TECNOLOGIA ESPACIAL
CORRIDA ESPACIAL
Sputnik e Apolo XI: duas aeronaves que representaram os
esforços da corrida espacial
Entre 1957 e 1975
ES...
SPUTINIK
Era o início de uma grande competição
e que forçou os Estados Unidos a
demonstrar serviço também, já que os
sovié...
3.nov.1957 - Cientistas apresentam Laika antes de ela embarcar na cápsula Sputnik 2 e
ser enviada ao espaço.
A simpática c...
VOSTOK I
O primeiro homem a, efetivamente,
viajar no espaço foi também um
soviético, cujo nome era Yuri Gagarin.
Transport...
EXPLORER I
Logo depois do satélite Sputinik I, eles
enviaram o satélite Explorer I, em 31 de
janeiro de 1958.
O programa e...
APOLLO 11

Soviéticos e estadunidenses rivalizavam
efusivamente pela supremacia tecnológica na
corrida espacial. Ambos pas...
LEI DO ESPAÇO
Em 1958, o presidente americano
Dwight Eisenhower (1953-1961)
assinou a Lei do Espaço, criando
oficialmente ...
Embora a maioria das pessoas
nunca tenha pisado na lua, todas
provavelmente estão em contato
com alguma tecnologia da Nasa...
Todos os anos, desde 1976, a Nasa
vem publicando uma lista de toda
tecnologia e produto ligado à sua
pesquisa.
O jornal "S...
Os aparelhos ortodônticos invisíveis são feitos de alumina translúcida policristalina
(TPA). Uma empresa chamada Ceradyne ...
A sujeira e as partículas encontradas nos ambientes espaciais, levou a Nasa a
desenvolver um revestimento para proteger os...
A espuma Tempur, encontrada em várias marcas de
colchões, travesseiros e almofadas foi desenvolvida
originalmente para voo...
Em 1991, os termômetros infravermelhos que você
coloca no ouvido conquistaram o mundo ao
simplificar e agilizar o processo...
Quando Neil Armstrong disse a sua famosa frase
"um salto gigantesco para a humanidade", ele
provavelmente não tinha previs...
Antes de os homens serem enviados ao
espaço, a Nasa construiu satélites que poderiam
dizer às pessoas em terra como era o ...
O mito Tang
Como você pode ver, a pesquisa inovadora
financiada através da Nasa tem papel
importante em nosso cotidiano.
M...
Onde há fumaça, há fogo. Os engenheiros
da Nasa sabiam disso quando estavam
projetando a Skylab nos anos 70. A Skylab
foi ...
Cavar uma ranhura no concreto pode não parecer
muito uma inovação, mas isso certamente nos mantêm
seguros nas estradas.
Ta...
Quando você está aspirando a poeira ou migalhas em
casa com um aspirador sem fio, na verdade você está
usando a mesma tecn...
INSULFILM
Criada pela NASA para ajudar na climatização de seus veículos
espaciais, a película hoje amplamente utilizada no...
Os trajes usados pelos bombeiros para combater
incêndios são feitos de um tecido resistente ao fogo
desenvolvido para uso ...
“Nós vemos os efeitos transformadores da economia do espaço ao nosso redor através
de inúmeras tecnologias e competências ...
1978: Teflon revestidos de fibra de vidro.
Desenvolvidos nos anos 1970 como um novo
tecido para roupas espaciais dos astro...
1986: Um projeto conjunto do Bureau Nacional de Padrões e da NASA
dirigido pelo Johnson Space Center, resultou num sistema...
1995: O Dr. Michael DeBakey do Baylor College of Medicine, em parceria
com o engenheiro David Saucier do Johnson Space Cen...
2000: Três contratos Small Business Innovation Research com o
Langley Research Center da NASA resultaram num novo sistema ...
Além de reconhecer o valor dessas tecnologias, a história das pessoas por detrás
da inovação também é inspiradora. Conside...
Hoje, a Estátua da Liberdade e a Ponte Golden Gate são revestidas por um
material de proteção que a NASA precisou de inven...
Agência Espacial Federal Russa
Salão da tecnologia espacial no
museu de história espacial em
Kaluga, Russia. A exibição in...
Space Science Word: Com intenções de se tornar o espaço turístico
mais visitado do mundo, esse parque terá atrações voltad...
PRIMEIRO PORTO ESPACIAL PARA TURISMO

O porto, chamado Virgin Galactic’s Gateway to Space (Portão Galático para o
Espaço d...
