A Coleta De Lixo Em Sao Paulo

6,110 views

Published on

Trabalho realizado por Juliane Carvalho - Turma 11 do Senac/ Tito para a Estação Ecogestão e Saneamento Ambiental.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,110
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Coleta De Lixo Em Sao Paulo

  1. 1. A COLETA DE LIXO EM SÃO PAULO por Juliane Carvalho SENAC – TURMA 11 Ecogestão - Profa. Valéria Bolognini
  2. 2. A cidade de São Paulo gera 15 mil toneladas de lixo diariamente (lixo residencial, de saúde, restos de feiras, podas de árvores, entulho etc). Só de resíduos domiciliares são coletados mais de 9,5 mil toneladas por dia.
  3. 3. <ul><li>Estima-se que mais de 11 milhões de pessoas são beneficiadas pela coleta. </li></ul><ul><li>Cerca de 3,2 mil pessoas trabalham no recolhimento dos resíduos e são utilizados 492 veículos (caminhões compactadores e outros específico para o recolhimento dos resíduos de serviços de saúde). </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O aterro sanitário Bandeirantes está desativado desde o mês de março de 2007, mas tem captação de gás. O material coletado pela concessionária é levado para o aterro de Caieiras. O aterro São João está recebendo, parcialmente, os resíduos coletados pela Ecourbis. A outra parte está sendo levada para o CDR Pedreira (aterro que é particular). </li></ul>
  5. 5. Volume médio diário de resíduos coletados em 2008 Resíduo Domiciliar - 9.500 toneladas Resíduo de Serviço de Saúde - 90 toneladas Resíduo de Varrição - 270 toneladas Resíduo Inerte - 3.000 toneladas Resíduo Seletivo - 130 toneladas Outros - 1.300 toneladas.
  6. 6. MATERIAIS RECICLÁVEIS. <ul><li>Os materiais mais comuns encontrado no lixo urbano e que podem ser reciclados são: - Plásticos: - Garrafas, embalagens de produtos de limpeza; - Potes de cremes, xampus; - Tubos e canos; - Brinquedos; - Sacos, sacolas e saquinhos de leite; - Isopor. </li></ul>
  7. 7. Relação de Materiais
  8. 8. ALUMÍNIO: <ul><li>- Latinhas de cerveja e refrigerante; </li></ul><ul><li>- Esquadrias e molduras de quadros. </li></ul>
  9. 9. METAIS FERROSOS: <ul><li>- Molas e Latas </li></ul>
  10. 10. PAPEL E PAPELÃO: - Jornais, revistas, impressos em geral; - Papel de fax; - Embalagens longa-vida.
  11. 11. VIDRO: <ul><li>- Frascos, garrafas; </li></ul><ul><li>  - Vidros de conserva. </li></ul>
  12. 12. Gráfico
  13. 13. Tempo de decomposição : <ul><li>Embalagens plásticas : mais de 100 anos Papéis : de 3 a 6 meses Latas de alumínio : 100 anos Tampa de Garrafa : 150 anos Vidro : mais de 10.000 anos </li></ul>
  14. 14. Quanto é reciclado no país : <ul><li>Papel de Escritório 22% Papelão ou Papel Ondulado 72% Latas de Aço 40% Latas de Alumínio 78% Vidro 40% Plástico Rígido 15% Plástico PET (garrafas de refrigerante) 26% </li></ul>
  15. 15. <ul><li>O lixo entope bueiros e pode causar enchentes. Não jogue lixo nas ruas, parques, rios e lagos. Ajude a preservar sua cidade. </li></ul>
  16. 16. RECICLAGEM <ul><li>A Natureza é muito eficaz em relação ao tratamento dado a ela para o lixo. Animais e plantas mortos apodrecem e se decompõem. Neste processo, larvas, fungos, bactérias e minhocas colaboram para transformá-los, e os restos orgânicos voltam para terra, enriquecendo-a. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>No Brasil , são geradas diariamente 241.000 toneladas de lixo, sendo 90.000 de lixo domiciliar. Só na cidade de São Paulo são geradas aproximadamente 14.000 toneladas de lixo por dia. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Ao invés de consumirmos mais, deveríamos consumir melhor. É só lembrar dos 4 Rs: Reduzir o consumo; Reutilizar o for possível; Reciclar materiais; Repensar os hábitos de consumo e de descarte. </li></ul>Você pode fazer sua parte
