O RECIFE SOB MEUS OLHOS
Thiago Leite Amaro da Silva
Graduando em Multimídia Digital pela UNISUL
Música: Lenine – Leão do N...
O Recife é a capital Pernambucana, cidade com 217,494 km² de beleza. Com forte
valor histórico, a mais antiga capital do B...
O Recife permaneceu português até a
independência do Brasil, com exceção do
período de ocupação holandesa (1630 a
1654). D...
O MAR, O PORTO DO RECIFE
Aumentando o turismo marítimo, com cruzeiros, e movimentando transporte de
cargas dentro do centr...
O BAIRRO DO RECIFE ANTIGO
O Recife antigo é o palco de grandes shows, reduto de tribos, tornando-se um
gueto na noite reci...
RECIFE DE PRAÇAS E PARQUES
O Recife possui muitas praças, que encantam, dão sombra para um breve
descanso e fazem a alegri...
ARTESANATO
O artesanato do Recife é rico em sua arte por fazer trabalhos manuais,
destacando o couro, a madeira, a cerâmic...
A FÉ, SUAS IGREJAS
A capital tem uma vasta variedade religiosa, com influências da religião afro,
católica e protestante. ...
PALÁCIOS
O Palácio do Campo das Princesas (Palácio do Governo), sede administrativa
do estado de Pernambuco, foi construíd...
SUAS AVENIDAS
Como uma metrópole em crescimento, Recife se enquadra no eixo das grandes
cidades, com enorme quantidade de ...
PODER JUDICIÁRIO
O Poder Judiciário a fim de solucionar os casos concretos perante a lei, é
instituído pelo Tribunal de Ju...
A CIDADE RESPIRA ARTE
Não é a toa que Recife cresce culturalmente cada dia. Nossos teatros recebendo
peças nacionais, muse...
Castelo Ricardo Brennand
Ensaio de Maracatu no
Recife Antigo
Casarios Antigos
Descanso olhando o
Capibaribe
Grafitagem
urb...
DESTAQUES PERNAMBUCANOS NA MÚSICA,
NA ARTE, NA
LITERATURA...PERSONALIDADES.
Ariano Suassuna
Arlete Sales
Hermila Guedes
Pa...
Cordel do Fogo Encantado
Chico Science
Cláudio de Assis
Lula Queiroga
Devotos
Murilo La Greca
Jorge de Altinho
Gilberto Fr...
O Recife possui uma economia turística e comercial
relevante, temos 7 grandes Shoppings, Centros
Comerciais de Bairro, etc...
Aqui temos o maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada.
Recife e Olinda são cidades conurbadas. O
Frevo, o mo...
Nossas comidas típicas herdaram
elementos africanos, indígena e europeu.
Destacam-se o caldinho de peixe,
caranguejo, suru...
MANUEL BANDEIRA
Recife
Não a Veneza americana
Não a Mauritssatd dos amadores das Índias Ocidentais
Não o Recife dos Mascat...
Trabalho mostra cultural thiago leite amaro da silva
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Trabalho mostra cultural thiago leite amaro da silva

1,072 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,072
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
107
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalho mostra cultural thiago leite amaro da silva