OS ASPECTOS NEGATIVOS
LIXO ESPACIAL

PESQUISA:FONTES INTERNET
FORMATAÇÃO:VANIA LIMA
TECNOLOGIA ESPACIAL
TECNOLOGIA ESPACIAL
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

TECNOLOGIA ESPACIAL

4,080

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,080
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

TECNOLOGIA ESPACIAL

  1. 1. TECNOLOGIA ESPACIAL
  2. 2. CORRIDA ESPACIAL Sputnik e Apolo XI: duas aeronaves que representaram os esforços da corrida espacial Entre 1957 e 1975 ESTADOS UNIDOS X UNIÃO SOVIÉTICA
  3. 3. SPUTINIK Era o início de uma grande competição e que forçou os Estados Unidos a demonstrar serviço também, já que os soviéticos saíram na frente. O segundo passo também foi dado pelos soviéticos e no mês de novembro daquele mesmo ano. Na ocasião, dia 3, foi enviada ao espaço uma cadela chamada Laika como tripulante da nave Sputinik II. Assim, a cadela se tornou o primeiro ser vivo a viajar pelo espaço.
  4. 4. 3.nov.1957 - Cientistas apresentam Laika antes de ela embarcar na cápsula Sputnik 2 e ser enviada ao espaço. A simpática cadela morreu horas depois do lançamento devido a uma falha no sistema de controle térmico que superaqueceu a nave durante o voo orbital
  5. 5. VOSTOK I O primeiro homem a, efetivamente, viajar no espaço foi também um soviético, cujo nome era Yuri Gagarin. Transportado pela nave Vostok I, Gagarin fez um voo orbital que durou 48 minutos, em 12 de abril de 1961. Até este momento, a União Soviética dominava a corrida espacial graças ao grande investimento feito em seu programa espacial. Os soviéticos já almejavam enviar o homem à Lua, mas, neste ponto, os Estados Unidos seriam os pioneiros.
  6. 6. EXPLORER I Logo depois do satélite Sputinik I, eles enviaram o satélite Explorer I, em 31 de janeiro de 1958. O programa especial dos Estados Unidos começou com pouco investimento, porém, tendo em vista as grandes e pioneiras conquistas dos soviéticos, o programa especial foi logo ampliado para dar conta da corrida ideológica e, assim, foi criada a NASA, no mês de julho de 1958. A primeira expedição tripulada por um homem feita pelos soviéticos foi uma afronta para os estadunidenses, que não perderam tempo e, no mesmo ano, 1961, enviaram seu primeiro homem ao espaço, no dia 5 de maio. Foi uma medida desesperada para contrapor a demonstração tecnológica dos soviéticos, tanto que o voo foi apenas suborbital.
  7. 7. APOLLO 11 Soviéticos e estadunidenses rivalizavam efusivamente pela supremacia tecnológica na corrida espacial. Ambos passaram a promover o discurso, na década de 1960, de enviar o primeiro homem à Lua. Mas foram os Estados Unidos que investiram pesado em um programa que culminou no Projeto Apollo, encarregado de levar homens ao satélite natural da Terra. No Natal de 1968, os tripulantes da Apollo 8 foram os primeiros a fazer uma viagem em torno da Lua. Porém, no ano seguinte, a expedição Apollo 11, resultado de um investimento no valor de 20 bilhões de dólares, fez pousar na Lua a primeira nave. Neil Armstrong e Edwin Aldrin foram os primeiros homens a caminhar sobre o solo lunar. Os soviéticos começavam a ficar para trás na corrida especial. Mais cinco expedições estadunidenses pousaram na Lua. Depois da grande conquista dos Estados Unidos, e também da humanidade, os soviéticos não conseguiram mais acompanhar o desenvolvimento tecnológico e foram perdendo força.
  8. 8. LEI DO ESPAÇO Em 1958, o presidente americano Dwight Eisenhower (1953-1961) assinou a Lei do Espaço, criando oficialmente a Agência Espacial Americana, a Nasa. Desde o começo, o propósito do novo grupo se estendia além das espaçonaves e das botas lunares. A lei estipulava que suas pesquisas e avanços deveriam beneficiar toda a população, e em seus 50 anos de história, a Nasa certamente preencheu esse requisito. U.S. President Dwight Eisenhower meets with Dr. Wernher von Braun and other NASA scientists
  9. 9. Embora a maioria das pessoas nunca tenha pisado na lua, todas provavelmente estão em contato com alguma tecnologia da Nasa que se transformou em produto de uso diário. Em parceria com várias equipes de pesquisa e companhias, a Nasa continua a gerar uma vasta gama de novas tecnologias e produtos que melhoram o nosso cotidiano. Passos básicos em saúde, segurança, comunicações e até em entretenimento encontram raízes no braço do governo americano normalmente associado com espaçonaves e pessoas flutuando. Na verdade, a Nasa registrou mais de 6.300 patentes com o governo americano [fonte: Nasa Scientific and Technical Information].
