Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save
Indicações de laparoscopia em urologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Indicações de laparoscopia em urologia

  • 1,976 views
Published

Dr. Marco Aurélio de Freitas Rodrigues …

Dr. Marco Aurélio de Freitas Rodrigues
Setor de Urologia
Universidade Estadual de Londrina
-2005-

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,976
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Indicações, Contra-indicações e Resultados Dr. Marco Aurélio de Freitas Rodrigues Setor de Urologia Universidade Estadual de Londrina -2005-
  • 2. HURNP - UEL 1980
  • 3. Jubileu de Prata XI Turma Medicina UEL
  • 4. Laparoscopia
    • A laparoscopia é o método de escolha para o diagnóstico e tratamento de muitas doenças que previamente eram tratadas através de laparotomia
    • É menos invasiva
    • Reduz a dor pós-operatória
    • Menos tempo de internação
    • Menor tempo de recuperação
    • Evidentes vantagens cosméticas
  • 5. Urologia geral
    • Adrenalectomias
    • Nefrectomias/Nefroureterectomias
    • Ressecção de cistos
    • Litotomias
    • Linfadenectomias
    • Orquiectomias (criptorquia)
    • Vesiculectomias
    • Varicocelectomias
    • Biópsias
    • Pieloplastias
    Ablativas Reconstrutivas
  • 6. Urologia geral: em desenvolvimento
    • Ampliação vesical/Neobexigas
    • Reimplantes ureterais
    • Adenomectomias prostáticas
    • Nefrectomias parciais (benignas)
    Reconstrutiva
  • 7. Uroginecologia
    • Cirurgia de Burch
    • Suspensão com telas
    Reconstrutiva
  • 8. Uro-oncologia: bem estabelecidos
    • Nefrectomia Radical
    • Nefroureterectomia
    • Linfadenectomia retroperitoneal
    • Prostatectomia radical
    • Nefrectomia parcial*
    Ablativas Reconstrutivas
  • 9. Uro-oncologia: em desenvolvimento
    • Cistectomias total e parcial
    • Ampliação vesical
    • Neobexiga
    • Nefrectomia parcial*
    • Criocirurgia renal
    Reconstrutivas
  • 10. Uropediatria: bem estabelecido
    • Intersexo (cavidade)
    • Avaliação do testículo não-palpável
    • Cirurgia renal
    • Pieloplastias
    Reconstrutiva Ablativas
  • 11. Tegavarupu BJU abril 2005
  • 12. Contra-indicações
    • Algumas são formais. As demais dependerão do bom senso para reconhecer em que estágio de treinamento o cirurgião se encontra bem como as limitações do método.
  • 13. Contra-indicações formais
    • Coagulopatia não controlável
    • Hemoperitônio severo
    • Peritonite (acesso transperitoneal)
    • Obstrução intestinal (delgado)
    • Infecção da parede abdominal
    • Cardio e/ou pneumopatia grave
    • Hérnia extensas
    • Câncer intra-abdominal extenso
  • 14. Contra-indicações relativas
    • Tamanho do órgão
    • Cirurgia prévia ou outras seqüelas inflamatórias
    • Obesidade
    • Ascite (punção)
  • 15. Resultados
    • Adrenalectomia Prostatectomia Nefrectomia parcial
  • 16. Aldosteroma
    • 6 artigos – 96 pacientes > trans ou retro
    • Tumores pequenos: 1-3cm – 10g (85%)
    • Tempo cirurgia: 3.3h
    • Tempo hosp: 3.2 dias
    • Complicações: 3,7%
    • 90% cura da hipertensão
      • Gill et al. 1999
  • 17. Feocromocitoma
    • 5 artigos – 61 pctes (100) > transperitoneal
    • Tempo de cirurgia: 3.1h/7,2h
