Semiotica aplicada ao Design de Interação

5,403 views
5,126 views

Published on

Palestra no Dia Mundial da Usabilidade 2010 em Curitiba.

Published in: Design

Semiotica aplicada ao Design de Interação

  1. 1. Semiótica Aplicada ao Design de Interação Frederick van Amstel Instituto faberludens.com.br www.usabilidoido.com.br @fredvanamstel
  2. 2. Isto não é um cachimbo. Isto é Design.
  3. 3. O Signo de Peirce RepresentamenObjeto Interpretante
  4. 4. Semiótica das Interfaces RepresentamenObjeto Interpretante ?
  5. 5. O sentido não vem das coisas em si.
  6. 6. O sentido é fruto de um processo de comunicação. Teoria da Engenharia Semiótica (SERG, PUCRio)
  7. 7. O Design de Interação traduz o funcionamento do sistema em expressões que os seres humanos podem compreender, OU NÃO.
  8. 8. Semiose Ilimitada Fotos Álbum de Fotos Impressão de Fotos PastaDados Presente
  9. 9. Extrapolação de Sentidos 1.Desenhe um objeto sem sentido 2.Pense em todos os sentidos possíveis
  10. 10. Out of the Box, Joseph Pelling
  11. 11. Pesquisa no Faber-Ludens • Desenvolver protótipos que explorem os limites do Design de Interação • Desenvolver propostas para desenvolvimento social • Desenvolver métodos, técnicas e instrumentos de pesquisa para Design de Interação
  12. 12. Instrumento: Icon-Sorting
  13. 13. Icon Sorting • Testar a associação dos Ícones com os rótulos • Evitar estratégia de eliminação • Rótulos em posições aleatórias • Tempo limite • Código-fonte disponível
  14. 14. Resultado do Estudo no Usabilidoido 70% de concordância ou mais 50% de concordância Recursivas Hotsites Mercado Arquitetura da Informação Usabilidade Links Programação Consultoria
  15. 15. Técnica: Protocolo Semiótico
  16. 16. Teste de Usabilidade
  17. 17. 18 Como decidir onde clicar? Regra RegraCaso Caso Resultado Inferido Resultado Inferido Observação Regra Hipotética Regra Revisada Caso Teste • Dedução • Indução • Abdução (predominância na navegação Web)
  18. 18. 19 Proposta do Método: Engenharia Reversa do Pensamento Regra RegraCaso Caso Resultado Inferido Resultado Inferido Observação Regra Hipotética Regra Revisada Caso Teste • Dedução • Indução • Abdução (predominância na navegação Web)
  19. 19. 20 Signo anterior à decisão • Objeto = Página “Ensino” • Representamen = Link “Ensino”, composto pela palavra e formatação • Interpretante = Significado “suporte ao ensino” arbitrária possibilidade certeza certeza absoluta
  20. 20. 21
  21. 21. 22
  22. 22. 23 Protocolo de Perguntas O que você espera encontrar? Conteúdo que o link possibilitaria Porque você acha isso? Premissa que sustentaria tal possibilidade Como você chegou a essa conclusão? Premissas tidas como absolutas pelo usuário
  23. 23. 24 Abdução Investigação do raciocínio - O que você espera encontrar? - Suporte ao ensino. - Por que você acha isso? - A Biblioteca é necessária pra ensinar. - Como você chegou à essa conclusão? - Ensinar pressupõe aprendizado, que só é possível através da pesquisa. Dedução Indução
  24. 24. Teste de Usabilidade utilizando o Protocolo Semiótico: “A lógica foi um argumento muito utilizado pelos usuários, bem como a experiência na navegação em outros sites na Web.” ESCOBAR, 2006
  25. 25. Redesign proposto ao website Attlantica ESCOBAR, Eduardo. Estudo de Caso: Análise de Interface Web baseado nos Elementos de Design. TCC em Design, Universidade Luterana do Brasil, 2006
  26. 26. Método: Perfil Semiótico
  27. 27. Website de uma editora de alto padrão de identidade visual, com um público leitor cativo bem definido
  28. 28. ClaroEscuro !! Qual dessas fotos reflete o que você espera do site?
  29. 29. ConservadorOusado ! ! Qual dessas fotos reflete o que você espera do site?
  30. 30. LimpoTexturizado ! Qual dessas fotos reflete o que você espera do site?
  31. 31. Layout final desenvolvido por terceiros
  32. 32. Extensão do Perfil Semiótico - Universidade Invisível Anderson Gomes da Silva, 2010
  33. 33. Layout inicial - Universidade Invisível Anderson Gomes da Silva, 2010
  34. 34. Layout depois do perfil semiótico - Universidade Invisível Anderson Gomes da Silva, 2010
  35. 35. Referências
  36. 36. Obrigado! Frederick van Amstel Instituto faberludens.com.br www.usabilidoido.com.br @fredvanamstel

×