Aula PráTica 1   TóRax Normal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula PráTica 1 TóRax Normal

on

  • 105,253 views

 

Statistics

Views

Total Views
105,253
Views on SlideShare
104,350
Embed Views
903

Actions

Likes
15
Downloads
1,778
Comments
2

9 Embeds 903

http://www.playmagem.com.br 620
http://www.slideshare.net 244
http://xestudo.blogspot.com.br 33
http://www.rapidderfind.com 1
http://webmail7.click21.com.br 1
http://www.google.com.br 1
http://xestudo.blogspot.com 1
http://www.xestudo.blogspot.com.br 1
https://www.google.com.br 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • to fazendo a radiologia to gostando muito quem tiver novidades sobre aulas pode manda eu agradeco ok um abraco
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • bruno cesar quero saber se posso utilizar seu material em meu blog? aguardo resposta
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula PráTica 1   TóRax Normal Aula PráTica 1 TóRax Normal Presentation Transcript

  • AULA PRÁTICA 1 08/09 IMAGIOLOGIA
  • OBJECTIVOS
    • Imagem radiográfica
      • Radiodensidade / radiotransparência
      • Tipos de opacidades
      • Efeitos
        • tangencial;
        • adição/ subtracção;
        • nível
      • Noção de tridimensionalidade
    • Anatomia radiográfica do tórax
  • OBJECTIVOS
    • Avaliação sistematizada do tórax
      • Incidências
        • Rotina
        • Extraordinárias
      • Orientação das radiografias
      • Critérios técnicos
        • Exposição – dose
        • Centragem
        • Inspiração
      • Estudo sequencial
        • Campos pulmonares
        • Hilos
        • Mediastino
        • Diafragma
        • Partes moles e esqueleto
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA
    • Radiodensidade
      • proporcional
        • nº atómico
        • espessura
      • mantendo a espessura constante é definida pela composição
    • Tipos de opacidades
    Naturais
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA + - Absorção de raios X
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA
    • Efeitos
    Tangencial Adição / subtracção
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA
    • Nível hidro-aéreo
  • IMAGEM RADIOGRÁFICA
    • Noção de tridimensionalidade
      • todas as estruturas estão sobrepostas  necessidade de dois planos ortogonais
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Divisão topográfica da imagem do tórax
      • Sombra mediastínica
      • Campos pulmonares
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Campos pulmonares
      • Retículo pulmonar
        • Nas rad normais formado por vasos pulmonares e suas ramificações
          • + acentuado nas bases
          • padrão dicotómico
          • ↓ progressivamente até periferia
        • Brônquios segmentares, vasos linfáticos e interstício não visualizados  estruturas de ↓ ↓ dimensões para aparecerem na Rad
    Em condições patológicas os brônquios segmentares, interstício e alvéolos, podem tornar-se visíveis
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Campos pulmonares
      • Anatomia lobar
        • 3 lobos à direita e 2 à esquerda separados por cisuras interlobares
      • Árvore traqueobrônquica
        • em rad normais visível desde a traqueia até brônquios lobares principais
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Mediastino
      • Estrutura compreendida entre 2 pulmões, abertura sup do tórax e diafragma.
      • Na rad de frente é uma sombra com estruturas radiotransparentes (traqueia e principais brônquios lobares)
      • Sistematização alterações-etiologia
        • Frente - 9 arcos
        • Perfil
          • Anterior
          • Medio
          • posterior
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Mediastino
      • Traqueia
        • Cilindro radiotransparente vertical
        • Posição central ou ligeiramente deslocada para a dir
        • 12 cm long; 2-2,5 cm transv
        • Carina – ângulo de ramificação em adultos = 55-70º
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Mediastino
      • Coração
        • Dimensões da imagem
          • Em adultos < 16cm
          • Indíce Cardio-torácico
            • ICT= diâmetro transverso coração
            • diâmetro transverso do diafragma
            • N < 0,5
            • Falsos aumentos: expiração; AP; escoliose
        • Silhueta
          • Contorno dir – AD
          • Contorno esq – VE, AE
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Hilos
      • Constituídos por brônquios, estruturas vasculares, nervosas e linfáticas
      • Esquerdo mais sup do que dir
      • As artérias pulmonares são os principais “contribuintes” para a opacidade hilar (veias, brônquios, LN e gordura perihilar são secundários)
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Pleura
      • Pleura parietal (costal, diafragmática e mediastínica)  geralmente n são visíveis na radiografia
      • Pleura visceral  pode ser visível se RX tangencial (cisuras interlobares)
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Diafragma
      • Hemicúpulas têm contornos regulares
      • Dir mais elevada do que esq
      • Ângulos
        • Costofrénicos (laterais; posteriores)
        • Cardiofrénicos
      • Câmara de ar gástrica
        • Distância câmara-diafragma < 1cm
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Esqueleto torácico
      • Costelas
        • Espaço intercostal
      • Clavícula
      • Omoplata
      • Coluna vertebral dorsal
      • Esterno
  • ANATOMIA RADIOGRÁFICA DO TÓRAX
    • Partes moles
      • Músculos peitorais
      • Sombras mamárias
      • Mamilos
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Informação clínica !!!!
