Apresentação asterisk
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação asterisk

on

  • 2,958 views

Essa apresentação contém a configuração de todos os tipos básicos de configuração do asterisk. ...

Essa apresentação contém a configuração de todos os tipos básicos de configuração do asterisk.
Qualquer duvida podem mandar um email para:

vicente.proj@hotmail.com

Ou visitar o endereço do you tube que contém muitos vídeos ensinando a configurar o asterisk.

http://www.youtube.com/user/voipjava

Statistics

Views

Total Views
2,958
Views on SlideShare
2,958
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
126
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação asterisk Apresentação asterisk Presentation Transcript

  • Asterisk Vicente de Paula Nobrevicente.proj@hotmail.com
  • Principais Tópicos O que é o asterisk Alguns Recursos Arquitetura do asterisk Hardware e software Cenários de uso Instalação no Centos 5 Principais arquivos de configuração
  • Principais Tópicos Sintaxe de configuração Plano de discagem com cliente SIP Correio de voz, salas de conferência e Filas Estacionamento e transferência de chamadas Captura e gravação de chamadas Plano de discagem com cliente IAX Interligar dois servidores Asterisk com IAX em modo trunk
  • O que é o Asterisk É um PABX IP baseado em software livre sob licença GPL, que pode rodar em vários sistemas operacionais, mais que se adéqua melhor ao Linux Interliga redes IPs a rede de telefonia pública
  • O que é o Asterisk Configuração de Recursos avançados e a agregação de novas funcionalidades. Foi desenvolvido pela Digium que também investe em Hardware de baixo custo Software de código aberto, muitos desenvolvedores contribuem para o seu crescimento.
  • Alguns Recursos Salas de Conferências Gravação de chamadas Transferência de ligações Estacionamento de chamadas Filas de atendimento Correio de voz
  • Alguns Recursos URA (unidade de resposta audível) Planos de discagens flexíveis Música em espera Monitoramento de chamadas Uso de banco de dados (MySQL, PostgreSQL) Geração de bilhetagem
  • Arquitetura do Asterisk
  • Arquitetura do Asterisk Canais - Linhas Telefônicas; - Analógicas, Digitais e Virtuais; - Modulados por Codecs; Encapsulados por um Protocolo Sinalizador - Estabelecer as conexões; - Campainha; - Desconexão;
  • Arquitetura do Asterisk Codecs – Compressão da voz; Principais – G.729a – 8Kbits com licença; – G.711 ulaw - usado nos EUA 64 Kbps; – G.711 alaw - usado na Europa e Brasil 64 Kbps; – G.723.1 - 5.3-6 Kbps com licença; – GSM - 12-13 Kbps, Telefonia Celular;
  • Arquitetura do Asterisk Protocolos – H323 – Antigo protocolo para VoIP. – IAX – Inter-Asterisk Exchange Protocol; – SIP – Session Initiation Protocol; – Skinny - Telefones IP da Cisco; – ZAP/DAHDI – Hardware de Digium;
  • Hardware e software• Adaptador • SoftFone X-lite • Telefone IP
  • Hardware e software • Placa de Telefonia IP
  • Exemplo com placa de Telefonia
  • Exemplo com banco de canais
  • Exemplo Interligando matriz e filial
  • Instalação Utilizando uma distribuição Linux como o Centos 5:
  • Instalação Baixa-se os pacotes do site da Digium: - asterisk-1.4.40.tar.gz - asterisk-addons-1.4.13.tar.gz - dahdi-linux-2.4.1.1.tar ou zaptel-1.4.12.1.tar - dahdi-tools-2.4.1.tar.gz - libpri-1.4.11.5.tar.gz - sounds-1.0-pt_BR.tar.gz - Disc-OS-Sounds-1.0-pt_BR.tar
  • InstalaçãoBaixa-se os pacotes do site da Digium:wget http://downloads.digium.com/pub/asterisk/asterisk- 1.4.40.tar.gzwget http://downloads.digium.com/pub/libpri/libpri- 1.4.11.5.tar.gzwget http://downloads.digium.com/pub/telephony/dahdi- linux/dahdi-linux-2.4.1.1.tarwget http://downloads.digium.com/pub/telephony/dahdi- tools/ dahdi-tools-2.4.1.tar.gzwget http://downloads.digium.com/pub/asterisk/asterisk- addons-1.4.13.tar.gz
