Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Sr. Mario Vrandecic  biocor workshop pessoas2012-enviar
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Sr. Mario Vrandecic biocor workshop pessoas2012-enviar

  • 959 views
Published

Apresentação do Hospital Biocor no Workshop Gestão de Pessoas

Apresentação do Hospital Biocor no Workshop Gestão de Pessoas

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
959
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
21
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Critérios de Excelência da GestãoWorkshop Critério 6 – Pessoas Caso Prático – Biocor Instituto Apresentação: Dr. Mario Vrandecic Diretor Geral Organização: Instituto Qualidade Minas e a União Brasileira para a Qualidade Critério 6 - Pessoas
  • 2. Workshop Critério 6 – PessoasParabéns ao IQM, na pessoa do Professor Caio Beckere demais organizadores deste importante evento queagrega valor à gestão através das práticas eexperiências de organizações reconhecidas por suaexcelência com os Prêmios de Qualidade segundo osCritérios de Excelência da FNQ. Critério 6 - Pessoas
  • 3. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 4. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 5. Critério 6 - Pessoas
  • 6. CAPELACritério 6 - Pessoas
  • 7. ARTE NO PÁTIO – ATIVIDADE MENSAL Critério 6 - Pessoas
  • 8. São as PESSOAS que fazem a diferença! Critério 6 - Pessoas
  • 9. ESTRUTURA  O Biocor Instituto conta com uma área superior a 32.000 m2,  320 leitos assistenciais,  50 leitos de CTI (adulto e Pediátrico),  12 salas de cirurgia,  3 modernas salas de hemodinâmica,  Completo setor de exames diagnósticos.O Biocor é um Hospital Geral de referência com uma resolubilidadepara atender todas as doenças de alta complexidade, através deserviços próprios. Critério 6 - Pessoas
  • 10. PROCESSOS PRINCIPAIS Processos Descrição Diagnóstico, tratamento e Clínico acompanhamento de pacientas que não envolvem procedimentos cirúrgicos. Médico Diagnóstico e tratamento de pacientes que Cirúrgico envolvem atos operatórios / invasivos. Investigação laboratorial de auxílio ao Diagnóstico e Terapia diagnóstico das doenças. Assistência contínua e sistemática ao Enfermagem paciente. Assistência ao paciente no que se refere aHospitalar Farmácia medicamentos e correlatos. Acolhimento do paciente, seus familiares e Hospedagem acompanhantes. Critério 6 - Pessoas
  • 11. CRESCIMENTO – SOLICITAÇÃO DA SOCIEDADEAtendendo à crescente demanda dos pacientes, dosmédicos e da própria comunidade, sempre com foco nasegurança e na qualidade, foram realizadas ampliaçõesem 1990 e 1997.Em 2011, teve início um novo projeto para agregar mais120 (cento e vinte) novos e modernos apartamentos, comconclusão prevista para 2012.O Plano Diretor contempla, ainda, a incorporação de umanova área de mais 4.000 m2 (quatro mil metrosquadrados), aproximadamente, até 2014. Critério 6 - Pessoas
  • 12. O BIOCOR ESTÁ AMPLIANDO E MODERNIZANDO CONTINUAMENTE SUAS INSTALAÇÕES. Critério 6 - Pessoas
  • 13. Mais 120 novas e modernas Suítes para nossa Sociedade Critério 6 - Pessoas
  • 14. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 15. GERENCIAR É ADMINISTRAR PARA ATINGIR METAS COM PESSOASA gestão para resultados com foco emriscos é uma prática administrativaque, através de sua metodologia, alinhao planejamento, a ação e ocontrole, promovendo através dasPESSOAS a eficiência, a eficácia e asegurança da organização. Critério 6 - Pessoas
  • 16. Para que o Biocor Instituto possa cumprir sua missão e alcançar sua visão, há uminvestimento contínuo em seus recursos humanos, infra-estrutura geral do hospital e... Manter-se como referência nacional VISÃO em cardio-cirurgia e demais especialidades, dentro do escopo de Hospital Geral. 26.000 M2 265 LEITOS Assistência à saúde através 20 CONSULTÓRIOS MISSÃO de serviços médicos e 50 LEITOS DE CTI hospitalares organizados de 12 SALAS DE CIRURGIA forma TODAS ESPECIALIDADES 371 MÉDICOS ética, competente, produtiva 1100 FUNCIONÁRIOS e responsável, tendo a vida como maior valor. RECURSOS INSTITUTO BIOCOR Critério 6 - Pessoas
  • 17. Hoje e sempre... 2012 Re-certificação NIAHO 2011 Certificação de Conformidade Legal eO BIOCOR É RECONHECIDO E Conformidade da Gestão de RiscosPREMIADO PELOS DIVERSOS 2010 Homenagem da Sociedade aos 25 anoSETORES DA SOCIEDADE 2009 Certificação NIAHO - DNV 2008 PNGS Faixa Ouro, ISO 14001 e OHSAS 18001 2007 PMQ Troféu Ouro e Faixa Ouro 2006 Prêmio Gestão Banas – PMQ e Top Hospitalar 2005 Acreditação ONA Nível 3 2004 Prêmio Gestão Banas 2003 Certificação ISO 9001:2000 2002 Ministério da Saúde – Prêmio UNIDAS 2001 UNIMED – BH – Ministério da Saúde 2000 International Quality Service – Grupo CIEFAS 1999 Prêmio Banas Qualidade “QUALIDADE É UM DESAFIO QUE TEM 1998 Prêmio Banas Qualidade HORA APENAS PARA COMEÇAR E NÓS DO BIOCOR JÁ INICIAMOS ESSE 1997 Certificação ISO 9002 PROCESSO!”1996 Início do SGQ Critério 6 - Pessoas
