Your SlideShare is downloading. ×
0
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Ppt Energias
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ppt Energias

10,134

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,134
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
386
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Não esquecer do glossario
  • Transcript

    1. ENERGIAS Joana Carvalho Nº 15 Marta Martins Nº 18 Rita Barreto Nº 23 Sofia Moreira Nº 25
    2. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Formas de energia </li></ul><ul><li>Energias renováveis </li></ul><ul><li>Energias não renováveis </li></ul><ul><li>Actividades com Impacto ambiental </li></ul><ul><li>Curiosidades </li></ul><ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Glossário </li></ul>
    3. Introdução <ul><li>A apresentação do nosso trabalho assenta numa pesquisa sobre os recursos energéticos, uma vez que existem vários tipos de energias e estas são cada vez mais raras, tornando-se num bem precioso. </li></ul><ul><li>Sendo assim, podemos encontrar as seguintes formas de energia: </li></ul><ul><li>Energias não renováveis: que se esgotam, como e caso dos combustíveis fósseis – carvão, petróleo e gás natural </li></ul><ul><li>As energias renováveis, que nunca acabam como e caso do sol, da água e do ar em movimento. </li></ul>
    4.   Formas de energia <ul><li>O ponto de partida de um ciclo de transformação energético é sempre uma fonte de energia primária que se transforma em secundária. </li></ul><ul><li>São energias primárias o carvão, o petróleo gás, o sol, o ar e a água em movimento e secundárias as energias finais transformadas. </li></ul><ul><li>A energia secundária, por sua vez, transforma-se noutra energia, de modo a ficar disponível como energia útil. </li></ul><ul><li>As principais formas com que a energia útil se apresenta são: eléctrica, mecânica, térmica, química, radiante ou luminosa e sonora. </li></ul>
    5.  
    6. Energias Renováveis <ul><li>As energias renováveis são: </li></ul><ul><li>Solar </li></ul><ul><li>Eólica </li></ul><ul><li>Hidráulica </li></ul><ul><li>Biomassa </li></ul><ul><li>Geotérmica </li></ul><ul><li>Ondas e Marés </li></ul>
    7. Energia Solar <ul><li>Energia solar é a designação dada a qualquer tipo de captação de energia proveniente do Sol , a transformação dessa energia captada é utilizada pelo homem. Pode ser directamente para o aquecimento de água ou também para energia eléctrica ou mecânica. </li></ul>
    8. A energia libertada pelo Sol pode ser captada de diversas maneiras, desde o aquecimento directo nos colectores solares (a água é aquecida pelo Sol), aos fornos solares, até à energia eléctrica produzida em painéis fotovoltaicos .
    9. Energia Eólica <ul><li>A energia Eólica é a utilização do vento como fonte de energia remota. </li></ul><ul><li>O estudo e desenvolvimento de tecnologias associadas à Energia Eólica fazem com que esta fonte de energia seja aproveitada actualmente para gerar movimento nos mais variados tipos de máquinas. </li></ul>
    10. O vento desde há muito tempo que é utilizado em proveito do homem, quer no uso em moinhos de vento (aproveitamento para criação de movimento aproveitado para um determinado tipo de trabalho) quer na navegação de barcos. Actualmente, o vento é transformado em energia eléctrica, em aerogeradores. Não provoca poluição ambiental, mas provoca poluição sonora e causa grandes mudanças nas paisagens.
    11. Energia Hidráulica <ul><li>A Energia hidráulica reside no aproveitamento da energia da água. Os antigos moinhos de água destinados a moer os cereais, eram mecanismos que existiam em grande quantidade durante a idade média. </li></ul><ul><li>Agora é utilizada as grandes barragens para aproveitar a energia da água. </li></ul>
    12. As centrais hidroeléctricas são a aplicação mais usada na transformação da energia contida na água aprisionada numa albufeira, em energia eléctrica. A passagem da água de um local a uma determinada altura para um outro a uma altura inferior provoca a movimentação das pás dos geradores que transformam esses movimentos em energia eléctrica. Não provoca poluição, mas existem os problemas de construção que poderão implicar mudanças de paisagem e a nível de faunas.
    13. Biomassa <ul><li>O termo biomassa abrange os derivados recentes de organismos vivos utilizados como combustíveis ou para a sua produção. </li></ul><ul><li>A biomassa é a quantidade total de matéria viva existente num ecossistema ou numa população animal ou vegetal. </li></ul>
    14. A biomassa (madeira e restos orgânicos) pode ser utilizada directamente por queima (a lenha serve para aquecimento), ou na sua transformação em combustível, por fermentação (por exemplo o girassol pode ser transformado e posteriormente usado como combustível líquido). É uma fonte de energia inesgotável mas poluente.
