Projeto bairro Ana Edith

975 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
975
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto bairro Ana Edith

  1. 1. Histórico do Bairro Ana Edith O bairro Ana Edith não é um bairro histórico como os outros, mas tem história paracontar. Foi fundado no dia 18 de outubro de 1979, na gestão do senhor Dr. TubertinoBráulio de Freitas, pelo decreto nº 18/79 dispondo sobre aprovação de loteamentodenominado Jardim Ana Edith. Na verdade se tratava de uma chácara que foi separada em lotes para a venda , essachácara na época pertencia a senhora Ana Edith Fleury Rios e Maria Lili Rios. Segundo o decreto mencionado, o bairro Ana Edith compreendia uma área de: Lotes de 1.237.779,34 M2 Vias públicas :639.409,80 M2. Área verde : 115.824,70 M2 Área destinada á prefeitura:128.550,30 M 2 Área de recuo do rio : 12.310,00 M 2 Área do córrego represa; 20.515,86 M2 Num total de 2.154.390,00 m2 Foto retirada no inicio do bairro Ana Edith Rua das Camélias (1993) Segundo moradores mais antigos, como o senhor Libério Eustáquio da Costa , DonaMaria Aparecida Costa, 46 anos, ambos com mais de 25 anos de moradia no bairro, haviamuito mato no bairro inicial, a casinha deles foram as primeiras a serem construídas nomesmo. Na época não tinha luz elétrica, nem asfalto, a água era retirada de cisternas noquintal de casa. Como não havia asfalto e o mato era muito alto os moradores faziam trieiros parausar como caminho. As pessoas dormiam cedo já que não havia energia, ninguém tinhatelevisão, então usavam muito o radinho à pilha.
  2. 2. Dona Geralda ,andando pelas ruas do bairro, sem asfalto Apresentação dia do índio, próximo ao antigo endereço da escolaOrigem do nome do bairro – Jardim Ana Edith Em homenagem à pessoa de Ana Edith Fleury Rios,a qual era proprietária do terreno em que se situa o bairro. De acordo com relatos de sua filha, Maria Lili Rios,o bairro Ana Edith era uma chácara de propriedade de sua família. Após a morte de seu pai,Ana Edith resolveu vender partes da chácara, pois a família iria se mudar para Goiânia.
  3. 3. Desta forma, os dirigentes da cidade na época, acharam por bem dar o nome deAna Edith ao Bairro.Ana Edith quem foi essa grande mulher? Maria Lili Rios, filha de Nicanor Ferreira Rios e de Ana Edith Fleury Rios,entrevistada pelas alunas do 3º Ano vespertino, Leandra Liz e Hisabella Alves, da qual éregente a professora Kátia Nunes, contou um pouco da história de sua mãe, Ana Edith. Nasceu em Corumbá de Goiás em 25 de setembro de 1905, não tinha profissão seocupava de serviços domésticos e criação dos filhos. Foi casada com o senhor Nicanor Ferreira Rios tiveram 4 filhos e 18 netos, descreveu amãe como pessoa simples, sorridente e comunicativa, gostava de passear, ir para oAraguaia e visitar pessoas. Não gostava de pessoas fuxiqueiras. Ana Edith foi criada com uma tia porque sua mãe faleceu no parto de seu filhocaçula, cresceu sem estudo , o pouco que aprendeu foi com a tia e mais tarde quandocasou-se também aprendeu com o marido. Ana Edith deixou grandes lições de vida; para ela era muito importante ahonestidade, sinceridade. Hoje Maria Lili Filha de Ana Edith está com 77 anos , e Ana Edithfaleceu no dia 22 de Abril de 1993.
  4. 4. . Ana Edith do lado esquerdo de seu pai, junto com sua família Ana Edith e seus filhos Ana Edith e seu esposo Nicanor Ferreira RiosAna Edith com netos e bisnetos , festa de 80 anos
  5. 5. Como surgiu a Escola Municipal Ana Edith? A Escola Municipal Ana Edith não surgiu em homenagem á pessoa de Ana Edith e simpor situar-se no bairro que já levava este nome. A Escola Municipal Ana Edith já existia no papel desde o ano de 1989, mas inicia-se ofuncionamento somente em 1991. Inicia-se num prédio precário onde havia três cômodos e um banheiro, a vizinhançaera muito tumultuada e a escola era vista como uma escolinha, isso por ser em um bairrode periferia que iniciava-se naquele período de tempo. A escola funciona em uma pequena casa Inicialmente a escola dispunha de dezessete alunos nos turnos matutino e vespertino,tendo três turmas mistas sendo localizada neste local por quatro anos. No ano de 1995 passa por outro prédio também muito precário, com vizinhança maiscalma, mas a escola também é muito pequena, onde os alunos continuam com poucoespaço, porém o número de alunos aumenta para sessenta. A escola contava com oitofuncionários dentre eles o diretor, professores, cozinheira e porteiro-zelador. Em agosto de 1997 a escola passa para o prédio definitivo, na Avenida Sólon Batistaesquina com Antônio Rios s/n Jardim Ana Edith, contando inicialmente com cinco salas deaula, dois banheiros, quatro salas destinadas: coordenação, secretaria, diretoria e cantina,porém com o passar do tempo devido às necessidades ocorreram algumas reformas. Dentre elas a de 2003 onde a Escola se expande aumentando mais uma sala de aula,porém o espaço físico além de pequeno continua a desejar.