  • 18. ISO 9001 Qualidade Gestão Integrada de Riscos QSP 31000 (ISO 31000) Meio Ambiente ISO 27001 Clientes Segurança da ISO 14001 Informação QSP Comuni- Pessoas dade OHSAS 18001 Saúde e SegurançaO Sistema de Gestão de Riscos do Biocor Instituto é integrado e certificadopela ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e QSP/ISO 31000, AcreditadoONA com excelência e NIAHO Internacional, premiado pelo PMQ Faixa Ouroe PNGS Faixa Ouro. Critério 6 - Pessoas
  • 19. Gestão Alta Direção, setores clínicos, cirúrgicos, SADT, técnicos e administrativosPACIENTE PACIENTENecessidades do Necessidades do Paciente Paciente atendidas ISO 9001 – Gestão de Processos com foco na melhoria contínua Os Cinco Macro-Processos Critério 6 - Pessoas
  • 20. METAS INSTITUCIONAIS SISTEMA DE INDICADORES DO BIOCOR Critério 6 - Pessoas
  • 21. Gestão de Riscos A gestão de riscos é discutida e analisada no âmbito das reuniões da Direção, Grupo Interdisciplinar de Análise Crítica da Gestão, 5 grupos de trabalho, 7 Comissões e Grupo de Gestão de Riscos. Identifica Itens avaliados (exemplos) QM6-Requisitos do Sistema G Analisa QM7-Medição, monitoramento e R análise Monitora QM8-Sistema de segurança do Avalia paciente Trata Direção GB2-Planejamento e Orçamento MS7-Corpo Clínico MS12-Permissões clínicas MS14-Ações preventivas ou Grupo Interdisciplinar de corretivas Análise Crítica da NS1-Serviço de EnfermagemGRUPO INTERDISCIPLINAR Gestão SM7-Avaliações de desempenhoa) Diretor Geral; MM1-Práticas de gestãob) Diretora Médica; 5 Grupos de Trabalho: PR1-Direitos específicosc) 03 representantes do Corpo Clínico;Médico, CEQ, Farmácia/Enfermagem, Assistên Outros itens.d) 01 representante da Administração;e) Coord. da Qualidade; cia Humanizada, Infra-estrutura.f) Coord. do CEQ; 7 Comissões: Médico-Administrativo, Análiseg) 01 representante do CCQ; Crítica, Proteção Radiológica, Gestãoh) Coord. da Enfermagem;i) Coord. da Farmácia; Médica, Prontuários, Segurança , Óbitos.j) Coord. da Informática; Grupo de Gestão de Riscosk) Coord. do SAME;l) 02 representantes do SESMT (Médico do Trabalho e Engenheiro de Segurança);m) 01 representante da Assessoria Jurídica Critério 6 - Pessoas
  • 22. GESTÃO INTEGRADA E COM FOCO NO / DO CLIENTE APRIMORAR SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DE INFORMAÇÕES PESSOAS DESENVOLVIMENTO ALIANÇAS COM COMO O CONSTANTE DASFORNECEDORES CENTRO DA ESPECIALIDADES GESTÃO GESTÃO MELHORIA DA EFICÁCIA DOS PROCESSOS Critério 6 - Pessoas
  • 23. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 24. OS CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA E OS FUNDAMENTOS DA GESTÃOESTÃO INSERIDOS NO MODELO DE GESTÃO DO BIOCOR INSTITUTO 1. Liderança 2. Estratégias e Planos 3. Clientes 4. Sociedade 5. Informações e Conhecimento 6. Pessoas 7. Processos 8. Resultados Critério 6 - Pessoas
  • 25. FUNDAMENTOS X CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA A seguir, exemplos da aplicação dos Fundamentos e dos Critérios de Excelência no sistema Integrado de Gestão do Biocor. Critério 6 - Pessoas
  • 26. FUNDAMENTOS X CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA Desenvolvimento de Parcerias Aprendizado Organizacional Pensamento Sistêmico Cultura da Inovação Liderança e Constância de Propósitos Visão de Futuro Orientação por Processos e Informações Valorização das Pessoas Conhecimento sobre o Cliente e o Mercado Responsabilidade Social Geração de Valor Critério 6 - Pessoas
  • 27. Desenvolvimento de Parcerias: Desenvolvimento de atividades em conjunto com outras organizações, objetivando benefícios para ambas as partes. MV Sistemas: sistemas de informação Data Center - Ativas Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais: educação continuada; Instituto Ricardo Melo: educação continuada; Dentre outras. Critério 6 - Pessoas
  • 28. Aprendizado Organizacional: Busca e alcance de um novo patamar de conhecimento por meio da percepção, reflexão, avaliação e compartilhamento de experiências. Apresentação de trabalhos científicos em simpósios e congressos nacionais e internacionais; Compartilhamento de experiências em visitas recebidas de organizações nacionais e internacionais e em visitas realizadas em instituições de saúde e ensino de diversos países; Participação em feiras e eventos afins; Divulgação da gestão do Sistema Integrado com foco em riscos. Critério 6 - Pessoas
