Relatório Unibes 2010-2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Relatório Unibes 2010-2011

on

  • 1,096 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,096
Views on SlideShare
1,096
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Relatório Unibes 2010-2011 Relatório Unibes 2010-2011 Document Transcript

    • RELATÓRIO 2010 - 2011
    • RELATÓRIO 2010 – 2011 2 MENSAGEM DA DIRETORIA 4 A UNIBES20 COMO A UNIBES ATUA56 DIRETORIA E CONSELHO62 FAÇA PARTE DA UNIBES
    • MENSAGEM DA DIRETORIAUM SONHO QUECOMPLETA 97 ANOSE nquanto completa 97 anos de ativida- ras e integradas. Investimos na manutenção de de, a UNIBES reforça sua missão de uma estrutura racional e enxuta, sempre bus- investir na promoção humana, honrando cando eficiência, eficácia e efetividade.uma trajetória que fez da instituição um exem- Somos uma UNIBES forte, protegida e orien-plo no setor, reconhecida por sua excelência tada para a conquista e fidelização de parceriase transparência. estratégicas junto àqueles que atuam pela me- É parte do trabalho cotidiano da entida- lhoria da instituição: doadores, voluntários, fun-de liderar um processo para a transformação cionários e fornecedores.do comportamento e hábitos de seus usuá- Por fim, trabalhamos para que a UNIBES se-rios, ajudando a restaurar forças, proporcionar ja uma instituição humanizada, formada porconfiança no futuro e promover o alcance de colaboradores entusiasmados, competentes,sua autonomia. motivados, pró-ativos e comprometidos. Pessoas Dia a dia, a UNIBES busca superar as expec- felizes e orgulhosas por contribuir, de formatativas e necessidades presentes e futuras des- significativa, para o desenvolvimento da socie-ses usuários, que devem ser atendidos com dade. Dessa forma, podemos tornar a nossadiferenciação e profissionalismo. De olho no visão de futuro uma realidade, sempre preser-futuro e para melhor cumprir a sua missão, a vando valores universais como ética, justiçaUNIBES se dedica, no momento, à revisão inter- social e boas ações.na de processos e estrutura. Esperamos que, ao conhecer mais sobre O objetivo é ser uma organização ágil, flexí- nosso trabalho, possamos embarcar juntosvel e sustentável, por meio de ações inovado- nesse sonho.2UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBES
    • 97 ANOS INVESTINDOEM PESSOASA União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Social (UNIBES) nasceu a partir da fu- são de diversas entidades que auxilia-vam a comunidade judaica desde 1915. Na épo-ca, o fluxo de imigrantes europeus cresceu deforma significativa, como um dos efeitos da Pri-meira Guerra Mundial (1914-1918). Foi preciso,então, cuidar da recepção dessas famílias, darassistência para que reorganizassem suas vidasno Brasil e até mesmo trazer parentes em difi-culdades com a ajuda de associações interna- NAVIO DE IMIGRANTES 3ª CLASSEcionais de auxílio a refugiados judeus. A principal entidade que realizava esse tra- da união das entidades Sociedade Beneficentebalho era a Sociedade Beneficente Amigos dos Israelita Ezra (formada em 1924 com a uniãoPobres Ezra, fundada em 1916. Enquanto esta da Sociedade Beneficente Amigos dos Pobresera constituída por homens, outra entidade, for- Ezra à Sociedade Pró-Imigrante), Policlínicamada apenas por mulheres, cuidava da recep- Linath Hatzedeck (fundada em 1929 comoção e assistência social aos imigrantes e judeus Sociedade Beneficente Linath Hatzedek) eresidentes na cidade de São Paulo. Tratava-se Organização Feminina Israelita de Assistênciada Sociedade Beneficente das Damas Israelitas, Social (Ofidas, de 1940). A Ofidas, por sua vez, eraformada em 1915. fruto da união da Sociedade Beneficente das A atuação dessas entidades de apoio aos Damas Israelitas com o Lar da Criança Israelitaimigrantes foi o primeiro passo para a formação e com a Gota de Leite (ambas fundadas na dé-de uma forte comunidade judaica em São Paulo. cada de 1930).Outros grupos foram criados ao longo dos anoscom o mesmo propósito de ajudar àqueles que VALORES QUE PERMANECEMconseguiam sair do cenário de guerra, pobre- Cada aspecto da atuação da UNIBES encontraza e perseguição na Europa. Cada vez mais, fi- sua raiz na história de algumas das entidadescou claro que seria necessário atuar em conjun- que a formaram: a preocupação com a autono-to para evitar duplicidades e gerir os recursos mia profissional dos assistidos já era parte dacom mais eficiência. atuação da Ezra, que oferecia curso de portu- Assim, em 1969, o trabalho de diversas enti- guês e encaminhamento para um emprego aosdades foi integrado sob o Serviço Social Unifi- imigrantes. O olhar voltado para a promoçãocado. E, em 1976, nasceu a UNIBES, como fruto familiar era uma marca do trabalho da Ofidas, 5 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESSEDE DO LAR DA CRIANÇA EM 1930. ATUALMENTE, ABRIGA A CEI BETTY LAFERque tratava da situação da criança e da mu- filantropia. O método se estendeu nas décadaslher na família e na sociedade. O cuidado com de 1950 e 1960 para a Ezra e para a Policlínica.a saúde do assistido era o objetivo principal A contratação de jovens com formação acadê-da Linath Hatzedeck, que também prestava au- mica em Serviço Social mudou não só os méto-xílio financeiro. dos de atuação no atendimento, como também O Lar da Criança nasceu para que as mulheres a postura das diretorias, que passaram a focartivessem onde deixar seus filhos com seguran- o trabalho na obtenção de mais recursos paraça para poderem trabalhar, muitos deles órfãos as entidades.de pai. Ali, em menos de dez anos de atuação, A capacidade de adaptação e a busca cons-60 crianças já recebiam diariamente alimenta- tante pela excelência nos métodos de atuação eção, educação e cuidados médicos. As crianças nos serviços prestados são marcas que acom-menores, de até dois anos de idade, ficavam sob panham a UNIBES e as entidades de origem emos cuidados da Gota de Leite, da B’nai B’rith. toda a sua história. Assim, é com naturalidade A Ofidas passou a se profissionalizar cada que se assiste à mudança de gestão empreendi-vez mais e contratou funcionários especializa- da pela instituição nos últimos anos, em buscados para trabalhar como visitadores ou educa- de sustentabilidade para alcançar com cada vezdores, um avanço para uma instituição que até mais eficiência o objetivo de promover a auto-então era baseada no vínculo da caridade e da nomia dos usuários.6UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A BUSCA CONSTANTE PELA EXCELÊNCIA NOS MÉTODOSDE ATUAÇÃO E NOS SERVIÇOS PRESTADOS SÃO MARCASQUE ACOMPANHAM A UNIBES EM TODA A SUA HISTÓRIACRIANÇAS PARTICIPAM DE EVENTO NA CEI BETTY LAFER 7 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESAMOR E EFICIÊNCIAA o longo de toda sua história, a UNIBES GOVERNANÇA trabalha para buscar uma atuação cada Em 2010, a UNIBES finalizou a elaboração de vez mais voltada para a promoção hu- um Modelo de Gestão e Governança Corpora-mana. Assim, todos os seus programas são dire- tiva, desenvolvido ao longo do ano de 2009.cionados para o atendimento à criança e ao ido- Em conjunto com a profissionalização dos car-so, passando pelo apoio à família e pela capaci- gos executivos, essa ação permitiu mais agili-tação profissional dos jovens. dade nos processos decisórios. O trabalho ge- Mais do que fornecer ajuda aos usuários, a rou um manual, que inclui as seguintes infor-UNIBES oferece oportunidades de vivência cul- mações e práticas:tural e de cidadania, estimulando a autonomiados indivíduos e das famílias que procuram a Código de Conduta Ética Empresarialinstituição em busca de auxílio. Políticas organizacionais Para alcançar a excelência no atendimento, a Dinâmica organizacionalentidade mantém a tradição de sempre buscar Estrutura organizacionala melhoria de seus métodos de atuação. Riscos de gestão O objetivo é unir o amor pela instituição – que Plano anual e orçamentosempre caracterizou a equipe de profissionais, Gerenciamento de desempenhodirigentes e voluntários da UNIBES – a práticas Centralização das compras e contrataçõesexecutivas gerenciais alinhadas ao que se vê emempresas que não são do terceiro setor. Outra mudança relevante para o cenário da A nova estratégia busca adaptação ao cresci- instituição veio com a aprovação da Lei Orgânicamento da instituição, à mudança de cenário que da Assistência Social, no ano de 1993. Com oenvolve a economia do país, à legislação que objetivo de atender aos princípios dessa Leidefine com mais precisão o funcionamento de e também de integrar o Sistema Únicouma entidade de assistência social, à crescente de Assistência Social, a UNIBES deixou denecessidade orçamentária e à evolução do Ser- prestar serviços apenas para membros daviço Social. Trata-se de um longo processo, que comunidade judaica e hoje cuida dos maisgera reflexos em diversas ações. diversos públicos.8UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • LU ALCKMIN E BRUNO LASKOWSKY (PRESIDENTE DO TRIÊNIO DE 2009 A 2011) COM JOVENS DA ORQUESTRA NO CENTRO DACRIANÇA E DO ADOLESCENTEMAIS DO QUE FORNECER AJUDA AOS USUÁRIOS, A UNIBESOFERECE OPORTUNIDADES DE VIVÊNCIA CULTURAL E DECIDADANIA, ESTIMULANDO A AUTONOMIA DOS INDIVÍDUOS 9 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESCOLHENDO RESULTADOSA UNIBES completou, em 2012, 97 anos de atuação na assistência social. Atual- mente, a cada ano, mais de 10 mil pes-soas encontram na instituição um caminho paraa promoção humana.RECURSOSOs números da UNIBES mostram a importânciadas doações, que tradicionalmente mantêm asatividades da instituição, com destaque para oServiço Social Márcia Nigri. Os 1.300 doadoresque contribuem mensalmente são chamados deassociados. Trata-se de um quadro fundamentalpara o funcionamento da instituição, que inves- NOS DOIS ÚLTIMOS ANOS DE ATUAÇÃO, MAIS DE 20 MILte nessa relação de confiança e fidelidade. PESSOAS FORAM ATENDIDAS PELA UNIBESRECEITAS OPERACIONAIS EM 2010 E 2011 2010 2011 (R$) (%) (R$) (%)Contribuição de associados 1.143.747 5,64 1.227.082 6,17Convênios municipais 2.585.133 12,75 2.816.162 14,16Convênios com a iniciativa privada 782.736 3,86 669.622 3,37Donativos diversos e especiais 7.754.367 38,20 8.015.902 40,3Bazares 4.198.335 20,71 5.270.936 26,5Eventos e shows beneficentes 2.083.883 10,28 1.028.615 5,17Receitas financeiras 453.450 2,24 653.626 3,25Outras receitas 174.163 1,28 152.430 0,77Alienação de bens 1.021.273 5,04 60.000 0,31TOTAL 20.197.537 100 19.894.375 10010UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • DESPESAS OPERACIONAIS ADMINISTRATIVAS EM 2010 E 2011 2010 2011 (R$) (%) (R$) (%)Pessoal 6.757.055 35,57 8.277.937 38,83Assistência social 8.037.309 42,26 7.913.046 37,16Eventos e shows 462.888 2,21 260.929 1,23Serviços de terceiros 486.010 2,50 702.336 3,30Depreciações 151.852 0,80 203.329 0,96Manutenção e conservação 515.043 2,71 509.232 2,39Alimentos 630.596 3,12 650.579 3,06Perdas eventuais 622 0,00 120 0,00Despesas com imóveis 102.463 0,54 122.848 0,58Despesas diversas 1.801.84 9,90 2.548.681 11,97Despesas financeiras 75.989 0,40 110.022 0,52TOTAL 19.021.676 100 21.299.056 100DESPESAS POR AREA EM 2010 E 2011 2010 2011 (%) (%)Administração e serviços 18,17 16,57Área da infância e adolescência 18,13 18,22Serviço Social Márcia Nigri 