Proj. 2 josi
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Proj. 2 josi

on

  • 362 views

 

Statistics

Views

Total Views
362
Views on SlideShare
332
Embed Views
30

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 30

http://emchapeuzinho.blogspot.com.br 28
http://emchapeuzinho.blogspot.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Proj. 2 josi Proj. 2 josi Document Transcript

  • ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO GERCINA ALVES VILELA JOSINEUSA CÃDIDA DA SILVA ROSINEYA ARAUJO MAZUTTI ATIVIDADES Ética e Valores Humanos na Escola As Atividades serão apresentado ao Programa Prófuncionário para a Formação dos Funcionários da Educação, do Instituto Federal de Mato Grosso, como requisito parcial para a obtenção de conclusão dos Núcleos Politécnicos referentes a PPS do curso. Tutora : Solange Renostro PARANATINGA-MT 2013
  • SUMÁRIO APRESENTAÇÃO .........................................................I JUSTIFICATIVA.............................................................II PÚBLICO ALVO............................................................III GRUPO DE TRABALHO.................................................IV OBJETIVO GERAL.........................................................V OBJETIVO ESPECÍFICO ...............................................V.I METODOLOGIA............................................................VI RECURSO USADO........................................................VII AVALIAÇÃO..................................................................VIII CULMINÃNCIA...............................................................IX SEQUÊNCIA DIDÁTICA..................................................X ANEXOS.......................................................................XI
  • I. APRESENTAÇÃO O homem vive em sociedade, convive com outros homens e, portanto, cabe-lhe pensar e responder à seguinte pergunta: “Como devo agir perante os outros?” Trata-se de uma pergunta fácil de ser formulada, mas difícil de ser respondida. Ora, esta é a questão central da Moral e da Ética. Moral e Ética, às vezes, são palavras empregadas como sinônimos: conjunto de princípios ou padrões de conduta. Ética pode também significar Filosofia da Moral, portanto, um pensamento reflexivo sobre os valores e as normas que regem as condutas humanas. Em outro sentido, Ética pode referir-se a um conjunto de princípios e normas que um grupo estabelece para seu exercício profissional (por exemplo, os códigos de ética dos médicos). Em outro sentido, ainda, pode referir- se a uma distinção entre princípios que dão rumo ao pensar sem, de antemão, prever formas precisas de conduta (ética) e regras precisas e fechadas (moral). Finalmente, deve-se chamar a atenção para o fato de a palavra “moral” ter, para muitos, adquirido sentido pejorativo, associado a “moralismo”. Assim, muitos preferem associar à palavra ética os valores e regras que prezem, querendo assim marcar diferenças com os moralistas. Como o objetivo deste projeto é o de propor atividades que levem o aluno a pensar sobre a sua conduta e a dos outros a partir de princípios, nomeou-se o tema de “Ética e Valores Humanos na Escola”.
  • II. JUSTIFICATIVA Ao observar a relevância de trabalhar no âmbito escolar com a educação ética, e acreditando que a escola deve ser um lugar onde os valores morais são pensados, refletidos, e não meramente impostos, esse projeto mostrou-se pertinente. A escola deve ser um lugar onde cada aluno encontre a possibilidade de se instrumentalizar para a realização de seus projetos; por isso, a qualidade do ensino é condição necessária à formação moral de seus alunos. Se não promove um ensino de boa qualidade, a escola condena seus alunos a sérias dificuldades futuras na vida e, decorrentemente, a que vejam seus projetos de vida frustrados. Ao lado do trabalho de ensino, o convívio dentro da escola deve ser organizado de maneira que os conceitos de justiça, respeito e solidariedade sejam vivificados e compreendidos pelos alunos como aliados à perspectiva de uma “vida boa”. Dessa forma, não somente os alunos perceberão que esses valores e as regras decorrentes são coerentes com seus projetos de felicidade como serão integrados às suas personalidades: respeitar-se-ão pelo fato de respeita-los.
  • III. PÚBLICO ALVO Alunos da Escola Municipal Chapeuzinho Vermelho IV. GRUPO DE TRABALHO Professores da Educação Básica, auxiliares de educação, funcionários da escola, coordenação pedagógica e direção. V. OBJETIVO GERAL Compreender a vida escolar como participação no espaço público, utilizando e aplicando os conhecimentos adquiridos nas atitudes diárias necessárias ao convívio em sociedade. V.I OBJETIVOS ESPECÍFICOS Adotar atitudes de respeito pelas diferenças entre as pessoas, respeito esse necessário ao convívio no ambiente escolar; Adotar no dia-a-dia, atitudes de solidariedade, cooperação e respeito; Valorizar e empregar o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas; Conhecer os limites colocados pela escola e participar da construção coletiva de regras que organizam a vida do grupo. V. METODOLOGIA
  • Durante a 1ª reunião pedagógica do colégio, o projeto será proposto pelas alunas do curso Prófuncionário aos Profissionais da Educação. Palestra com alunos sobre a conscientização do projeto. Durante uma semana do mês de Setembro, os alunos elaborarão ideias, ações e regras de conduta visando melhorar o convívio entre todos, alunos, professores, funcionários etc. Serão também, considerados os “Combinados” feitos entre as professoras e alunos das turmas da Educação Infantil. As sugestões elaboradas pelos alunos serão analisadas e escolhidas para compor o “Manual de Conduta” para a comunidade escolar. Todos serão incentivados a aderir à campanha e também a atuar como incentivadores e observadores de resultados da mesma. O “Manual de Conduta” será anexado em todas as agendas dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I no dia do encerramento do projeto. VI. RECURSOS Estarão envolvidos no projeto: professores, auxiliares de ensino, coordenação pedagógica, direção, demais funcionários. Recursos materiais: papeis diversos (cartolina, papel ofício, papel fantasia, colorset etc.), lápis de cores, giz de cera, colas, tesouras, lápis de escrever, borrachas, durex, entre outros.
  • VII. AVALIAÇÃO Espera-se que o aluno saiba quais são os limites da escola, quem os determina e qual a sua finalidade, compreendendo que as regras devem ser instrumentos tanto para organizar a vida coletiva quanto para assegurar critérios de justiça e democracia. Da mesma forma espera-se que, num processo de construção coletiva, e com a ajuda do professor, o aluno seja capaz de propor, avaliar e acatar regras para o convívio escolar da classe e da escola. VIII. CULMINÃNCIA Apresentação e exposição das atividades feita no decorrer do projeto. IX – SEQUENCIA DIDÁTICA
  • 1ª Etapa; Será apresentado o projeto para a escola; 2ª Etapa; Atividades alunos 3º e 4º ano sobre ética e Valores
  • 3ª Etapa; Combinados com Educação Infantil 4ª Etapa; Mural 5º Etapa; Encerramento e exposição dos trabalhos
  • X – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL, Parâmetros Curriculares Nacionais. Ministério da Educação e do Desporto/Secretaria de Educação Fundamental, 1997. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários para a Prática Educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1999. QUEIROZ, Tânia Dias; BRAGA, Márcia Maria Villanacci e LEICK, Elaine Penha. Pedagogia de Projetos Interdisciplinares. São Paulo: Rideel, 2001. REVISTA: Construir Notícias. Ano 04. Setembro/Outubro 2005. REVISTA: Mundo Jovem: Educação para a Paz. Março/2000.
  • XI- ANEXOS