  • 29. Pensamento Sistêmico: Entendimento das relações de interdependência entre os diversos componentes do Sistema Integrado de Gestão. BIOCOR - PROCESSOS (ENTRADAS)Integração total (REQUISITOS) (REFERÊNCIA NORMATIVA) (SAÍDAS) (SATISFAÇÃO) (DETALHAMENTO DAS (RESULTADO) (CONFORMIDADE)(Pessoas + PARTES) (PARTES INTERESSADAS) Processo Medição, análise eExpertise + CONVÊNIOS melhorias CONVÊNIOSInfraestrutura) PACIENTES PACIENTESpara tratar Processo Processo de Processo Convênios Gestão Médicoadequadamente MÉDICO MÉDICOas entradas de HOSPITAL HOSPITALmodo a gerar as Processo Administrativosaídas planejadas SOCIEDADE SOCIEDADE Critério 6 - Pessoas
  • 30. Cultura da Inovação: Promoção de um ambiente favorável à criatividade e implementação de novas idéias gerando um diferencial competitivo para a Instituição.Atuação multidisciplinar dos cinco Grupos deTrabalho e Comissões ... Gerando novos processos e novos procedimentos. Critério 6 - Pessoas
  • 31. Liderança e Constância de PropósitosAtuação de forma aberta e motivadora das pessoas, visando odesenvolvimento da cultura da excelência, a promoção de relaçõesde qualidade e a proteção dos interesses das partes interessadas. Participação dos funcionários e corpo clínico no Planejamento Institucional Critério 6 - Pessoas
  • 32. Visão de Futuro Compreensão dos fatores que afetam a organização, seu ecossistema e o ambiente externo no curto e no longo prazo. Visão: Manter-se como referência nacional em cardiocirurgia e demais especialidades dentro do escopo de Hospital Geral; Planejamento Institucional: metas de curto, médio e longo prazo. Critério 6 - Pessoas
  • 33. Orientação por Processos e Informações Segmentação do conjunto das atividades e processos que agregam valor para as partes interessadas levando-se em consideração as informações disponíveis, além de incluir os riscos identificados.Processos gerenciais para tratamento organizado das informaçõesna Instituição com foco na gestão de riscos. BIOCOR INSTITUTO SISTEMA INTEGRADO Contas a Convênios e GESTÃO Controle SUS Pagar e Particulares HOSPITALAR Bancário Receber FATURA- Custos e GESTÃO MV Portal MENTO Resultados FINANCEIRA Repasse Auditorias e Tesouraria e Contabili- Médico Glosas Caixa dade GESTÃO CLÍNICA Pronto Radiologia e Internação Laboratório Atendimento Imagem GESTÃO DO Unidades de Prontuário Diagnóstico e PACIENTE Internação Eletrônico Terapia Centro SAME Ambulatório SADT´s Consultório Cirúrgico Médico Almoxarifad Convênios Médicos Farmácia o SERVIÇOS GESTÃO DE Nutrição CCIH INTERNET MATERIAIS Fornece- SERVIÇOS Pacientes Compras Patrimônio dores DE APOIO Central de Manutenção Esterilização Integração das Informações Segurança das informações Disponibilidade e segurança dasGestão por processos no Prontuário Eletrônico por meio do sistema MV informações mantidas no Banco de Dados Critério 6 - Pessoas
  • 34. Valorização das Pessoas Criação de condições para que as pessoas se realizem profissional e humanamente, maximizando seu desempenho por meio do comprometimento e do desenvolvimento de competências.  Gestão de riscos na saúde e segurança ocupacional;No Biocor aspessoas são  Avaliação de desempenho;capacitadas e  Programas de Educação Continuada;satisfeitas (+99%),  Escola de Técnicos de Enfermagem;atuando em um  Arte no Pátio;ambiente propício àconsolidação da  Desenvolvimento de competências e do crescimentocultura da pessoal: Instituto Ricardo Melo;excelência.  Participação nos Grupos de Trabalho. Critério 6 - Pessoas
  • 35. Conhecimento sobre o Cliente e o Mercado Conhecimento e entendimento do cliente e do mercado, visando a criação de valor de forma sustentada para o cliente e, conseqüentemente, gerando maior competitividade nos mercados. Planejamento Institucional: definição dos ambientes interno e externo; Compromisso ético: atender nosso cliente como gostaríamos de ser atendidos; Canais de relacionamento: reuniões, visitas, internet, dentre outros; Busca ativa: Diretoria Geral; Pesquisa de satisfação dos pacientes; Pesquisa de satisfação dos pacientes – Pós-alta; Pesquisa de satisfação dos pacientes – Serviço de Nutrição; Pesquisa de satisfação dos convênios. Critério 6 - Pessoas
  • 36. Responsabilidade Social Atuação que se define pela relação ética e transparente do Biocor com as partes interessadas. Inclui a preservação dos recursos ambientais para gerações futuras. ISO 14001 e OHSAS 18001 – SIG Ambiental e Saúde e Segurança; ISO 31000 – Gestão dos riscos; ISO 27001 – Segurança da Informação (Sistema Integrado); Gerenciamento dos resíduos: segregação e reciclagem; Educação e desenvolvimento: Escola de Técnicos de Enfermagem e Cursos de Especialização Médica e de Fisioterapia; Eventos de orientação à comunidade: palestras e artigos médicos no Jornal Belvedere e Circuito Biocor; Simpósio Qualidade de vida. Critério 6 - Pessoas