  6. 6. Em agosto de 2005 a Escola passa por uma nova reforma ganhando uma sala deinformática, o encobrimento do pátio, mais espaço física, pois o alambrado se expandiu emalguns metros para as laterais. Acontece à reestruturação em que o parque infantil é totalmente reformado ondeeste dispõe de uma gangorra, balanço e escorregador e toda a área da Escola é gramada. Parque da Escola Municipal Ana Edith
  7. 7. A escola está regulamentada com a lei de criação nº 498/91 e o CNPJ nº00.688.287/0001-94 de 07/07/1995. O último ato de renovação de reconhecimento daEducação Infantil do Ensino Fundamental de 1º a 4º séries, em regime seriado anual e daEducação de Jovens e adultos EJA da Escola municipal Ana Edith foi o processo CEE nº23418354 de 08 de setembro de 2003, tendo a autorização de funcionamento de acordocom a resolução nº 1017 de 13/11/2007. Acontecem no ano de 2008 a conclusão e inauguração do laboratório de informática,onde atualmente contamos com dez microcomputadores equipados, com uma impressorae internet, mesas,cadeiras e prateleiras onde foi complementada com a biblioteca. Biblioteca da Escola Municipal Ana Edith Fachada da Escola Municipal Ana Edith (2012)
  8. 8. Hoje a escola possui quatrocentos e trinta e nove alunos distribuídos nos trêsturnos. Ministra a Educação Infantil, o Ensino fundamental do 1º ao 5º ano e a educação dejovens e Adultos (EJA), com o quadro de funcionários contamos hoje com o quadro detrinta e cinco funcionários distribuídos entre gestor, coordenador, secretario ,professores,porteiros, serviços gerais e professor de apoio e de laboratório. O laboratório passou poruma mudança onde foi colocada uma bancada de mármore e aumentou para dezenove oscomputadores , a biblioteca passou para a sala de coordenação, onde os livros foram todoscatalogados e registrados. A secretaria funciona junto à diretoria onde a mesma cedeu oespaço para a coordenação. Sala de aula 3º ano matutino Sala de informática Espaço físico da Escola Municipal Ana Edith
  9. 9. O Bairro Ana Edith atualmente Limita-se com os bairros ao oeste com o setor Primavera, ao leste Aeroporto, aonorte com o bairro Morada Nova e ao sul com o setor central da cidade. Com base nas entrevistas feitas a alguns dos moradores do bairro, pelos alunos do 3ºano, podemos dizer que o bairro Ana Edith é um dos bairros mais organizado da cidade deJaraguá. Os moradores sentem orgulho em aqui morar, pois o bairro tem muitos aspectospositivos: conta com asfalto, energia, comércio, igrejas, fica próximo à faculdade UEG e aoHospital Municipal. Suas ruas são largas, bem sinalizadas e conta também com escola.Entretanto os moradores relatam que o bairro ainda pode avançar mais em algunsaspectos: a implantação da rede de esgoto, mais farmácias e lazer como parques, jardins epraças. Outro problema apontado pelos moradores é a fábrica de queijo, que antes jogavaseus detritos a céu aberto, causando um odor insuportável. Entretanto, alegam que devidoao aumento da fiscalização nos dias atuais, a indústria passou a cuidar um pouco mais dosdetritos causados por ela, diminuindo o mau cheiro. Também não deixam de reconhecerque a indústria é importante para o bairro, pois gera vários empregos para os moradoreslocais. Comércio AV. Moacir Rios
  10. 10. Avenida próxima a escola
  11. 11. Pracinha em frente à escola Avenida Solon Batista
  12. 12. Fabrica de queijo
  13. 13. Limite entre o bairro Ana Edith (esquerda) e Regina Park Limite entre o bairro Ana Edith e Morada Nova
  14. 14. Limite entre o bairro Ana Edith (esquerda) e Primavera pela Avenida Bernardo Sayão. Praça em frente a casa da tia Kátia Francisca de Sá.
  15. 15. Horta situada na avenida Moacir Rios

×