  1. 1. O RECIFE SOB MEUS OLHOS Thiago Leite Amaro da Silva Graduando em Multimídia Digital pela UNISUL Música: Lenine – Leão do Norte
  2. 2. O Recife é a capital Pernambucana, cidade com 217,494 km² de beleza. Com forte valor histórico, a mais antiga capital do Brasil dentre as atuais, é também chamada de “Veneza brasileira”, cortada pelo Rio Capibaribe, num somatório de perfeição tem este nome advindo de arrecife, barreira rochosa de arenito.
  3. 3. O Recife permaneceu português até a independência do Brasil, com exceção do período de ocupação holandesa (1630 a 1654). Daí a forte influência de Nassau durante o governo holandês com a política de tolerância religiosa, permitindo a migração de judeus ao Recife, fundando a primeira sinagoga da América do Sul.
  4. 4. O MAR, O PORTO DO RECIFE Aumentando o turismo marítimo, com cruzeiros, e movimentando transporte de cargas dentro do centro urbano, o Porto do Recife é um local de visitação e de passeios dominicais. Localizado no Marco Zero, onde tem o Parque das Esculturas com peças de Francisco Brennand.
  5. 5. O BAIRRO DO RECIFE ANTIGO O Recife antigo é o palco de grandes shows, reduto de tribos, tornando-se um gueto na noite recifense. Com casarios e sobrados, bares e boates, cultura fervendo desde mostras culturais até exposições renomadas em museus e centros culturais. Por lá, o Recife começou a ser povoado.
  6. 6. RECIFE DE PRAÇAS E PARQUES O Recife possui muitas praças, que encantam, dão sombra para um breve descanso e fazem a alegria das crianças. Entre elas, destacam-se o Parque da Jaqueira, Praça do Entroncamento, Praça Chora Menino, Parque 13 de Maio, Praça de Casa Forte, Praça do Parnamirim, Praça do Arsenal...
  7. 7. ARTESANATO O artesanato do Recife é rico em sua arte por fazer trabalhos manuais, destacando o couro, a madeira, a cerâmica, rendas, bordados e a tecelagem que são vendidos nas praias e nos mercados públicos como o de São José, mais antigo edifício em ferro do Brasil, datado de 1875.
  8. 8. A FÉ, SUAS IGREJAS A capital tem uma vasta variedade religiosa, com influências da religião afro, católica e protestante. Porém, a quantidade e beleza histórica de templos católicos e a quantidade de fiéis católicos se destacam. Como a festa e devoção a Virgem da Conceição, Padroeira da Cidade do Recife.
  9. 9. PALÁCIOS O Palácio do Campo das Princesas (Palácio do Governo), sede administrativa do estado de Pernambuco, foi construído em 1841 e situa-se no bairro de Santo Antônio. Tendo a sua frente o Palácio da Justiça, sede do TJPE, como mostrados nas figuras abaixo.
  10. 10. SUAS AVENIDAS Como uma metrópole em crescimento, Recife se enquadra no eixo das grandes cidades, com enorme quantidade de veículos e transeuntes em horários de pico, mantém movimentadas suas principais avenidas e ruas como a Av. Agamenon Magalhães, Av. Norte, Av. Caxangá, Av. Boa Viagem e Conde da Boa Vista.
  11. 11. PODER JUDICIÁRIO O Poder Judiciário a fim de solucionar os casos concretos perante a lei, é instituído pelo Tribunal de Justiça de PE, onde tem como suporte o Fórum do Recife, mostrado na foto, e que, futuramente, poderá se tornar o Complexo Judiciário do Estado, formando e unindo órgãos afins.
  12. 12. A CIDADE RESPIRA ARTE Não é a toa que Recife cresce culturalmente cada dia. Nossos teatros recebendo peças nacionais, museus ricos e variados, cinemas históricos e multiplex em shoppings, surgindo bistrôs e espaços cada vez mais inusitados, dando uma nova vida e recebendo um novo público recifense prestigiando e aplaudindo-os.
  13. 13. Castelo Ricardo Brennand Ensaio de Maracatu no Recife Antigo Casarios Antigos Descanso olhando o Capibaribe Grafitagem urbana
  14. 14. DESTAQUES PERNAMBUCANOS NA MÚSICA, NA ARTE, NA LITERATURA...PERSONALIDADES. Ariano Suassuna Arlete Sales Hermila Guedes Paulo Freire Luiz Gonzaga Otto Nando Cordel Lenine Domiguinhos Lívia Falcão Marco Nanini Patrícia França Edson Nery Guel Arraes Romero Britto Francisco Brennand
  15. 15. Cordel do Fogo Encantado Chico Science Cláudio de Assis Lula Queiroga Devotos Murilo La Greca Jorge de Altinho Gilberto Freyre João Cabral de Mello Neto Fabiana Karla Bruno Garcia Tuca Andrada Virgínia Cavendish Nação Zumbi Alceu Valença Lia de Itamaracá Reginaldo Rossi
  16. 16. O Recife possui uma economia turística e comercial relevante, temos 7 grandes Shoppings, Centros Comerciais de Bairro, etc. O Aeroporto Internacional dos Guararapes (Gilberto Freyre) tem capacidade para 9 milhões de passageiros anuais. Temos três principais estádios: Arruda – Santa Cruz, Ilha do Retiro – Sport e Aflitos – Náutico.
  17. 17. Aqui temos o maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada. Recife e Olinda são cidades conurbadas. O Frevo, o movimento Mangue-Beat e nossas praias são os principais elementos do nosso Carnaval.
  18. 18. Nossas comidas típicas herdaram elementos africanos, indígena e europeu. Destacam-se o caldinho de peixe, caranguejo, sururu, arrumadinho, escondidinho, carne de sol, bolo de macaxeira, pé-de-moleque e vêm ganhando novos redutos gastronômicos. Na educação, temos o IFPE, a UFPE e a Universidade Católica como referências educacionais, além de tradicionais colégios religiosos.
  19. 19. MANUEL BANDEIRA Recife Não a Veneza americana Não a Mauritssatd dos amadores das Índias Ocidentais Não o Recife dos Mascates Nem mesmo o Recife que aprendi a amar depois - Recife das revoluções libertárias Mas o Recife sem história nem literatura Recife sem mais nada Recife da minha infância Trecho do poema “Evocação ao Recife”

×