  • 37. Geração de Valor Alcance de resultados consistentes pelo aumento de valor de forma sustentada para todas as partes interessadas.Metas Institucionais:  Satisfação da Equipe Biocor;  Satisfação dos pacientes;  Satisfação dos convênios;  Resultado Financeiro.O Biocor ao longo dos anos vem alcançando resultados consistentes nosindicadores estratégicos, promovendo o desenvolvimento técnico e científico emantendo-se líder em sua área de atuação, obtendo deste modo asustentabilidade necessária a sua perpetuidade. Critério 6 - Pessoas
  • 38. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 39. O Critério 6 – Pessoas “aborda os processos gerenciais relativos àconfiguração de equipes de alto desempenho, ao desenvolvimento decompetências das pessoas e à manutenção do seu bem-estar.” Gestão de Riscos - Padrões de Avaliação de Educação Segurança e Trabalho Desempenho Continuada Saúde Ocupacional Critério 6 - Pessoas
  • 40. PREMISSASAs pessoas que compõem a força de trabalho devemestar capacitadas e satisfeitas, atuando num ambientepropício à consolidação da cultura da excelência para executar adequadamente os processos. Desde a fundação e através do Políticas do SIG: conhecimento, educação continuada e Foco nas pessoas abordagem setorial e individual vem sendo aprimorado na busca da interação com as pessoas. Critério 6 - Pessoas
  • 41. PREMISSASO objetivo da Gestão de Pessoas é desenvolver equipescom habilidades para alcançar os objetivos da Instituição emcondições organizacionais que propiciem a satisfação daspessoas. As organizações não existem sem pessoas, masas pessoas precisam estar envolvidas no processo para quea organização possa ter um bom desempenho. Formação e Educação continuada Critério 6 - Pessoas
  • 42. PREMISSASA Gestão de Pessoas tem como função relacionar osinteresses da organização com o interesse doscolaboradores visando sempre o aumento da produtividade.Gerir pessoas é uma tarefa complexa onde as pessoasdevem ser tratadas levando em consideração suascaracterísticas pessoais e profissionais. Recrutamento, seleção, contratação e desenvolvimento com base no conhecimento, habilidades e atitudes. Critério 6 - Pessoas
  • 43. PREMISSASAs pessoas são de fundamental importância para aInstituição e são consideradas recursos raros eintangíveis, estando nelas a capacidade de renovar e inovarprocessos. Criação e disseminação do Conhecimento Científico Critério 6 - Pessoas
  • 44. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 45. 6.1 – Sistemas de TrabalhoImplementação de processos gerenciais que contribuemdiretamente para o alto desempenho das pessoas e das equipes. No Biocor Instituto trabalhar em equipe não GESTÃO é uma opção, é uma obrigação! CORPO CLÍNICO COLABORADORES Critério 6 - Pessoas
  • 46. PESSOAS CAPACITAÇÃO / SATISFAÇÃO / AMBIENTE O BIOCOR ZELA POR SEUS PROCESSOS CONSOLIDANDO SUA CULTURA DA EXCELÊNCIA.DESDE A FUNDAÇÃO E ATRAVÉS DO CONHECIMENTO, EDUCAÇÃO CONTINUADA E ABORDAGEM SETORIAL E INDIVIDUAL VEM SENDO APRIMORADO NA BUSCA DA INTERAÇÃO COM AS PESSOAS. Critério 6 - Pessoas
  • 47. PROFISSIONAL MÉDICO  Corpo Clínico aberto, sendo o médico um prestador de serviços autônomo e importante cliente.  Profissional que atua simultaneamente, em vários estabelecimentos de saúde.  Programas, critérios e diretrizes DESAFIO:Aliança baseada em indicadores e distintos em cada instituição. metas, pressupondo comprometimento mútuo. Critério 6 - Pessoas
  • 48. GESTÃO DO CORPO CLÍNICO• O Corpo Clínico organizado e autônomo do Biocor é responsável peloprocesso de internação do paciente e pela assistência contínua nas 24horas, até sua alta.• No Biocor , a atuação do médico é de acordo com o Código de ÉticaMédica e com o Regimento Interno do Corpo Clínico que define asatribuições e responsabilidades relacionadas a: requisitos para admissãodo médico, cobertura do atendimento ao paciente (escala ) , registroscompletos no prontuário médico, educação continuada, dentre outras. Critério 6 - Pessoas
  • 49. Critério 6 - Pessoas
  • 50. COMISSÃO DE ÉTICA DE ENFERMAGEMInício: 01/08/2005Objetivos:  Conscientização das boas práticas através do estudo continuado do conhecimento, processos e técnicas do setor de enfermagem desta Instituição.  Conhecimento, entendimento e difusão do Código de Ética de Enfermagem, tornando este processo acessível a todos. Critério 6 - Pessoas
  • 51. OS CINCO PROCESSOS PRINCIPAIS INTERAGEM DIRECIONADOSPELO PROCESSO DE GESTÃO TENDO COMO OBJETIVO FINAL AREALIZAÇÃO DO PROCESSO MÉDICO. Critério 6 - Pessoas
