Desafio profissional online_2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,204
On Slideshare
1,204
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 1 DESAFIO PROFISSIONAL CURSO: PEDAGOGIA 1ª SÉRIE DISCIPLINAS NORTEADORAS: Estrutura e Organização da Educação Brasileira e Educação e Diversidade O Desafio Profissional é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem que tem por objetivos:  Favorecer a aprendizagem.  Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e eficaz.  Promover o estudo dirigido a distância.  Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o autoaprendizado.  Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.  Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação.  Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de problemas práticos relativos à profissão.  Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a emancipação intelectual. Para atingir estes objetivos, você deverá seguir as instruções na elaboração do Desafio Profissional ao longo do bimestre, sob a orientação do Tutor, considerando as disciplinas norteadoras. A sua participação nesta proposta é essencial para o desenvolvimento de competências e habilidades requeridas na sua atuação profissional.
  • 2. 2 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Ao concluir os passos propostos neste desafio, você terá desenvolvido as competências e habilidades que constam nas Diretrizes Curriculares Nacionais descritas a seguir:  Aplicar modos de ensinar diferentes linguagens: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes, Educação Física, Língua Brasileira de Sinais, de forma interdisciplinar e adequada às diferentes fases do desenvolvimento humano.  Relacionar os conhecimentos relativos à área de atuação com as demais áreas do conhecimento.  Realizar pesquisas que proporcionem conhecimentos, entre outros: sobre seus alunos e alunas e a realidade sociocultural em que estes desenvolvem suas experiências não escolares; sobre processos de ensinar e de aprender, em diferentes meios ambiental-ecológicos; sobre propostas curriculares; e sobre a organização do trabalho educativo e práticas pedagógicas.  Utilizar, com propriedade, instrumentos próprios para construção de conhecimentos pedagógicos e científicos. OBJETIVO DO DESAFIO Analisar a legislação que ampara o respeito às diversidades culturais e avaliar as implicações práticas do multiculturalismo na construção do Projeto Pedagógico Curricular das escolas. PRODUÇÃO ACADÊMICA Elaborar texto analítico da convergência entre as determinações legais relacionadas a valorização do multiculturalismo e as práticas instituídas comumente nas escolas.
  • 3. 3 DESAFIO PROFISSIONAL A Escola Municipal Saber Conviver possui um Projeto Pedagógico Curricular que prima pelo respeito às diversidades e ao multiculturalismo. Prestes a promover uma homenagem aos familiares dos alunos a coordenação pedagógica e professores precisam desenvolvê-la de acordo com a proposta curricular da escola. Seu desafio é colaborar neste projeto com intuito de promover a diversidade e o multiculturalismo, tal como defendido pela esquipe escolar. A Escola Municipal Saber Conviver está prestes a completar um ano da sua inauguração. Uma das principais preocupações do diretor da escola, dos coordenadores pedagógicos, da equipe de professores e da Associação de Pais e Mestres foi construir um Projeto Pedagógico Curricular que estivesse de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96) os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e o Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Como todo Projeto Pedagógico Curricular o objetivo é que neste documento estejam presentes a cultura da escola, seus valores, crenças, significados e modos de agir tanto de alunos quanto de professores, pais e funcionários. Neste sentido desde que foi inaugurada toda a comunidade escolar buscou promover o multiculturalismo e reconheceu a importância de implementar projetos e ações pedagógicas que valorizem toda a diversidade presente na escola. Como toda escola, a diversidade na Escola Municipal Saber Conviver pode ser percebida em vários aspectos, seja de ordem étnica, religiosa, sexual e de gênero, de classe social, faixa etária, sotaques, cores, valores, crenças, comportamentos, enfim, ela reflete a sociedade que a compõe. O multiculturalismo e a diversidade são inerentes a sua composição como instituição de ensino, e a partir deste princípio o Projeto Pedagógico Curricular foi constituído. Uma vez que o respeito às diferenças faz parte das aulas, da gestão e organização da escola e permeia os discursos dos professores e gestores, chegou a hora de colocar em prática mais uma vez a valorização da diversidade e do multiculturalismo nas atividades extracurriculares organizadas pela escola.
