IndustrializaçãO

26,872
-1

Published on

18 Comments
67 Likes
Statistics
Notes
  • me envia pfvr jonathanfsaretta@hotmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Boa tarde, prof. Pessanha. O slide está muito bom e completo. Gostaria de solicitar que o senhor me enviasse este arquivo para o meu e-mail: elisesvieira@gmail.com e, desde já, agradeço.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • O SLIDE ESTA OTIMO GOSTARIA Q VC ENVIASSE .percilia02@gmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • O slide esta muito bom bem claro e objetivo, irei trabalhar esse conteúdo gostaria muito que me enviasse. fransg90@hotmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • ESTOU PRECISANDO MUITO DESSE SLIDE. É OTIMO.
    mariceliamt2@yahoo.com.br
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
26,872
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
18
Likes
67
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

IndustrializaçãO

  1. 1. Industrialização Prof. Luciano Pessanha
  2. 2. Geografia . Aula 03 3.1 Para uma indústria ter sucesso é necessário apenas um bom produto? O processo de industrialização e os arranjos espaciais
  3. 3. 3.2 O QUE É INDÚSTRIA? INDÚSTRIA é toda atividade humana que, através do trabalho, transforma matérias-primas em outros produtos que, em seguida, são comercializados e que possuem, normalmente, maior valor agregado.
  4. 4. Origens: •Clássica: É aquela que surgiu na Inglaterra no séc. XVIII, e na Europa, EUA e Japão no séc. XIX. •Planificada: É aquela que surgiu no séc. XX nos países socialistas. •Tardia: É aquela que surgiu nos países subdesenvolvidos pós 2º Guerra Mundial.
  5. 5. 3.3 Como funciona uma indústria?  INDÚSTRIA ARTESAN  INDÚSTRIA MANUFATURE  INDÚSTRIA MAQUINOFATUR
  6. 6. 3.4 INDÚSTRIA ARTESANAL É a produção de caráter familiar na qual o artesão possui os meios de produção (sendo o proprietário da oficina e das ferramentas) e trabalha com a família em sua própria casa, realizando todas as etapas, desde o preparo da matéria-prima até o acabamento final, ou seja, não havendo divisão do trabalho ou especialização para a confecção de algum produto.
  7. 7. 3.5 INDÚSTRIA MANUFATUREIRA A manufatura resultou da ampliação do consumo, que levou o artesão a aumentar a produção e o comerciante a dedicar-se à produção industrial. O manufatureiro distribuía a matéria-prima e o artesão trabalhava em casa, recebendo pagamento combinado. Esse comerciante passou a produzir. Primeiro, contratou artesãos para dar acabamento aos tecidos; em seguida tingir; depois tecer e, finalmente, fiar. Surgiram fábricas com assalariados sem controle sobre o produto de seu trabalho. A produtividade aumentou por causa da divisão social, isto é, cada trabalhador realizava uma etapa da produção.
  8. 8. 3.6 INDÚSTRIA MAQUINOFATUREIRA Na maquinofatura, o trabalhador estava subordinado ao regime de funcionamento da máquina e à gerência direta do empresário. A produtividade multiplicou com a mecanização da mão-de-obra, o produto final barateou e o desemprego cresceu.
  9. 9. 3.7 TIPOS DE INDÚSTRIAS • INDÚSTRIAS DE BENS DE PRODUÇÃO • INDÚSTRIAS DE BENS DE CAPITAL • INDÚSTRIAS DE BENS DE CONSUMO • OUTRAS CLASSIFICAÇÕES DE INDÚSTRIAS
  10. 10. 3.8 INDÚSTRIAS DE BASE OU BENS DE PRODUÇÃO • Transformam matérias-primas ou energia em produtos que vão ser usados pelas indústrias de bens de capital ou de consumo. • Se localizam perto das fontes fornecedoras ou dos postos e ferrovias, onde fica fácil a recepção das matérias e a saída da produção. • Ex: as siderúrgicas, as metalúrgicas e as petroquímicas.
  11. 11. 3.9 INDÚSTRIAS DE BENS DE CAPITAL • Esse tipo de indústria produz máquinas e equipamentos que serão utilizados pelas indústrias leves ou pesadas. • Essas indústrias se localizam principalmente perto de seus consumidores, nos centros industriais.
