Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Características do texto dramático
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Características do texto dramático

  • 27,989 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
27,989
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9

Actions

Shares
Downloads
675
Comments
4
Likes
7

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. AS CARACTERÍSTICAS DO
    TEXTO DRAMÁTICO
    1
    Professora Vanda Barreto
  • 2. CARACTERÍSTICAS DO TEXTO DRAMÁTICO O texto dramático é um tipo de texto que é escrito para ser representado. Normalmente não tem narrador e nele predomina o discurso na segunda pessoa (tu/vós). Além deste tipo de discurso, o texto dramático pressupõe o recurso à linguagem gestual, à sonoplastia e à luminotécnica.
    2
    Professora Vanda Barreto
  • 3. FORMAS DO GÉNERO DRAMÁTICO
    Otexto dramático pode surgir sob a forma de:• Tragédia• Comédia• Drama• Teatro Épico • Teatro moderno
    3
    Professora Vanda Barreto
  • 4. Constituído por:
    • Monólogo– uma personagem, falando consigo mesma, expõe perante o público os seus pensamentos e/ou sentimentos;
    • 5. Diálogo– falas entre duas ou mais personagens;
    • 6. Apartes– comentários de uma personagem para o público, pressupondo que não são ouvidos peloseu interlocutor.
    O texto dramático é composto por dois tipos de texto:
    Texto secundário (ou didascálias, ou indicações cénicas) destina-se ao leitor, ao encenador ou aos actores.
    Texto principal
    (as falas dos actores)
    Composto por:
    • pela listagem inicial das personagens;
    • 7. pela indicação do nome das personagens no início de cada fala;
    • 8. pelas informações sobre a estrutura externa da peça (divisão em actos, cenas ou quadros);
    • 9. pelas indicações sobre o cenário e guarda-roupa das personagens;
    • 10. pelas indicações sobre a movimentação das personagens em palco, as atitudes que devem tomar, os gestos que devem fazer ou a entoação de voz com que devem proferir as palavras…
    4
    Professora Vanda Barreto
  • 11. ESTRUTURA INTERNA E EXTERNAEstrutura externa– o teatro tradicional e clássico pressupunha divisões em :* actos - correspondentes à mudança de cenários* cenas - equivalentes à mudança de personagens em cena O teatro moderno, narrativo ou épico, põe de parte estas regras tradicionais de divisão na estrutura externaEstrutura interna– uma peça de teatro divide-se em:* Exposição – apresentação das personagens e dos antecedentes da acção* Conflito – conjunto de peripécias que fazem a acção progredir* Desenlace – desfecho da acção dramática
    5
    Professora Vanda Barreto
  • 12. PERSONAGENS
    Classificação quanto à sua concepção:
    *Planas ou personagens-tipo– não alteram o seu
    comportamento ao longo da acção. Representam um
    grupo social, profissional ou psicológico)
    *Modeladas ou Redondas– evoluem ao longo da
    acção, as suas atitudes e comportamentos vão-se
    alterando e, por isso mesmo, podem surpreender o
    espectador.
    Classificação quanto ao relevo:
    * protagonista ou personagem principal
    * personagens secundárias
    * figurantes
    6
    Professora Vanda Barreto
  • 13. PERSONAGENS
    Tipos de caracterização:
    * Directa– a partir dos elementos presentes nas
    didascálias, da descrição de aspectos físicos e
    psicológicos, das palavras de outras personagens,
    das palavras da personagem a propósito de si
    própria.
    * Indirecta– a partir dos comportamentos, atitudes
    e gestos que levam o espectador a tirar as suas
    próprias conclusões sobre as características das
    personagens.
    7
    Professora Vanda Barreto
  • 14. ESPAÇO
    Espaço – o espaço cénico é caracterizado nas didascálias, onde surgem indicações sobre pormenores do cenário, efeitos de luz e som.
    Coexistem normalmente dois tipos de espaço:
    * Espaço representado – constituído pelos cenários
    onde se desenrola a acção e que equivalem ao espaço
    físico que se pretende recriar em palco
    * Espaço aludido – corresponde às referências a
    outros espaços que não o representado.
    8
    Professora Vanda Barreto
  • 15. TEMPO
    * Tempo da representação – duração do conflito em palco* Tempo da acção ouda história – o(s) ano(s) ou a época em que se desenrola o conflito dramático* Tempo da escrita ouda produção da obra – altura em que o autor concebeu a peça
    9
    Professora Vanda Barreto
  • 16. INTENÇÕES DO AUTOR
    Quando escreve uma peça de teatro, o dramaturgo pode ter uma intenção* Moralizadora - distinguir o Bem do Mal, para mostrar que o bem vence sempre* Lúdica ou de evasão - de entretenimento, de diversão, de riso* Crítica em relação à sociedade do seu tempo* Didáctica - transmitir um ensinamento
    10
    Professora Vanda Barreto