  • 4. 4 O diretor da escola organizou uma reunião com os professores e coordenação pedagógica para definir como serão as práticas pedagógicas e as festividades relacionadas ao Dia dos Pais. Nesta reunião, alguns professores relataram que nunca vivenciaram uma atividade que valorizasse a diversidade em festividades como esta, e que a iniciativa além de pioneira certamente contribui para a disseminação do respeito e da fraternidade entre todos. A coordenação pedagógica entende que o grande desafio da escola na organização das atividades está relacionado ao compromisso em assegurar o respeito a diversidade e as distintas culturas presentes na escola tal como observa o Projeto Pedagógico Curricular. O diretor da escola fez questão de enfatizar que a diversidade está presente no corpo de professores e colaboradores que possuem religião, orientação sexual, cor, idade, crenças, formação e valores distintos. Lembrou ainda que entre os alunos estas diversidades são ainda mais acentuadas principalmente quando se consideram os valores, as crenças e a estrutura familiar. A equipe de professores entende que a comemoração organizada pela escola tem um sentido mais amplo, de promoção da dignidade humana e dos valores de respeito, tolerância e dignidade humana. Como parte da organização foram programadas esquetes, músicas, exposição fotográfica e de trabalhos desenvolvidos pelos alunos. Organizar práticas pedagógicas que estejam em sintonia com o Projeto Pedagógico Curricular da Escola Municipal Saber Conviver e planejar uma festividade que considere a diversidade familiar dos alunos será o grande desafios dos professores e coordenação pedagógica. A partir deste momento este será o seu desafio também, promover a diversidade e o multiculturalismo.
  • 5. 5 Passo 01 Imagine que você faz parte da coordenação pedagógica da Escola Municipal Saber Conviver e precisa apresentar aos professores os principais aspectos relacionados a diversidade e ao multiculturalismo observados no Projeto Pedagógico Curricular da escola. Faça um levantamento dos principais pontos presentes na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96), nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), nas Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica e nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico- Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e no Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil que tratem da necessidade de observar a diversidade e o multiculturalismo nas escolas. Apresente as informações conforme o esquema abaixo: Documento: Principais aspectos abordados nos documentos relacionados ao respeito às diversidades e ao multiculturalismo. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96) Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico- Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro- Brasileira e Africana Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil, Volume 1.
  • 6. 6 Passo 02 Os professores da Escola Municipal Saber Conviver relataram que em suas experiências profissionais nunca vivenciaram atividades que valorizassem a diversidade e o multiculturalismo em eventos relacionados a atividades envolvendo a comemoração do Dia dos Pais ou das Mães. Realize uma pesquisa na internet e encontre uma comemoração escolar voltada para o Dia dos Pais ou das Mães realizada por uma instituição de ensino. Analise criticamente o conteúdo encontrado e relate em um texto de até 20 linhas suas impressões em relação a observância a diversidade e ao multiculturalismo no evento que você indicar. Exemplo: Título: Comemoração do dia dos Pais/Mães da escola _______________. Disponível em: www.nome.do.site.com Acesso em: dia/mês/ano Análise crítica (máximo de 20 linhas) Passo 03 Diante dos diversos arranjos familiares existentes na sociedade os professores decidiram que a comemoração deve privilegiar a família como um todo, mesmo que o dia seja tradicionalmente associado a um membro em específico. De comum acordo os professores optaram em trabalhar as questões relacionadas a diversidade e ao multiculturalismo a partir de desenhos em cartões confeccionados pelos próprios alunos. O objetivo é que os professores problematizem questões multiculturais em sala de aula a partir das representações nos cartões e que estes sejam entregues aos familiares no dia da comemoração.