  • 52. Desdobramento de Processos: Clientes e fornecedores internos Gestão Alta Direção e Diretoria MédicaPACIENTE PACIENTENecessidades do Necessidades do Paciente Paciente atendidas Processos médicos Critério 6 - Pessoas
  • 53. O MODELO DE LIDERANÇA E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ADOTADOSPELO BIOCOR TEM COMO BASE OS PADRÕES DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO E LEVAM A AÇÕES TAIS COMO:Diretoria Geral Exige resposta rápida para asDiretorias Médica e Administrativa demandas da gestão;AssessoriasCoordenação de setores Estimula o aprendizado organizacional;Grupos de Trabalho e Comissões Determina a ação conjunta para definir, gerir e melhorar os processos e buscas melhorias e inovações;  Reuniões de trabalho Estimula a cooperação e a diárias, semanais e mensais comunicação eficaz entre as pessoas e  Reuniões mensais dos Grupos as equipes; de Trabalho e das Comissões  Análise de Indicadores e Metas Orienta o dimensionamento do quadro de pessoal. “Trabalhar em equipe não é uma Desempenho e Inovação opção, e sim uma obrigação” Critério 6 - Pessoas
  • 54. COMUNICAÇÃO INTERNACircuito – Jornal Interno;Espaço Biocor: cartilhas e informações de apoio;Intranet;Reuniões com a Diretoria;Reuniões dos grupos de trabalho;Pesquisa de clima organizacional; Critério 6 - Pessoas
  • 55. O MANUAL DO PACIENTE É UM INSTRUMENTO DECOMUNICAÇÃO IMPORTANTE DOS DIREITOS DO PACIENTE EDAS ORIENTAÇÕES QUANTO AOS PRINCIPAIS SERVIÇOSOFERECIDOS PELO BIOCOR INSTITUTO. Critério 6 - Pessoas
  • 56. MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DO PROFISSIONAL DE SAÚDE Critério 6 - Pessoas
  • 57. Este manual de boas práticastem como objetivo contribuir naprevenção e controle daassistência a saúde epossibilitar o acesso àsinformações sobre as melhorespráticas de comunicação e asboas práticas na implantaçãodos 9 certos no Hospital Biocor. Critério 6 - Pessoas
  • 58. A boa comunicação é fundamental para a continuidade do cuidado ao paciente, pelo corpo clínico, de enfermagem e administrativoCritério 6 - Pessoas
  • 59. A conscientização, trein amento, acompanha mento das equipes de enfermagem é de fundamental importância para a segurança do pacienteCritério 6 - Pessoas
  • 60. SETOR DE RECURSOS HUMANOS, SETOR PESSOAL E CORPO CLÍNICO Planejamento de recursos humanos, condições de trabalho edesenvolvimento das pessoas. Política de gestão de pessoas com ênfase na qualidadeassistencial. Corpo técnico capacitado e dimensionado. Regimento Interno do Corpo Clínico. Processo de seleção e desligamento de pessoas. Programas com foco na qualidade de vida e saúde. Identificação das necessidades de treinamento e de programasde educação continuada, conforme necessidades identificadas. Promove e desenvolve a cultura da aprendizagem em grupo,inovações e melhoras práticas por meio dos Grupos de Trabalho. Critério 6 - Pessoas
  • 61. PRÁTICAS PARA A SELEÇÃO DE PESSOAS • Identificação e Requisição pelo Setor interessado; • Funções / Cargos padronizados na “Descrição de Cargos”; • Testes de recrutamento: − Entrevista psicológica; − Entrevista técnica; • Exames Admissionais; • Documentação comprobatória; − Qualificação; − Experiência; • Termo de compromisso, confidencialidade e responsabilidade; • Manual do Colaborador. Critério 6 - Pessoas
  • 62. MANUAL DO COLABORADOROrientações de como ofuncionário se integra àspolíticas e normas daInstituição Critério 6 - Pessoas
  • 63. INTEGRAÇÃO DAS PESSOAS - TREINAMENTO INTRODUTÓRIO Agendamento pela Biblioteca/ TREINAMENTO Ensino e Pesquisa INTRODUTÓRIO Coordenação da Médicos, Qualidade Fisioterapeutas, Informática/SAME/ especializandos Convocação pelo RH dos CEQ participantes e instrutores para o Outro, conforme cada caso treinamento Ministrantes: Recursos Humanos Coordenação da Qualidade Avaliação do treinamento - Ed.Continuada da enfermagem/CEQ Instrutores (Programa 07-02) e participantes (FSIG741/) SESMT Informática Faturamento convênios (auditoria) Outro, conforme a necessidade Figura 3- Fluxograma esquemático do treinamento introdutório Critério 6 - Pessoas
  • 64. AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO Práticas:Avaliação mensal da produtividade • Enfermagem • FarmáciaAvaliação Anual de desempenho • Conhecimento • Habilidade • AtitudeAvaliação Anual do Corpo Clínico Critério 6 - Pessoas
  • 65. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 66. 6.2 – CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTOImplementação de processos gerenciais que contribuem diretamente para acapacitação e o desenvolvimento dos membros da força de trabalho. Educação continuada da Escola de Técnicos de Educação continuada Enfermagem e do Corpo Enfermagem do Corpo Clínico Técnico-administrativo Critério 6 - Pessoas