    • Tamanho da peça: 4,7g
    • Tempo hosp: 6,3 dias
    • Complicações: 23% conversão: 3 casos
    • Hipertensão transop: 49%
    • Cura da hipertensão: 88,5%
    Gill et al. 1999
  • 18. Síndrome de Cushing
    • 6 artigos – 64 pctes (100) > trans e retroperitoneal
    • Tempo de cirurgia: 2.5h/5,2h
    • Tamanho da peça: 4,9g
    • Tempo hosp.: 2,9/6 dias
    • Complicações: 6% conversão: 5 casos
    Gill et al. 1999
  • 19. Ca de adrenal
    • 11 pctes (12) > trans e retroperitoneal
    • (Massas em geral > 6 cm)
    • Tempo de cirurgia: 2.5h/5,2h
    • Tamanho da peça: 5.9g
    • Tempo hosp: 2,3 (1-6 dias)
    • Complicações: 1% conversão: 1 caso
    • (0.02% dos cânceres)
    Gill et al. 1999
  • 20. Adrenalectomias Aldosteroma Feocromocitoma Cushing Carcinoma Incidentalomas
  • 21. Incidentalomas
    • 0,3-5% pctes > TC
    • 70-94%: benignos
    • Indicação de cirurgia: massa > 5 cm, pcte <50 anos
    • Laparoscopia trans ou retroperitoneal é o método de escolha
    Korobkin et al. 1999
  • 22. Laparoscopia X Aberta Gill et al. 1999 27% 10% Complicações 12% Conversão 10% 2.6% UTI 563ml 125ml Sangue 7.6d 1.9d Hospital 471mg 38mg Analgésicos 219.3’ 188.6’ Tempo 100 110 Número Aberta Laparoscópica
  • 23. Adrenalectomias : contra-indicações
    • Feo maligno/linfonodos
    • Massas sintomáticas em gestantes
    • Neoplasia > 6 cm
  • 24. Prostatectomia Radical Schuessler, 1997
  • 25. Prostatectomia Radical TRABULSI, EDOUARD J.; GUILLONNEAU, BERTRAND * LAPAROSCOPIC RADICAL PROSTATECTOMY. Journal of Urology. 173(4):1072-1079, April 2005. Todos artigos publicados no Medline (Ingles) Antes de junho de 2004 Conclusoes foram tomadas a partir de series com mais de 50 pacientes
  • 26. PRL – resultados gerais TRABULSI, EDOUARD J.; GUILLONNEAU, BERTRAND TRABULSI and GUILLONNEAU, JUrol Abril 2005
  • 27. TRABULSI and GUILLONNEAU, JUrol Abril 2005
  • 28. TRABULSI and GUILLONNEAU, JUrol Abril 2005
  • 29. Prostatectomia Radical TRABULSI, EDOUARD J.; GUILLONNEAU, BERTRAND * LAPAROSCOPIC RADICAL PROSTATECTOMY. Journal of Urology. 173(4):1072-1079, April 2005. Resultados cirurgicos, oncologicos e funcionais parecem ser comparaveis a PRR Dados mais consistentes serao necessarios para se estabelecer se a PRL sera uma alternativa a PRR
  • 30. Slabaugh et al J Urol Dez 2004 0,5 3.7 - - % conversão 9.6 30.1 4.9 4 % transfusão 800 1100 380 995 Sangrato(ml) 218 288 244 166 T cirurgia (min) 219 219 567 209 Nº pctes Guillennoeau Rassweillwer Rassweillwer ( 1º grupo) (último grupo) Laparoscópica Aberta Slabaugh et al
  • 31. Slabaugh et al J Urol Dez 2004 (1) (1) - - TEP - 2,2 10 (57) - Vazamento Anastomose - - 0,3 0,8 (1) TVP 2,8 1(6) 1 (2) Íleo - - 1,4(11) - Lesão intestinal - - 0,5 (3) - Lesão ureteral urinoma (3) (7) - 0,5 (1) Hematoma - - 4,6(26) - Retenção % de complicações Guillennoeau Rassweillwer Rassweillwer ( 1º grupo) (último grupo) Laparoscópica Aberta Slabaugh et al
  • 32. aberta Solomon et al BJU Volume 94(2), July 2004 l aparoscópica Prostatectomia Radical Não há diferença* Não há diferença* Incontinência/DE Não há diferença Não há diferença Índice de margens+ + rápido + demorado Retorno ao trabalho menor maior Sangramento maior menor Tempo cirúrgico menos mais Analgésico
  • 33.