49,77 46,56Sustentabilidade 13,93 18,65TOTAL 100 100 11 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESQUEM FAZ A UNIBESO que move as atividades da UNIBES é o Projeto Choque Cultural – A Linguagem Jo- trabalho de funcionários e voluntários vem do Grafite dentro da Escola, com Baixo que buscam oferecer o seu melhor à e Raquel Ribeiro, da Galeria Choque Cultural.sociedade em que vivem. Educação para o Turismo, por GTTP Brasil. Técnicas de relaxamento e concentração,FUNCIONÁRIOS pela Fundação Lama Gangchen para a Cul-A equipe de profissionais que atua na UNIBES é tura da Paz.formada por pessoas que trabalham pela causasocial. Como parte de um time enxuto, cada um VOLUNTÁRIOStraz para o seu trabalho diário o espírito empre- A UNIBES conta com, pelo menos, 200 voluntá-endedor da instituição. rios ativos. São homens e mulheres de todas as A UNIBES conta com o trabalho de 230 fun- idades que doam seu tempo e talento à institui-cionários contratados. Esses profissionais são ção. Além das atividades de presidência, direto-os responsáveis por todas as atividades regu- ria e conselho, os voluntários realizam trabalhoslares da instituição, onde os processos são de- de caráter social e administrativo.batidos e retrabalhados em reuniões quinze- Por mês, cerca de seis pessoas procuramnais, por setor. Cada diretor, por sua vez, leva as a UNIBES oferecendo-se para o voluntariado.questões mais relevantes para a pauta da reu- Enquanto isso, cada área indica quais atividadesnião de diretoria, que ocorre duas vezes ao mês. precisam de voluntários. Assim, a entidade faz Para apresentar aos funcionários a história a união da disponibilidade e da habilidade dasda entidade e suas particularidades, a UNIBES pessoas à necessidade da instituição.promove uma palestra anual aos novos mem- A busca por voluntários também é ativabros da equipe. Na ocasião, os funcionários co- quando o quadro não atende determinada ne-nhecem, por exemplo, os feriados religiosos que cessidade ou desejo das áreas. A realização desão respeitados pela instituição e um pouco campanhas para buscar novos voluntários estámais sobre a cultura judaica. nos planos para 2012. No final de 2010, foi criada uma nova direto- A expectativa da instituição é que o voluntárioria de Pessoas, que iniciou, em 2011, a estrutu- se envolva com todas as atividades da UNIBES,ração de uma política de acompanhamento de para que ele seja também um multiplicador (édesempenho e de feedback. comum os próprios voluntários trazerem novos Em 2011, funcionários foram capacitados em: doadores ou abrirem portas para novas parce- Comunicação e nova ortografia, oferecidos rias). Dessa forma, eles sentem-se à vontade pa- pela BK Idiomas. ra participar da constante melhoria dos proces- Comunicação e solução de conflitos em am- sos e da atuação da UNIBES. No cotidiano, ofe- bientes institucionais e de convivência, com recem sugestões, que são debatidas e amplia- Mª de Betânia Paes Norgren. das em reuniões anuais por setor.12UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • GRAFITE FEITO POR ARTISTAS TRAZIDOS PARA O PROJETO CHOQUE CULTURALTRABALHO INTEGRADOAlgumas ações reforçam a importância de fun- uma ameaça à sua posição. Além disso, todocionários e voluntários realizarem um trabalho voluntário assina um termo de voluntariado.integrado dentro da UNIBES. A clareza na divisão de tarefas reforça essa Além da interação cotidiana para a realiza- postura. Enquanto o funcionário garante oção plena de suas tarefas, funcionários e volun- funcionamento diário da instituição, o volun-tários participam, em conjunto, das comemora- tário atua em tarefas eventuais, complemen-ções e dos eventos da instituição. tares ou que são realizadas em horários irre- Por regra interna, um voluntário só pode ser gulares. Para 2012, a instituição tem como me-contratado depois de dois anos de afastamento ta capacitar os voluntários e os funcionáriosda UNIBES. O objetivo é evitar que o funcionário para trabalharem lado a lado de forma cadasinta que o trabalho voluntário possa se tornar vez mais profissional e eficaz. 13 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESVISÃO, MISSÃO E VALORESO compromisso de compartilhar e prati- VISÃO car valores éticos, morais e sociais faz Ser um exemplo de instituição filantrópica e parte da história da UNIBES, que é re- consolidar nosso trabalho com excelência econhecida como uma entidade sólida, capaz, transparência, por meio de constante melhoria,ética e confiável. preservando os valores universais e judaicos da ética, justiça social e boas ações. MISSÃO Desenvolver e implantar projetos socioeducati- vos e de promoção humana, provocando cená- rios positivos para que o usuário, com o pleno uso de seu potencial, seja agente na busca por autonomia, observado e respeitado seu grau de vulnerabilidade. VALORES COMPROMISSO COM O SER HUMANO Colocar sempre as necessidades dos usuá- rios em primeiro lugar, atendendo-os rapida- mente com sentimento e com o máximo de recursos disponíveis. CREDIBILIDADE E TRANSPARÊNCIA Garantir a credibilidade junto aos seus vá- rios públicos, desenvolvendo relacionamentos caracterizados pela transparência, simplicidade, colaboração e clareza.14UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • PENSAMENTO INOVADOR RESPEITO A FUNCIONÁRIOS E VOLUNTÁRIOSPensar sempre à frente do terceiro setor, de for- Tratar todos os colaboradores e suas ideias comma estratégica e criativa, buscando soluções atenção, dando-lhes autonomia e reconhecendosustentáveis a longo prazo, com características suas iniciativas e a realizações.de instituição de segundo setor, visão de negó-cio e foco em resultados. OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS Utilizar todos os recursos possíveis com discer-ÉTICA NAS AÇÕES nimento e eficiência, buscando excelência ope-Seguir elevados padrões éticos em tudo o que racional e sua maximização.fazemos, sempre à luz dos valores universaise judaicos de respeito, preservação da dignida-de, justiça social, solidariedade e legalidade. 15 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESLINHA DO TEMPO 19401915 19931915 Fundação da Sociedade 1940 Fundação da Organização 1993 Início das atividades deBeneficente das Damas Israelitas. Feminina Israelita de Assistência Capacitação Profissional.1916 Fundação da Sociedade Social (Ofidas). 2000 Inauguração do edifício-Beneficente Amigos dos 1976 Fundação da União -sede Samuel Klein, Criação doPobres Ezra. Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Programa de Geração de Renda e1924 Fundação da Sociedade Social (UNIBES). Empreendedorismo.Beneficente Israelita Ezra. 1982 Inauguração da Recreação1929 Fundação da Sociedade (atendimento a crianças fora doBeneficente Linath Hatzedek. período da escola regular).16UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • 2009 201120032003 Implantação da área de 2009 Lançamento da primeira 2011 Criação do CentroSustentabilidade e Geração edição da revista Transformar, de Distribuição dos bazares.Interna de Recursos. uma produção coletiva da área2004 Início do projeto de apoio da Criança e do Adolescente.às vítimas do Holocausto – 2010 Ampliação da rede deAgência Claims. bazares permanentes. 17 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBESRECONHECIMENTOSPRÊMIO BEM EFICIENTE (KANITZ & ASSOCIADOS): 1997, 2000, 2004, 2006PRÊMIO COMUNIDADE SOLIDÁRIA: 1997, 1998, 1999, 2000PROJETO OFICINAS DE CONVIVÊNCIA ESPORTIVA, PREMIAÇÃO DO UNICEF: 1997PRÊMIO DA FUNDAÇÃO VITAE: 1997, 1998, 1999, 2000PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA: 1999SELO ORGANIZAÇÃO PARCEIRA DO CENTRO DE VOLUNTARIADO DE SÃO PAULO: 2005, 2007, 2008PRÊMIO DESTAQUE SOCIAL (ASSOCIAÇÃO DOS DIRIGENTES DE VENDAS E MARKETING): 2007EVENTOS2009 2010 2011Pré-estreia do Musical Beatles A UNIBES e a Liga Solidária O violinista Joshua Bellnum céu de diamantes e Noviça apresentaram a Orquestra se apresentou ao lado dorebelde (evento em parceria e Sinfônica de Jerusalém, sob pianista Sam Haywood noem benefício da UNIBES e da regência do maestro Yeruham Teatro Cultura Artística Itaim,Liga Solidária). Scharovsky, na Sala São Paulo. em prol da UNIBES.18UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • AGRADECIMENTOO trabalho da UNIBES não seria possível privativa, colaboradores em geral, parceiros se não fossem os inúmeros colabora- pontuais e de longa data. dores que ajudam a colocar em prática São tantos, que “felizmente” não couberamações da entidade. neste relatório. E não queríamos deixar nin- Pequenas e grandes empresas, órgãos gover guém de fora.namentais, sócios mensalistas, voluntários, A todos vocês que acreditam, investemdoadores do bazar, doadores da farmácia e nos perpetuam, um imenso obrigado! 19 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA
    • COMEMORAÇÃO DO DIA DAS CRIANÇASPROMOÇÃO HUMANAM ais do que assistência social à co- balho pela promoção humana, a entidade ofere- munidade, a UNIBES atua na promo- ce atendimento completo. ção humana de crianças, jovens, famí- Entre aulas, refeições, oficinas e reuniõeslias e idosos da região central de São Paulo, le- com os pais, os meninos e meninas da UNIBESvando em consideração suas particularidades recebem diversos instrumentos para dar força asocioculturais. Em 2010, a entidade realizou sua autonomia. Trata-se de um trabalho triangu-7.101 atendimentos em suas mais diversas fren- lar que envolve a criança, a família e a entidadetes. Em 2011, foram 10 mil. em um engajamento diário. Nas unidades de atendimento à criança e aoCRIANÇAS E JOVENS adolescente são servidas, diariamente, 2.800 re-Para a UNIBES, acompanhar a educação de feições, além de 1.400 lanches e cafés da manhã.crianças e adolescentes é garantir a formação Os pais podem trabalhar com a tranquilidadede cidadãos conscientes, com cultura e melhor de saber que seus filhos estão recebendo umqualidade de vida. Dentro da estratégia de tra- cuidado completo e atencioso. 