Your SlideShare is downloading. ×
Ficções de Design: um novo gênero literário
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ficções de Design: um novo gênero literário

1,563
views

Published on

Cenários de interação, storyboards, fluxo de tarefas, vídeo-conceito são alguns dos formatos frequentemente utilizados no Design de Interação para documentar novos produtos, explorando o imaginário …

Cenários de interação, storyboards, fluxo de tarefas, vídeo-conceito são alguns dos formatos frequentemente utilizados no Design de Interação para documentar novos produtos, explorando o imaginário como justificativa de produção. Será que tais documentos estão criando um novo gênero ficcional?

Published in: Design

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,563
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
44
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ficções de Design: um novo gênero literário? Frederick van Amstel designer de interação usabilidoido.com.br Instituto faberludens.com.br Twitter @peidomental
  • 2. Pendrives diversos
  • 3. Pendrives diferenciados
  • 4. Jerry Jalava e sua prótese USB
  • 5. Por falar em prótese, Darth Vader - Episódio III
  • 6. Podem os objetos de design ter a mesma densidade cultural de um filme?
  • 7. iPad
  • 8. Knowledge Navigator (1987)
  • 9. Outras ficções clássicas • Memex (1945) • Philco & Ford 1999 AD (1957) • Dynabook (1968) • Sun Starfire (1992) • Nokia Morph (2008)
  • 10. Radiance Resort, Rachel Harding
  • 11. Conceitualização do reator nuclear
  • 12. Protótipo do reator
  • 13. Planta baixa do espaço
  • 14. Densidade cultural • Hipertextualidade • Sincronicidade • Ambiguidade • Contradições
  • 15. “A ênfase no comportamento como experiência narrativa torna o design mais próximo do cinema do que da escultura.” Anthony Dunne Hertzian Tales (1999)
  • 16. Recursos literários • Bodystorming / Dramatização • Storyboards / História em Quadrinhos • Cenários / Personas • Fluxogramas / Timeline
  • 17. Para que podem servir as Ficções de Design? • Explorar a caixa • Apresentar novas formas de fazer coisas antigas • Estetizar a inovação • Promover o debate público/privado
  • 18. Experience Design
  • 19. Nossas ficções Projetos desenvolvidos no Instituto Faber-Ludens
  • 20. Agência de Consumo
  • 21. Operadora de Cartão de Crédito + Agência de Publicidade
  • 22. Agência de Fornecedor Propaganda Consumidor Produto Publicidade Operadora Fornecedor Produto Produto Consumidor Agência de Consumo
  • 23. Que nota você dá pra esse sujeito?
  • 24. The New Negroponte Switch, Matt Jones
  • 25. O cabelo da Procter & Gamble A careca da Nike Íris Dolce & Gabanna Operações plásticas como produtos
  • 26. Rupturas Tecno Cult
  • 27. E se a fumaça dos carros fosse colorida? Marcos Koji
  • 28. E se pudéssemos mandar mensagens para o passado? Edmarlom Semprebom
  • 29. E se pudéssemos ver de onde vem nossa água? Rodrigo Gonzatto
  • 30. Projeto aberto • Qualquer pessoa pode contribuir • O resultado principal do projeto é a discussão • Participe!
  • 31. Para se pensar • Designer como leitor e escritor • Usuário como leitor e escritor • Comportamento como linguagem • Imaginação como método • Realidade como ficção
  • 32. Referências • Design Fiction: A Short Essay on Design, Science, Fact and Fiction, Julian Bleecker • Hertzian Tales, Anthony Dunne • Shaping Things, Bruce Sterling • Non Object Book, Branko Lukic
  • 33. Obrigado! Frederick van Amstel designer de interação usabilidoido.com.br Instituto faberludens.com.br Twitter @peidomental