Lavadodemanoshgm pt
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Lavadodemanoshgm pt

on

  • 1,399 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,399
Views on SlideShare
1,191
Embed Views
208

Actions

Likes
1
Downloads
26
Comments
0

1 Embed 208

http://patientsafetycourse.org 208

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Lavadodemanoshgm pt Lavadodemanoshgm pt Presentation Transcript

  • Prof. Marisol Torres Santiago Adjunta do Departamento de Gestão de Cuidados em Enfermagem Pro.. Rosa Amarilis Zárate Grajales Coordenadora de Pesquisa ENEO-UNAM Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Melhorar a Higiene das Mãos para Prevenir as Infecções Associadas aos Cuidados Médicos
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Impacto Estima-se que, num dado momento, mais de 1 milhão e 400 mil pessoas em todo o mundo sofrem de infecções adquiridas em hospitais. Infecções associadas aos cuidados de saúde ocorrem em todo o mundo e afetam tanto os países desenvolvidos como os países em desenvolvimento. Nos Estados Unidos da América (EUA), um em cada 136 pacientes fica gravemente doente como resultado de uma infecção no hospital. Isso equivale a 2 milhões de casos por ano, o que representa custos adicionais entre 4,5 mil e 5,7 mil milhões de dólares e cerca de 90 000 mortes. No México, a estimativa é de 450 mil infecções, causando 35 mortes por 100 mil admissões neonatal, com uma taxa de mortalidade entre 4 a 5%. http://www.ccforpatientsafety.org/Common/pdfs/fpdf/ICPS/PatientSolutionsSpanish.pdf
  • Estratégia Mundial Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Pesquisas publicadas sugerem que as estratégias multimodais e multidisciplinares que se concentram na mudança do sistema oferecem a maior chance de sucesso em termos de melhorar a higiene e reduzir as infecções. É considerado que nas mãos encotra-se um flora microbiana residente e transitória, e que lavar as mãos reduz a flora residente e flora transitória em 50% e 100%, respectivamente, o que representa um impacto na redução de infecções 50% e 100%. http://www.ccforpatientsafety.org/Common/pdfs/fpdf/ICPS/PatientSolutionsSpanish.pdf http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería O objetivo de qualquer solução para a higiene das mãos é, portanto, criar ou fortalecer a capacidade de tal modo que a higiene das mãos se torne um componente integrado de uma estratégia mais ampla de prevenção de infecções associadas a cuidados de saúde. Portanto ... A lavagem das mãos é a pedra fundamental para a prevenção de infecções hospitalares http://www.ccforpatientsafety.org/Common/pdfs/fpdf/ICPS/PatientSolutionsSpanish.pdf
  • Lavagem das mãos com água e sabão Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Os profissionais devem manter as unhas curtas não superior a 5 mm, limpas e sem esmalte, antes da lavagem das mãos remover anéis, pulseiras e relógios. Etapas para seguir a técnica: Abra a válvula e regular o jato de água. Molhe as mãos com água. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Coloque na palma da mão a quantidade de sabão suficiente para cobrir todas as superfícies das mãos. Esfregue as palmas das mãos. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue a palma da mão direita contra a parte posterior dos dedos da mão esquerda entrelaçados e vice- versa. Esfregue as palmas das mãos, com os dedos entrelaçados. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue a parte de trás dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos. Esfregue com um movimento de rotação o polegar esquerdo, prendendo- o com a palma da mão direita e vice- versa. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue as pontas dos dedos de sua mão direita contra a palma da mão esquerda, fazendo um movimento de rotação e vice-versa. Enxague as mãos com água. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Seque as mãos com uma toalha descartável. Utilize a toalha para fechar a torneira. Duração de todo o processo: 40 a 60 segundos. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Suas mãos estão seguras!!
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Lavagem das mãos com soluções alcoólicas O gel acooólico deve ser colocado nas mãos visivelmente limpas e livre de matéria orgânica. Executado apenas em procedimentos não invasivos, por exemplo: Antes de auscultar o paciente. Antes de realizar a troca da roupa de cama do paciente. Antes de tocar utensílios de uso pessoal do paciente. Depois do contato com o paciente. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Antes de realizar a higiene das mãos retire anéis, pulseiras e relógio. Os profissionais devem manter as unhas curtas não superior a 5 mm, limpas e sem esmalte. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería A fricção deve ser feita entre 20 a 30 segundos e esperar até que todo o produto seja absorvido, ou seja, até que as mãos estejam secas. Não enxaguar as mãos depois de usar o produto!! Os passos desta esta técnica são: Coloque uma dose do produto na palma da mão suficiente para cobrir todas as superfícies. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue as palmas das mãos entre si. Esfregue palma da mão direita contra a parte de trás dos dedos da mão esquerda entrelaçados e vice-versa. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue as palmas das mãos, com os dedos entrelaçados. Esfregue a parte de trás dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Esfregue com um movimento de rotação do polegar esquerdo, prendendo-o com a palma da mão direita e vice-versa. Esfregue as pontas dos dedos de sua mão direita contra a palma da mão esquerda, fazendo um movimento de rotação e vice-versa. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería Depois de secas, suas mãos estão seguras.
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería 1 Antes do contato com o paciente. 5 Momentos para Higiene das Mãos Quando? Lave as mãos antes de tocar ou perto do paciente. Exemplos Dar as mãos. Avaliação Clínica. 2 Antes de uma tarefa anti-séptica ou de manipular um dispositivo invasivo, apesar da utilização de luvas. Contato direto com o paciente. Quando? Lave as mãos antes de qualquer tarefa anti-séptica ou de manusear dispositivos invasivos. Exemplos Inserção do cateter. Preparação de alimentos ou medicamentos http://dgces.salud.gob.mx/seguridaddelpaciente
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería 3 Após contato com fluidos corporais ou secreções. Quando? Lave as mãos imediatamente após a exposição a fluidos corporais ou secreções (e após a remoção das luvas). Exemplos Higiene oral ou dental. A aspiração de secreções. Manipulação de sangue, urina, fezes e lixo 4 Após contato com o paciente Quando? Lave as mãos depois de tocar o paciente ou o seu ambiente, ao deixar o paciente. Exemplos Dar as mãos. Ajudá-lo a mover. Avaliação Clínica . http://dgces.salud.gob.mx/seguridaddelpaciente
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería 5 Após contato com o paciente Quando? Lave as mãos depois de tocar em qualquer objeto ou móveis em ambiente imediato ao paciente, ao sair, mesmo que você não tenha tocado o paciente. http://dgces.salud.gob.mx/seguridaddelpaciente
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería A higiene das mãos não leva mais de 1 minuto, enquanto que uma infecção nosocomial pode prolongar a internação do paciente por 10 dias. O custo de uma infecção nosocomial é estipulado em cerca de 1.100 dólares, o equivalente a 3.265 dias paciente de uso de antiséptico para as mãos. http://www.who.int/patientsafety/information_centre/Spanish_HH_Guidelines.pdf
  • Departamento de Gestión del Cuidado en Enfermería A participação e o envolvimento da equipe multidisciplinar de saúde é essencial para a prevenção de infecções hospitalares por meio de uma técnica adequada de higiene das mãos.
  • Em Segurança do Paciente A solução está em suas mãos