  • 67. PROGRAMAS DE CAPACITAÇÃO E DE DESENVOLVIMENTO.A capacitação visa dotar a pessoa dosconhecimentos e habilidades necessáriospara a correta realização das tarefas sob suaresponsabilidade, ou seja, torná-la capaz, oucom competência, para realizar essasatividades. O desenvolvimento proporciona aevolução contínua da capacidade, de modo afazer com que a pessoa seja capaz deexecutar atividades cada vez maiscomplexas, proporcionando condições deevolução profissional. Critério 6 - Pessoas
  • 68. DESENVOLVIMENTO DAS LIDERANÇAS Treinamento “on the job” Visão Coaching externo: Parceria Instituto Ricardo MeloEstratégia / Objetivos do Negócio Participação em grupos de trabalho Educação continuada do corpo clínico e enfermagem – 30 Competências Organizacionais simpósios multidisciplinares por ano Participação em Competências Individuais seminários, congressos, etc. Critério 6 - Pessoas
  • 69. IDENTIFICAÇÃO DAS NECESSIDADES DE CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS. •Erros na execução da função/retrabalho;CICLO DE TREINAMENTO / CAPACITAÇÃO •Índices elevados de acidentes; •Excesso de reclamações de outros setores/clientes; •Admissão de funcionário (conforme o caso); •Mudanças de setor; •Mudanças no método de trabalho ou implantação/ revisão de novo procedimento; •Atualização e desenvolvimento profissional; •Resultado das avaliações de desempenho: a)Avaliação de desempenho no período de experiência; b) Avaliação de desempenho mensal dos colaboradores; c)Avaliação de desempenho anual. •Aquisição de novos equipamentos; •Exigência da legislação; •Pesquisa de opinião; •Solicitação do colaborador; •Aspectos e impactos ambientais significativos, riscos de saúde e segurança associados às atividades realizadas pelas pessoas; •Outros. Critério 6 - Pessoas
  • 70. O INTERCÂMBIO NACIONAL E INTERNACIONALDE CONHECIMENTO E EXPERIÊNCIAS É PARTE DA ROTINA DO BIOCOR.Mais de 350 profissionais, líderes de suas organizaçõesna Europa, Ásia, Oceania, América do Norte e AméricaLatina já visitaram a instituição, seja para: • conhecer a aplicação dos substitutos cardiovasculares aprovados pelo FDA e/ou • conhecer o Modelo de Gestão do Biocor. Critério 6 - Pessoas
  • 71. TROCA DE CONHECIMENTOO intercâmbio está presente em organizações importantes na Europa, Ásia, América do Norte e América Latina. Critério 6 - Pessoas
  • 72. AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE CAPACITAÇÃO EM RELAÇÃO AO ALCANCE DOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS E OPERACIONAIS. • Qualificação dos auxiliares de ATUAÇÃO DA DIRETORIA, Identificação de enfermagem do Biocor em ESCOLA E EQUIPE DE oportunidades de Técnicos de Enfermagem ENFERMAGEM melhoria • Planejamento das ações Aprimoramento da Equipe de Enfermagem: - Crescimento: 264% Verificação - Reconhecimento MECdos resultados - Curso de formação de • Implantação da Escola Técnicos de Enfermagem de Enfermagem • Implantação do Curso Ações para de complementação de viabilizar o Técnicos plano • Autorização da Secretaria Estadual de Educação INOVAÇÃO NA QUALIFICAÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM Critério 6 - Pessoas
  • 73. AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS CLIENTES INTERNOS Índice Global de Satisfação Clientes Internos 2008 a 2011 99.08% 99.27% 98.22%97.55% 2008 2009 2010 2011 Critério 6 - Pessoas
  • 74. PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DASPESSOAS COMO INDIVÍDUOS, CIDADÃOS E PROFISSIONAIS. Palestras motivacionais para o corpo clínico, de enfermagem e administrativo Desenvolvimento Pessoal: Parceria Instituto Ricardo Melo Programa de Educação Continuada do corpo clínico e enfermagem – 30 simpósios multidisciplinares por ano Programa de Especialização Médica e Fisioterapia Participação em seminários e congressos, nacionais e internacionais. Critério 6 - Pessoas
  • 75. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 76. 6.3 – QUALIDADE DE VIDAImplementação de processos gerenciais que contribuem diretamentepara a criação de um ambiente seguro e saudável e a obtenção do bem-estar, da satisfação e do comprometimento das pessoas. ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO EDUCAÇÃO MÉDICA E DE CONTINUADA ABERTO À COMUNIDADE FISIOTERAPIA EVENTOS DE ARTE NO PÁTIO SOCIEDADE ORIENTAÇÃO À COMUNIDADE SIMPÓSIO PUBLICAÇÕES QUALIDADE DE VIDA JORNAL BELVEDERE PUBLICAÇÕES NO CIRCUITO BIOCOR Critério 6 - Pessoas
  • 77. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS E TRATAMENTO DOS RISCOS. Critério 6 - Pessoas
  • 78. SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO - SESMT Planejamento e gerenciamento da segurança e saúde dotrabalhador. Programas de treinamento e prevenção de acidentes detrabalho Programas de prevenção e monitoramento ambiental Programas de Saúde Ocupacional Gerenciamento de coleta e destinação de Resíduos Monitoramento de Água, Óleo e Energia Prevenção de Incêndios Programas de Ações de Emergência Rádio-proteção Dedetização Critério 6 - Pessoas