21 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Todas as atividades são voltadas para a me- Intervenções informativas sobre prevençãolhoria da autoestima, ampliação dos horizon- em comemoração ao Dia Internacional detes culturais e promoção da cidadania. Assim, Combate a AIDS/HIV com todos os jovens ecrianças e adolescentes tomam parte ativa em funcionários da UNIBES.sua formação, tendo a oportunidade de cons- 48 famílias de crianças e adolescentes aten-truir parte de sua grade de atividades segundo didos pela UNIBES assistiram a palestrassuas aptidões e interesses. sobre sexualidade e saúde. Realização de 302 atendimentos de orienta-ORIENTAÇÃO SEXUAL ção em sexualidade na IV Ação Cidadã.Para melhorar a qualidade de vida dos adoles-centes que frequentam a entidade, a UNIBES Em 2011, foram realizadas as seguintes ações:promove diversas atividades para contribuir 1.645 pessoas, entre jovens e adultos, rece-para a redução da incidência de infecção por beram atendimento e orientação em oficinasHIV e outras doenças sexualmente transmissí- de saúde e sexualidade, realizadas uma vezveis (DSTs). por semana. Muitas dessas atividades são ministradas pe- Palestra sobre sexualidade e planejamentolos educadores da UNIBES. Inclusive, 55 deles de família, por Ana Luiza Dias Batista.receberam capacitação e atualização sobre o Palestra sobre saúde e sexualidade paratema sexualidade em 2010. Algumas das ações a comunidade boliviana no evento organiza-desenvolvidas no ano foram: do pelo Centro Gaspar Garcia, em parceria 20 oficinas (uma por semana) de sexualidade com a UNIBES. por turma, para um total de 11 turmas do Pro- Publicação do artigo Efeitos de um progra- grama de Capacitação Profissional. Foram ma sobre sexualidade no conhecimento e atendidos 650 jovens de 16 a 29 anos. comportamento sexual de jovens com idade 40 oficinas (uma por quinzena) de sexualidade entre 15 e 20 anos, em parceria com a Uni- oferecidas a 66 jovens de 13 a 15 anos no fesp. O artigo foi apresentado no XIII Con- Centro da Criança e do Adolescente. gresso Brasileiro de Sexualidade Humana, Atendimento individual a 32 jovens no Plan- realizado em Londrina, (PR), e publicado nos tão de Dúvidas. anais do Congresso, entregues em CD-ROM; Aplicação de 305 questionários (pré e pós- Confecção e lançamento do livreto educa- -teste) de levantamento de dados sobre o tivo Saúde e sexualidade – De jovem para conhecimento de métodos contraceptivos, jovem, elaborado pelos adolescentes e DSTs, iniciação sexual e outros assuntos rela- jovens envolvidos no Projeto Saúde e Quali- cionados à sexualidade. dade de Vida. Encontro de sexualidade com entidades so- O Projeto Saúde e Qualidade de Vida aten- ciais do entorno no sentido de fortalecer deu 245 adolescentes do Centro da Criança a rede social. e do Adolescente, 700 jovens do Progra- Oficinas de sexualidade a 210 alunos de 6ª e ma de Capacitação Profissional, 448 pais ou 7ª séries da Escola Vereador A. Sampaio. responsáveis, 28 professores e coordenado-22UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • TURMA DE JOVENS NO CURSO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL UNIBES – GMKMAIS DO QUE ASSISTÊNCIA SOCIAL À COMUNIDADE, A UNIBESATUA NA PROMOÇÃO HUMANA DE CRIANÇAS, JOVENS, FAMÍLIASE IDOSOS DA REGIÃO CENTRAL DE SÃO PAULO 23 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Projeto Campeão / Judô Cidadão, realizado em parceria com o clube A Hebraica res das escolas Orestes Guimarães e Infan- A UNIBES observou que tais ações fo- te Dom Henrique, 700 alunos da Orestes ram efetivas para atingir os objetivos propos- Guimarães, 50 professoras e funcionárias da tos. Os pais relatam aumento do aprendizado e UNIBES, 23 pessoas do grupo de idosos da diálogo sobre o tema sexualidade. Além disso, Casa de Apoio Sítio das Alamedas, 19 mora- observa-se uma baixa incidência de casos de doras da Casa de Apoio Maria Maria e 150 DSTs e de gravidez na adolescência dentro do participantes da II Jornada UNIBES de Saú- universo de jovens atendidos. Em 2010, por de e Sexualidade. O projeto foi citado como exemplo, ocorreram apenas dois casos de gra- referência para o trabalho desenvolvido na videz, sendo que uma delas já era casada. Escola Orestes Guimarães em reportagem Houve ainda outras atividades voltadas para da revista Nova Escola (Vamos falar de se- a saúde de crianças, jovens e suas famílias: xo com responsabilidade, na edição especial Participação no seminário promovido pela Desafios do Ensino Médio). Unifesp sobre Atendimento Multidisciplinar24UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • à Saúde Integral do Adolescente e na oficina ças adotadas, sendo 99 do CEI Betty Lafer e 145 Debate sobre Juventude e Prevenção da do Centro da Criança e do Adolescente. Violência promovida pelo Instituto Sou da Paz em 2010. FAMÍLIAS Oficinas de higiene e saúde para 60 crianças O Serviço Social Márcia Nigri se pauta pela pro- de 4ª e 5ª séries em 2010. moção da autonomia familiar. O atendimento Encontros sobre saúde e qualidade de vida, ao indivíduo, sempre que possível, estende-se ações preventivas de higiene bucal e educa- à sua família. As ações são planejadas para au- ção alimentar com a participação de 250 pais xiliar no desenvolvimento humano e social dos de crianças e jovens atendidos no Centro da usuários, sem criar dependência financeira. Criança e do Adolescente e no CEI Betty O intuito é prestar atendimento completo Lafer em 2010. para que a família encontre seus objetivos. Atendimento odontológico para 947 crian- O significado dessa meta é tratado conforme a si- ças em 2011. tuação familiar inicial. Para as famílias mais jovens, Atendimento oftalmológico oferecido na o objetivo, muitas vezes, é a autonomia finan- Clínica Dr. Samir Bechara para 63 adolescen- ceira, que pode ser alcançada com capacitação tes e jovens em 2011. profissional e adesão a um programa de gera- Encontro com pais sobre ações preventivas ção de renda, por exemplo. Para outros, que de higiene bucal, com a Dra. Patricia Elaine chegam à instituição com histórico de isolamen- Gonçalves, em 2011. to e solidão, a possibilidade de convivência so- Encontro com pais sobre educação alimen- cial pode ser considerada uma meta alcançada. tar, com a equipe de nutricionistas da Univer- Em cada um dos casos, o atendimento da sidade São Camilo, em 2011. UNIBES acompanha a evolução do Serviço Palestra sobre saúde da mulher, em come- Social. O plano de intervenção não é traçado moração ao Dia Internacional da Mulher, com para a família pela figura de um assistente so- o ginecologista Ivaldo da Silva, em 2011. cial, mas construído em conjunto. A família é protagonista de sua melhoria de vida e decideADOTE UM FUTURO os caminhos que deseja tomar, com o suporteA partir deste programa de apadrinhamen- de uma equipe multidisciplinar.to, a UNIBES viabiliza as atividades culturais e Dentro dessa visão, a UNIBES leva em consi-educacionais extracurriculares realizadas com deração as seguintes diretrizes no atendimentoas crianças atendidas pela instituição. Os pa- prestado ao usuário:drinhos e madrinhas que aderem ao progra- Disseminar conhecimento e reconhecimentoma contribuem com R$ 100 mensais e podem de direitos sociais, econômicos e de cidadania.acompanhar de perto o trabalho desenvolvido Fomentar e promover o conhecimento e apor meio de eventos de confraternização e de identificação de situações de vulnerabilidadevisitas agendadas. O projeto encerrou 2010 com e de risco social, tais como: abuso, violência,236 crianças adotadas, sendo 114 do CEI Betty negligência e abandono.Lafer e 122 do Centro da Criança e do Adoles- Promover a melhoria do contexto econômico,cente. Em 2011, o projeto contou com 244 crian- social, cultural e de lazer e dos vínculos que 25 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA No total, o Serviço Social Márcia Nigri realizou 7.898 atendimentos às famílias em 2011. RECEPÇÃO E ESTRUTURA A procura do usuário pela instituição é espontâ- nea ou por encaminhamento da rede social. São atendidas pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social, decorrente de pobreza, privação, doença ou rompimentos de vínculos familiares e comunitários. Os usuários atendidos pela UNIBES chegam com alto nível de escola- ridade, o que é considerado como uma poten- cialidade a ser trabalhada no plano de interven-A UNIBES INVESTE EM PROMOÇÃO HUMANA ção familiar. Em 2010, foram 1.458 famílias, ou 4.380 pessoas, matriculadas na entidade. Em afetam as situações de vulnerabilidade social. 2011, havia 1.495 famílias matriculadas, segundo Promover espaço de reflexão e discussão dados do mês de outubro. para o fomento de participação, reivindica- A seleção é feita a partir da realização do ção e defesa dos direitos pelos usuários e Estudo Social, que traça um perfil do usuário trabalhadores nos Conselhos e Fóruns da As- ou da família a partir de indicadores como ren- sistência Social e de outras políticas públicas. da, relações familiares e comunitárias, trabalho, potencialidades e comportamentos e agravan- As ações tomadas incluem orientação para tes sistêmicos. O estudo auxilia a UNIBES naresolução de conflitos familiares, cuidados para determinação do grau de complexidade de ca-a saúde física e mental, encaminhamento para o da uma das famílias atendidas e do conjunto detrabalho, auxílio no fornecimento de documen- ações que podem ser tomadas. A limitação nãotação oficial e demais instrumentos de cidada- se dá em número de vagas, mas sim de acor-nia. Além disso, há encaminhamento a progra- do com os recursos financeiros e profissionaismas internos ou externos na busca da inserção disponíveis.social e da ampliação do acesso aos órgãos do A aplicação dessas ferramentas de seleção éPoder Público, entre outras ações consideradas fruto da nova estratégia de atuação da UNIBES.adequadas à necessidade do usuário e às possi- Até meados dos anos 1990, o Serviço Social dabilidades da instituição. instituição adotava uma política de compensa- Em 2010, por exemplo, 13 famílias de crianças ção das perdas decorrentes do empobrecimentoe adolescentes atendidos foram encaminhadas do país. Hoje, a instituição trabalha na constru-para cadastramento no Bolsa Família e 90 para ção da autonomização dessas famílias, um pro-outros programas sociais, como Renda Cidadã, cesso que está sempre sendo aperfeiçoado Pa-Renda Mínima e Ação Jovem. Em 2011, 120 famí- ra o atendimento, a UNIBES dispõe de uma es-lias foram encaminhadas para o cadastramento trutura com salas de acolhimento onde ocor-nos programas de transferência de renda. rem entrevistas e reuniões, além dos espaços26UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • de convívio para idosos e portadores de neces- Durante o processo de descoberta de inte-sidades especiais, locais fisicamente adaptados resses e habilidades e de efetivação da produ-para oferecer acessibilidade. A equipe profis- ção e da venda, os usuários têm possibilidadesional é multidisciplinar e oferece atendimento de reforçar a autoestima, refletir sobre condu-em serviço social, terapia ocupacional, psiquia- tas e ganhar autonomia emocional e financei-tria e psicologia. ra. Os produtos contam com três locais fixos de Uma extensão dessa estrutura é oferecida ao comercialização e divulgação e 12 outros espo-usuário por meio de um trabalho em rede com rádicos ao longo do ano.outras entidades de assistência social e tambémpor parcerias com entidades privadas. A atua- São atendidos dois grupos:ção em conjunto evita duplicidade de ações Empreendedorismo e gestão: 30 usuários, dee gera melhor aproveitamento dos recursos 22 a 67 anos, que possuem negócio própriode cada instituição. Com a adoção de nova e apresentam dificuldades em sua gestão re-metodologia para a seleção e a estruturação cebem orientação e apoio.do plano de intervenção familiar, a UNIBES Grupo de proteção especial: são 22 usuários,tem criado condições para acompanhar a evo- de 47 a 82 anos, com dificuldades impor-lução dos indicadores e avaliar os resultados tantes de reinserção no mercado de traba-de suas ações. Esse trabalho permite um acom- lho, como idosos e pessoas com necessida-panhamento da evolução das famílias atendi- des especiais, físicas ou cognitivas, mas comdas. É possível observar quantas pessoas pas- habilidades que podem gerar renda por meiosaram de uma categoria para outra e quantas, da produção artesanal.dentro de sua categoria, avançaram para seaproximar da seguinte. Além disso, a UNIBES ofereceu curso de for- O impacto da melhoria das condições de vi- mação de manicure para 20 mulheres da comu-da dos usuários pode ser constatado, por exem- nidade com duração de três meses e facilitou oplo, com as histórias de sucesso de usuários ou acesso de 14 das formadas à Feira Internacio-de doentes mentais que hoje têm proteção, tra- nal de Cosméticos e Beleza, que aconteceu notamento e acompanhamento com significativa Expo Center Norte, em São Paulo, ainda emredução de risco social. 