Your SlideShare is downloading. ×
Redes de Relacionamento como Ferramentas Corporativas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Redes de Relacionamento como Ferramentas Corporativas

2,083
views

Published on

O que são redes sociais? …

O que são redes sociais?
Por que usar?
Como usar?
O que usar?
Boas Práticas
Cases e Resultados

Published in: Business, Technology

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,083
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • . Satisfação pelo convite. . Possibilidade de promovermos outros encontros com o CETI sempre que as entidades de TI necessitarem ou quando o governo entender importante o compartilhamento de informações, novidades ou políticas públicas de TIC A apresentação está estruturada em 4 partes: Na 1a. Apresentaremos a visão do governo atual em relação as políticas públicas de TIC e de governança eletrônica Após falaremos sobre como a PROCERGS está estruturada hoje e qual a nossa estratégia na gestão da Companhia Na 3a. Parte falaremos sobre o programa de governo eletrônico do Estado do RS, uma diretriz estratégica da Governadora, já explicitada na Campanha, em seu plano de governo Por último conversarmos sobre a importante e necessária relacionamento da PROCERGS com o setor de TIC gaúcho.
  • Transcript

    • 1. Redes de Relacionamento como Ferramentas Corporativas Alessandra Nunes
    • 2. Agenda
      • O que são redes sociais?
      • Por que usar?
      • Como usar?
      • O que usar?
      • Boas Práticas
      • Cases e Resultados
    • 3. O que são redes sociais? Pessoas, Relacionamentos, Interesses e/ou objetivos comuns, Colaboração, Co-criação, Interação, Independe de tecnologia!
    • 4. O que são redes sociais?
    • 5. “ O ser humano há milênios vive em grupos. Gostamos de nos aproximar de pessoas que têm interesses similares. A diferença é que com a internet, agora não há mais barreiras geográficas e ficou muito mais fácil, barato e rápido se comunicar.” Seth Godin O que são redes sociais?
    • 6. O que são redes sociais?
    • 7.
      • Potencializar relacionamento c/cliente
      • e fornecedores
      • Idéia de proximidade e modernidade
      • Mídia espontânea/Oportunidades
      • Fortalecimento da marca
      • Fidelização
      • Fonte de contatos e informação
      • Mobilidade
      • Baixo custo e alto alcance
      • Sua empresa deve estar onde seu cliente está!!!
      Por que usar?
    • 8. Por que usar?
      • As 100 empresas mais valiosas do mundo, crescerem cerca de 18% em um ano com o uso de redes sociais. (Pesquisa Altimer Group e Wetpaint)
      • 75% dos consumidores online confiam e
      • consomem mais de empresas presentes
      • em redes sociais
      • Pessoas passam em média 5mins
      • em um perfis de marcas.
      • Na TV são 30 segs!
      • Consumidores passam 80% do tempo
      • online em redes sociais
    • 9. Por que usar? "As companhias que não abraçarem a web 2.0 correm o sério risco de registrar desempenho inferior ao dos concorrentes e ainda ficar para trás diante dos novos modelos de negócios que começam a ser desenhados“ David Cearley, vice-presidente de pesquisas do Gartner
    • 10. Por que usar? Fonte: Livro Planejamento Estratégico Digital – Felipe Moraes
    • 11. Por que usar?
    • 12. O que usar?! Atualizações dinâmicas, integração, público diversificado Conteúdo, dinamismo, modernidade, comunicação 1ª no BR, imagem moderna e jovem, foco relações pessoais 1ª no Mundo, público diferenciado(maioria tem ensino superior, é profissional e faixa etária mais elevada) relacionamento informativo, agilidade, tempo real, objetiva, alta abrangência, mobilidade e integração total!
    • 13.
      • Não basta estar na rede! É preciso participar em rede!
      • Seja presente!
      • Tenha Foco!
      • Compartilhe conhecimentos!
      • Seja relevante!
      • Torne-se referência!
      Como usar?
    • 14. Como usar?
      • Planejamento
      • Estratégia
      • Orientação/Aprendizado
      • Objetivo / Foco
      • Análise / Mapeamento
      • Revisão / Monitoria
    • 15. Boas Práticas
      • faça uma comunicação mais personalizada , sem barreiras e bi-direcional
      • mantenha uma linguagem simples, mas corporativa
      • oriente seus funcionários (o que usar,
      • como usar, boas práticas)
      • dê retorno ágil ao seu público
      • perfis devem ter relação com o site
      • corporativo
    • 16. Boas Práticas
      • lembre-se sempre que o que é divulgado, em sua grande maioria, é público!
      • seja pró-ativo, não reativo!
      • não use as redes sociais como meio de propaganda!
      • não tenha medo de assumir erros
      • e pedir ajuda!
      • tenha uma equipe multidisciplinar
      • para fazer a gestão das redes sociais!
    • 17. Cases e Resultados
      • DELL obteve um salto de vendas diretas de US$ 3 milhões para US$ 9 milhões em 2009 usando Twitter, Facebook e Flickr. Em 2008 ganhou US$ 2 milhões só com o uso do Twitter!
      • StarBucks mais de 7,9 milhões de fãs no Facebook. É a marca mais comentada do mundo no Twitter. Mais de 1 milhão de visitas no Youtobe.
      • Coca-Cola é mencionada 5.000 vezes por dia na internet
      • Tecnisa as vendas online passaram a representar 30% do total.
    • 18. Cases e Resultados
    • 19. Cases e Resultados
    • 20. Cases e Resultados
    • 21. Cases e Resultados
    • 22. E aí, vai me seguir?! http://utilidadenaweb.blogspot.com/ http://www.twitter.com/ale_procergs http://pt-br.facebook.com/people/Alessandra-Nunes/568882495
    • 23. http://www.forum.rs.gov.br