  • Instalação Copiam-se todos os arquivos para /usr/src - Exemplo: # cp asterisk-1.4.40.tar.gz /usr/src - Para copiar todos os arquivos: # cp *.tar.gz /usr/src
  • Instalação Entra no diretório e descompacta cd /usr/src # tar xzfv asterisk-1.4.40.tar.gz # tar xzfv asterisk-addons-1.4.13.tar.gz # tar xzfv dahdi-linux-2.4.1.1.tar # tar xzfv dahdi-tools-2.4.1.tar.gz # tar xzfv libpri-1.4.11.5.tar.gz
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote dahdi-linux # cd dahdi-linux # vim README (opcional – para ver como se instala) # make clean # ./configure # make # make install
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote dahdi-tools # cd dahdi-tools-2.4.1 # make clean # ./configure # make # make install
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote libpri # cd libpri-1.4.11.5 # make clean # make # make install
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote asterisk # cd asterisk-1.4.40 # make clean # ./configure # make menuselect (habilita/desabilita as opções do asterisk) # make # make install # make samples (arquivos de exemplos) # make config (configura os módulos da maneira padrão)
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote asterisk-addons # cd asterisk-addons-1.4.13 # make clean # ./configure # make # make menuselect # make install # make samples
  • Instalação Compilação e instalação dos Arquivos Instalando o pacote sounds # cp sounds-1.0-pt_BR.tar.gz /var/lib/asterisk # cd /var/lib/asterisk # tar xzfv sounds-1.0-pt_BR.tar.gz ou # cp Disc-OS-Sounds-1.0-pt_BR.tar /var/lib/asterisk # cd /var/lib/asterisk # tar xf Disc-OS-Sounds-1.0-pt_BR.tar
  • Carregando o dahdi_dummy Para que funcione salas de conferência é preciso ter uma placa instalada no servidor para gerar uma temporização, no caso de não haver é necessário carregar o modulo dahdi_dummy ou ztdummy. # lsmod | grep dahdi_dummy # modprobe dahdi_dummy ou no caso do pacote zaptel-1.4.12.1.tar # lsmod | grep ztdummy # modprobe ztdummy
  • Carregando o dahdi_dummy # echo "dahdi_dummy" >> /etc/modules O dahdi é carregado no Linux como um serviço: # /etc/init.d/dahdi start # /etc/init.d/asterisk restart Depois asterisk -r e execute o comando "dahdi show status"
  • Iniciando e parando o Asterisk Iniciando # /usr/sbin/asterisk –vvvc Parando # stop now
  • Arquivos de configuração O asterisk é controlado por arquivos de configuração localizados em /etc/asterisk. No formato .conf os arquivos são divididos em sessões: [sessao1] chave = valor ; Designação da variável [sessao2] objeto => valor ; Declaração do objeto [sessao3] objeto2 => valor ; Declaração do objeto2 ; Todos os arquivos seguem a mesma sintaxe
  • Arquivos de configuração Existem algumas sessões com funções especificas: [general] .: Define os valores padrão para todas as outras sessões [channels] .: Especifica os canais de comunicação dentro do arquivo zapata.conf [globals] .: Criação das variáveis globais dentro de um plano de discagem
  • Estrutura do sistema de arquivos Diretorio dos arquivos de configuração /etc/asterisk Diretorio dos Modulos, aplicações e canais /usr/lib/asterisk/modules Diretorio de gravação da voz usadas no correio de voz /var/lib/asterisk/sounds Diretorio para Scripts AGI (Asterisk Gateway Interface) /var/lib/asterisk/agi-bin
  • Estrutura do sistema de arquivos Principais arquivos:sip.conf .: Clientes SIP.iax.conf .: Clientes IAX.extensions.conf.: Plano de discagem.voicemail.conf.: Correio de voz.queues.conf.: Filas de atendimentos.agents.conf.: Agentes que poderão atender chamadas em filas.meetme.conf.: Salas de conferência.manager.conf.: Administrador do servidor.features.conf: Configuração de transferências, estacionamento,gravação de chamadas e etc.