2010. Em 2011, o vínculo com o Serviço Nacional do Comércio (Senac) foi fortalecido, o que pos-GERAÇÃO DE RENDA sibilitou a capacitação de três usuários em cur-Para auxiliar os usuários no complemento sos de Modelagem de Bolsas e Confecção dede renda, a UNIBES mantém o programa Bolsas de Couro.Geração de Renda e Empreendedorismo.Os usuários recebem orientação, são enca- FORÇAS DA COMUNIDADEminhados à rede de serviços, participam de Com o objetivo de fortalecer o envolvimento dopalestras e de cursos de qualificação ou doador com as ações promovidas pela UNIBES,requalificação e podem receber empréstimos a instituição criou o programa Forças da Comu-de até R$ 300, mediante Estudo de Viabilida- nidade. Doadores podem adotar famílias aten-de Econômica. didas pela entidade e, em contrapartida, rece- 27 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUAbem um relatório de acompanhamento semes- sas quanto os interesses de seus usuários: arte,tral dos indicadores daquela família para acom- artesanato, coral, danças, jogos, palestras, ofi-panhar a sua evolução. cinas gourmet, visitas culturais e passeios fes- No biênio 2010/2011, 170 famílias entraram tivos. Neste espaço de trocas afetivas, físicas,para o programa. Em 2011, 154 famílias foram intelectuais e sociais, os idosos são protagonis-atendidas. A meta, em longo prazo, é incluir tas de novas experiências de vida, escolhendo1.200 famílias. Além de engajar o doador no livremente as atividades que desejam participarprocesso, o programa também motiva a equipe e propondo melhorias ao programa. A UNIBESinterna ao melhoramento técnico. promove, ainda, atividades intergeracionais, for- talecendo a convivência entre o idoso e todosDEFESA LEGAL os outros públicos atendidos.Os usuários que se sentem desamparados No atendimento do Centro de Convivência, olegalmente podem contar com o apoio do objetivo é promover a sociabilização do usuário,Programa Advocacia da UNIBES. Em 2010, o permitindo que ele se torne mais independente.programa contava com 19 advogados voluntá- Com cuidados à sua saúde garantidos e partici-rios e um coordenador contratado. Em 2011, fo- pando das atividades do espaço, o idoso poderam uma advogada contratada e 23 advogados diminuir os gastos com medicamentos, além devoluntários cadastrados (sendo 18 ativos), em conquistar autonomia física e emocional. Com auma equipe que oferece orientações para o en- oferta de possibilidades de socialização e de vi-frentamento de questões legais cotidianas e au- vência cultural, a UNIBES contribui para preve-xilia na resolução de questões jurídicas relati- nir o isolamento do idoso, melhorar a qualidadevas à vida econômica, a questões familiares e de vida e ainda promover um envelhecimentopessoais. ativo e saudável. Em 2010, 94 usuários foram inscritos no pro- O Centro, que funciona de segunda a quinta-grama. Ao final do ano, 17 casos tinham sido en- feira, das 13h30 às 17h recebeu, em 2010, 51cerrados, 46 usuários estavam em atendimento, frequentadores fixos semanais e 163 eventuais.25 em lista de espera e seis em orientação. Ao longo do ano, foi observado um aumen- Em 2011, foram 143 usuários atendidos pelo to expressivo do número de idosos que parti-programa: 58 em atendimento, 27 em fila de es- cipam semanalmente das atividades propos-pera e 58 encerrados. tas. Em contrapartida, a entidade contratou 25 cuidadores. Em 2011, o número de frequen-IDOSOS tadores aumentou ainda mais: foram 71 fixosEnvelhecer com qualidade de vida não envol- e 235 eventuais.ve apenas saúde física, mas também mental e Os participantes são, em sua maioria, dosocial. Assim, além das parcerias com os ser- sexo feminino: 95%. O grupo que vai dos 80viços de saúde, a UNIBES oferece um espa- aos 90 anos de idade representa 64% dos usuáço voltado especialmente para as pessoas aci- rios, e 68% do total é de viúvas. Hoje, 87% des-ma de 60 anos ampliarem suas perspectivas de ses idosos são independentes quanto às ati-participação social e de vivência cultural. O Cen- vidades de vida diária e têm percepção posi-tro de Convivência oferece atividades tão diver- tiva da saúde. O uso desse último indicador28UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • tem como base relatos em artigos científicos internacional que busca melhorar a qualidadeque indicam que, quanto melhor a percepção de vida das vítimas judias do Holocausto, ofe-da saúde, melhor será a qualidade de vida de recendo auxílio assistencial voltado à melho-uma pessoa. ria das condições de saúde. A agência repassa Além disso, buscando a melhoria dos verbas aos beneficiários no Brasil.processos de avaliação, a UNIBES criou um O perfil desse público são idosos sobre-indicador para medir a satisfação dos ido- viventes da perseguição nazista que vivemsos nas atividades do Centro de Convivência. em situação de vulnerabilidade, cujos rendi-Assim, será possível definir e direcionar ini- mentos são insuficientes para atender às suasciativas de acordo com o real interesse do necessidades. O programa envolve os gover-público atendido. nos da Áustria, Alemanha, Hungria e Estados Unidos. Em 2010, foram atendidas 280 pesso-AGÊNCIA CLAIMS as. Em 2011, foram 267 atendimentos.Desde 2004, a UNIBES mantém uma agência A equipe de atendimento inclui um gestor,de suporte para o Brasil da Claims Conference um assistente social, uma enfermeira, uma as-– The Conference on Jewish Material Claims sistente administrativo, um auxiliar de escritó-Against Germany. Trata-se de uma organização rio e voluntários.APROXIMADAMENTE 300 PESSOAS ATENDIDAS PELA AGÊNCIA DE SUPORTE PARA O BRASIL DA CLAIMS CONFERENCE / UNIBESPLANTÃO DO SERVIÇO SOCIAL MÁRCIA NIGRISede da UNIBESRua Rodolfo Miranda, 287 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Segundas e terças-feiras, das 13h30 às 16h 29 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUASAÚDEO acesso à saúde é um dos eixos fundamen- to desde setembro de 1991. Em 2010, 154 pa- tais para o desenvolvimento humano, cientes foram atendidos. Em 2011, 116 pacientes pois garante autonomia e qualidade recebem atendimento regular. Entre janeiro ede vida às pessoas. Por isso, a UNIBES oferece outubro de 2011, foram agendadas 348 con-orientação e encaminhamentos para cuidados sultas, com 291 atendimentos, representandocom a saúde física e mental de seus usuários. 83,6% de comparecimento às consultas. Além de atendimento por cortesia, por A instituição tem entre os objetivos parameio de carteira de profissionais voluntários, a o futuro ampliar o conhecimento sobre estesUNIBES encaminha os usuários a redes de entida- pacientes para superar da melhor forma o desa-des parceiras e realiza um trabalho de prevenção, fio de reinserção social e laboral dessas pesso-proteção e orientação permanente. Conheça al- as. O Serviço de Psiquiatria pretende, também,guns programas de destaque: criar estratégias preventivas e terapêuticas ade- quadas ao universo atendido, em conjunto comFARMÁCIA o Serviço Social Márcia Nigri, a Psicologia e aOs usuários da UNIBES e a população em ge- Terapia Ocupacional.ral podem receber gratuitamente medicamen-tos, armações de óculos, lentes, fraldas e mate- PSICOLOGIArial de curativo na Farmácia Privativa, median- O atendimento em psicologia tem como objetivote apresentação de receita médica atualizada. promover o autoconhecimento, desenvolvimen-A farmácia está em funcionamento desde 1962, to pessoal e crescimento emocional dos usuá-quando foi inaugurado o prédio da Policlínica rios. Em 2010, 72 pessoas foram atendidas. EmLinath Hatzedeck. 2011, foram 52 pessoas, entre casais e famílias.ODONTOLOGIA TERAPIA OCUPACIONALPor ano, 947 crianças receberam atendimento O setor de terapia ocupacional da UNIBES tra-odontológico em consultório instalado no Cen- balha para desenvolver as potencialidades e in-tro de Educação Infantil Betty Lafer. Para as fa- centivar a criação de redes sociais e de solida-mílias usuárias do Serviço Social Márcia Nigri, a riedade voltadas para pessoas comprometidasUNIBES oferece em seus consultórios tratamen- física, mental e socialmente.to odontológico com profissionais voluntários. Para avaliar as condições de autonomia, a terapeuta ocupacional realiza visitas a quemPSIQUIATRIA possui problemas de locomoção em conjuntoA UNIBES mantém dois psiquiatras em sua equi- com os assistentes sociais. Existem dois progra-pe profissional, que atendem usuários em situa- mas relacionados ao trabalho: o Moradia Gestoração de sofrimento mental. O ambulatório de Assistida (Programa Pensionato) e o Moradiapsiquiatria é responsável por esse atendimen- Terapêutica Protegida.30UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • 947 ATENDIMENTOS ODONTOLÓGICOS COM ÍNDICE ZERO DE CÁRIE No programa Moradia Gestora Assistida, em parceria com um artista plástico para en-que contou com dois usuários em 2010 e três volver os usuários com temas do cotidiano. Porem 2011, a terapeuta ocupacional faz visitas do- escolha do grupo, aconteceu também uma idamiciliares para intervir na relação do usuário e ao cinema. A atividade enriqueceu as orienta-sua família com a moradia oferecida. São tra- ções de locomoção dadas pela terapeuta e des-balhados aspectos como manutenção, geren- mistificou o uso do transporte coletivo paraciamento de gastos e ampliação da rede social alguns usuários. Em 2011, o setor, em parceriana comunidade. No Moradia Terapêutica Prote- com o Serviço Social Márcia Nigri, iniciou umagida, que atendeu dez usuários em 2010 e no- avaliação dos Papéis Ocupacionais e de Quali-ve em 2011, a terapeuta promove passeios e ati- dade de Vida percebida de usuários atendidosvidades de convivência social. Em 2011, foram no Serviço Social Márcia Nigrirealizados seis passeios. Em 2010, foram realizados atendimentos Dentre as ações realizadas pelo setor no ano individuais a 13 usuários, enquanto nove fizeramde 2010, está o artesanato, trabalho desenvolvido parte do grupo terapêutico. Em 2011, foram oito 31 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUAos usuários beneficiados pelo atendimento in- PROGRAMA DE ATENÇÃO DOMICILIARdividual. O número de participantes do grupo Para oferecer às pessoas em situação de vul-terapêutico se manteve. nerabilidade social – por crise ou problemas de saúde – possibilidade de convívio e participa-ACOMPANHANTES TERAPÊUTICOS ção social, bem como acompanhamento pa-Pacientes com transtornos psiquiátricos gra- ra melhoria da saúde e qualidade de vida, aves recebem acompanhamento terapêutico UNIBES conta com uma equipe de voluntários,com profissionais contratados pela UNIBES. sob supervisão da equipe técnica, que faz visi-Em 2010, seis usuários receberam este serviço. tas domiciliares. Em 2010, foram realizadas 191Já em 2011, foram realizadas reuniões mensais visitas a 19 pessoas.para discussão de casos acompanhados pelos Em 2011, o Grupo Or (Luz) realizou 450 vi-psiquiatras da instituição. sitas a 22 idosos, em um trabalho que envolve 15 voluntários. O grupo realiza reuniões de su-TRATAMENTOS COMPLEMENTARES pervisão técnica e palestras na área do envelhe-Para oferecer um tratamento integral aos seus cimento. Além disso, acompanha atividades deusuários, a UNIBES encaminha aqueles que não lazer, entrega de medicamentos, consultas, exa-podem arcar com os custos de tratamentos e mes e trabalha na sensibilização do usuário paraexames a uma rede de profissionais voluntários que participe do Centro de Convivência.e parceiros da entidade. Em 2010, 13 usuários realizaram trata- PROGRAMA EINSTEINmento de fisioterapia – em 2011, foram dez O programa é mantido pelo Hospital Israelitausuários –, cinco foram mantidos em inter- Albert Einstein e oferece assistência médicanações psiquiátricas, 27 foram internados ambulatorial e internação hospitalar aos usuá-em Instituições de Longa Permanência (ILP), rios de instituições de assistência social da capi-duas pessoas receberam atendimento em tal paulista, como os que frequentam a UNIBES.escolas de habilitação e reabilitação para Os atendimentos são realizados em rededeficientes físicos, com sequelas de paralisia referenciada de prestadores, com preferênciacerebral, deficiências mentais e múltiplas defi- pela Unidade Morumbi ou Unidades Avançadasciências. Ainda no mesmo ano, 23 foram aten- do Hospital. Assim, os usuários têm acesso a mé-didos com exames laboratoriais e imagens e, dicos e equipamentos de qualidade. Em 2010,por fim, 57 atendidos em consultas de cortesia. 