  10. 10. Todos os anos, desde 1976, a Nasa vem publicando uma lista de toda tecnologia e produto ligado à sua pesquisa. O jornal "Spinoff", da Nasa, destaca esses produtos, que incluem coisas como marcapassos melhorados, máquinas de exercícios com tecnologia de ponta e rádio satélite. Esses produtos se tornaram possíveis graças às ideias e à inovação da Nasa. Mas não é preciso ser um cientista de foguetes para usar muitas dessas tecnologias. Conheça dez dessas tecnologias que se transformaram em produtos de uso diário.
  11. 11. Os aparelhos ortodônticos invisíveis são feitos de alumina translúcida policristalina (TPA). Uma empresa chamada Ceradyne desenvolveu a TPA em conjunto com a unidade de pesquisas de cerâmica avançada da Nasa (Nasa Advanced Ceramic Research) para proteger as antenas infravermelhas dos rastreadores de mísseis termoguiados.
  12. 12. A sujeira e as partículas encontradas nos ambientes espaciais, levou a Nasa a desenvolver um revestimento para proteger os equipamentos no espaço, particularmente os visores dos capacetes dos astronautas. Reconhecendo ali uma oportunidade, a Foster-Grant, fabricante americana de óculos de sol licenciou a tecnologia da Nasa para seus produtos. A cobertura especial para plásticos tornou seus óculos escuros dez vezes mais resistentes a arranhões do que os de plástico não revestido Além disso, ela bloqueia os raios ultravioletas que podem prejudicar a visão.
  13. 13. A espuma Tempur, encontrada em várias marcas de colchões, travesseiros e almofadas foi desenvolvida originalmente para voos espaciais e, mais tarde, reempacotada para uso doméstico. O plástico de silício-poliuretânico de célula aberta (espuma de poliuretano de alta resistência), que ficou conhecido como espuma espacial, foi criado para uso nos assentos das espaçonaves da Nasa com a finalidade de diminuir o impacto durante os pousos A espuma tem uma propriedade única que permite que ela distribua igualmente o peso e a pressão em seu topo, o que proporciona absorção de choque. O uso da espuma plástica se estendeu além dos céus. Sua distribuição de peso e sensibilidade à temperatura têm papel fundamental para pessoas com deficiência ou alguma doença que as deixam de cama. . Algumas empresas também integraram a espuma Tempur a próteses de braços e pernas porque ela tem a mesma aparência e comportamento da pele, diminuindo a fricção entre a prótese e as juntas. Outros usos comerciais da Tempur incluem banco de motocicletas, proteção para pilotos de corrida e revestimento interno para capacetes de jogadores de futebol americano.
  14. 14. Em 1991, os termômetros infravermelhos que você coloca no ouvido conquistaram o mundo ao simplificar e agilizar o processo de tirar a temperatura de uma pessoa - principalmente de crianças e bebês. A Diatek, que desenvolveu o primeiro desses tipos de termômetros, viu a necessidade de reduzir o tempo gasto pelas enfermeiras medindo temperatura dos pacientes. Com cerca de 1 bilhão de temperaturas tomadas nos hospitais americanos anualmente e um número de enfermeiras cada vez menor, a empresa se viu obrigada a começar a cortar os preciosos minutos gastos na observação da subida do mercúrio O termômetro auricular usa raio infravermelho para medir a temperatura que irradia do tímpano
  15. 15. Quando Neil Armstrong disse a sua famosa frase "um salto gigantesco para a humanidade", ele provavelmente não tinha previsto a conotação literal que ela teria. Os tênis esportivos de hoje emprestaram a tecnologia das botas lunares que deram aquele salto pela primeira vez. A roupa espacial projetada para as missões Apollo incluía botas especialmente feitas para proporcionar um salto nos passos dos astronautas ao mesmo tempo em que forneciam ventilação. As empresas de calçados esportivos adotaram esse tecnologia para construir tênis melhores, que absorvem o impacto nos pés e pernas. Um exemplo é a empresa Kangaroos USA, que em meados dos anos 80 aplicou os princípios e os materiais das botas lunares em uma nova linha de tênis esportivos. Com a ajuda da Nasa, a Kangaroos patenteou o tecido de espuma de poliuretano tridimensional Dynacoil, que distribui o impacto no seu pé quando você caminha ou corre. Ao enrolar as fibras dentro do tecido, a Kangaroos absorve a energia de seus pés atingindo o solo, devolvendo-a para seu pé.
