MEMBRO SUPERIOR
Braço
Vanessa Rye Goto
• Músculos
• Artérias
• Veias
• Nervos
• Fossa cubital
Músculos do braço
1. Bíceps braquial compartimento anterior
2. Braquial flexores
3. Coracobraquial supridos pelo n. muscul...
Bíceps Braquial
• Origem
Cabeça longa: tubérculo supraglenoidal
Cabeça curta: extr. do proc. coracoide
• Inserção: tuberos...
Bíceps Braquial
• É um músculo triarticular
• É o supinador principal do
antebraço
• Ligamento transverso do
úmero: mantém...
Braquial
• Origem: metade
inferior da face
anterior do úmero
• Inserção: processo
coronoide e
tuberosidade da ulna
• Inerv...
Braquial
• Situa-se profundamente ao bíceps braquial
• Principal flexor do antebraço
Coracobraquial
• Origem: extremidade
do processo coracoide
• Inserção: terço médio
da face medial do
úmero
• Inervação: n....
Coracobraquial
• É um ponto de referência para a localização de
outras estruturas do braço
• Estabiliza a articulação do o...
Tríceps braquial
• Origem
Cabeça longa: tubérculo
infraglenoidal da escápula
Cabeça medial: face posterior
do úmero, infer...
A cabeça longa ajuda na
estabilidade da articulação do
ombro aduzida, na extensão e
adução do braço. No entanto, é
a cabeç...
Ancôneo
• Origem: epicôndilo
lateral do úmero
• Inserção: face lateral do
olécrano e parte
superior da face
posterior da u...
ARTÉRIAS
Artéria braquial
• Responsável pelo suprimento arterial principal
• É a continuação da artéria axilar
Começa: margem infer...
Artéria braquial
• Acompanha o n.
mediano que cruza
anteriormente a
artéria
Artéria braquial
Principais ramos:
-A. braquial profunda
-A. nutrícia do úmero
-Aa. colaterais ulnares superior
-Aa. colat...
Rede articular do cotovelo
Artéria braquial profunda
• Acompanha o n. radial
ao longo do sulco do n.
radial
• Supre o tríceps braquial
•Termina divid...
VEIAS
Veias
Cefálica
Superficiais Basílica
intermédia do cotovelo
Profundas Braquiais
Axilar
Superficiais
• Cefálica:
rede venosa dorsal -> margem lateral do
punho -> face antero-lateral do antebraço
e braço ->* com...
Superficiais
• Basílica:
Rede venosa dorsal -> margem
medial do punho -> face antero-
medial do antebraço -> perfura a
fás...
Profundas
• As veias acompanhantes
das aa. Ulnar e radial
fundem-se para formar a
v. braquial que se une à
v. basílica par...
NERVOS
Nervos
- Musculocutâneo
- Radial
- Mediano
- Ulnar
N. musculocutâneo
• Supre todos os
músculos do
compartimento
anterior do braço
• Perfura o m.
coracobraquial
• penetra a f...
N. Radial
• Supre todos os músculos do
compartimento posterior do
braço
• Na margem lateral do úmero,
perfura o septo inte...
N. Mediano
• Segue lateralmente à
a. braquial
• Na fossa cubital, situa-
se profundamente à
aponeurose do bíceps
• Não pos...
N. Ulnar
• Segue medialmente à
a. braquial
• Perfura o septo
intermuscular medial
• Passa atrás do
epicôndilo medial e
med...
Fossa cubital
Fossa cubital
Limites:
1. Superiormente> linha
imaginária que une os
epicondilos
2. Medialmente> pronador
redondo
3. Later...
Fossa cubital
Fossa cubital
Conteúdos principais:
Lateral Medial
Tendão do m. Bíceps A. Braquial N. Mediano
OBRIGADA
Membro superior - braço. Vanessa Rye Goto
Membro superior - braço. Vanessa Rye Goto
Membro superior - braço. Vanessa Rye Goto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Membro superior - braço. Vanessa Rye Goto

4,701

Published on

0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,701
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
97
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Membro superior - braço. Vanessa Rye Goto"