  • 79. IDENTIFICAÇÃO DAS NECESSIDADES E EXPECTATIVAS DAS PESSOAS DA FORÇA DE TRABALHO. FATORES IDENTIFICADOS E AÇÕES AÇÃO INTEGRADA / SAÚDE E AMBIENTE DE BOLETIM SEGURANÇA TRABALHO INFORMATIVO RELACIONAMENTO ACADEMIA / CULTO ALIMENTAÇÃO INTERPESSOAL RELIGIOSO CAPACITAÇÃO E EDUCAÇÃO CONFORTO DESENVOLVIMENTO CONTINUADA Critério 6 - Pessoas
  • 80. QUALIDADE DE VIDAUm exemplo é o Projeto doBiocor com o InstitutoRicardo Melo que abrange Motivaçãotodos os colaboradores daInstituição e o corpo clínicocom o objetivo de aprimorar Construção do Desenvolvimentoe valorizar o fator humano, ambiente de trabalho e Pessoal Qualidade de Vidaestimulando a motivação, o Qualidadedesenvolvimento pessoal e a de Vidareflexão sobre o sentido dotrabalho e da para cada um. Valorização Novos(Iniciado em 2006) do fator Valores humano Critério 6 - Pessoas
  • 81. SAÚDE INTEGRAL DOS FUNCIONÁRIOS PRÁTICAS BIOCOR Palestras e campanhas temáticas Confraternização anual Missa semanal Treinamentos e cursos Educação Continuada Alimentação balanceada Campanhas de prevenção Arte no Pátio: valorização de talentos Espiritual artísticos Amor Reconhecimento aos 10 anos de trabalho Compaixão Esperança Comemorações de natal e de fim de ano Princípios e Valores Campanhas de vacinação(Ref,: Adaptada de Michael P. O´Donnell, 2009) Realização de exames periódicos Critério 6 - Pessoas
  • 82. MANUTENÇÃO DE CLIMA ORGANIZACIONAL FAVORÁVEL ÀCRIATIVIDADE, À INOVAÇÃO, À EXCELÊNCIA NO DESEMPENHO E AO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL. GRUPOS DE TRABALHO:melhores resultados com método eequipes integradas Critério 6 - Pessoas
  • 83. REUNIÕES MENSAIS DOS 5 GRUPOS DE TRABALHO ANÁLISE E AJUSTE DE METAS Critério 6 - Pessoas
  • 84. O BIOCOR VALORIZA A ESPECIALIZAÇÃO DO CORPO CLÍNICOAUTÔNOMO, ATUALMENTE COM 381 MÉDICOS CADASTRADOS.  Índice de médicos especialistas em cardiologia na instituição é igual a 84%, bem superior à referência nacional do Conselho Federal de Medicina* (66,5%)1.  Troca de experiências através de visitas de mais de 360 especialistas internacionais às instalações do Biocor.  Publicação de mais de 610 trabalhos médicos demonstrando também a busca pela disseminação do conhecimento científico desenvolvido na instituição.  Programa anual de Educação Continuada com 29 Simpósios abertos à comunidade.  701 protocolos médicos continuamente atualizados. *Associação Médica Brasileira: Boletim Informativo “AMB para os Médicos” – 2005 1 – SOCESP Julho/2009: 64,0% Critério 6 - Pessoas
  • 85. TRABALHAR EM EQUIPE NESTA INSTITUIÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO – É UMA OBRIGAÇÃO! A Gestão de Riscos permite atingir os objetivos com eficiência e eficácia minimizando riscos e portanto, o dano. A Gestão integrada de riscos agrega valor à sociedade, porque inclui:Consciência do que Consciência de que os Portanto a Avaliaçãosomos capazes riscos somos nós, e que Contínua dos•Capacitação através da sua •Indicadores•Educação Continuada •Identificação •De nossos clientes internos e•Trabalho em Equipe •Análise e Avaliação externos: é o caminho que •A minimização reduz o dano gera melhores resultados! CONQUISTANDO COM EFICIÊNCIA, EFICÁCIA E SEGURANÇA A CONFIANÇA DO NOSSO PACIENTE! EQUIPE BIOCOR Critério 6 - Pessoas
  • 86. TRABALHAR EM EQUIPE NESTA INSTITUIÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO – É UMA OBRIGAÇÃO! Critério 6 - Pessoas
  • 87. PROJETO AÇÃO INTEGRADAProjeto do Biocor com o Instituto Ricardo Melo queabrange todos os colaboradores da Instituição e o corpoclínico com o objetivo de aprimorar e valorizar o fatorhumano, estimulando a motivação, o desenvolvimentopessoal e a reflexão sobre o sentido do trabalho e dapara cada um. (Iniciado em 2006) Critério 6 - Pessoas
  • 88. JORNAL CIRCUITO DO BIOCORO “Jornal Circuito” contribui para orientações para sobre diversosassuntos de importância na vida voltados para a saúde, segurança eoutros como “Dengue: Equipe Biocor dá exemplo”, orientações demédicos que atuam no Biocor como: “Dor de Cabeça, um incômodocom diferentes causas” (Neurologia), “Câncer de Mama- mulheres ehomens devem ficar atentos” (Mastologia), “O Estresse nosso de cadadia”-Como combater as doenças causadas por esta reação do nossoorganismo, “Por que ir ao Oftalmologista? (Oftalmologista), HipertensãoSistêmica (Cardiologia), Tabagismo - “Conheça os benefícios deixar deFumar” Pneumologia, “Clima Seco provoca dificuldades respiratórias” –(Otorrinolaringologia). Critério 6 - Pessoas