  16. 16. Antes de os homens serem enviados ao espaço, a Nasa construiu satélites que poderiam dizer às pessoas em terra como era o espaço sideral. Usando tecnologia de satélite similar, cerca de 200 satélites de comunicação orbitam o globo todos os dias. Esses satélites enviam a recebem mensagens que permitem que chamemos nossos amigos nos EUA quando nós estamos em São Paulo. A Nasa monitora a localização e a "saúde" desses satélites para garantir que continuemos a falar com as pessoas ao redor do mundo ou no bairro vizinho Chamadas de longa distância só são possíveis hoje porque a Nasa criou satélites que permitiam às pessoas conversar em terra
  17. 17. O mito Tang Como você pode ver, a pesquisa inovadora financiada através da Nasa tem papel importante em nosso cotidiano. Mas às vezes as pessoas atribuem à Nasa o desenvolvimento de produtos que nada têm a ver com a agência espacial. O mito mais comum envolve o suco de frutas em pó Tang. Embora você ouça com frequência que a Nasa inventou o Tang como bebiba espacial, na verdade a General Mills o fez em 1957. Ele foi associado à Nasa por ter sido selecionado como parte de um experimento, em 1962, para encontrar os alimentos mais adequados para se comer no espaço.
  18. 18. Onde há fumaça, há fogo. Os engenheiros da Nasa sabiam disso quando estavam projetando a Skylab nos anos 70. A Skylab foi a primeira estação espacial americana, e os astronautas precisariam saber se um incêndio havia começado ou se gases venenosos estavam sendo liberados dentro do veículo. Em parceria com a Honeywell Corporation, a Nasa inventou o primeiro detector de fumaça ajustável com diferentes níveis de sensibilidade para prevenir falsos alarmes.
  19. 19. Cavar uma ranhura no concreto pode não parecer muito uma inovação, mas isso certamente nos mantêm seguros nas estradas. Também chamado de ranhura de segurança, ou grooving, esse processo simples e salva-vidas insere canais compridos e ocos no pavimento de pistas de decolagem e rodovias. (Se você acompanhou o noticiário sobre o acidente da TAM em 2007 no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, certamente deve ter ouvido falar de grooving.) Essas reentrâncias no concreto desviam o excesso de água da superfície para reduzir a quantidade de água entre os pneus e a estrada ou pista de decolagem. Isso aumenta a fricção entre as rodas e o concreto, melhorando a segurança do veículo. A primeira vez que a Nasa experimentou o grooving foi nos anos 60. O Centro de Pesquisas Langely queria melhorar a segurança da decolagem das espaçonaves em pistas molhadas. Quando perceberam como a coisa funcionava bem, os engenheiros de transporte começaram a aplicar as mesmas técnicas às rodovias. de acordo com a Nasa, o grooving reduziu em mais de 85% os acidentes em rodovias. Os carros deslizam quando a água entre os pneus e a estrada os separa.
  20. 20. Quando você está aspirando a poeira ou migalhas em casa com um aspirador sem fio, na verdade você está usando a mesma tecnologia que os astronautas usaram na lua. Embora a Black & Decker tenha inventado as primeiras ferramentas à pilha em 1961, a pesquisa relacionada da Nasa ajudou a redefinir a tecnologia que levou a instrumentos médicos leves e sem fio, aspiradores de pó e outras ferramentas. Em meados dos anos 60, para preparar as missões à lua Apollo, a Nasa precisou de uma ferramenta que astronautas pudessem usar para obter amostras de rochas e solo. A furadeira tinha de ser levíssima, compacta e poderosa o suficiente para cavar fundo na superfície lunar. Já que ligar um cabo a uma furadeira no espaço sideral seria uma façanha difícil, a Nasa e a Black & Decker inventaram uma furadeira de motor magnético movida à bateria. Trabalhando com o contexto de ambiente espacial limitado, a Black & Decker desenvolveu um programa de computador para a ferramenta que reduziu a quantidade de energia gasta durante o uso para aumentar a vida útil da bateria. Depois do projeto com a Nasa, a Black & Decker aplicou os mesmos princípios para fazer outras ferramentas leves movidas à bateria para o uso diário dos consumidores.