    ?
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Colocação da radiografia para observação
    • direita do doente para a esquerda do observador
    • doente de face para o observador
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Incidências standard
    • Frente em PA Perfil esquerdo
    + Ambos em inspiração completa e em ortostatismo
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Incidências de face
      • PA
        • Coração menos ampliado (mais próximo do filme)
        • Escápulas fora do campo pulmonar
        • Clavículas 2-4 cm abaixo do ápice
      • AP
        • Coração maior
        • Escápulas no campo pulmonar
        • Clavículas por cima do ápice
    Menor visibilidade do campo pulmonar PA AP
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Incidências laterais
      • necessárias!  permitem identificar lesões que frequentemente não são visíveis na rad face (ex: atrás do coração, mediastino ou diafragmáticas)
      • esquerda standard por < ampliação coração;
      • direita se por ex: lesão
    • Ortostatismo
      • detectar mais facilmente alterações pleurais ( hidro ou pneumotórax);
      • decúbito leva a diafragma mais alto e compressão dos lobos inf
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Outras Incidências
      • Expiração
        • Pneumotórax
        • Inalação de corpo estranho (ex: crianças)
      • AP no leito
        • Acamados / debilitados
        • RN / Lactentes
      • Decúbito lateral c/ raios horizontais
        • Evidencia pequenos derrames (min 50ml)
        • Pneumotórax (lado a estudar para cima)
      • Lordótica
        • Estudo dos ápices
      • Oblíquas
        • Estudo cardíaco (em desuso)
        • Localizar lesões
        • Placas pleurais (ex: asbestose)
    No leito em AP Lordótica Dec lat com raios horizontais
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Identificação e Orientação
    SITUS INVERSUS! D
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Critérios técnicos
      • Exposição (dose adequada)
        • Visualização
          • dos contornos dos corpos vertebrais por trás do coração;
          • do retículo pulmonar até +- 1 cm da periferia;
          • dos vasos retrodiafragmáticos e retrocardíacos.
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Critérios técnicos
      • Centragem
        • Campos pulmonares completamente visíveis
          • desde ápice até aos ângulos costofrénicos
          • omoplatas fora dos campos pulmonares
        • Extremidade interna das clavículas equidistante de T3
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Critérios técnicos
      • Centragem (perfil)
        • Campos pulmonares completamente visíveis do ápice até aos ângulos costofrénicos
        • Membro sup fora do campo
        • Região hilar deve estar no centro da imagem
        • As extremidades dos arcos costais posteriores devem estar alinhados
        • Ângulos costofrénicos devem estar alinhados e sobrepostos
        • Esterno projectado em perfil
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Critérios técnicos
      • Inspiração
        • Arcos costais post da 10ª costela acima da hemicúpula direita
    Coração maior Pode simular doença!
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
      • Campos pulmonares
      • Silhueta cardiomediastínica
      • Hilos
      • Diafragma, seios costofrénicos e abdómen
      • Partes moles e esqueleto
    ESTUDO SEQUENCIAL
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Campos pulmonares
      • Avaliar
        • Simetria (centrada? escoliose?)
        • Amplitude (boa inspiração?)
        • Transparência (infiltrados, lesões focais ou estruturas calcificadas?)
        • Retículo (alteração do calibre ou disposição ?)
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Silhueta cardiomediastínica
      • Avaliar
        • Traqueia (desvios?)
        • Mediastino
          • Posição (centrado?)
          • Forma e tamanho (alteração em algum dos contornos?)
          • Densidade normal (radiolucência anormal?)
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Silhueta cardiomediastínica
      • Avaliar
        • Coração
          • Tamanho (aumento do ICT?)
          • Configuração (anormal ?)
        • Aorta
          • Posição
          • Configuração (alongamento? Calcificação)
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Hilos
      • Avaliar
        • Forma
        • Tamanho
        • Posição
        • Calcificações
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Diafragma, seios costofrénicos e abdómen
      • Posição do diafragma (elevação?)
      • Ângulos costofrénicos (livres?)
      • Abdómen (pneumoperitoneu? Bolha de ar gástrico > 1 cm da hemicupula?)
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Estruturas ósseas e tecidos moles
      • Pleura costal (espessamentos? calcificações?)
      • Costelas (simétricas? contornos regulares, sem defeitos?
      • Coluna (forma, posição, contornos?)
      • Clavícula e ombro
      • Tecidos moles (calcificações? assimetrias?)
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Perfil
      • Abordagem semelhante à radiografia de face
      • Particularidades
        • Avaliação dos espaços retroesternal e retrocardíaco
        • Seios costofrénicos post
        • Coluna vertebral
  • AVALIAÇÃO SISTEMATIZADA DA RADIOGRAFIA DO TÓRAX
    • Checklist
      • Informação clínica
      • Incidência / Identificação / Orientação
      • Critérios técnicos
      • Campos pulmonares
      • Silhueta cardiomediastínica e hilos
      • Diafragma, seios costofrénicos e abdómen
      • Esqueleto torácico e partes moles