• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Roma Antiga
 

Roma Antiga

on

  • 4,095 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,095
Views on SlideShare
4,089
Embed Views
6

Actions

Likes
0
Downloads
31
Comments
0

1 Embed 6

http://www.slideshare.net 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Roma Antiga Roma Antiga Presentation Transcript

    • Professora Vânia Regina
    • GUERRAS PÚNICAS
    • GUERRA PÚNICA
      • A primeira guerra Púnica tinha como objetivo a conquista da Sicília, terra rica na produção de trigo.
    • GUERRA PÚNICA
      • A guerra era Roma contra Cartago.
      • Depois de 20 anos de lutas, os romanos obtiveram a vitória contra os cartigineses, o que lhes garantiu o domínio sobre as ilhas da Sicília, Sardenha e Córsega.
    • Guerras Púnicas
      • Não demorou muito para que Cartago reagisse.
      • Contando com a habilidade de dois grandes comandantes. ( Amílcar e Aníbal)
    • GUERRAS PÚNICAS
      • Diante dessa situação, o Senado romano convocou forças militares para outra guerra contra os cartagineses, pretendendo atacá-los na Espanha e em Cartago.
    • GUERRAS PÚNICAS
      • Aníbal iniciou uma ousada campanha militar para cercar os romanos em sua própria cidade.
      • Para isso organizou um exército formado por muitos soldados e um grande número de elefantes.
      • Este exército marchou para Roma atravessando a cadeia dos Alpes, onde enfrentou precipícios e neve.
    • GUERRAS PÚNICAS
      • Enquanto os cartagineses se preparavam para atacar Roma, os romanos, deslocavam forças para invadir Cartago.
      • Aníbal foi convocado pelo seu povo a retornar à sua cidade, para defende-lá.
      • No retorno a Cartago, Aníbal foi vencido pelos romanos.
    • GUERRAS PÚNICAS
      • Passado 50 anos, Cartago voltou a prosperar, representando uma nova ameaça ao poderio de Roma.
      • Os romanos fizeram a terceira Guerra Púnica.
      • Dessa vez, arrasaram a cidade de Cartago, destruindo prédios e casas, apropriando de suas riquezas.
    • GUERRAS PÚNICAS
      • As terras em Cartago foi distribuída entre os ricos romanos e transformaram cerca de 40 mil sobreviventes cartagineses em escravos.
    • Guerra Púnica
      • Com essa vitória, Roma se tornou uma potência comercial e marítima, dominando o mar mediterrâneo.
    • Formação do Império romano
      • As vitórias sobre Cartago, Macedônia, Grécia,parte do litoral norte da África e Ásia, levou Roma em um Estado rico e poderoso.
      • É o fim da República e o início de um império.
    • IMPÉRIO ROMANO
      • ALTO IMPÉRIO – Durante o Alto Império, o poderio militar chegou ao auge e a sociedade romana conheceu fases de grande prosperidade e desenvolvimento de uma vida luxuosa e sofisticada.
    • ALTO IMPÉRIO ROMANO
    • ROMA ANTIGA - A LENDA SOBRE A ORIGEM DE ROMA.
      • Rômulo e Remo são, segundo a mitologia romana, dois irmãos gêmeos, um dos quais, Rômulo, foi o fundador da cidade de Roma e seu primeiro rei. A lenda de Rômulo e Remo é a lenda fundadora de Roma. Quando sua mãe, uma princesa latina, foi assassinada por um tio malvado, os bebês gêmeos, Rômulo e Remo, foram lançados ao RIO Tibre. Os garotos foram resgatados por uma loba, que os criou e amamentou. Quando chegaram à idade adulta, resolveram fundar uma cidade, mas acabaram se desentendendo. Tantos desentendimentos resultaram em uma luta de morte. Rômulo, o vencedor, fundou a cidade e deu-lhe o nome que desejou:ROMA.
    • CIRCO ROMANO
      • CIRCO ROMANO.
    • Realização de Otávio Augusto
      • AQUEDUTOS
    • Realização de Otávio Augusto
      • pontes
    • Realização de Otávio Augusto.
      • ANFITEATRO
    • OTÁVIO AUGUSTO
      • Controlou a plebe oferecendo pão e diversão.
      • Distribuiu terras aos soldados.
      • Durante seu governo ocorreu o nascimento de Jesus Cristo, na Judéia uma das províncias do Império romano.
    •  
    • Espetáculos em ROMA
    • Espetáculos em Roma
      • Armas dos gladiadores
    • Luta de gladiadores
    • Armas romanas
    • ARMAS ROMANAS
    • ARMAS ROMANAS
    • QUADRIGA
    • BIGA
    • As funções básicas dos CÔNSULES, os mais importantes magistrados durante a República Romana:
      • Comandar o exército, dirigir o Estado e convocar o Senado;
    • Os escravos no Império Romano
      • A maioria dos escravos romanos era composta de prisioneiros de guerra, desempenhavam diversas funções desde carregadores até professores. Eram considerado mercadorias.Sem os escravos Roma não era nada. Eram responsáveis por construir diversas obras no Império romano como:
      • Aquedutos,prédios públicos, estradas, pontes,etc.
    • Condições geográficas na Roma Antiga.
      • As terras romanas eram férteis, propiciando uma bom cultivo de vários produtos em todo o território.
    • Patrícios e plebeus.
      • A população pobre da cidade (os plebeus) não possuía quaisquer direitos políticos, econômicos ou sociais. Durante as guerras de conquistas, somente os patrícios eram privilegiados.
      • PATRÍCIOS: eram classes dominantes, proprietários de terra e controlavam o governo. PLEBEUS: não eram nobres, eram trabalhadores, e no início não tinham direitos políticos, nem eram considerados cidadãos.
    • OS TRIBUNOS DA PLEBE
      • O irmão mais novo de Tibério Graco se chamava Caio Graco. Ele foi eleito tribuno da Plebe e conseguiu aprovar medidas importantes. Uma dessas medidas foi a criação da lei Frumentária, que obrigava o Estado a vender o pão de trigo a preços baixos para os pobres de Roma.
    • REFORMA AGRÁRIA
      • Podemos definir reforma agrária como um sistema em que ocorre a divisão de terras, ou seja, propriedades particulares (latifúndios improdutivos) são compradas pelo governo a fim de lotear e distribuir para famílias que não possuem terras para plantar.
    • FIM