  21. 21. INSULFILM Criada pela NASA para ajudar na climatização de seus veículos espaciais, a película hoje amplamente utilizada nos automóveis ajuda a reduzir o calor interno oferecendo mais conforto. Além disso, pode ajudar na segurança dos motoristas. Outro fator positivo apontado pelo especialista é que as películas escurecidas impedem o estilhaçamento dos vidros.
  22. 22. Os trajes usados pelos bombeiros para combater incêndios são feitos de um tecido resistente ao fogo desenvolvido para uso em roupas espaciais. A Nasa desenvolveu meios de processar os sinais que vinham das naves espaciais para produzir imagens mais claras. Essa tecnologia também permite produzir imagens fotográficas de nossos órgãos, como as vistas em uma ressonância magnética ou em uma tomografia computadorizada.
  23. 23. “Nós vemos os efeitos transformadores da economia do espaço ao nosso redor através de inúmeras tecnologias e competências que salvam vidas. Vemos a economia de espaço nas vidas salvas quando o rastreio do cancro da mama avançado detecta tumores a tempo para o seu tratamento, ou quando um desfibrilador cardíaco restaura o ritmo adequado do coração dum paciente. Vemos isso quando os satélites meteorológicos nos avisam dos furacões que vêm, ou quando os satélites fornecem informações essenciais para a compreensão do nosso ambiente e dos efeitos da mudança climática. Vemos isso quando usamos uma caixa de pagamento multibanco ou quando pagamos a gasolina na estação de abastecimento com uma resposta imediata eletronica via satélite. As tecnologias desenvolvidas para explorar o espaço estão a ser utilizadas para aumentar a produção agrícola e para procurar bancos de pesca no mar. ”
  24. 24. 1978: Teflon revestidos de fibra de vidro. Desenvolvidos nos anos 1970 como um novo tecido para roupas espaciais dos astronautas têm sido utilizados como um material de cobertura permanente para edifícios e estádios em todo o mundo. (A propósito, ao contrário do mito urbano, a NASA não inventou o Teflon). 1982: Os astronautas que trabalharam na superfície lunar usavam roupas com refrigeração líquida sob os seus fatos espaciais para protegê-los de temperaturas próximas dos 250 graus Fahrenheit (~121 ºC). Estas peças de vestuário, desenvolvidas e aperfeiçoadas no Johnson Space Center da NASA, estão entre os spinoffs mais utilizados da agência, com adaptações para sistemas de refrigeração portáteis para o tratamento de doenças médicas, tais como síndrome de queimadura nas pernas (uma situação neurológica designada em Inglês por RLS- Restless Leg Syndrome), esclerose múltipla, lesões na coluna vertebral e lesões desportivas.
  25. 25. 1986: Um projeto conjunto do Bureau Nacional de Padrões e da NASA dirigido pelo Johnson Space Center, resultou num sistema de respiração portátil muito leve para os bombeiros. Agora amplamente utilizada nos aparelhos de respiração, esta tecnologia da NASA é responsável pelas reduções significativas das lesões por inalação sofridas pelos soldados da paz. 1991: Partindo de 3 diferentes tecnologias desenvolvidas pela NASA para a concepção e teste do seu chassis de autocarro escolar, uma empresa baseada em Chicago foi capaz de criar um chassis mais seguro, mais confiável e mais avançado, que agora detém uma grande quota de mercado neste tipo de transporte. 1994: Baseando-se em tecnologias criadas para as naves espaciais em serviço activo, uma empresa sediada em Santa Barbara desenvolveu um braço mecânico que permite que os cirurgiões operem com três instrumentos em simultâneo, durante a realização duma cirurgia laparoscópica. Em 2001, a primeira operação robótica cirúrgica completa foi bem sucedida, quando uma equipa de médicos de Nova Iorque retirou a vesícula biliar duma mulher em França ao usar este equipamento que é designado por Computer Motion.