  • Arquivo Sip.conf Contém parâmetros de configuração dos telefones e operadoras SIP. Os clientes devem estar configurados antes que possam fazer e receber chamadas.
  • Arquivo Sip.conf Na sessão [general], define-se os valores das variáveis padrão para todos os canais SIP. Através da seguinte sintaxe: [general] variavel=valor1 variavel=valor2 [nome_sessao] type=friend/peer/user context=NomeContexto host=dynamic secret=senha_da_conta
  • Arquivo Sip.confAlguns parâmetros da sessão general:allow: Permite que um determinado codec seja usadodisallow: Proíbe um determinado codecbindaddr: IP onde o Asterisk irá esperar pelas conexões SIPcontext: Configura o contexto padrão para todos os cliente SIP port: Porta para conexões de entrada SIP, o padrão é 5060 maxexpirey: Tempo máximo para registro em segundos defaultexpirey: Tempo padrão para registro em segundos register: Registra o Asterisk com outro host
  • Arquivo Sip.confExemplo de configuração sessão general: [general] port=5060 bindaddr=0.0.0.0 context=ramais disallow=all allow=gsm maxexpirey=120 defaultexpirey=80 register=>vicente@freeworlddialup.com/5000
  • Arquivo Sip.conf As seções seguintes definem os parâmetros das entidades SIP tais como o nome de usuário, senha e endereço IP. Três categorias de entidades SIP são definidas: peer: Entidade que recebe chamadas através do asterisk user: Entidade que faz chamadas através do Asterisk friend: Entidade que pode fazer e receber chamadas
  • Arquivo Sip.confPrincipais campos das sessões: type: Configura a classe de conexão, opções são peer, user e friend host: Configura o endereço IP ou o nome do host. Pode-se usar também a opção ‘dynamic’ onde se espera que o telefone se registre username: Esta opção configura o nome do usuário que o Asterisk tenta conectar quando uma chamada é recebida secret: Senha para autenticar os peers e users fazendo uma chamada
  • Arquivo Sip.conf [general] [2050] context=ramais type=friend port=5060 host=dynamic bindaddr=0.0.0.0 username=2050 disallow=all secret= 351654 allow=alaw context=externo language=pt_BR callerid=maria<2050> [2000] type=friend host=dynamic username=2000 secret= 698569 callerid=vicente<2000>
  • Arquivo Extensions.conf O plano de discagem é representado pelo extensions.conf Consiste de uma lista de instruções ou passos que o Asterisk deve seguir Essas instruções são disparadas de acordo com uma prioridade a partir dos dígitos recebidos de um canal ou aplicação
  • Arquivo Extensions.conf O plano de discagem é dividido em quatro conceitos: - Contextos - Extensões - Prioridades - Aplicações Os contextos são definidos para cada canal dentro dos arquivos sip.conf, iax.conf, h323.conf e etc.
  • Arquivo Extensions.confContextos São responsáveis pela organização e segurança do plano de discagem Definem o escopo e permitem separar diferentes partes do plano de discagem Estão ligados diretamente aos canais, cada canal existe dentro de um contexto Quando uma ligação entra no Asterisk por um canal ela é processada dentro de um contexto
  • Arquivo Extensions.confContextos Os contextos recebem o seu nome dentro de colchetes ([]s) Exemplo: [ramais] Todas as instruções colocadas após a definição são partes do contexto
  • Arquivo Extensions.confExtensões Dentro de cada contexto serão definidas as extensões Uma extensão é uma string que vai disparar um evento [ramais] exten=>2000,1,Dial(SIP/2000,20) exten=>2000,2,VoiceMail(u300) ;indisponível exten=>2000,101,VoiceMail(b300) ;ocupado A instrução “exten=> “ descreve qual o próximo passo para a ligação O “2000” é o numero discado O “1”, “2”e “101” são as prioridades que determinam a ordem de execução
  • Arquivo Extensions.confExtensões Extensões determinam o fluxo das chamadas Uma extensão é definida com a sintaxe: exten=> extensão, prioridade(nome), aplicação O comando “exten=>” é seguido por um número da extensão, uma vírgula, a prioridade, outra vírgula e a aplicação.
