• Save
Plano de aula   tratamento da informação-slideshare
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Plano de aula tratamento da informação-slideshare

on

  • 4,885 views

Plano de Aula do Curso Melhor Gestão, Melhor Ensino

Plano de Aula do Curso Melhor Gestão, Melhor Ensino

Statistics

Views

Total Views
4,885
Slideshare-icon Views on SlideShare
4,837
Embed Views
48

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 48

http://mgme6t4.blogspot.com.br 25
http://www.blogger.com 13
http://www.mgme6t4.blogspot.com.br 10

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Plano de aula   tratamento da informação-slideshare Plano de aula tratamento da informação-slideshare Presentation Transcript

    • TemaTratamento da InformaçãoGráfico de Colunas/Barras
    • Leitura e construção de gráficos e tabelasFonte: site do IBGE
    • Problema Gerador Questão 1Na tabela seguinte, você encontra a quantia economizadapor Marta durante o primeiro trimestre deste ano.
    • Continuação Questão 1O gráfico que melhor representa a economiafeita por Marta nestes meses é
    •  Associar informações apresentadas emlistas e/ou tabelas simples aos gráficosque as representam e vice-versa. (H43) Resolver problemas que envolvaminformações apresentadas em tabelase/ou gráficos. (H42)
    • Temas:Tratamento da InformaçãoGráfico de Colunas e Barras
    • Alunos do 9º ano doEnsino Fundamental.6 aulas
    •  Em nossa sociedade as linguagens e oscódigos se multiplicam. Os meio decomunicação estão repletos de gráficos etabelas. Desenvolvendo a capacidade de interpretardados, gráficos e tabelas, estaremos formandocidadãos críticos, capazes de interagir com omundo.
    • Objetivos Gerais Reconhecer gráficos e tabelascomo importantes instrumentospara a comunicação. Desenvolver habilidadesassociadas à organização, leitura eanálise de gráficos e tabelas.
    • Objetivos Específicos Selecionar e organizar os dados fornecidos em situaçãoproblema para a elaboração de gráficos (tabelas); Identificar informações apresentadas por meio da leiturade gráficos/tabelas; Localizar e compreender as escalas/unidadesde medida contidas no gráfico.
    • Como introdução do tema serão utilizados osseguintes procedimentos: Texto: História da Matemática-Origem dosGráficos; Texto: Orientações para construir gráficos; Vídeo – Tratamento da Informação – disponívelBlog (http://www.mgme6t4.blogspot.com)Introdução ao tema
    • História da MatemáticaOrigem dos GráficosWilliam Playfair (22 de setembro de 1759 - 11 de fevereiro 1823) foi um escocêsengenheiro e economista político , o fundador de métodos gráficos de estatísticas.Ele inventou quatro tipos de gráficos: em 1786 o gráfico de linha e gráfico de barrasde dados econômicos, e em 1801 o gráfico de pizza e o gráfico círculo, usado paramostrar as relações parte-todo.Ele era o quarto filho do reverendo James Playfair da paróquia de Liff & Benvie;seus irmãos notáveis ​​foram arquiteto e matemático John Playfair .Playfair tinha uma variedade de carreiras. Ele por sua vez foi um construtor demoinhos, engenheiro, desenhista, contador, inventor, ourives, comerciante, corretorde investimentos, economista, estatístico, panfletário, tradutor, publicitário,especulador de terras, condenado, banqueiro, monarquista ardente, editor. Em 1787ele se mudou para Paris, participando na tomada da Bastilha , dois anos depois.Playfair publicou o primeiro Atlas comerciais e políticos em Londres, em 1786. Elacontinha 43 parcelas de séries temporais e um gráfico de barras, uma formaaparentemente introduzido neste trabalho. Ele tem sido descrito como o primeirogrande trabalho para conter gráficos estatísticos.
    • Orientações para construirGráficos.Deve ser utilizada levando-se em conta algumasqualidades essenciais básicas para a construçãodestes: Simplicidade: as informações contidas em umgráfico devem ser diretas e detalhes secundáriosdevem ser omitidos; Clareza: as informações devem ser claraspossibilitando uma interpretação correta semdúvidas sobre os resultados; Veracidade: o gráfico deve expressar a verdadesobre os dados estudados.
    • 1ª Etapa – Interpretação, análise e discussão degráficos/tabelasO professor vai selecionar gráficos em jornais, revistas de diferentesassuntos para a interpretação, análise e discussão – desenvolvimento dacompetência leitora.Exemplos de gráficos em revistas.Fonte: Revista Época, 02/05/2005. Fonte: Revista Época, 23/05/2005. Fonte: Revista Época, 23/05/2005.
    • Apresentar dados etabelas para valorizar opensamento lógico edesenvolver acompetência leitora eescritora utilizandosituações problema.Exemplo: Em 2007, os JogosPan-Americanos foram realizados na cidadedo Rio de Janeiro. Cerca de 5500 atletasdisputaram 34 modalidades, e Brasil teve oseu melhor desempenho na história dosjogos, com 54 medalhas de ouro, 40medalhas de prata e 67 medalhas debronze. A tabela mostra o número total demedalhas que o Brasil ganhou em jogosPan-Americanos de 1987 a 2007.Ano Sede dosJogosNúmerototal demedalhas1987 Indianápolis(EUA)611991 Havana(Cuba)791995 Mar del Plata(Uruguai)821999 Winnipeg(Canadá)1012003SantoDomingo(RepúblicaDominicana)1232007Rio deJaneiro(Brasil)1612ª Etapa - Construção de tabelas utilizandotexto (Narrativa).
    • Dado um texto narrativo contendo váriasinformações (quantitativas e qualitativas) osalunos deverão: coletar dados, colocar na tabelade forma organizada e posteriormente construir ográfico.O professor orientará os alunos quanto aelaboração do gráfico e distribuição na reta. Esteprocedimento será realizado no papelquadriculado e no laboratório de informática.
    • 3ª Etapa: Organizar dados para construçãográficos/tabelasExemplo: Atualmente, segundo a Unesco, são mais de 6 mil línguas faladas no mundo, das quaismetade está ameaçada de desaparecer. [...] A metade de todos esses idiomas, no entanto estáconcentrada em apenas oito países: Papua Nova Guiné (832), Indonésia (731), Nigéria (515), Índia(400), México (295), Camarões (286), Austrália (268) e Brasil (em torno de 230).Fonte: Almanaque BrasilSocioambiental - São Paulo, 2004PaísQuantidadeLínguasFaladasPapua NovaGuiné832Indonésia 731Nigéria 515Índia 400México 295Camarões 286Austrália 268Brasil 2300100200300400500600700800900PapuaNovaGuinéIndonésia Nigéria Índia México Camarões Austrália BrasilLínguas Faladas no Mundo
    • Recursos Materiais e Tecnológicos Lousa Giz Régua Jornais e revistas Papel quadriculado Textos diversos TIC´s – Excel e Geogebra Calculadora Vídeo Caderno do Aluno e do Professor
    • Avaliação Avaliação Processual e Contínua; Trabalhos em grupo/individualElaboração de gráficos e tabela; Avaliação das atividades realizadas noLaboratório de Informática.
    • Recuperação Contínua Aplicação de mais situações problemas paradesenvolver habilidades que ainda não foramassimiladas. O professor auxiliar vai interagir com os alunosque apresentam defasagem de conteúdos. Projeto de Monitoria – alunos com bomrendimento ajudarão alunos com dificuldade deaprendizagem.
    • Grupo 6 – Turma 4Curso Melhor Gestão,Melhor EnsinoMembro:Vera Lucia Pokojski de Oliveira Rodrigues