  • 7. 7 Ao organizar a exposição dos desenhos foi possível observar a diversidade, um deles retrata um homem de óculos segurando uma bengala, no outro uma mulher segurando uma bíblia, e ainda, um casal de idosos, dois homens de mãos dadas, uma mulher careca e outras representações que de uma forma ou de outra retratam o quão diferentes são os núcleos familiares. Os professores decidiram utilizar os desenhos para explicar a complexidade social aos alunos. A partir deste cenário, visualize que você vai trabalhar com o desenho das crianças para instrui-las sobre o respeito às diferenças e o multiculturalismo. Descreva cinco desenhos que possam ser trabalhados pedagogicamente como orientação a valorização da diversidade e o multiculturalismo. Siga o esquema abaixo: Desenho visualizado por você Aspectos que podem ser trabalhados com o objetivo de valorizar a diversidade e o multiculturalismo Desenho representando um homem de óculos segurando uma bengala. Deve-se trabalhar com as questões envolvendo a acessibilidade e mobilidade de pessoas com cegueira ou baixa visão. Enfatizar que esta condição não afeta as capacidades cognitivas e motoras e que estes indivíduos são capazes de trabalhar, educar os filhos, ler, escrever, navegar na internet e desenvolver várias atividades com o auxílio de recursos tecnológicos. Passo 04 Organize sua produção de acordo com a padronização exigida.
  • 8. 8 ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA O multiculturalismo somente poderá ser e promovido e protegido se estiverem garantidos os direitos humanos e as liberdades fundamentais, tais como a liberdade de expressão, informação e comunicação, bem como a possibilidade dos indivíduos de escolherem expressões culturais. Várias leis no âmbito nacional e internacional foram criadas com este objetivo. Em reportagem especial da Revista Escola, intitulada “As leis sobre diversidade” são elencadas algumas legislações que tratam deste assunto. É crescente a preocupação das instituições de ensino com a elaboração e atualização do Projeto Pedagógico Curricular. Partindo do princípio de que este documento deve se basear em uma série de determinações legais, cabe a escola assegurar a sua observância. Para Libâneo, Oliveira e Toschi (2012) este documento deve considerar os seguintes princípios: ele precisa ser democrático; garantir cruzamento de culturas, com conhecimentos e experiências diversificadas; incluir a interculturalidade, o respeito e a valorização da diversidade cultural e das diferentes origens sociais dos alunos; respeito à cultura local; analisar a dinâmica espacial da cidade; fortalecer a identidade pessoal, a subjetividade dos alunos e prever tentativas de enriquecimento curricular. Os vídeos Escola democrática e diversidade, parte 1 e parte 2, discutem as práticas pedagógicas que buscam promover o multiculturalismo em currículos escolares. É fundamental que ao construir o Projeto Pedagógico Curricular exista a preocupação com o tipo de cidadão que se pretende formar. Neste sentido o currículo escolar expressa uma determinada prática educativa, e para sua elaboração a escola precisa levar em conta o aluno, a sociedade e a cultura fundamentados em critérios de natureza filosófica, epistemológica, política e cultural. Um Projeto Pedagógico Curricular que privilegia estes aspectos precisa estar em sintonia com as determinações constitucionais e leis que regulamentam o ensino no país, tal como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96), os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação
  • 9. 9 das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e o Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Muitas escolas não possuem o Projeto Pedagógico Curricular compromissado com as questões multiculturais, e com o objetivo de auxiliá-las uma equipe de pesquisadores do Departamento de Políticas de Educação Infantil e Ensino Fundamental- DPE, vinculado à Secretaria de Educação Básica – SEB desenvolveu o documento Indagações Sobre o Currículo: Diversidade e Currículo que orienta os educadores a elaborar e promover um currículo que privilegie a interação dialógica entre escola e vida, considerando o desenvolvimento humano, o conhecimento e a cultura. A escola que busca formar para a cidadania precisa considerar em seu currículo a dimensão social e cultural de seus alunos, que cada vez se mostra mais complexa e distinta. A reportagem “A nova família brasileira” analisa os dados do IBGE no Censo de 2010, e mostra o quão dinâmicas são as mudanças sociais. Escolas com uma orientação pedagógica curricular multicultural estão atentas a estas mudanças. Este é o caso da escola Lua Nova que enfrentou as barreiras culturais e a resistência de alguns familiares ao promover o Dia da Família em substituição ao tradicional Dia dos Pais. As comemorações escolares que envolvem a família, geralmente relacionadas ao Dia das Mães e ao Dia dos Pais também precisam acontecer em uma perspectiva multicultural. As mudanças no perfil das famílias brasileiras não podem ser ignoradas pela comunidade escolar, pelo contrário cabe a escola desnaturalizar modelos e aceitar estas diversidades. O artigo Dia das Mães e Dia dos Pais: gênero e família na escola, discute as novas configurações de famílias no Brasil e a abordagem pedagógica de uma escola de Educação Infantil ao trabalhar com estas datas. Este artigo reforça a necessidade da escola em desnaturalizar papéis sociais e promover a cultura do respeito às diferenças.
