Gerações românticas no Brasil: Poesia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Gerações românticas no Brasil: Poesia

on

  • 8,709 views

Material pedagógico resumido sobre o Romantismo no Brasil.

Material pedagógico resumido sobre o Romantismo no Brasil.

Statistics

Views

Total Views
8,709
Views on SlideShare
7,787
Embed Views
922

Actions

Likes
2
Downloads
128
Comments
0

12 Embeds 922

http://www.curiosidadesdalngua.blogspot.com.br 574
http://curiosidadesdalngua.blogspot.com.br 182
http://tiopablovirtual.blogspot.com.br 90
http://tiopablovirtual.blogspot.com 45
http://www.tiopablovirtual.blogspot.com.br 8
http://curiosidadesdalngua.blogspot.com 7
http://www.curiosidadesdalngua.blogspot.ru 6
http://www.tiopablovirtual.blogspot.com 3
http://curiosidadesdalngua.blogspot.pt 3
http://www.curiosidadesdalngua.blogspot.com 2
http://tiopablovirtual.blogspot.com.ar 1
http://www.curiosidadesdalngua.blogspot.pt 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Gerações românticas no Brasil: Poesia Gerações românticas no Brasil: Poesia Presentation Transcript

  • Romantismo no Brasil: As três gerações Românticas
  • Uma das formas mais significativas do nacionalismo romântico. O índio é um ser idealizado (nobre, valoroso, fiel), apesar disso demonstra a valorização das origens da nacionalidade. Indianismo
  • Voltando-se inteiramente para dentro de si mesmos, esses poetas expressaram em seus versos pessimistas um profundo desencanto pela vida. Muitos marcados pela tuberculose, mal que deu nome à fase. Mal-do-século ou Ultrarromantismo
    • Estrutura do Mal-do-Século
    • Culto da Noite
    • Amada Mortuária
    • Doenças Psíquicas
    • Grotesco
    • Desvios de Moral e de Comportamento
    • Angústia
    • Degeneração
    • Sentido Trágico
    • Morbidez
    • Características do Mal-do-Século
    • São descobertas ao apreciarmos os clichês e chavões das diversas obras, principalmente de poesias, em todo o mundo. Eis algumas:
    • Mulher Amada: Pálida, Sombria, Doentia, Virgem, Etérea, Vaporosa, Transparente, Leviana, Lasciva, Lânguida, Nívea, Anjo, Angélica, Enluarada, Branca, Trêmula, Fria, Tremente, Gélida.
    • Sujeito Amante: Mancebo, Pobre, Infeliz, Desgostoso, Louco, Insano, Altivo, Ingênuo, Triste, Amargurado, Doente, Perdido, Desdenhado, Proscrito
    • Ambiente Lírico: Noite, Lua, Bálsamo, Céu enluarado ou Céu estrelado, Praia, Peregrinação, Lamúria.
    • Sentimentos Imperativos: Amor, Melancolia, Resignação, Ódio, Rancor, Medo, Terror, Desgosto, Fracasso, Depressão
    • "À noite quando durmo, esclarecendo / As trevas do meu sono, / Uma etérea visão vem assentar-se / Junto ao meu leito aflito! / Anjo ou mulher? não sei. – Ah se não fosse / Um qual véu transparente, / Como que a alma pura ali se pinta / Ao través do semblante, (Gonçalves Dias)
    • - "E por te amar, por teu desdém - perdi-me..." (Álvares de Azevedo)
  • Fugindo um pouco do egocentrismo dos ultrarromânticos , os condoreiros desenvolveram uma poesia social, comprometidos com a causa abolicionista e republicana. Em geral são poemas de tom grandiloquente, próximos da oratória, cuja finalidade é convencer o leitor-ouvinte e conquistá-lo para a causa defendida. Condoreirismo
    • Características e temas de sua poesia social:
    • Libertação dos escravos
    • Defesa da república
    • Hipérbole e metáforas condoreiras (águia, condor, céu, mar, infinito, abismo, sol...)
  • Quadro das gerações Românticas