ 1,465 trilhãoIndia US$ 1,645 trilhão<br />Área[Esconder]<br />Total : 39.739.375 km2 (est. de 2010)Rússia 17.075.400 km2China 9.640.821 km2Brasil 8.514.877 km2India 3.287.240 km2<br />População[Esconder]<br />Total : 2.934.822.616 (est. 2010)China 1.341.000.000India 1.210.193.422Brasil 190.732.694Rússia 142.905.200<br />A Teoria dos Mundos (1945 -1990) <br />As nações do globo eram divididas em três “mundos”, segundo os sistemas de produção e os níveis de desenvolvimento. <br />Primeiro Mundo <br />Era composto por países de economia capitalista e elevado grau de desenvolvimento econômico, como os Estados Unidos, Japão, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Holanda, Canadá, por exemplo. Recentemente CMG apura, devido à dinamização de sua economia e melhoria das condições sociais, ascendeu à categoria de país desenvolvido. <br />Segundo Mundo <br />Seus componentes eram países de economia planificada (socialista). Os países desse grupo estão abandonando os princípios socialistas para adotar princípios capitalistas. <br />Terceiro Mundo <br />Deste grupo fazem parte países capitalistas subdesenvolvidos atrasados social e economicamente em função de suas relações comerciais desfavoráveis com países do Primeiro Mundo. Normalmente exportam seus produtos (em geral matérias-primas) a baixo custo e importam produtos industrializados e tecnologia a um custo elevado, agravando um quadro de pronunciada desigualdade social. São membros do Terceiro Mundo, entre outros, Brasil, Argentina, México, Índia, Egito e Arábia Saudita. Apresentam grandes desigualdades sociais.<br />http://www.coladaweb.com/geografia/teoria-dos-mundos<br />G20<br />O G20 (Grupo dos 20) é um grupo constituído por ministros da economia e presidentes de bancos centrais dos 19 países de economias mais desenvolvidas do mundo, mais a União Européia. Criado em 1999, na esteira de várias crises econômicas da década de 1990, o G20 é uma espécie de fórum de cooperação e consulta sobre assuntos financeiros internacionais.<br />Principais objetivos do G20<br />- Favorecimento de negociações econômicas internacionais;<br />- Debates sobre políticas globais para promover o desenvolvimento econômico mundial de forma sustentável;<br />- Discussão de regras comuns para a flexibilização do mercado de trabalho;<br />- Criação de mecanismos voltados para a desregulamentação econômica;<br />- Criação de formas para liberação do comércio mundial.<br />Países membros <br />- África do Sul<br />- Alemanha<br />- Arábia Saudita<br />- Argentina<br />- Austrália<br />- Brasil<br />- Canadá<br />- China<br />- Coreia do Sul<br />- Estados Unidos<br />- França<br />- Índia<br />- Indonésia<br />- Itália<br />- Japão<br />- México<br />- Reino Unido<br />- Rússia<br />- Turquia<br />- Países membros da União Européia<br />http://www.suapesquisa.com/economia/g20.htm<br />