Metodos e tecnicas_pedagogicos

8,356
-1

Published on

Published in: Education
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,356
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
336
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metodos e tecnicas_pedagogicos

  1. 1. Métodos e Técnicas de Aprendizagem Formação Pedagógica Inicial de Formadores A Formadora: Sónia Lopes
  2. 2. MÉTODOS PEDAGÓGICOS Conjunto de meios, considerados os maisapropriados, para atingir determinados objectivos educativos.
  3. 3.  Não se tornar escravo de um método! O Formador deve adequar e experimentar vários, de acordo com todas as condicionantes do processo de formação.
  4. 4. Caracterização dos métodos Método Expositivo Método Demonstrativo  Método Interrogativo  Método Activo
  5. 5. Método Expositivo Centrado nos conteúdos (saber-saber); Comunicação unilateral; Relação rígida e formal; Formandos passivos.
  6. 6. Método Expositivo Vantagens O formador domina por completo o rumo da sessão. Permite transmitir múltiplos conteúdos. Adequado a turmas numerosas.
  7. 7. Método Expositivo Desvantagens Pode tornar-se cansativo; Não permite aos formandos qualquer iniciativa;O feedback não é feito de uma forma parcial e contínua.
  8. 8. Método Expositivo  Usar em caso de: Necessidade de expor as suas ideias ao grupo; Explicar conceitos de maneira indutiva; Transmitir directrizes para a execução de uma actividade; Apresentação de um novo tema.
  9. 9. Método ExpositivoNa preparação da exposição, o formador deve: Seleccionar as informações a transmitir; Identificar e/ou criar exemplos; Organizar a sequência de ideias; Resumir os tópicos da exposição.
  10. 10. Método Demonstrativo Baseado no conhecimento do formador e na sua competência para exemplificar uma prática que se deseja repetida e depois apreendida (saber-fazer); Possibilita o ensino individual ou em grupo.“O QUE OUÇO ESQUEÇO,O QUE VEJO LEMBRO,O QUE FAÇO APRENDO”.
  11. 11. Método Demonstrativo Vantagens Permite a participação dos formandos discutindo, dialogando, observando e realizando; Dado o contacto pessoal, provoca uma atenção de parte a parte; Provoca uma grande motivação dos formandos com bases sólidas;
  12. 12. Método Demonstrativo Vantagens (Continuação) Individualização da aprendizagem Adequa-se às diferentes realidades.
  13. 13. Método Demonstrativo Desvantagens Não adequado a grandes grupos; Exige uma maior disponibilidade de tempo; Exige muito equipamento e materiais; Necessita de material pedagógico especifico;
  14. 14. Método Interrogativo Promove o saber-saber e saber-fazer; Formandos motivados e participativos; Relação menos formal; Reforço positivo ao formando; Controlo da aprendizagem pelo formando.
  15. 15. Método Interrogativo Vantagens Os conhecimentos essenciais são evidenciados pelos formandos; Subordinação lógica: possibilita a aprendizagem estruturada e significativa; Feedback constante; Motiva e facilita a comunicação;
  16. 16. Método Interrogativo Vantagens (Continuação) Obriga a pensar, planificar e gerir a aprendizagem na globalidade; Método individualizado;
  17. 17. Método Interrogativo Desvantagens Pode bloquear a criatividade e a iniciativa; Despersonaliza a comunicação formando/formador e os formandos entre si;A construção dos módulos é morosa.
  18. 18. TIPOS DE PERGUNTAS MEMÓRIA (implicam o relembrar de informação específica); RACIOCÍNIO (levam o formando a pensar e a desenvolver a sua informação); CRIATIVAS (exigem do formando soluções novas e originais); PESSOAIS (suscitam no formando a expressão de opiniões, sentimentos e valores pessoais); ABERTAS (as respostas conseguem-se através de uma elaboração diferente de indivíduo para indivíduo e podem ter várias respostas aceitáveis); FECHADAS (apenas têm uma única resposta correcta).
  19. 19. Método Activo O formando organiza o seu próprioprograma e forma-se através de actividades deaprendizagem orientadas pelo formador.
  20. 20. Método Activo Condensa os três saberes:  saber-saber, o saber-fazer e o saber-estar; Desenvolve potencialidades e atitudes; Espírito de iniciativa e criatividade; Favorece o trabalho de grupo; Relação informal e aberta; Comunicação multilateral.
  21. 21. Método Activo Vantagens Deixa lugar à iniciativa e autonomia; Permite exercer actividades variáveis; Promove espírito de equipa; Aumenta a capacidade de autonomia.
  22. 22. Método Activo Desvantagens Nem sempre se corrige de imediato os desvios; Não é aplicável a populações muito heterogéneas; Pode levar a conflitos causados por diferentes opiniões
  23. 23. Técnica Pedagógica: Aplicação prática de umconhecimento científico.
  24. 24. Técnicas de exposição participativa Distribuição aos grupos de uma lista de problemas ou questões-desafio para que no final possam classificá-los pela sua importância. Utilizar um filme e pedir aos formandos que analisem as informações adquiridas. Propor aos formandos que em grupos de dois formulem um problema, uma questão ou um comentário sugeridos pela exposição.
  25. 25. Simulação O formando constrói a sua própria aprendizagem e realiza a sua própria avaliação. Baseada na aplicação de uma situação experimental, com todas as características estruturais das condições reais. Os formandos aprendem, pela prática, os comportamentos adequados correspondentes à situação real.
  26. 26. Estudo de Casos Os participantes são confrontados com uma situação / problema. Fazem uma análise conjunta, Identificam a solução mais adequada e determinam os princípios da sua justificação.
  27. 27. Estudo de CasosObjectivos:  Criticar os dados, opiniões e hipóteses;  Provocar o contacto real e a consciencialização exacta e ajustada de uma situação;  Descobrir novas perspectivas na apreciação dos problemas e da tomada de decisões.
  28. 28. Características de um Caso: Real Problemático Desencadeador Polivalente Pedagógico Adaptado Envolvente
  29. 29. Brainstorming Também Tempestade Cerebral ou Chuva de Ideias. Técnica de dinâmica de grupos, que tem como objectivo gerar o maior número de soluções criativas para um problema.
  30. 30. Brainstorming Ideiasexpressas em frases curtas ou palavras; Não se permite juízos críticos; A imaginação é livre e soberana; Quantidade de ideias; Agrupamentos, adaptações de ideias e combinações.
  31. 31. Role-Playing Também chamado jogo de papéis. Maneira de aprender princípios gerais de acção numa situação particular que é vivida dramaticamente, mas que pode ocorrer na vida real.
  32. 32. Trabalho de Grupo Dividir os formandos em grupo, com o objectivo de cada grupo produzir o seu próprio trabalho. Os grupos devem ser pequenos para a técnica ser eficaz.
  33. 33. CRITÉRIOS DE ESCOLHA DO MÉTODO / TÉCNICA  Adequação aos objectivos;  Respeito pelo ritmo de aprendizagem;  Mudança; Capacidade de aprendizagem autónoma;  Variedade de estímulos;  Pôr em situação.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×