923 usuários da UNIBES utilizaram o programa.32UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A UNIBES OFERECE ORIENTAÇÃO E ENCAMINHAMENTOS PARACUIDADOS COM A SAÚDE FÍSICA E MENTAL DE SEUS USUÁRIOSSENHORAS DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA ATUANDO NA HORTA 33 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUAJOVENS EM ATIVIDADES NO CENTRO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTEEDUCAÇÃO E CULTURAA UNIBES acredita que conhecimento e tação, almoço, lanche e jantar. Pela manhã são educação garantem ao indivíduo mais oferecidas atividades pedagógicas de pré- oportunidades e chances para o futuro. -alfabetização, de acordo com o currículo defi-A cultura é um complemento de extrema impor- nido pelo município. À tarde, as crianças partici-tância e éincentivada na entidade, pois enrique- pam de atividades recreativas, como contaçãoce o desenvolvimento pessoal, favorece a inclu- de histórias, aulas de teatro e leitura. Em 2010,são social e o bem-estar. a UNIBES atendeu 200 crianças no local, con- siderado hoje um espaço educacional modelo.CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL Em 2011, foram 200 crianças atendidas no pri-BETTY LAFER meiro semestre e 250 no segundo.O Centro de Educação Infantil Betty Lafer ofere- A gestão do Centro é feita pela UNIBES emce dez horas de atendimento diário (das 7h30 às parceria com a Secretaria Municipal de Edu-17h30) a crianças com idade entre dois e cinco cação de São Paulo, responsável por um re-anos e onze meses. Durante o período, são ser- passe mensal de recursos per capita contravidas cinco refeições: café da manhã, hidra- apresentação de contas e relatórios de frequência34UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • e de atividade. Além disso, é feita uma supervi- importância. Conscientização quanto à necessi-são quinzenal do Centro pela Secretaria. Trata- dade de uma alimentação diversificada, além de-se de um recurso que garante a manutenção noções de higiene.do trabalho da unidade. A seleção das crianças é feita pela prefeitura, Conhecendo nossa cultura: apresentação dospor meio de um sistema unificado de encami- estados, da cultura brasileira, inclusive brinca-nhamento de matrículas. deiras e cantigas de roda.PROJETOS PEDAGÓGICOS Como podemos nos comunicar: promoçãoO atendimento oferecido pela UNIBES às crian- do conhecimento dos diferentes meios deças do Centro de Educação Infantil Betty Lafer comunicação, como rádio, televisão, carta, bi-é feito de forma global, ou seja, além de traba- lhete, telefone, computador, fax, jornais, revis-lhar com aspectos sociais e educacionais, cuida tas, e até mesmo gestos e mímicas.da alimentação e realiza atendimentos odonto-lógicos e psicológicos. Comunicação e transporte: importância da Para isso, a instituição organiza atividades comunicação nas relações e conhecimento dapor módulos nas áreas de conhecimento com utilização dos meios de transporte, respeitandoobjetivos definidos, levando em consideração o as regras de trânsito.desenvolvimento da criança e a interdisciplina-ridade. Confira alguns projetos: Socialização e adaptação: promoção da socia- lização e da interação do educando com o edu-Conquistando meu espaço: adaptação, socia- cador, na busca pelo estabelecimento de víncu-lização e integração dos grupos e educado- los afetivos e da autonomia.ras na rotina do Centro e suas regras de con-vivência. Além disso, o projeto promove o ATIVIDADES COMPLEMENTARESconhecimento das identidades, origens familia- E EXTRACURRICULARESres e culturas. Diferentes atividades enriquecem o dia a dia do Centro, tais como:Conhecendo o meio ambiente: promoção doconhecimento dos fenômenos da natureza e Aniversários: comemorados a cada dois meses,da conscientização quanto à importância de com apresentação de peça teatral.preservar o meio ambiente. Festividades: as crianças participam das fes-Recreativo de férias: atividades recreativas para tas e datas comemorativas da cultura judaica,estímulo da criatividade, compreensão dos di- como Purim, Pessach, Shavuot, Rosh Hashaná,reitos e deveres, cooperação e solidariedade. Sucot e Chanucá.Cuidando da saúde: reconhecimento dos se- Exposição: apresentação aberta dos trabalhosres vivos (homens, animais e plantas) e de sua manuais das crianças. 35 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUATeatro: em 2010, as crianças assistiram às pe- A seleção dos usuários é feita pelo Serviçoças Grilo feliz, Chapeuzinho vermelho e A onça Social Márcia Nigri, com base em critérios co-e o bode, em 2010. Em 2011, assistiram às peças mo renda familiar, proximidade do espaço e si-A princesa e o sapo e A cigarra e a formiga. tuação de vulnerabilidade e risco social. Os ma- triculados são, portanto, crianças e adolescen-Cinema: exibição do filme Eu e meu guarda- tes em situação de trabalho, em cumprimento-chuva, em 2010. Em 2011, O rei leão em 3D. de medidas socioeducativas, com fragilidade de vínculo afetivo e de pertencimento social, víti-Comemoração: festa de Dia das Crianças no mas de violência doméstica, exploração e abusoBuffet Peekaboo. sexual, além de pessoas com deficiência. A essas crianças e adolescentes, é dada aOficinas: participação em oficinas pedagógi- oportunidade de vivência em um espaço decas de arte-educação na entidade B’nai B’rith, aprendizado, com prazer e respeito.durante a Tarde da Alegria. Em 2011, a Tarde da O Centro oferece atendimento no turno con-Alegria contou com show do grupo Pioneiras. trário ao da escola regular e tem como funda- mento a valorização do ensino formal – não ten-Saúde: orientação às famílias sobre higiene bu- do, portanto, a função de substitui-lo. Assim,cal e atendimento às crianças. uma das atividades principais – e obrigatória – é o acompanhamento escolar, durante o qual asPasseio: ida ao Sítio Bichomania. crianças fazem a lição de casa com a orientação de educadores.Cidadania: atividade Portinho Seguro, para A gestão do Centro é feita pela UNIBES emorientações sobre regras de trânsito. parceria com a Secretaria Municipal de Assis- tência Social, que faz um repasse mensal de re-Voluntariado: programação recreativa desen- cursos à instituição e define as orientações dovolvida por universitários do projeto Ieladim pa- plano municipal de assistência social.ra intensificar a importância das ações voluntá- Enquanto o recurso municipal mantém asrias na comunidade. atividades básicas da unidade, as parcerias com entidades privadas garantem o diferencial daCENTRO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE instituição: a diversidade e a riqueza de ativida-Dos seis aos 14 anos e onze meses de idade, os des oferecidas às crianças e adolescentes. Sãousuários matriculados no ensino formal podem oficinas que contribuem para a formação in-frequentar o Centro da Criança e do Adolescente tegral dos matriculados, despertando autono-da UNIBES. Em 2010, 595 crianças e adolescen- mia, sensibilidade, criatividade, atitude crítica,tes de baixa renda foram atendidos. Em 2011, fo- desenvolvimento de potencialidades e exercí-ram 630 atendidos. cios de cidadania.36UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • Oficinas e quantidade de inscritos em 2010 Ao frequentar oficinas variadas, os jovens Dança e balé: 172 têm oportunidades de vivência cultural e aqui- Teatro: 144 sição de conhecimento. O monitoramento e a Artes: 130 avaliação das atividades do Centro são feitos Leitura: 190 por meio de planejamentos semanais, mensais Acompanhamento escolar: 163 e por uma avaliação semestral. Contação de histórias: 200 Para estreitar a relação com as famílias dos Caminhos do saber: 512 atendidos, o Centro realizou, em 2011, uma ativi- Saúde e sexualidade: 80 dade em parceria com a Avon e com o Instituto Convivência esportiva: 222 Embelleze. Foram oferecidos, em 14 de maio, Música: 158 serviços de estética, tais como corte de cabelo, Judô: 220 maquiagem e esmaltação para as mães dasLANÇAMENTO DA TERCEIRA EDIÇÃO DA REVISTA TRANSFORMAR 37 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Demonstração de atitudes de respeito e tole- rância nos relacionamentos entre si. Demonstração de interesse nas ativida- des propostas. Vale ressaltar alguns dos resultados demons- trados pelos alunos das oficinas de judô – Proje- to Campeão / Judô Cidadão, realizado em par- ceria com o clube A Hebraica – nos eventos ofi- ciais da Federação Paulista de Judô e da Con- federação Brasileira de Judô, ao longo de 2011: Campeonato Brasileiro Regional: ThainaráCRIANÇAS E ADOLESCENTES TÊM A OPORTUNIDADE DEDESENVOLVER ATIVIDADES CULTURAIS E ESPORTIVAS Ayumi Correa, campeã brasileira regional, classe sub 13, categoria até 52 quilos. Meeting Interestadual De Judô: Thainarácrianças. Foram 350 atendimentos às mulheres. Ayumi Correa, 3ª colocada; Erika Thalita Pe-Enquanto isso, 800 crianças desenvolviam ativi- reira, 3ª colocada; Kethelyn Farias da Silva, 3ªdades de pintura de rosto, contação de histórias colocada; e Vitória Vasconcelos, 3ª colocada.e recreação. Participaram da atividade 67 volun- Campeonato Paulista Sub 15: Thália Cristi-tários e 45 funcionários da UNIBES. na da Silva, vice-campeã; David Gonçalves da Silva, 3º colocado; e Maria Jasmim da Silva, Os resultados da atuação do Centro podem 5ª colocada.ser reconhecidos por meio do desenvolvimento Campeonato Paulista Sub 13: Thainará Ayumide diversas capacidades: Correa, 3ª colocada; Erika Talita Teodoro, 3ª Entendimento e atendimento das regras colocada; Amanda N. Costa, 5ª colocada; da instituição. Gabriele A. Barbosa, 5ª colocada; e Kênia Qualidade do relacionamento entre edu- Astron