  • Arquivo Extensions.confPrioridades Cada extensão é executada dentro de um contexto através de prioridades e não por ordem de definição no arquivo Cada prioridade chama uma aplicação especifica [ramais] exten=>_20XX,1,Dial(SIP/${EXTEN},20) exten=>_20XX,n,VoiceMail(u300) exten=>_20XX,n,Hangup()
  • Arquivo Extensions.confAplicações As aplicações tratam o canal de voz: - Tocando sons. - Aceitando dígitos. - Correio de voz. - Sala de conferência. - Desligando uma chamada e etc. As aplicações são chamadas com opções que afetam a sua forma de funcionamento
  • Arquivo Extensions.confExemplo de Aplicações São os utilitários chamados a partir do plano de discagem: - Answer.: Atende a chamada e sincroniza o canal de áudio - PlayBack.: Reproduz um arquivo de áudio localizado em /var/lib/asterisk/sounds - BackGround.: Faz a mesma função do PlayBack, mas permite a interação com o usuário - Dial.: Conecta dois canais de comunicação - MeetMe.: Entra em uma sala de conferência configurada em meetme.conf - Queue.: Entra em uma determinada fila configurada em queues.conf - VoiceMail.: Chama uma caixa de mensagens configurado em voicemail.conf - Hangup.: Encerra a chamada
  • Plano de discagem simples Passos para a criação de um ramal: 1 - Cadastrá-lo no arquivo de configuração referente ao protocolo sip.conf, iax.conf, h323.conf e etc. 2 – Definir o contexto ao qual a extensão participará 3 - Definir dentro do arquivo extensions.conf o plano de discagem para esse ramal
  • Plano de discagem simples Arquivo sip.conf Define valores padrão Configura a extensão 3000 [general] [3000] port=5060 type=friend bindaddr=0.0.0.0 host=dynamic disallow=all username=3000 allow=alaw secret=654321 language=pt_BR callerid=vicente<3000> mailbox=300@default context=local
  • Plano de discagem simples Arquivo sip.conf Configura a extensão 3050 [3050] type=friend host=dynamic username=3050 secret=123456 callerid=maria<3050> mailbox=300@default context=local
  • Plano de discagem simples Arquivo extensions.conf [local] exten=> 3000,1,Dial(SIP/3000,20) exten=> 3000,2,HangUp() exten=> 3050,1,Dial(SIP/3050,20) exten=> 3050,2,HangUp() [local] exten=> _30XX,1,Answer exten=> _30XX,n,Wait(0.5) exten=> _30XX,n,PlayBack(hello-word) exten=> _30XX,n,Authenticate(875) exten=> _30XX,n,Dial(SIP/${EXTEN},20) exten=> _30XX,n,HangUp()
  • Arquivo Voicemail.conf Permite que uma chamada ocupada ou não atendida seja enviada para uma secretária eletrônica Passos para a criação de um correio de voz: 1. Em voicemail.conf defini-se os usuários e senhas para o correio de voz. 2. Em extensions.conf configura-se uma extensão para que uma chamada ocupada ou não atendida seja direcionada para a aplicação VoiceMail(). 3. Configura-se uma extensão para que o usuário possa ouvir seu correio de voz.
  • Arquivo Voicemail.conf Voicemail.conf Sip.conf [general] [4000] format=gsm mailbox=600@caixa_msg serveremail=asterisk@hotmail.com maxlogins=5 maxmsg=100 delete=no attach=yes [caixa_msg] include => general 600 =>123,vicente,vicente.proj@hotmail.com
  • Arquivo Voicemail.confExtensions.conf[local]include=>correio exten => _40XX,1,Dial(SIP/${EXTEN},40) exten => _40XX,2,GoToIf($[${DIALSTATUS} = CHANUNAVAIL] ? 5) exten => _40XX,3,GoToIf($[${DIALSTATUS} = BUSY] ? 6) exten => _40XX,4,HangUp() exten => _40XX,5,VoiceMail(u600@caixa_msg) ; indisponível exten => _40XX,6,VoiceMail(b600@caixa_msg) ; ocupado; Acceso ao correio de voz[correio]exten => 100, 1, VoiceMailMain(600@caixa_msg)exten=> 100,n,HangUp()
  • Arquivo meetme.conf A conferência no Asterisk é feita usando a aplicação MeetMe() O MeetMe() é uma ponte de videoconferência, que pode funcionar em qualquer tipo de canal ;meetme.conf [rooms] conf=>sala,senha ;Exemplo conf=> 500 conf=> 500,123456
