Textos em diálogo    <br />Seis contos de Eça de Queirós recontados por Luísa Ducla Soares <br />O Tesouro<br />
Introdução<br />Neste trabalho, vou apresentar três textos que se relacionam (dialogam).<br />Parti de um excerto do conto...
Ganância:<br />   “ Agora eram  dele, só dele, as três chaves do cofre!... <br />   Rui respirou com gosto o  ar  delicios...
Intertextualidade Formal<br />Textos:<br />A-) texto narrativo/conto<br />B-) texto poético<br />C-) texto icónico <br />S...
Intertextualidade Temática<br /> No texto A, no excerto do conto O Tesouro, encontram-se algumas expressões sublinhadas qu...
Conclusão:<br /> Para concluir, fico a aprender mais sobre a intertextualidade do conto “O Tesouro”, e entender melhor o c...
Bibliografia:  <br />http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=10410<br />Google imagens <br />Pilp (htt...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Textos em diálogo

5,119
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,119
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Textos em diálogo

  1. 1. Textos em diálogo <br />Seis contos de Eça de Queirós recontados por Luísa Ducla Soares <br />O Tesouro<br />
  2. 2. Introdução<br />Neste trabalho, vou apresentar três textos que se relacionam (dialogam).<br />Parti de um excerto do conto O Tesouro(texto A).<br />Os textos B e C foram escolhidos em função do tema ganância, que penso que está presente nos três textos (A, B e C).<br />
  3. 3.
  4. 4. Ganância:<br /> “ Agora eram dele, só dele, as três chaves do cofre!... <br /> Rui respirou com gosto o ar delicioso da mata.<br /> Mal a noite descesse, subiria com as éguas até ao velho solar de Medranhos. Enterraria na adega o tesouro.<br /> Mandaria rezar missas ricas pelos irmãos e diria que tinham morrido, como deviam morrer os fidalgos, a lutar contra os Mouros.<br /> Abriu as três fechaduras, agarrou num punhado de moedas e deixou-as cair sobre as pedras.<br /> - Que som maravilhoso! Como brilhavam! Era o seu ouro!<br /> Foi depois espreitar as compras que Guanes fizera na aldeia e saltou-lhe À vista uma gorda galinha assada, entalada entre duas garrafas de vinho.<br /> Há quanto tempo não provava um galináceo assim!<br /> Sentou-se na relva diante do louro assado e das garrafas.”<br />
  5. 5. Intertextualidade Formal<br />Textos:<br />A-) texto narrativo/conto<br />B-) texto poético<br />C-) texto icónico <br />Semelhança e diferença:<br />O texto A é escrito em prosa enquanto que o texto B é em poesia.<br /> O texto C é diferente dos outros porque é um desenho, isto é, um texto icónico/texto não verbal.<br />
  6. 6. Intertextualidade Temática<br /> No texto A, no excerto do conto O Tesouro, encontram-se algumas expressões sublinhadas que provam a ganância da personagem Rui.<br />No texto B, os versos …<br />Ela pensa de repenteQuem será o próximo<br />em que vou ferrar o dente?.. . Podem ser aplicados ao Rui e a todos os que são gananciosos, pois nunca estão satisfeitos com o que têm… querem sempre mais!<br />Otexto C, um cartoon, mostra um homem que está obcecado com o dinheiro. Assim, pode dizer-se que combina com os dois textos, A e B. <br />
  7. 7. Conclusão:<br /> Para concluir, fico a aprender mais sobre a intertextualidade do conto “O Tesouro”, e entender melhor o conto.<br />
  8. 8. Bibliografia: <br />http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=10410<br />Google imagens <br />Pilp (http://lerescrevernet.blogspot.com/)<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×