de Souza, 5ª colocada. cadores e educandos na demonstração Campeonato Paulista Sub 11: Kethlyn Farias de atitudes de cooperação, solidariedade da Silva, vice-campeã; Vitória Vasconcelos, e cidadania. vice-campeã; Aline Silva Cruz, 5ª colocada; e Demonstração de sentimento patriótico nas Daniela S. dos Santos, 5ª colocada. atitudes de respeito aos símbolos pátrios Copa São Paulo Sub 13: Thainará Ayumi (hino e bandeira nacional). Correa, campeã; Mayara Martins, vice-campeã. Conhecimento e valorização da cultura africana. Os resultados obtidos em 2011 pelo Pro- Sensibilização com a discriminação racial. jeto Clube Escola UNIBES, que atende 570 Apropriação do conceito do crianças, incluem: processo democrático. Vice-campeã na categoria sub 13 femini- Valorização da cultura nacional. na (modalidade Basquetebol), no Circuito Apropriação do trabalho social da UNIBES. Esportivo Clube Escola.38UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • OFICINAS DESPERTAM A AUTONOMIA, A SENSIBILIDADE E A CRIATIVIDADE DAS CRIANÇAS Vice-campeã na categoria sub#13 feminina lhas: seis de ouro, oito de prata e duas de (modalidade – Voleibol), no Circuito Esporti- bronze, em evento realizado no campo da vo Clube Escola. escola de educação física da Policia Militar. Campeã na categoria sub 13 feminina (mo- dalidade Voleibol), nas VI Olimpíadas Espor- Os resultados vão além dos números. Alguns tivas da subprefeitura Sé. dos profissionais que fazem parte da equipe Campeã na categoria sub 11 masculina e fe- da instituição já frequentaram seus corredores minina (modalidade Queimada), nas VI Olim- como aprendizes. Uma vez formados, eles tra- píadas Esportivas da subprefeitura Sé. balham para repassar sua experiência e servem Campeã na categoria sub 11 masculina de exemplo para outros meninos e meninas. (modalidade Futsal), nas VI Olimpíadas Es- portivas da subprefeitura Sé. A UNIBES tem a percepção clara de que, Campeã na categoria sub 15 feminina (moda- melhorando o dia a dia de suas crianças e ofere- lidade Futsal), nas VI Olimpíadas Esportivas cendo promoção social, gera um comportamento da subprefeitura Sé. exemplar, de respeito e comprometimento, No atletismo, foram conquistadas 16 meda- dentro e fora da instituição. 39 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA ATIVIDADES Acontecimentos relevantes do ano se tornam temas de propostas pedagógicas e atividades desenvolvidas com os jovens. Destacaram-se: Copa do Mundo: atividades envolvendo o mun- dial de futebol, aliando o entendimento do exer- cício da cidadania ao conhecimento do histó- rico do evento e de suas regras. Ampliação do conhecimento sobre a África do Sul, país sede do evento esportivo. Democracia: simulação de um processo eleitoral. Folclore: atividades de resgate e valorização da cultura tradicional. UNIBES: conhecimento da trajetória da institui-VISITA DE JOVENS DA CAPACITAÇÃO PROFISSIONALPROMOVIDA PELA UNIBES – GMK AO MERCADO MUNICIPAL ção, em virtude do seu aniversário de 95 anos. Passeios: diversas visitas a projetos, atividades culturais e espaços de aprendizado. Carnaval: atividades relacionadas às festivi- dades, tais como confecção de máscaras e ela- boração de marchinhas inspiradas na obra de Chiquinha Gonzaga. Diversidade: rodas de conversa sobre a contri- buição dos migrantes e imigrantes para a cultu- ra paulistana. Arte: oficinas sobre técnicas de pintura, figuras criadas com carvão e grafite, fantoches, dedo- ches, xilogravura e mosaico. Música: apresentação da Orquestra e Coral no Colégio Santa Catarina, no bairro da Mooca.EXCURSÃO AO HOPI HARI40UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • Ofícios: a partir de agosto de 2011, 18 jovens par- judaicas a crianças e jovens. Além de repassarticiparam, semanalmente, das oficinas de mar- os recursos do doador parceiro, a UNIBES fazcenaria do Instituto Tomie Ohtake. o acompanhamento sócio-educacional do usu- ário. Em 2010, 32 crianças e jovens foram aten-PROGRAMA IELADIM didos e, em 2011, foram 30.A UNIBES oferece bolsas de estudo a 251 crian-ças e jovens. O programa tem o objetivo de me- CONSTRUÇÃO DO FUTURO PROFISSIONALlhorar o nível de vida dos participantes, com a A capacitação profissional oferecida pelavalorização da educação formal e o resgate das UNIBES aos seus jovens é um dos pila-tradições judaicas. Além de repassar os recur- res que mais dão visibilidade à estratégia desos, a entidade faz o acompanhamento sócio- promoção humana adotada pela instituição.-educacional do usuário. Em 2010, 153 crianças A partir da formação técnica, cultural e sociale adolescentes receberam bolsas para o Ensino de qualidade, e do acompanhamento ao pri-Fundamental e Médio, e 100 jovens receberam meiro emprego, os jovens atendidos têm acessobolsas para o Ensino Superior. Em 2011, o pro- facilitado ao mercado de trabalho.grama atendeu 145 crianças no Ensino Funda-mental e Médio e 90 universitários. Com suas chances ampliadas, os jovens po- dem também mudar o histórico familiar. Não éPROGRAMA ARYMAX raro um jovem formado pela UNIBES tornar-seEste programa oferece bolsas de estudo uma pessoa com melhor nível educacional napara Ensino Fundamental e Médio em escolas família, melhorando dessa forma a sua renda. CRIANÇAS VISITAM O CENTRO DE TREINAMENTO DO CORINTHIANS
    • COMO A UNIBES ATUA Em 2010, foram atendidos 700 jovens de A UNIBES trabalha todo o conteúdo dentro15 anos e 11 meses a 29 anos de idade em perí- dos princípios metodológicos do socioconstru-odo integral. Em 2011, esse número passou para tivismo. Assim, os jovens têm a oportunidade de750 atendidos. Os matriculados devem cursar o vivenciar valores, reflexões, participar de traba-Ensino Médio em período noturno ou já ter con- lhos em grupo, atividades de raciocínio lógico, to-cluído seus estudos. madas de decisões e análise crítica da realidade. Com duração de seis meses, o curso tota- Desse modo, eles se apropriam do conhecimen-liza uma carga horária mínima de 600 horas to necessário para realizar projetos de vida.por semestre, organizado em dois módulos: O sucesso do trabalho desenvolvido pelabásico e específico. UNIBES com o público jovem é visível nos índi- O módulo básico trabalha conteúdos de ces de empregabilidade, especialmente comoformação cultural e social. Assim, eles fruto do acompanhamento ao primeiro empregoadquirem capacidade de lidar com problemas, e na conquista de novos parceiros. Além disso,superar desafios, valorizar o trabalho e con- a instituição é referência no setor. Seu mode-ceitos de responsabilidade, ética e trabalho lo de programa de capacitação é replicado porem equipe. outras instituições em diversas cidades brasilei- ras, ampliando a área de influência do projeto deEixos do módulo básico promoção social. Comunicação Raciocínio lógico Capacitação profissional UNIBES – GMK Cidadania (Instituto George Mark Klabin) Valores Em 2010, 650 jovens frequentaram os cursos de: Mercado de trabalho Rotinas de Escritório Qualidade de vida Atendimento em Cinema Formação e informação Montagem e Manutenção de Computadores Atividades culturais Hotelaria Web Design Já o módulo específico oferece formação Telemarketingnas habilidades relativas à atividade profis- Atendimento em Restaurante/Garçomsional escolhida pelo matriculado. A UNIBES Gastronomiatambém oferece oficinas de apoio profissionalcom o objetivo de desenvolver as habilidades Em 2011, 700 jovens participaram dos cur-sociais úteis ao convívio no ambiente de traba- sos acima e também no de Eletricidadelho, tais como: de Residências. Apresentação pessoal Relações interpessoais no trabalho Além disso, a cada ano, 50 jovens são atendi- Atendimento ao cliente dos no Projeto Aprendiz, em cursos oferecidos Empreendedorismo por empresas parceiras: Procedimentos administrativos Atendimento ao Cliente de Cinema (Cinemark) Informática básica Formação para o Trabalho (Viena)42UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • O SUCESSO DO TRABALHO DA UNIBES COM O PÚBLICO JOVEM É VISÍVEL NOS ÍNDICES DE EMPREGABILIDADEATIVIDADES EXTRASEm 2010, foram realizadas diversas atividades turais, exposições e shows musicais, como acom os jovens: ida ao Espaço Cultural Catavento, onde fo- ram 380 jovens Seminário de Cidadania – Os Três Poderes, Visita ao Grupo Eugenio (Publicidade) por Tozzini Freire Advogados Visita à Gráfica Burti Dicas para o Primeiro Emprego, por Tozzini Oficina de Animação, pelo Centro de Freire Advogados Cultura Judaica Feira de Profissões – E.E. Brasílio Machado, Exposição Equipotel, no Anhembi por Tozzini Freire Advogados Avaliação Nutricional, pelo Centro de Cultura Projeto Qualidade de Vida e Sexualidade, por Judaica e Universidade São Camilo Johnson & Johnson Exame de Acuidade Visual e Consultas Oftal- Oficina de Primeiros Socorros, pela Facul- mológicas, por Dr. Samir J. Bechara dade de Enfermagem do Hospital Israelita Lançamento das edições de nos 3 e 4 da Albert Einstein revista Transformar Ida ao cinema e ao teatro Jornalismo e a TV, por Mônica Waldvogel Visita monitorada às instalações da Câmara Panorama histórico e a Shoá, por Municipal de São Paulo Celso Zilbovicius Visitas monitoradas a museus, centros cul- Empregabilidade, por Marcelo Goldstein 43 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Administração de empresas e empreendedo- rismo, por Antony Graça Moreira Licenciamento, distribuição e ponto de venda, por Cristina Leme Diversidade, religião e convivência pacífica, por Michel Schlesinger Em 2011, foram oferecidas as seguintes pa- lestras aos jovens atendidos pela Capacitação Profissional UNIBES-GMK: Carta de um Brasileiro, por Backer Ribeiro Mercado de Call Center, por Fernando AdasPALESTRAS COM JORNALISTAS, EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS Marketing Pessoal, por Celia Leão Cidadania e Política, por Floriano Pesaro Esporte como inclusão social, por Valter Prevenção Bucal, por Dr. José Ricardo Aranha Feldman (duas palestras) Introdução à Arte Contemporânea, por Setor Marketing Pessoal, por Célia Leão Educativo da Bienal Publicidade, por Mauricio Eugenio Diversidade, Religião e Convivência Motivação e histórico de vida, por Paula Pacífica, por Rabino Michel Schlesinger Nunes Miguel Jornalismo e a Atualidade, por Comunicação, por Heródoto Barbeiro Heródoto Barbeiro Arte Contemporânea, por educadores da Motivação, por Mauricio Eugenio Bienal Internacional de Arte de São Paulo Sustentabilidade Coorporativa, por Reginal- Superando desafios, por Sylvio Mancusi do Cirino (Acor) Prevenção bucal, por Dr. José Motivação para o Trabalho, por Eng. José Ricardo Aranha Rochetti (Ericsson) Assédio moral nas relações de trabalho, por Um Olhar sobre a Moderna Gestão: Maria do Carmo Célico 3º setor x empresa, por Bruno Laskowsky Educação financeira, por Ilan Ryfer Valores para a Vida, por Lama Como as decisões sobre o meio am- Michel Rimpoche biente influem na vida de todos nós, por Educação Financeira, por Ilan Ryfer Fabio Feldman Empregabilidade: O Desafio de Conquistar e Economia e trabalho, por Guilherme Barros Manter uma Posição no Mercado de Traba- Como preparar uma entrevista, por lho, por Marcelo Goldstein (Ericsson) Rosangela Santos Saúde Sexual e a Juventude, por Dr. Raimundo Realizando um sonho profissional, por Melo Nunes Mariana Amaral da Silva Instalações Hidráulicas, por Guilherme Balbi- Multimídias, por Silvia Donati no da Silva Filho (Tigre) Mercado de trabalho na área de cartórios, Primavera Árabe – Conflitos no Oriente Mé- por Dr. João Baptista Martelletto dio, por Miguel Fernandes44UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • A Regra é Clara: Aproveite a Oportunidade, por Arnaldo Cesar Coelho Meio Ambiente, por Fabio Feldman Como Falar sem Erros, por BK Consultoria Cidadania, por Gilberto Natalini Motivação para o Trabalho, por Bruno LaskowskyPRIMEIRO EMPREGOAlém de oferecer capacitação profissional, aUNIBES encaminha os jovens para o primei-ro emprego, acompanhando sua trajetória peloperíodo de um ano. A cada dois meses, duas supervisoras fazem AULA DE GASTRONOMIA DO PROGRAMA CAPACITAÇÃOvisitas agendadas às empresas onde os jovens PROFISSIONAL UNIBES – GMKatuam, e permanecem no local por dois dias.Neste período, são feitas entrevistas com o jo-vem e seu gestor sobre desempenho, perspec-tivas, ambiente de trabalho e avaliação do pro-grama. A supervisão tem os objetivos de orien-tar o jovem no início de sua vida profissional, A maioria dos jovens formados conse-garantir a manutenção da parceria e adequar o gue o primeiro emprego ao término do curso.conteúdo do curso de capacitação às necessi- Em 2010, 119 empresas parceiras contrataramdades do mercado. 