  1. 1. MEMBRO SUPERIOR Braço Vanessa Rye Goto
  2. 2. • Músculos • Artérias • Veias • Nervos • Fossa cubital
  3. 3. Músculos do braço 1. Bíceps braquial compartimento anterior 2. Braquial flexores 3. Coracobraquial supridos pelo n. musculocutâneo 4. Tríceps braquial compartimento posterior 5. Ancôneo extensor suprido pelo n. radial * O m. ancôneo é parcialmente fundido com o m. tríceps braquial e é uma continuação desse músculo distalmente
  4. 4. Bíceps Braquial • Origem Cabeça longa: tubérculo supraglenoidal Cabeça curta: extr. do proc. coracoide • Inserção: tuberosidade do rádio e fáscia do antebraço • Inervação: n. musculocutâneo • Ação principal: Supina o antebraço e, quando nessa posição, flete o antebraço
  5. 5. Bíceps Braquial • É um músculo triarticular • É o supinador principal do antebraço • Ligamento transverso do úmero: mantém o tendão da cabeça longa no sulco intertubercular • Aponeurose do músculo bíceps: parte do tendão do bíceps, atravessa a fossa cubital e funde-se à fáscia do antebraço, cobrindo os músculos flexores na face medial do antebraço
  6. 6. Braquial • Origem: metade inferior da face anterior do úmero • Inserção: processo coronoide e tuberosidade da ulna • Inervação: n. musculocutâneo • Ação principal: flete o antebraço em todas as posições
  7. 7. Braquial • Situa-se profundamente ao bíceps braquial • Principal flexor do antebraço
  8. 8. Coracobraquial • Origem: extremidade do processo coracoide • Inserção: terço médio da face medial do úmero • Inervação: n. musculocutâneo • Principal ação: ajuda a fletir e aduzir o braço
  9. 9. Coracobraquial • É um ponto de referência para a localização de outras estruturas do braço • Estabiliza a articulação do ombro • Junto com o deltoide e a cabeça longa do tríceps, é capaz de resistir ao deslocamento da cabeça do úmero para baixo
  10. 10. Tríceps braquial • Origem Cabeça longa: tubérculo infraglenoidal da escápula Cabeça medial: face posterior do úmero, inferior ao sulco do nervo radial Cabeça curta/ lateral: face posterior do úmero, superior ao sulco do nervo radial • Inserção: olécrano • Inervação: n. radial • Principal ação: principal extensor do antebraço
  11. 11. A cabeça longa ajuda na estabilidade da articulação do ombro aduzida, na extensão e adução do braço. No entanto, é a cabeça menos ativa A cabeça medial é ativa em todas as velocidades e também na presença ou não de resistência A cabeça curta/lateral é a mais forte, porém é recrutada para atividade principalmente contra resistência
  12. 12. Ancôneo • Origem: epicôndilo lateral do úmero • Inserção: face lateral do olécrano e parte superior da face posterior da ulna • Inervação: n. radial • Ação principal: auxilia o tríceps na extenção do antebraço e estabiliza a articulação do cotovelo
  13. 13. ARTÉRIAS
  14. 14. Artéria braquial • Responsável pelo suprimento arterial principal • É a continuação da artéria axilar Começa: margem inferior do m. redondo maior Termina: fossa cubital • Situa-se anteriormente aos mm. tríceps e braquial • As pulsações são palpáveis no sulco bicipital medial
  15. 15. Artéria braquial • Acompanha o n. mediano que cruza anteriormente a artéria
  16. 16. Artéria braquial Principais ramos: -A. braquial profunda -A. nutrícia do úmero -Aa. colaterais ulnares superior -Aa. colaterais ulnares inferior Rede articular do -Ramos recorrentes cotovelo
  17. 17. Rede articular do cotovelo
  18. 18. Artéria braquial profunda • Acompanha o n. radial ao longo do sulco do n. radial • Supre o tríceps braquial •Termina dividindo-se em a. colateral média e radial
  19. 19. VEIAS
  20. 20. Veias Cefálica Superficiais Basílica intermédia do cotovelo Profundas Braquiais Axilar
  21. 21. Superficiais • Cefálica: rede venosa dorsal -> margem lateral do punho -> face antero-lateral do antebraço e braço ->* comunica-se com a v. cefálica através da v. intermédia do cotovelo na face anterior do cotovelo {fossa cubital} -> segue superiormente entre mm. deltoide e peitoral maior -> entra no trígono clavipeitoral -> perfura a fáscia clavipeitoral -> se une a parte terminal da v. axilar
  22. 22. Superficiais • Basílica: Rede venosa dorsal -> margem medial do punho -> face antero- medial do antebraço -> perfura a fáscia do braço -> segue paralela a a. braquial -> funde-se com a v acompanhantes da v.axilar -> forma-se a v axilar
  23. 23. Profundas • As veias acompanhantes das aa. Ulnar e radial fundem-se para formar a v. braquial que se une à v. basílica para formar a v. axilar
  24. 24. NERVOS
  25. 25. Nervos - Musculocutâneo - Radial - Mediano - Ulnar
  26. 26. N. musculocutâneo • Supre todos os músculos do compartimento anterior do braço • Perfura o m. coracobraquial • penetra a fáscia profunda e continua como o nervo cutâneo lateral do antebraço.
  27. 27. N. Radial • Supre todos os músculos do compartimento posterior do braço • Na margem lateral do úmero, perfura o septo intermuscular lateral, passa para o compartimento anterior entre os músculos braquial e braquiorradial • Ao chegar no epicôndilo lateral se ramifica em ramos profundos e superficiais
  28. 28. N. Mediano • Segue lateralmente à a. braquial • Na fossa cubital, situa- se profundamente à aponeurose do bíceps • Não possui ramos na axila ou no braço
  29. 29. N. Ulnar • Segue medialmente à a. braquial • Perfura o septo intermuscular medial • Passa atrás do epicôndilo medial e medialmente ao olécrano para entrar no antebraço
  30. 30. Fossa cubital
  31. 31. Fossa cubital Limites: 1. Superiormente> linha imaginária que une os epicondilos 2. Medialmente> pronador redondo 3. Lateralmente> braquiorradial Assoalho> mm. Supinador e braquial Teto> fáscia do braço e antebraço, aponeurose do m. bíceps, tec. Subcutâneo e pele
  32. 32. Fossa cubital
  33. 33. Fossa cubital Conteúdos principais: Lateral Medial Tendão do m. Bíceps A. Braquial N. Mediano
  34. 34. OBRIGADA
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×