  • Arquivo meetme.conf No arquivo extensions.conf pode ser definido uma nova sessão chamada conferencia e essa sessão ser incluída na sessão local através do parâmetro include. [local] include=>conferencia exten=> _30XX,1,Answer exten=> _30XX,n,Wait(0.5) exten=> _30XX,n,PlayBack(hello-world) exten=> _30XX,n,Authenticate(875) exten => _30XX,n,Dial(SIP/${EXTEN},20) exten => _30XX,n,Hangup()
  • Arquivo meetme.conf [conferencia] exten=> 500,1,Answer exten=> 500,n,MeetmeCount(500,total) exten=> 500,n,ExecIf($[${total}=6]?HangUp) exten=> 500,n,MeetMe(500) exten=> 500,n,HangUp()
  • Arquivo queues.conf
  • Arquivo queues.conf As filas de atendimento são criadas no arquivo queues.conf As filas possuem agentes para atender chamadas que são configuradas no arquivo agents.conf Podem ser configuradas mensagens durante o tempo de espera – Propagandas – Tempo médio de espera – Posição na fila
  • Exemplo de Fila arquivo queues.conf [telemarkting] musicclass=default announce= anunciodafila timeout=15 retry=5 strategy=roundrobin monitor-format=gsm member=agent/1000 member=agent/1001 member=agent/1002
  • Exemplo de Fila arquivo agents.conf [agents] agent => 1000,123,agente1 agent => 1001,1234,agente2 agent => 1002,12345,agente3
  • Exemplo de Fila arquivo extensions.conf [telemarketing] exten=> 800,1,Answer exten=> 800,2,Queue(telemarketing) [login] exten=> 900,1,Answer exten=> 900,2,AgentLogin()
  • Estacionamento de Chamadas Coloca uma chamada em uma fila de espera, para que algum outro ramal possa capturá-lo. Configurado no arquivo features.conf parkext=700.: Extensão onde se deve transferir a chamada parkpos=701-709.: Salas disponíveis para o estacionamento context=parkedcalls.: Contexto com regras de estacionamento parkingtime=60.: Tempo que a ligação ficará estacionadaNo arquivo extensions.conf adiciona-se a seguinte linhainclude=>parkedcalls
  • Transferência de chamadas Existem duas formas de transferências: -As cegas(blind transfer) Não há a consulta previa do destinatário da chamada, é executado através da tecla # -Assistida(attended tranfer) Há consulta previa do destinatário da chamada, executado pela tecla FLASH
  • Transferência de chamadas Existem duas formas de transferências: São configuradas no arquivo features.conf:- blindxfer.: Define o código para transferência as cegas o padrão é o caractere #(sustenido)- atxfer.: Define o código para transferência assistida o padrão é o *2
  • Captura de chamadas Transferir uma chamada que está tocando em outro ramal para o seu e assim atendê-lo- Captura em grupo:É Configurado no arquivo no arquivo features.confespecificando o parâmetro:pickupexten.: *8 ;valor padrãoAgrupa-se os canais por meio de dois parâmetros:callgroup.: Grupo, o qual o canal faz partepickupgroup.: Grupos que os canais podem capturar chamadas
  • Captura de chamadasExemplo:;arquivo sip.conf ou iax.conf e etc[1001]callgroup=1pickupgroup=1,2 [1002]callgroup=2pickupgroup=2 Obs.: Essa forma de captura de chamadas funciona apenas para canais que utilizem o mesmo protocolo de sinalização como o SIP, IAX, H323 e etc.
  • Captura de chamadasCaptura direta: Captura uma chamada diretamente especificando o ramal que se deseja capturar, independente do grupo e protocolo Implementa-se dentro do arquivo extensions.conf através da aplicação PickUp() Sintaxe: PickUp(extensão@contexto) Exemplo: exten=> _030xx,1,PickUp(${EXTEN:1}@local)
  • Gravação de chamadas - MixMonitor.: Grava o áudio da chamada no formato da extensão especificada - Sintaxe: MixMonitor(arquivo.ext,opções) - Opções: a .: Adiciona no final do arquivo a gravação ao invés de subscrever o áudio b .: Grava o áudio depois da chamada ser atendida