  26. 26. 1995: O Dr. Michael DeBakey do Baylor College of Medicine, em parceria com o engenheiro David Saucier do Johnson Space Center desenvolveu uma bomba cardíaca artificial – com base no projecto de engenharia do espaço da NASA para as bombas de combustível do motor principal do vaivém espacial – que suplementa a capacidade de bombagem do ventrículo esquerdo no coração. Bernard Rosenbaum, do Johnson Space Center, o engenheiro de propulsão que trabalhou com o grupo DeBakey-Saucier disse: “Eu vim para a NASA em 1960 quando trabalhávamos para pousar homens na Lua, e eu nunca sonhei que poderia também tornar-me numa parte dum esforço que poderia ajudar a vida das pessoas. Bernard Rosenbaum
  27. 27. 2000: Três contratos Small Business Innovation Research com o Langley Research Center da NASA resultaram num novo sistema de baixo custo para um pára-quedas balístico que pousa uma aeronave inteira no chão em caso de emergência. Estes pára-quedas, agora em uso nas aeronaves civis e militares, pode fornecer uma aterragem segura para pilotos e passageiros em caso de falha de motor, colisão aérea, desorientação ou incapacitação do piloto, spin não recuperado, gelo extremo e esgotamento de combustível. Até ao momento, o sistema de pára-quedas salvou mais de 200 vidas. 2005: Dois cientistas do NASA Kennedy Space Center (KSC), e três membros do corpo docente da Universidade da Flórida Central uniram-se para desenvolver a tecnologia que obteve o prémio da NASA Governo e Invenção Comercial do Ano de 2005, o Emuslsified Zero-Valent Iron (EZVI). Projectado para atender a necessidade de limpar o chão do complexo de lançamentos histórico 34 no KSC, que estava poluído com solventes com cloro utilizados para limpar peças do foguete Apollo, a tecnologia EZVI fornece uma solução de limpeza eficaz e eficiente para a poluição do subsolo que representa uma ameaça de contaminação das fontes de água doce da região. Esta tecnologia tem potencial para uso na limpeza de contaminações ambientais para o Departamento de Energia, Departamento de Defesa, NASA, e para instalações da indústria privada em todo o país.
  28. 28. Além de reconhecer o valor dessas tecnologias, a história das pessoas por detrás da inovação também é inspiradora. Considere-se o caso do Dr. Rafat Ansari, um cientista veterano do Glenn Research Center da NASA, que, ao trabalhar em experiências de física dos fluídos realizadas pelos astronautas no espaço, encontrou um uso incomum para um dispositivo da NASA, quando o seu pai enfrentou o desafio da catarata, uma patologia dos olhos. As experiências de física observavam sistemas coloidais, pequenas partículas que ficam em suspensão nos líquidos, uma descrição que também passou a ajustar-se à natureza da doença ocular do seu pai. Num lampejo de presença de espírito, Ansari compreendeu que o instrumento que estava a ser desenvolvido como parte da experiência dos coloides poderia ser capaz de detectar a catarata – possivelmente mais cedo do que nunca. O dispositivo está agora a ser utilizado para avaliar a eficácia de novas terapias não cirúrgicas para as fases iniciais do desenvolvimento de cataratas. Também está sendo adaptado como uma forma indolora para identificar outras doenças oculares, diabetes e possivelmente até mesmo a doença de Alzheimer. Dr. Rafat Ansari
  29. 29. Hoje, a Estátua da Liberdade e a Ponte Golden Gate são revestidas por um material de proteção que a NASA precisou de inventar para proteger as suas plataformas de lançamentos dos efeitos destrutivos do ar quente, húmido e salinizado.
  30. 30. Agência Espacial Federal Russa Salão da tecnologia espacial no museu de história espacial em Kaluga, Russia. A exibição inclui modelos e réplicas das seguintes realizações Soviético-Russas: o primeiro satélite artificial, o Sputnik o primeiro traje espacial; a primeira espaçonave tripulada, Vostok 1; o primeiro satélite Molniya; o primeiro jipe de exploração espacial, o Lunokhod 1; a primeira estação espacial, a Salyut a primeira estação espacial modular, a Mir.
  31. 31. Space Science Word: Com intenções de se tornar o espaço turístico mais visitado do mundo, esse parque terá atrações voltadas para o campo da Tecnologia Espacial com foguetes espaciais de verdade. Projetos Dubai
  32. 32. PRIMEIRO PORTO ESPACIAL PARA TURISMO O porto, chamado Virgin Galactic’s Gateway to Space (Portão Galático para o Espaço da Virgin) está pronto no deserto do México.
  33. 33. OS ASPECTOS NEGATIVOS LIXO ESPACIAL PESQUISA:FONTES INTERNET FORMATAÇÃO:VANIA LIMA

×