146 jovens em estágio supervisionado. Em 2011, foram 126 empresas parceiras, com 178 jovens. Trata-se de uma demonstração de que essas organizações confiam na formação oferecida pela UNIBES e na possibilidade de fazer a dife- rença na vida dos jovens atendidos. Em 2011, a UNIBES recebeu autorizações do Ministério do Trabalho e Emprego para o de- senvolvimento do Programa de Aprendizagem para os cursos de capacitação em Atendimento ao Cliente de Cinema, em Auxiliar de Garçom e em Auxiliar de Escritório. Em 2011, dos cerca de 700 jovens que concluíram os cursos profissionalizantes, 70% foram encaminhados para o primeiro tra- balho (estágio de Ensino Médio, AprendizA MAIORIA DOS JOVENS FORMADOS CONSEGUE O PRIMEIROEMPREGO AO TÉRMINO DO CURSO e Primeiro Emprego). 45 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUANÚMEROS DE ENTREVISTAS DE SELEÇÃO 2010 2011Empresas solicitantes 224 224vagas oferecidas 343 352Jovens encaminhados para entrevistas 1.127 1.232Jovens aprovados 284 (83%) 313 (89%)AÇÃO CIDADÃEm 2010, a UNIBES, por meio de parcerias, rea-lizou a IV edição do Ação Cidadã, evento bienalque busca agregar a comunidade do entornoe que é realizado na cidade de São Paulo. Durante o dia 24 de outubro, das 9h às 17h,mais de 500 voluntários trabalharam para ofe-recer serviços gratuitos na área de saúde, cul-tura, lazer, esporte e cidadania a toda a família.No total, foram realizados 13 mil atendimentos.VALORES UNIVERSAISAs unidades de atendimento à criança e ao ado-lescente da UNIBES seguem os princípios judai-cos, que servem de instrumento para o ensi-no de valores universais. Assim, temas como oHolocausto servem de pano de fundo para apromoção da cultura, da paz e da solidariedade. Da mesma forma, feriados e festividades típi-cas são apresentados e comparados aos eventosoficiais em atividades dinâmicas. Aprendendoas diferenças e semelhanças entre o carnaval ea festividade judaica equivalente (Purim), porexemplo, as crianças desenvolvem o respeito àdiversidade cultural.46UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • SE A SUA EMPRESA PRECISA DE APRENDIZES OU ESTAGIÁRIOS, AUNIBES POSSUI UM EXTENSO BANCO DE JOVENS CAPACITADOSAO PRIMEIRO EMPREGO. ACESSE NOSSO SITE E ENTRE EMCONTATO CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES 47 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUADESENVOLVIMENTOINSTITUCIONALP ara apoiar o crescimento e o desenvol- sempre em comunicação com os mais jovens. vimento de todos os seus projetos, a É parte dos planos de futuro investir na criação UNIBES conta com um grupo de profis- de novos grupos de líderes com o compromis-sionais capacitados e voluntários que trabalham so de deixar para eles uma instituição mais efi-para colocar em prática de forma eficaz todos ciente e moderna.os processos da entidade. O objetivo é que osprojetos aconteçam com profissionalismo, ética RECURSOSe avaliação constante de resultado. A gestão dos recursos que mantêm as ativida- des de assistência social da UNIBES recebeu umGESTÃO PARA O FUTURO impacto significativo com a nova estratégia deComo uma instituição tradicional com 97 anos de colocar em prática processos gerenciais alinha-história, a UNIBES tem a preocupação de estar dos ao que se vê em empresas.48UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • Foram adotadas ações para auxiliar na redu-ção dos custos operacionais, fazendo com queuma parte ainda maior dos recursos que entramna instituição seja usada no serviço prestadoao usuário. Além disso, a UNIBES está investin-do em novos modelos de captação de recursos,entre eles a abertura de um braço de captaçãointernacional, com base no trabalho de obten-ção de certificações, facilitando a doação feitapor estrangeiros. A UNIBES também iniciou a personalizaçãode um software de Gestão de Relacionamentocom o Cliente para integrar e organizar a capta-ção com doadores. Entre as ações de sustentabilidade financei-ra da instituição, destacam-se as mudanças na PRODUTOS ACCOR EM PARCERIA DA UNIBES +gestão do Bazar Beneficente, que ganha um GERAÇÃO DE RENDAmodelo de operação de varejo, e o investimentoem ações de marketing, produtos e eventos para TRABALHO EM REDE COM A COMUNIDADEdivulgar seus programas e angariar recursos. Estreitar os laços com entidades do entorno e fortalecer o trabalho em rede é parte do tra-PARCERIAS balho da UNIBES. A ação conjunta resulta noA UNIBES atua na manutenção e ampliação das uso mais eficiente dos recursos e na ampliaçãoparcerias com entidades públicas e privadas dos resultados.para garantir a continuidade de ações e pro-gramas realizados com seus diversos públicos. Em 2010 e em 2011, destacaram-se as seguin-Além de recursos financeiros, esses parceiros tes ações promovidas dentro dessa estratégia:oferecem acesso facilitado ao conhecimento e Visita aos equipamentos do entorno: Uni-à cultura, serviços e oportunidades de trabalho. dades Básicas de Saúde (UBS) do Pari e A UNIBES tem uma postura ativa em relação do Bom Retiro, Casa de Apoio Maria Maria,às parcerias que mantém, realizando um traba- Sítio das Alamedas, Instituto Dom Bosco,lho constante de negociação e ajuste das ações Cooperativa Catadores de Papelão 25 depara sempre priorizar o interesse de seus usuá- Janeiro, Albergues Vivenda da Cidadania erios. Com a reputação e confiança conquistada Estação Vivência.em 97 anos de excelência, a entidade negocia Visita às escolas Orestes Guimarães, Prudentecaso a caso os termos e ações adotadas. de Moraes, Infante Dom Henrique, Dervil- Para complementar, os programas e termos le Alegrette, Vereador Antônio Sampaio,de parcerias passam por avaliação permanente, Colégio da Polícia Militar, Centro de Educaçãocom a apresentação de relatórios mensais e Infantil do Pari, EMEI Cásper Líbero e CEIreuniões regulares. Sonho de Criança. 49 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Intervenção conjunta com a escola Infante ra 12 integrantes. Com a nova configuração, a Dom Henrique em casos atendidos pelo Ser- entidade adere à prática internacional de ado- viço Social Márcia Nigri. tar conselhos mais enxutos e atuantes. Oficinas de capacitação para 13 professores da Escola Vereador Antonio Sampaio. DOAÇÕES Palestra e apresentação de cenas a 50 pes- Deutsche Bank soas do grupo de idosos da Casa de Apoio Foundation Accor Sítio das Alamedas. Johnson & Johnson Curso de formação de facilitadores a profis- TVML – Foundation sionais de 11 entidades sociais. Bank of America Palestra e intervenção com 21 mulheres Michael Bloomberg moradoras da Casa de Apoio Maria Maria. Atendimento com vestuário para pessoas em albergues do entorno, por meio de acor- dos firmados com o Centro de Referência da Assistência Social da Sé.Com essas ações, a UNIBES observou maior en-volvimento das entidades, profissionais e es-colas do entorno nas atividades desenvolvi-das com a comunidade. Muitos deles procurama UNIBES com pedidos de realização de ofici-nas ou de orientação na condução de algunscasos específicos. JANTAR EM HOMENAGEM AO PREFEITO DE NY MICHELGESTÃO DE DOAÇÕES INTERNACIONAIS BLOOMBERG PELA DOAÇÃO FEITA PARA A UNIBESPara facilitar e gerir a entrada de doações inter-nacionais, a UNIBES estabeleceu uma parceriacom a CAF America. Trata-se de uma institui-ção que faz a ponte – de maneira prática e se-gura – entre doadores interessados dos EstadosUnidos e entidades de todo o globo. O órgão éparte da Rede Internacional CAF, que adminis-tra mais de US$ 4 bilhões em fundos de carida-de em todo o mundo. A UNIBES vem se adaptando aos novos mo-delos de gestão do terceiro setor para atenderaos critérios de agências certificadoras interna-cionais. É parte desse processo, por exemplo, a EVENTO DA CÂMARA MUNICIPAL QUE HOMENAGEOUredução progressiva do conselho consultivo pa- OS 95 ANOS DA UNIBES50UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • NO BIÊNIO DE 2010/2011, MAIS DE 20 MIL DOADORESCOLABORARAM COM O BAZARBAZAR Os itens doados são encaminhados prefe-Além de doações financeiras, a UNIBES rece- rencialmente para as famílias atendidas. Sãobe objetos diversos em bom estado de uso de roupas, utensílios, brinquedos, livros, móveis,empresas e particulares. Os sete caminhões da eletrodomésticos, entre outros produtos doa-instituição circulam por toda grande São Paulo re- dos por mais de 17 mil pessoas físicas e jurídi-tirando, mensalmente, com data e hora marcada, cas. O excedente é vendido nos Bazares Benefi-mais de mil doações. Em média, são realizadas centes da UNIBES e gera recursos para a manu-60 retiradas por dia, chegando a, em determi- tenção das atividades da instituição.nadas épocas, 90 retiradas diárias. Para suprir Desde 2011, os bazares ocupam cinco unida-a demanda, além dos sete caminhões próprios, des. Quatro delas oferecem roupas e utilidadesa UNIBES conta com mais dois caminhões, de para o lar, enquanto uma é reservada para mó-mesmo porte, alugados e um veículo utilitário. veis e itens de linha branca. 