  • Gravação de chamadasExemplo: [local] exten=> _40xx,1,MixMonitor(chamada-${EXTEN}.gsm,ab) exten=> _40xx,n,Dial(SIP/${EXTEN},20,tTwW) exten=> _40xx,n,HangUp() ;localização dos arquivos: /var/spool/asterisk/monitor/t .: habilita transferência de chamadas para o lado destinoT .: habilita transferência de chamadas para o lado originadorw .: habilita gravação da chamada para o lado destinoW .: habilita gravação da chamada para o lado originador
  • Gravação de chamadas - Monitor.: Grava o áudio da chamada no formato especificado em dois arquivos separados, entrada (-in) e saída(-out) - Sintaxe: Monitor(formato, arquivo,opções) - Opções: m.: Mixa os arquivos de entrada e saída ao final da gravação b.: Grava o áudio após a chamada ser atendida
  • Gravação de chamadasExemplo:[local]exten=> _40xx,1,Monitor(WAV,chamada-${EXTEN},mb)exten=> _40xx,n,Dial(SIP/${EXTEN},20,tTwW)exten=> _40xx,n,HangUp()
  • Arquivo iax.conf Permite a comunicação entre dois servidores asterisk Transporta sinalização e mídia em uma única porta TCP/IP-UDP, a 4569 Não possui dificuldades para sinalização e transporte de mídia entre pontos de conexão como NAT e Firewalls
  • Arquivo iax.confCenários de uso - Servidor IAX: ;arquivo iax ;arquivo extensions.conf [1000] [local] type=friend exten=> _10XX,1,Dial(IAX2/${EXTEN},60) context=local exten=> _10XX,n,Hangup() auth=md5 username=1000 secret=1000 callerid=1000 host=dynamic allow=gsm
  • Arquivo iax.confCenários de uso –Modo Trunk Permite a comunicação entre dois servidores asterisk O áudio de varias chamadas será agrupado em um único conjunto de pacotes utilizando um único cabeçalho IP Reduz a latência fazendo uma economia na utilização da rede, já que os cabeçalhos IPs ocupam um maior percentual de uso de banda
  • Arquivo iax.confCenários de uso –Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX: IP da Matriz.: 192.168.0.1 - Faixa de ramais locais.: 10XX - Faixa de ramais externos.: 20XX IP da FILIAL: 192.168.0.3 - Faixa de ramais locais.: 20XX - Faixa de ramais externos.: 10XX
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX: ;codigo para a matriz ;ramal local para a matriz [general] [1000] bindport=4569 type=friend username=1000 bindaddr=0.0.0.0 secret=1000 disallow=all host=dynamic allow=gsm context=local jitterbuffer=no auth=md5 forcejitterbuffer=no qualify=yes maxjitterbuffer=100 trunk=yes callerid=1000
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX: ;ramal para se conectar a filial [2000] type=friend username=2000 secret=2000 host=dynamic auth=md5 qualify=yes trunk=yes callerid=2000
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX:;arquivo extensions.conf[local]include=>externoexten=> _10XX,1,Dial(IAX2/${EXTEN},60,tT)exten=> _10XX,n,Hangup()[externo]exten=> _20XX,1,Dial(IAX2/2000:2000@192.168.0.3/${EXTEN},60,tT)exten=> _20XX,n,Hangup()
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX: ;codigo para a filial ;ramal para se conectar a matriz [general] [1000] bindport=4569 type=friend bindaddr=0.0.0.0 username=1000 disallow=all secret=1000 allow=gsm host=dynamic jitterbuffer=no auth=md5 forcejitterbuffer=no qualify=yes maxjitterbuffer=100 trunk=yes callerid=1000
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX: ;ramal local para a filial [2000] type=friend username=2000 secret=2000 host=dynamic context=local auth=md5 qualify=yes trunk=yes callerid=2000
  • Arquivo iax.confCenários de uso – Modo Trunk Exemplo conectando matriz e filial com o IAX:;arquivo extensions.conf[local]include=>externoexten=> _20XX,1,Dial(IAX2/${EXTEN},60,tT)exten=> _20XX,n,Hangup()[externo]exten=> _10XX,1,Dial(IAX2/1000:1000@192.168.0.1/${EXTEN},60,tT)exten=> _10XX,n,Hangup()
  • Contato, Criticas, Sugestões e Dúvidas:– vicente.proj@hotmail.com Endereço do You Tube:- http://www.youtube.com/user/voipjava Web sites:– www.asterisk.org– www.digium.com– www.voip-info.org
  • Fim