    15. Energia Geotérmica <ul><li>Energia geotérmica é a energia obtida a partir do calor proveniente da Terra. </li></ul><ul><li>Devido á necessidade de se obter energia eléctrica de uma maneira mais limpa e em quantidades cada vez maiores, foi desenvolvido um modo de aproveitar esse calor para a geração de electricidade . </li></ul>
    16. O interior da Terra é muito mais quente que a superfície. Esta diferença de temperatura pode ser aproveitada para a transformação de outros tipos de energia.
    17. Energia das ondas <ul><li>As ondas possuem energia cinética devido ao movimento da água e energia potencial devida à sua altura. Este tipo de energia eléctrica é obtida utilizando os movimentos oscilatórios das ondas. </li></ul><ul><li>As instalações podem ser situadas em alto mar ou junto à costa, servindo para o fornecimento de energia eléctrica a faróis isolados ou carregamento de baterias de bóias de sinalização. </li></ul>
    18. Energia das Marés <ul><li>Pode-se obter energia a partir das marés de duas formas: </li></ul><ul><li>1 - através da energia associada ao movimento da água que passa quando a maré sobe ou desce; </li></ul><ul><li>2 - através de diques e comportas que retêm a água da maré cheia e depois de abertas, quando o desnível for adequado, faz com que a água accione um mecanismo, fazendo-o rodar. </li></ul>
    19. É possível aproveitar a ondulação dos oceanos/mares para a produção de electricidade. Existem poucos locais onde é possível aplicar tecnologia capaz de rentabilizar este tipo de energia, podendo ser mais ou menos perto da costa, dependendo da tecnologia usada. A diferença de altura do nível das águas já foi utilizada, por exemplo, para produzir movimento, como no caso dos moinhos de marés.
    20. Como posso obter energia eléctrica a partir das marés? Podes obter energia eléctrica através do movimento parado das águas das marés através dum dique. Se for utilizada de nível à superfície da água entre os dois lados do dique faz accionar as turbinas que por sua vez accionam geradores de electricidade.
    21. As fontes de energias não renováveis são as actualmente mais utilizadas. Os combustíveis fósseis (petróleo, carvão e gás natural) são fortemente poluidores: libertando dióxido de carbono quando queimados, um gás que contribui para o aumento da temperatura da atmosfera; causando chuvas ácidas; poluindo solos e água. ENERGIAS NÃO RENOVÁVEIS
    22. Combustíveis Fósseis <ul><li>Os combustíveis fósseis podem ser usados na forma sólida (carvão), líquida (petróleo) ou gasosa (gás natural). São acumulações de seres vivos que viveram há milhões de anos e que foram fossilizados formando carvão ou hidrocarboneto. No caso do carvão trata-se de bosques e florestas nas zonas húmidas, e no caso do petróleo e do gás natural de grandes massas de plâncton marinho acumulado no fundo do mar. Em ambos os casos, a matéria orgânica foi parcialmente decomposta por falta de oxigénio, de forma que foram armazenadas moléculas com ligações de alta energia. A energia fóssil é retirada através do petróleo, gás ou carvão. Esses resíduos - hidrocarbonetos - provêm da decomposição de organismos vivos durante eras geológicas, pela acção da temperatura, pressão e certas bactérias </li></ul>
    23. <ul><li>Ao contrário da energia renovável, a produção de energia fóssil está acabando à medida que se esgotam as reservas do planeta. A energia mais utilizada no mundo é a energia fóssil. Se considerarmos o que está em jogo, é de importância primordial para medir com precisão as reservas de combustíveis fósseis do planeta. Segundo os cálculos, o planeta pode fornecer energia para mais 40 anos (se for usado apenas o petróleo) e mais de 200 (se continuar a usar carvão). </li></ul>
    24. Petróleo O petróleo é um combustível fóssil, produzido em algumas zonas do subsolo da Terra. É a principal fonte de energia actual. É de fácil transporte, mas potencial causador de desastres ambientais.