51 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA Ao longo de todo o ano, são promovidasvendas temáticas nas unidades, com foco emdeterminada linha de produto ou em datas pró-ximas a comemorações especiais, como Dia dasMães e Dia das Crianças. O crescimento dessa operação é fruto deuma remodelagem estimulada pela nova estra-tégia de gestão da UNIBES. O bazar é, hoje, umdos pilares da busca de sustentabilidade finan-ceira da instituição. A DEFINIÇÃO DE VALORES SEGUE UM PROCESSO Para tanto, a gestão do bazar transformou o PROFISSIONAL DE PRECIFICAÇÃOpequeno comércio em uma operação de varejo.As lojas contam com sistema de etiquetageme controle de estoques com base em softwareatualizado com o mercado. Até a definição de preços foi modificada e,atualmente, segue um processo profissional deprecificação. Cada produto é marcado com seuvalor, segundo critérios como estado de con-servação, idade, adequação ao público, além daoscilação de demanda e oferta. Os bazares contam com call center ativo e O BAZAR RECEBE DOAÇÕES DE OBJETOS DIVERSOS EM BOMpassivo para atendimento setorizado. ESTADO DE CONSERVAÇÃO DE EMPRESAS E PARTICULARESR$ 4.198.335 FOI A RECEITA DOS BAZARES EM 2010.O VALOR REPRESENTA UMA VARIAÇÃO DE 30,67% EMRELAÇÃO À RECEITA DE 2009 E 20,71% DAS RECEITASOPERACIONAIS TOTAIS DE 201052UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • O CRESCIMENTO DOS BAZARES É FRUTO DE UMA REMODELAGEM ESTIMULADA PELA NOVA ESTRATÉGIA DE GESTÃO DA UNIBESUNIDADES DO BAZAR BENEFICENTE DA UNIBESFilial 1: Rua Rodolfo Miranda, 150 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 2: Rua Rodolfo Miranda, 293 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 3: Av. Celso Garcia, 165 – Brás – São Paulo (SP)Filial 4: Rua Guarani, 63 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 5: Rua George Smith, 153 – Lapa – São Paulo (SP). (inaugurada em dez/2011)HORÁRIO DE FUNCIONAMENTOSegunda a quinta-feira, das 9h às 18h30.Sexta-feira, das 9h às 17h30.Domingo e feriados, das 9h às 16h.CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO O local conta com estações de teste de linhaEm 2011, a UNIBES inaugurou o Centro de Distri- branca e computadores, com pontos de água ebuição, localizado no bairro do Bom Retiro. luz e estrutura para reparo e consertos. O Centro de Distribuição UNIBES reúne em São cerca de duas mil peças triadas, ava-um único espaço toda a equipe de telemarketing, liadas, precificadas e distribuídas diariamente,recepção de mercadorias, triagem, etiqueta- conforme a demanda de cada unidade. A es-gem, encabidamento e expedição. A nova es- tocagem segue estratégia sazonal e capaz detrutura possibilita a otimização dos processos atender grandes eventos. A estrutura montadade distribuição para os bazares, centralizando pela UNIBES para o CD garante capacidade detoda a operação num mesmo local. atendimento para, pelo menos, oito unidades. 53 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • COMO A UNIBES ATUA A UNIBES ANGARIA RECURSOS TAMBÉM POR MEIO DE SHOWS BENEFICENTES. NO BIÊNIO 2010/2011, FORAM REALIZADOS DOIS GRANDES EVENTOS: EM 2010, APRESENTAÇÃO BENEFICENTE DA ORQUESTRA SINFÔNICA DE JERUSALÉM, NA SALA SÃO PAULO. EM 2011, SHOW DE JOSHUA BELL, NO TEATRO CULTURA ARTÍSTICA54UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • APRESENTAÇÃO BENEFICENTE DA ORQUESTRA SINFÔNICA DE JERUSALÉM, NA SALA SÃO PAULOEM 2011, JOSHUA BELL SE APRESENTOU NO TEATRO CULTURA ARTÍSTICA, EM SÃO PAULO 55 UNIBES RELATÓRIO 2010 - 2011
    • DIRETORIA E CONSELHO
    • DIRETORES E CONSELHEIROS VOLUNTÁRIOS ATUAM PARA GARANTIR A BOA GESTÃO DA ENTIDADE E DOS PROJETOSDIRETORIA E CONSELHO 2012-2014Diretoria ExecutivaPresidente: Célia Kochen ParnesPresidente Honorária: Anna Kaufman SchuartzVice-Presidente Administrativo e Financeiro: Nelson de Figueiredo MoraesVice-Presidente Serviço Social Márcia Nigri: Barbara Regina LernerVice-Presidente Área Menor e Adolescente: Gabriel ZituneSecretária Geral: Regina First1º Secretário: Olga de Salomon2º Secretário: Sara CubricTesoureiro: André Coji 57 UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • DIRETORIA E CONSELHODiretoriaCEI: Ahuva Bruria FlitTecnologia da Informação (TI): Alberto MenachePlanejamento Estratégico: Ana Lucia BertelliJurídico: Caio Augusto Langone CrostaBazares: Daniel Pedro MachlupDesenvolvimento de Marketing: Denis StrumCasas de Saúde Mental: Denise Coin KusminskyEventos: Denise Zaclis AntãoCaptação de Recursos Internacionais: Fanny Michaan TerepinsAdministrativo e Financeiro: Marcos GrodetskyMarketing: Mirella Morabia RadomyslerConvivência da Terceira Idade: Olga de SalomonMoradias de Longa Permanência: Patrícia SerenoCriança e Adolescente: Silvia Kupferman RodarteRecursos Humanos: Tânia Sztamfater ChocolatApoio a Vítimas do Holocausto: Theodoro Jorge FlankComunicação: Ticiana Terpins StrozenbergConselho Deliberativo Conselho FiscalBoris Ber Abram Berland (Relator)Bruno Laskowsky Abrão Bernardo ZweimanCelso Lafer Mendel Lukower Neto (Pres./Coord.)Claudio Luiz Lottenberg Marcelo FelbergDenise Goldfarb Terpins Jose Jacob AnkierJayme BlayJayme Brasil Garfinkel Comissão de ImóveisLeo Krakowiak Abram BerlandLuis Stuhlberger Beirel Zukerman (Presidente)Luiz Jayme Zaborowsky Bruno LaskowskyMeyer Joseph Nigri Luiz Jayme ZaborowskyRoberto Ruhman Marcelo Felberg Mendel Lukower Neto Naum Rotenberg Nelson de Figueiredo Moraes58UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • Conselho ConsultivoAirton Sister Jacques SarfattiAlberto Blay Jairo OkretAlberto Samuel Milkewitz Trzonowicz Joel RechtmanBerel Aizenstein Lilia Klabin LevineBernardo Parnes Luis GajCarlos Schuartz Luiz KignelChulamit Terepins Mario FleckEdgar Gleich Moises Singal GordonEster Adriana Gottschalk Naum RotenbergEtejane Hepner Coin Nessim HamaouiEugênio Vago Ricardo BerkiensztatFernando Blay Rigo SivekFernando Duch Roberto DavidowiczFloriano Pesaro Rubens GorskiGilberto Tanos Natalini Sidney BirmanHarry Davidowicz Stela Yara BlayIsrael Grytz Susana Irene SteinbergJack Leon TerpinsDIRETORIA E CONSELHO 2009 - 2011Presidente: Bruno LaskowskyPresidente Honorária: Anna Kaufman SchuartzAssessor da Presidência: Bela BerlandVice-Presidente da Área da Criança e do Adolescente: Gabriel ZituneVice-Presidente da Área de Sustentabilidade: Célia Kochen ParnesVice-Presidente do Serviço Social Márcia Nigri: Barbara Regina LernerVice-Presidente do Administrativo / Financeiro: Marcelo FelbergVice-Presidente de Relações com Mercado: Meyer Joseph NigriDiretoriaSecretária Geral: Regina First1º Secretário: Israel GrytzTesoureiro Geral: André Coji1º Tesoureiro: Nelson de Figueiredo MoraesJurídico: Luiz KignelPatrimônio: Airton SisterRelações com o Mercado: André Coji 59 UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • DIRETORIA E CONSELHOCaptação de Recursos: Fanny Michaan TerepinsServiço Social Márcia Nigri: Denise Coin KusminskyCriança e Adolescente: Silvia Kupfermann Rodarte e Gilson Kusminsky (Prog. Clube Escola da PMSP)Programa de Apoio a Sobreviventes do Holocausto: Theodoro Jorge FlankCentro de Convivência: Olga de SalomonFarmácia: Sara CubricMarketing: Mirella Morabia RadomyslerComunicação: Denise Zaclis AntãoComercial: Bazares: Daniel Pedro MachlupVoluntariado: Ahuva Bruria FlitJuventude: Renato KlugerPessoas: Tânia Sztamfater ChocolatConselho DeliberativoAbram Berland Jacques SarfattiAbrão Bernardo Zweiman Jairo OkretAlberto Blay Jayme BlayAlberto Samuel Milkewitz Joel RechtmanBárbara Regina Lerner José Jacob AnkierBerel Aizenstein Ligia Gasko GaonBernardo Parnes Lilia Klabin LevineBoris Ber Luis GajCarlos Schuartz Luiz Jayme ZaborowskyCelso Lafer Marcelo FelbergChulamit Terepins Mario FleckCláudio Luiz Lottenberg Mendel Lukower NetoDenise Goldfarb Terpins Moisés Singal GordonEdgar Gleich Naum RotenbergEster Adriana Gottschalk Nessim HamaouiEstevão Emílio Klein Oscar Nimitz (z”l)Etejane Hepner Coin Ricardo BerkiensztatEugênio Vago Rigo SivekFernando Blay Roberto DavidowiczGilberto Tanos Natalini Rubens GorskyGilson Kusminsky Sidney BirmanHarry Davidowicz Stela Yara BlayHenrique Brenner Suzana Irene SteinbergJack Leon Terpins Wilson Braun60UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • Mesa do conselhoPresidente: Luiz Jayme ZaborowskyVice-Presidente: Naum Rotenberg1º Secretário: Abrão Berland2º Secretário: Sidney BirmanConselho VitalícioAbrão Goloborotko Oscar JuziukAlberto Rafael Mansur Levy Osias Schefler (z”l)Anna Jacobowicz Regina FirstAnna Kaufman Schuartz Rina Kauffmann GleichAntonieta BergamoBeirel Zukerman Conselho FiscalCarlos Shehtman Efetivos:David Berezovsky Neto Mendel Lukower NetoDavid Stuhlberger Rigo SivekDora Lucia Brenner Marcelo FelbergJacob Osias Langer (z”l) Suplentes:José Mandel Abrão Bernardo ZweimanKurt Wissman José Jacob AnkierLeon Frejda Szklarowsky Jacques SarfattiMarcos KertzmannMoisés MirocznikMoisés Waldsztein Todos os conselheiros e diretores da UNIBES sãoNathan Herchkovici voluntários e não recebem nenhuma remuneraçãoGLOSSÁRIOUsuários: indivíduos que se utilizam dos serviços, programas ou ações sócio-assistenciais oferecidos pelaorganização; Promoção humana: conceito em desuso. Atualmente se utiliza “promover a autonomia e cida-dania, identificar e fortalecer os talentos individuais e potencialidades de cada indivíduo”; ILP (Instituições delonga permanência): instituições asilares, não hospitalares (antigo asilo ou casas de repouso); ILPI (Institui-ções de longa permanência para idosos): exclusivamente para maiores de 60 anos; Moradia Gestora Assisti-da: nome que a UNIBES utiliza para o antigo Pensionato. Pressupõe que seja gerenciada com participação dosmoradores, que, não sendo independentes (diante das condições de saúde mental), necessitam da assistênciada instituição por meio de cuidadores e técnicos na supervisão; Moradia Terapêutica Assistida: mesmo con-ceito anterior de moradia protegida, habitualmente utilizada por pacientes com diagnóstico em psiquiatria.No caso da UNIBES, excluindo-se a Moradia Gestora (pensionato), as demais são contratadas. 61 UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • FAÇA PARTE DA UNIBES
    • COLABORE COM O BAZARDoe roupas, móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e objetos que não servem mais.Para garantir sua comodidade, a UNIBES retira as doações.Doações para o Bazar: (11) 3311-7266 / 3226-7266 ou bazar@unibes.org.brAo comprar os produtos do Bazar, você também colabora com a UNIBES. Coma venda dos produtos nos bazares permanentes, a instituição obtém uma impor-tante fonte de recursos.Unidades do Bazar Beneficente da UNIBESFilial 1: Rua Rodolfo Miranda, 293 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 2: Rua Rodolfo Miranda, 150 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 3: Av. Celso Garcia, 165 – Brás – São Paulo (SP)Filial 4: Rua Guarani, 63 – Bom Retiro – São Paulo (SP)Filial 5: Rua George Smith, 153 – Lapa – São Paulo (SP)Horário de funcionamentoSegunda a quinta-feira, das 9h às 18h30.Sexta-feira, das 9h às 17h30.Domingo e feriados, das 9h às 16h. 63 UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • FAÇA PARTE DA UNIBESFAÇA SUA DOAÇÃO FINANCEIRA OU TORNE-SEUM PARCEIRO DE PROGRAMASVocê e sua empresa podem apoiar um ou diversos programas. A ação pode serpontual ou permanente. Qualquer valor é muito bem-vindo, a qualquer hora.Departamento de Captação de Recursos: (11) 3123-7312 ou parcerias@unibes.org.brSEJA UM VOLUNTÁRIOOfereça seu tempo e habilidades. Escolha os dias e a área na qual quer trabalhar.Departamento de Voluntariado: (11) 3123-7314 ou voluntariado@unibes.org.brCOMPRE CARTÕES SOLIDÁRIOSA UNIBES busca constantemente formas para gerar sua própria renda. Paraisso, temos cartões comemorativos para datas e ocasiões especiais. Utilizamosmatérias-primas ecologicamente corretas. Departamento de DesenvolvimentoInstitucional: (11) 3123-7333 ou cartoes@unibes.org.brCONTATOUNIBES – União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar SocialRua Rodolfo Miranda, 287, Bom Retiro – São Paulo (SP)PABX: (11) 3123-7300 | Fax: (11) 3311-7171Site: www.unibes.org.brFacebook: www.facebook.com/unibesTwitter: @unibesoficial64UNIBES RELATÓRIO ANUAL 2010
    • Rua Rodolfo Miranda, 287 – Bom Retiro – São Paulo/SP