    • Em geral dispende menos tempo
    • Custo menor
    • Anestesia tipo bloqueio regional
    • Resultados comparáveis com Laparoscópica
    • Requer menos treino
    P radical retropúbica
  • 34. “ I have been disturbed by high frequency of positive margins (13% to 15%) in patients with organ confined disease who have undergone laparoscopic and robotic radical prostatectomies. In contrast, following open radical retropubic prostatectomy at our institution in operations performed by all of the surgeons the frequency of positive margins in men with organ confined disease is only 2.3%. ” . Laparoscopic Radical Prostatectomy: Is Intact Organ Removal Attainable? Study of Margin Status. Journal of Urology. 174(2):568, August 2005. Walsh, Patrick C. M.D
  • 35. Nefrectomia parcial
  • 36. Nefrectomia parcial laparoscópica
    • Nefrectomias parcial (duplicação da cirurgia aberta)
    • Torniquetes (cable-tie/duplo)
    • Nefrectomia parcial “hand assisted”
    • Endosnare (torniquete com corrente)
    • Ultrassônica
    • Radiofrequência
    • Holmiun laser
    • Hydro-jet
  • 37. Nefrectomia parcial Ogan and Dadeddu Braz J Urol, 28: 184-191, 2002
  • 38. Nefrectomia parcial Ogan and Dadeddu Braz J Urol, 28: 184-191, 2002
  • 39. Nefrectomia parcial Ogan and Dadeddu Braz J Urol, 28: 184-191, 2002
  • 40. NEFRECTOMIA PARCIAL Gill, I et al: J Urol, 2003 100 (cohort recente) + velhos + tu maligno + rim único Convencional 100 (consecutivos) Laparoscópica
  • 41. Nefrectomia parcial aberta Gill, I et al, J. Urol 2003. 64-68 l aparoscópica 27,8’ 17,5’ Isquemia quente 125 ml 250 ml Sangramento 3,0 h 3,9 h Tempo cirúrgico 2,8 cm 3,3 cm Tamanho
  • 42. Nefrectomia parcial aberta Gill, I et al, J. Urol 2003. 64-68 laparoscópica 1,1 mg/dl 1,2 mg/dl Creatinina PO 4 semanas 6 semanas Convalescença 2 dias 5 dias Tempo no hospital 20,2 mg 252.5 mg Analgésicos/ morfina
  • 43. Nefrectomia parcial Gill, I et al: J Urol, 2003 Laparoscópica Aberta 11% 12% Complicações pós-op 5% 0% Complicações Intra-op
  • 44. Nefrectomia parcial laparoscópica Gill, I et al: J Urol, 2003
    • Fístula Urinária: 3
    • Hemorragia renal/hematoma: 3 (embolização)
    • Hematúria maciça: 1 nefrectomia (rim único)
    Complicações pós- op
    • Hemorragia: 3 (1000 -1500cc)
    • Lesão ureteral: 1
    • Laceração Intestinal: 1
    • (nenhuma conversão)
    Complicações Intra-op
  • 45. NEFRECTOMIA PARCIAL Laparoscópica vantagens Menos analgésicos > probabilidade de complicações intra desvantagens Menos hospital Recuperação + rápida Longa curva aprendizado > Tempo de isquemia cosmética
  • 46. Equipamentos e materiais (cirúrgicos e imagem) Treinamento Tamanho e localização do tumor Tamanho / localização do tumor Condições gerais do paciente cirurgia renal prévia Nefrectomia parcial laparoscópica aberta
  • 47. TRANSPERITONEAL VERSUS RETROPERITONEAL LAPAROSCOPIC PARTIAL NEPHRECTOMY: PATIENT SELECTION AND PERIOPERATIVE OUTCOMES [J.Urol] NG, CHRISTOPHER S.; GILL, INDERBIR S.*†; RAMANI, ANUP P.; STEINBERG, ANDREW P.; SPALIVIERO, MASSIMILIANO; ABREU, SIDNEY C.; KAOUK, JIHAD H.; DESAI, MIHIR M. Volume 174(3), September 2005, pp 846-849
  • 48.  
  • 49. 1929 2005