  12. 12. 4.0 INDÚSTRIAS DE BENS DE CONSUMO • Produzem produtos duráveis (móveis, eletrodomésticos, automóveis, etc) ou não-duráveis (alimentos, bebidas, etc). Essas indústrias abrigam a maior parte dos trabalhadores e atingem um amplo mercado consumidor. Por isso, encontram-se nas cidades médias ou em centros urbanos. • A produção destina-se à população em geral.
  13. 13. 4.1 OUTRAS CLASSIFICAÇÕES DE INDÚSTRIAS Segundo a função: - Indústrias germinativas: elas geram o aparecimento de outras indústrias, como a petroquímica. - Indústrias de ponta: são as indústrias dinâmicas que comandam a produção industrial. Ex. automobilística. Segundo a tecnologia: - Indústrias tradicionais: são empresas que ainda estão ligadas com a Primeira Revolução Industrial. Geralmente são empresas familiares, e existem algumas dessas ainda no Brasil. - Indústrias dinâmicas: usam muita tecnologia e capital e pouca força de trabalho. Está ligada com o desenvolvimento mais recente da química e eletrônica. Operam em economia de escala.
  14. 14. 4.2 Onde se localizam as indústrias? Por que alguns lugares possuem mais indústrias que outros?
  15. 15. 4.3 FATORES DETERMINANTES NA LOCALIZAÇÃO INDUSTRIAL • Os fatores locacionais Como mencionamos, as indústrias estão distribuídas desigualmente no mundo. Isto se deve às condições ou fatores favoráveis que nem todos os lugares apresentam. • Alguns fatores favoráveis são: - Fontes de energia; - Mão-de-obra barata e qualificada; - Matéria-prima; - Mercado consumidor; - Infra-estrutura de transporte; - Rede de comunicação; - Incentivos fiscais; - Disponibilidade de água. - Leis ambientais não rígidas
  16. 16. 4.4 LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA: QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA. INDÚSTRIA SIDERÚRGICA INDÚSTRIA AUTOMOBILISTICA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA Qual a melhor localização, no triângulo, para as três indústrias abaixo? JUSTIFIQUE sua resposta.
  17. 17. 4.5 A INDUSTRIALIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Antecedentes: • Século XVlll • Transformações de ordem econômica, política, social e técnica (Inglaterra). • Fases da Revolução Industrial: Primeira Revolução Industrial Segunda Revolução Industrial Terceira Revolução Industrial
  18. 18. 4.6 A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA • Acompanhou o ritmo de crescimento da população urbana. • Adotou o modelo de substituição das importações. • Dependência de tecnologia externa. Fases: • Concentração • Desconcentração nacional • Presença das multinacionais
  19. 19. 4.7 A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA • Até a década de 60, a população brasileira era basicamente rural. • Favorecimento da concentração industrial na Região Sudeste, sobretudo em São Paulo. • Crescimento da população urbana e da mão-de-obra nas indústrias. Fabricação de Jipes
  20. 20. 4.8 A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA • Após a década de 60, a população brasileira era basicamente urbana. • Início da desconcentração industrial e surgimento de novos centros industriais. • Crescimento da da mão-de-obra nas indústrias.
  21. 21. 4.9 BRASIL – INDÚSTRIAS ATUAIS • Diversificação industrial • Automação • Presença de multinacionais e grandes grupos coorporativos • Abertura de novos mercados consumidores • Escassez de matéria prima • Reorganização do mapa industrial mundial
  22. 22. 5.0 SITUAÇÃO ATUAL DA INDÚSTRIA BRASILEIRA Atualmente, o setor secundário criou ou eliminou empregos no Brasil?
  23. 23. Brasil - Ind. tardia - Tec. clássica - Ind. incompleta - Multinacional - Mercado interno - Transferência de Tecnologia do 1º Mundo para 3º Mundo, da Tec. de Ponta para Tec. clássica - Vinda das multinacionais: - Dependência tecnológica (pouco desenvolvimento econômico) - Descapitalização ( o dinheiro vai para fora) - Adaptação (tec. de uma realidade é implantada em outra totalmente diferente, causando desemprego) - Compra - Migração de Cérebro - do 3º Mundo para 1º Mundo
  24. 24. Indústria – Concentrações Mundiais

×