  • 89. Agenda: Perfil da Instituição Sistema Integrado de Gestão Fundamentos e Critérios de Excelência Gestão de Pessoas – Case Biocor Instituto 6 – Pessoas 6.1 – Sistemas de Trabalho 6.2 – Capacitação e Desenvolvimento 6.3 – Qualidade de Vida Conclusão Critério 6 - Pessoas
  • 90. ATIVIDADES COORDENAÇÃO RESULTADOS DA QUALIDADE – 2012 ISO 9001, ISO14001, OHSAS 86 setores auditadas atravésAuditorias 18001 – Auditores Internos de 78 auditorias Internas Mantido o Certificado de Riscos – QSP Conformidade QSP 31000 Confirmada a adequação aos NIAHO – GL requisitos da NIAHO SIG ISO 9001, ISO14001, OHSAS Mantida a certificação do Biocor 18001 – GL Sistema Integrado de Gestão Auditorias Externas QSP 31000 – GL Mantida a certificação do SIG com foco em Riscos Melhoria Contínua Mantida a Declaração de ISO 27001 – QSP Conformidade ISO 27001 Mantida a Acreditação ONA ONA NÍVEL 3 – GL Nível 3 Renovada a Acreditação NIAHO - DNV NIAHO Critério 6 - Pessoas
  • 91. IMPLEMENTANDO AS OPORTUNIDADES DE MELHORIA Planejamento • Estabelecer as metas e indicadores de tratamento multidisciplinares no Plano de Cuidados. PLANO DE CUIDADOS DA ENFERMAGEMControle• Monitoramento do preenchimento Execução pela Enfermagem e SAME • Revisão do Plano de Cuidados incluindo as metas:• Indicadores. Proporcionar a compreensão do paciente/familiares; • Realizar o desmame de próteses ventilatórias; Estabilizar a atividade motora/ respiratória; • Proporcionar uma comunicação efetiva do paciente com o examinador (material de comunicação não verbal); • Proporcionar condições de alta pela equipe multidisciplinar; dentre outros; • Definição e preenchimento das metas. Critério 6 - Pessoas
  • 92. Melhoria ContínuaUm dos pilares do Sistema de Gestão Melhorias / Inovações Unitárias 2011 (N=638) 1000 627 430 127 100 32 16 11 11 11 11 10 1 Seção 1 Seção 2 Seção 3 Seção 4 Seção 5 Seção 6 Total Melhorias Unitárias Inovações Unitárias Consistência da Melhoria Contínua Critério 6 - Pessoas
  • 93. INDICADORES ASSISTENCIAIS Satisfação dos Pacientes 99,7%99,2% 99,4% 99,4% 99,6% 99,6% 99,5% 94,5%2006 2007 2008 2009 2010 2011 Média R.C. Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: Boletim nº 61 - PROAHSA – 1º TRIMESTRE 2011 Critério 6 - Pessoas
  • 94. INDICADORES ASSISTENCIAIS Satisfação dos Convênios 99,9%99,7% 99,9% 99,9% 99,8% 99,7% 99,8% 99,2%2006 2007 2008 2009 2010 2011 Média R.C. Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: Hospital Cruz Azul – São Paulo - SP Critério 6 - Pessoas
  • 95. INDICADORES ASSISTENCIAISSatisfação dos Pacientes com a Enfermagem99,9% 99,9% 99,9% 99,9% 99,9% 99,9% 99,9% 96,1%2006 2007 2008 2009 2010 2011 Média R.C. Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: Hospital Santa Rita – Belo Horizonte - MG Critério 6 - Pessoas
  • 96. INDICADORES ASSISTENCIAISPercentual de Cardiologistas com Título de Especialista 86,0% 86,0% 84,0% 84,0% 83,0% 79,0 81,0% % 65,5% 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Média R.C. Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: AMB – Associação Médica Brasileira Critério 6 - Pessoas
  • 97. INDICADORES ASSISTENCIAISMédia de Permanência – Alta Complexidade Dias 6,0% 5,1% 5,0% 5,1% 5,0% 5,0% 5,0% 4,9 % 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Média R.C. Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: Site do Hospital São Joaquim – Beneficência Portuguesa de São Paulo - SP Critério 6 - Pessoas
  • 98. INDICADORES ASSISTENCIAIS Tempo Porta Balão Minutos 108 70 60 60 60 58 552007 2008 2009 2010 2011 Média R.C.Biocor Média Biocor Referencial Comparativo R.C.: Observatório ANAHP – Edição 03 /2011 Critério 6 - Pessoas
  • 99. “São as Pessoas que fazem o sucesso da nossaOrganização. Máquinas não têm idéias, não resolvemproblemas, não agarram oportunidades. Somentepessoas que estejam motivadas e proativas fazem àdiferença (...). A força de trabalho dá a qualquer empresao seu verdadeiro poder competitivo” (DESSLER2003, p.11). Critério 6 - Pessoas
  • 100. CONCLUSÃOA Gestão de Pessoas é fundamental para OSUCESSO do Sistema Integrado de Gestão bemcomo para a boa Governança Corporativa visando aobtenção da melhoria contínua e dos bons resultadosnecessários à sustentabilidade da Instituição. Critério 6 - Pessoas
  • 101. O que semeamos na vida colhemos na Eternidade... Critério 6 - Pessoas
  • 102. AgradecimentosOs nossos agradecimentos especiais aos organizadores desteimportante evento, aos palestrantes e a todos os presentes. Só com a participação de todas as partes interessadas conseguiremos uma GESTÃO eficiente e eficaz! MUITO OBRIGADO! Mario Vrandecic Diretor Geral do Biocor Instituto / e-mail: biocor@biocor.com.br Critério 6 - Pessoas