  19. 19. O QUE NÃO PODE SER RECICLADO? O QUE PODE SER RECICLADO? E
  20. 20. Vidro: <ul><li>Pode ser reciclado: </li></ul><ul><li>Garrafas, frascos de molhos e condimentos, potes de produtos alimentícios, frascos de remédios, perfumes e produtos de limpeza, cacos de qualquer uma das embalagens acima. </li></ul>Não pode ser reciclado: Espelhos, vidros de janela e box de banheiro, vidros de automóveis, cristal, lâmpadas, formas e travessas de vidro temperado, ampolas de remédio.
  21. 21. Plástico: Pode ser reciclado: Potes (de todos os tipos), embalagens (de detergente, shampoo, água sanitária, etc), tampas (de todos os tipos), sacos (de leite, de arroz, etc) Não pode ser reciclado: Celofane, embalagens longa vida, espuma, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis
  22. 22. Metal: Não pode ser reciclado: Pilhas normais e alcalinas, filtros de ar para veículos, latas enferrujadas. Pode ser reciclado: Latas, tampas (de refrigerante, cerveja, conservas, etc), arames, grampos, fios, pregos, marmitex, tubos de pasta dental, alumínio, cobre e outros.
  23. 23. Papel : Pode ser reciclado: Revistas, jornais, papeis, caixas de papelão (de todos os tipos) Não pode ser reciclado: Papel higiênico, guardanapos com comida, copos siliconizados, papel laminado, papéis plastificados (embrulho de bolacha), papel carbono
  24. 24. Para onde vai o lixo: <ul><li>Todo esse lixo gerado tem um destino, ou seja: 76% do lixo coletado no país fica a céu aberto, ou seja, 182400 toneladas que é coletado por dia. </li></ul><ul><li>O restante vai para aterros (controlados, 13%; ou sanitários, 10%), usinas de compostagem (0,9%), incineradores (0,1%) e uma insignificante parte é recuperada em centrais de reciclagem. </li></ul>
  25. 25. <ul><li>Estima-se que o Brasil perca, por ano, R$ 4,6 bilhões (cálculo de 1996) no mínimo, ao não reaproveitar o lixo que produz. 40% dos municípios não recebem nenhum serviço de coleta de lixo. 40 mil toneladas de lixo ficam sem coleta diariamente. A coleta seletiva é praticada em pouco mais de 80 municípios brasileiros, basicamente nas regiões Sul e Sudeste do país. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Entretanto, hoje, os Aterros Sanitários recebem aproximadamente 16.000 toneladas por dia de lixo domiciliar, praticamente bruto, que contribui para que sua vida útil se esgote de maneira muito rápida. </li></ul>
  27. 27. <ul><li>Uma das opções para diminuir o lixo é o incinerador, projetado por Alfred Fryer, em 1874, na Inglaterra. É um processo em que o lixo é queimado, reduzindo o peso e o volume, porém esse meio pode trazer prejuízo para a natureza e para a economia, pois tem alto custo. Um exemplo é se a combustão é incompleta pode aparecer monóxido de carbono e partículas que acabam sendo lançadas na atmosfera como fuligem ou negro fumo. Muitas substâncias são altamente tóxicas, poluindo rios, trazendo mau cheiro e a poluição visual. </li></ul>
  28. 28. UM CONSUMIDOR MÉDIO DESCARTA, EM UM ANO: <ul><li>90 latas de bebida </li></ul><ul><li> 107 garrafas ou frascos </li></ul><ul><li> 45 kg de plásticos </li></ul><ul><li>70 latas de alimento </li></ul><ul><li> 2 árvores gastas como papel </li></ul><ul><li>10 vezes o seu próprio peso em refugos domésticos </li></ul>
  29. 29. <ul><li>AJUDE A DIMINUIR ESTES NÚMEROS: </li></ul><ul><li>REDUZA OS PADRÕES DE CONSUMO E SEPARE O SEU LIXO PARA PROCESSO DE RECICLAGEM . </li></ul>

×