    25. É encontrado, geralmente, junto das reservas petrolíferas. É a mais barata e menos poluente dos combustíveis fósseis, mas de mais difícil extracção. Gás natural
    26. Carvão É uma das fontes de energia mais abundante mas também uma das mais poluentes.
    27. Actividades com impacto ambiental 1 - Construção de rodovias (auto estradas) e Construção de Ferrovias (caminhos de ferros); 2 - Construção de Portos e terminais; 3 - Construção de Aeroportos; 4 - Instalação de oleodutos, gasodutos, minerodutos, troncos colectores e emissários de esgoto( petróleo, gás natural); 5 -Instalação de linhas de transmissão de energia eléctrica (acima de 230 kV);
    28. 7 - Obras hidráulicas para fins de saneamento, drenagem, irrigação, rectificação de curso de água, transposição de bacias, canais de navegação, barragens hidroeléctricas, diques (tratamentos e águas); 8 - Extracção de combustível fóssil (petróleo, xisto, carvão, gás natural); 9 - Extracção de minério; 10- Aterros sanitários, processamento e destino final de resíduos tóxicos ou perigosos; 11 - Instalação de fábricas de electricidade, qualquer que seja a fonte de energia primária (acima de 10 MW), inclusive a instalação de parques eólicos;
    29. 12 - Complexo e unidades industriais e agro-industriais (petroquímicos, siderúrgicos, destilarias de álcool, hulha, extracção e cultivo de recursos hídricos, (petróleo, carvão mineral etc..); 13 - Zonas estritamente industriais (ZEI); 14 - Exploração económica da madeira ou de lenha, em áreas acima de 100 hectares ou menores, quando atingir áreas significativas em termos percentuais ou de importância do ponto de vista ambiental;
    30. 15 - Projectos urbanísticos (acima de 100 ha), ou em áreas consideradas de relevante interesse ambiental (espaços urbanos); 16 - Qualquer actividade que utilize carvão vegetal, em quantidade superior a dez toneladas por dia.
    31. Algumas imagens do que a civilização pode fazer ao meio ambiente
    32. Curiosidades <ul><li>Como estará o nosso planeta daqui a 100 anos? </li></ul><ul><li>Cientistas de diversos países afirmam que devido à excessiva emissão de dióxido de carbono e outros gases na atmosfera a temperatura média do planeta está a aumentar significativamente. </li></ul><ul><li>Até 2100 a temperatura média da terra poderá ter um aumento aproximadamente de 10°C. Imagine a cidade onde vive, 10°C mais quente! Cidades como Beja, onde a temperatura facilmente chega aos 40°C poderá atingir mais de 50°C! </li></ul>
    33. <ul><li>Imagina teres que suportar uma temperatura superior a 50°C durante o verão todos os anos! </li></ul><ul><li>A vegetação natural é outro grande crime cometido pelo Homem. </li></ul><ul><li>Estudos científicos comprovam que a alteração da paisagem natural pode afectar seriamente o clima de uma região. </li></ul>
    34. Conclusão Todas as fontes de energia, antes de se transformarem em calor, frio, movimento ou luz, sofrem um percurso mais ou menos longo de transformação, durante o qual uma parte é desperdiçada e a outra, que chega ao consumidor, nem sempre é devidamente aproveitada. As energias renováveis são alternativas limpas, do futuro aos combustíveis fosseis, (carvão, petróleo) que são alternativas poluentes, pois o seu consumo origina a libertação de gases poluentes tais como dióxido de carbono, que são os principais causadores do efeito de estufa e também responsáveis pelo aquecimento global do nosso planeta. As grandes diferenças entre as energias renováveis e não renováveis residem na forma como as aproveitamos, e nas consequências que isso tem para o planeta.
    35. Glossário <ul><li>Biomassa - é a transformação de resíduos orgânicos em combustível. </li></ul><ul><li>Combustíveis fósseis - São acumulações de seres vivos que viveram há milhões de anos e que foram fossilizados formando carvão ou hidrocarboneto </li></ul><ul><li>Energia - é a capacidade para realizar/transformar algo. </li></ul><ul><li>Energia eólica - é a utilização do vento . </li></ul><ul><li>Energia geotérmica - é a energia obtida a partir do calor da Terra. </li></ul><ul><li>Energia hidráulica - é a utilização da água </li></ul><ul><li>Energia solar - é toda a energia produzida pelo sol. </li></ul><ul><li>Impacto ambiental - é todo efeito no meio ambiente causado pelas alterações ou actividades do ser humano. </li></ul><ul><li>Recursos energéticos - designamos por recursos energéticos as várias fontes de energia que utilizamos. </li></ul>
    36. BIBLIOGRAFIA <ul><li>http://lisboaverde.cmlisboa.pt/index.php?id=4362 </li></ul><ul><li>http://www.wikipedia.org </li></ul><ul><li>http://educar.sc.usp.br </li></ul>
    37.  

    ×