  • 10. 10 POSTAGEM DO DESAFIO PROFISSIONAL Postar no Ambiente Virtual a versão final do Desafio Profissional em arquivo único no formato .doc / .docx, (Word), para a avaliação e do tutor. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Desafio Profissional: Nota de 0 a 4 pontos. Observar a padronização, a organização e observância às orientações para a construção do Desafio Profissional. PADRONIZAÇÃO O Desafio Profissional elaborado em planilha de texto com no máximo 10 páginas, estruturado1 com o seguinte padrão: Padronização geral:  Papel branco, formato A4.  Margens esquerda e superior de 3cm, direita e inferior de 2cm.  Fonte Times New Roman ou Arial tamanho 16 para título, 14 subtítulo, 12 para o texto, 10 para citações diretas superiores a 3 linhas e espaçamento simples. 1. Capa  Papel branco, formato A4  Adoção da logomarca da Universidade Anhanguera – Uniderp;  Local da Unidade de Ensino (Polo), Curso e Disciplinas Norteadoras;  Nome e RA do participante;  Título da atividade (se houver);  Nome do tutor;  Cidade e data da postagem. 2. Introdução (apresentar brevemente o desafio); 3. Desenvolvimento (abordar os passos desenvolvidos); 4. Considerações finais; 5. Referências bibliográficas. 1 Consulte o Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos. Unianhanguera. Disponível em: <http://www.unianhanguera.edu.br/anhanguera/bibliotecas/normas_bibliograficas/index.html>.
  • 11. 11 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : pluralidade cultural, orientação sexual / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro101.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. ______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.9394/1996. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, 1997. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. ______. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico- Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. CNE/CP. Resolução 1/2004. Diário Oficial da União, Brasília, 22 de junho de 2004, Seção 1, p. 11. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/res012004.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. CANDAU, Vera Maria. ANHORN, Carmen Teresa Gabriel. A questão didática e a perspectiva multicultural: uma articulação necessária. Trabalho apresentado na 23ª Reunião Anual da ANPEd, Caxambu, MG. Disponível em: < http://www.dhnet.org.br/direitos/militantes/veracandau/candau_questao_didatica_m ulticultural.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. CAVALCANTE, Meire. As leis sobre diversidade. Nova Escola. Disponível em: < http://revistaescola.abril.com.br/inclusao/inclusao-no-brasil/leis-diversidade- 424523.shtml>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. GOMES, Nilma Lino. Indagações sobre currículo: diversidade e currículo. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/indag4.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. LIMA, Pollyane; RITTO, Cecília. A nova família brasileira. Veja. Disponível em: < http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-nova-familia-brasileira-ibge>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014 PAZ, Cláudia D. A. Dia das Mães e dos Pais: gênero e família na escola. Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, Descolamentos. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2010. Disponível em: <http://www.fazendogenero.ufsc.br/9/resources/anais/1278298586_ARQUIVO_Clau diaDenisAlvesDaPaz_FG9.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014.
  • 12. 12 PACHECO, Clarissa. Escolas mudam tradição e criam Dia da Família para evitar exclusão. Correio: 31/10/2013. Disponível em: < http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/escolas-mudam-tradicao-e-criam- dia-da-familia-para-evitar-exclusao/>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. YOUTUBE. D28. Escola democrática e diversidade – parte 1. Univesp TV. Disponível em: < http://youtu.be/-efWxn5tKrI>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014. YOUTUBE. D28. Escola democrática e diversidade – parte 2. Univesp TV. Disponível em: < http://youtu.be/U5-l2upATj8>. Acesso em 16 de fevereiro de 2014 COMO CITAR ESTE DESAFIO PROFISSIONAL MARTELLI, Lindolfo A.; Desafio Profissional de Estrutura e Organização da Educação Brasileira e Educação e Diversidade. [Online]. Valinhos, 2014, p. 01-12. Disponível em: <www.anhanguera.edu.br/cead>. Acesso em fevereiro de 2014.