Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Projeto ASK -Transformação Lean na ASK Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Projeto ASK -Transformação Lean na ASK Brasil

  • 1,372 views
Published

Projeto Transformação Lean na ASK Brasil …

Projeto Transformação Lean na ASK Brasil
I Convenção Brasileira de Lean, promoção UBQ- União Brasileira para a Qualidade - www.ubq.org.br

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,372
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
34
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. www.askgroup.it26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 1
  • 2. Plantas ASK USA/ Detroit ASK FRA/ Strasbourg ASK ALE/ Niederwinkling ASK POL/ Bielsko-Biala ASK ITA/ Montecavolo ASK ITA/ Monte San Vito ASK BRA/ Sete Lagoas ASK CHI/ Ningbo 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 2
  • 3. ASK DO BRASIL Endereço Rua João Alves Ferreira, 95 35702-079 – Sete Lagoas – MG Brasil Tel.: +55 (31) 2106 3000 Fax : +55 (31) 2106 3030 I.E.: 01.127.876/0001-66 Planta Área total: 17.000 m2 Área construida: 4.800 m2 Principais competências Produção de alto-falantes Produção de antenas e cabos de antena commercial site para a America Latina Certificações ISO / TS 16949:2002 ISO 14001:1994 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 3
  • 4. Clientes CABLELETTRA26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 4
  • 5. Produtos1. Alto-falantes Alto- Tweeters Woofers Coaxiais Subwoofers2. Amplificadores Analógico Digitais3. Antenas GPS GSM AM/FM TV e, Combinadas4. Cabos de antena 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 5
  • 6. Engenharia/ SimulaçõesAnálise Verificação de Análiseestrutural interface Mold flowPrototipaçãorápida Simulação montagem 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 6
  • 7. Transformação Lean na ASK Grupo: Transformação Nome dos Componentes: Enrico Scarlato – Gerente Geral Edgard Oliveira – Operações Júlio Teixeira – Logística Carlos Costa – Qualidade Edson Arantes/ Eduardo Galvão – Processos Alecio Rodrigues – Produto Paulo Pereira/ Rafael Pinheiro – RH Renata Melo – Compras José Roberto – Vendas Histórico do Grupo: Grupo de gestores com derivação em 17 grupos de trabalho operacional Empresa: ASK DO BRASIL 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 7
  • 8. Metodologia Lean aplicada Qualidade Percebida Qualidade, Custo e Entrega Fluxo JIT JIDOKA Reação No tempo Participação Termo certo, Na japonês que quantidade significa, certa e com qualidade. PESSOAS parar e corrigir, quando um problema ocorrer. TRABALHOS PADRONIZADOS Estabilidade 5S TPM Eventos Melhorias Redução OEE – Utilização de nos do tempo efetiva dos Melhoria Postos de de Setup equipamentos (Hoshin) trabalho 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 8
  • 9. Metodologia Lean aplicadaMês 1 – Foi a realizado de um diagnóstico geral da empresa com base nos princípios do lean nasdiversas funções da empresa para gerar uma visão atual e futura considerando os principaisdesperdícios identificados em cada uma das áreasOperações: Projeto Qualidade Percebida Fornecedores Processos Clientes CulturaEstrutura: Estrutura Pessoas Instalações Sistema de Informações Sistema da Qualidade Operações Máquinas, Ferramentas, Dispositivos e EquipamentosCultura: Qualificação do Pessoal Motivação do PessoalPessoas: Direção/ Estrutura de Liderança Políticas Praticadas na Empresa 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 9
  • 10. Metodologia Lean aplicadaIdentificação dos desperdícios na cadeia de valor:1. SOBRE PRODUÇÃO: produzir mais do que o necessário, ou antes, do necessário Causas: setup longo/ carga de trabalho desbalanceado na produção/ não confiabilidade de equipamentos2. ESPERA: tempo morto criado quando pessoas, equipamentos ou material precisam ficar esperando Causas: paradas não planejadas/ problemas de qualidade3. TRANSPORTE: excesso de movimento do material Causas: perdas de material/ problemas no layout/ fornecedores de componentes distantes/ sobre produção4. INVENTÁRIO: qualquer quantidade alem da necessidade/ requerimento do cliente Causas: produção desnivelada/ problemas de planejamento de fornecedores/ produção/ trabalho em lote5. SOBRE PROCESSAMENTO: operações que não agregam valor pago pelo cliente Causas: treinamento inadequado/ habilidades inadequadas/ excesso de controles/ excesso de informação/ contenções que se tornam parte do processo6. MOVIMENTO: excesso de movimento das pessoas ou maquinas Causas: problemas de ergonomia/ problemas de organização do posto de trabalho/ problemas de especificação de equipamento7. RETRABALHO: inspeção ou retrabalho de produto ou serviço Causas: processo incapaz/ problemas no processo/ falta de uso de poka yoke 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 10
  • 11. Metodologia Lean aplicadaEstratégia para identificação das oportunidades 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 11
  • 12. Metodologia Lean aplicadaMês 2 e 3 – Os responsáveis pelas áreas foram treinados nos princípios do Lean e após o treinamento orelatório foi apresentado e discutido em detalhes e foram abertos 17 grupos de trabalho para analisar acadeia de valor, identificar, estabelecer plano de melhorias para reduzir ou eliminar os desperdícios com oenvolvimento de toda a cadeia operacional § Análise de mercado § Desenvolvimento de Produto § Compras § Desenvolvimento de Fornecedores § Avaliação de recebimento integrado com fornecedores § Parametrização do Sistema ERP e kanban § Vendas § Layout § Identificação, Segregação e Rastreabilidade § Manutenção § ERP/ Kanban § Treinamento no sistema de ERP/ Kanban § Meios de medição § Qualificação § Revisão ISO/TS - ISO14000 § Criação de mecanismos anti-degradação § Divulgação/ Sedimentação da CulturaMês 4 e 5 – Incorporação dos subconjuntos as linhas de produção com melhoria no ciclo produtivo/redução do material em processo em 95%/ eliminação dos carrinhos de movimentação do material emprocesso/ liberação de ¼ da área do galpão industrial, integração das áreas de operações, logística,qualidade, processos e manutenção e liberação de 100 m2 na área administrativa. 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 12
  • 13. Desenvolvimento do Trabalho1. Fase de Preparação - Reconhecimento da área / Análise de dados históricos / Premissas / Recursos; • Mapeamento da cadeia de valor com coleta dos dados de desempenho e estabelecimento da situação inicial e futura2. Cumprimento do cronograma Previsto x Real (tolerância de 2 semanas); • O cronograma foi antecipado em 2 meses3. Ferramentas Lean utilizadas no projeto, foram apropriadas e aplicadas conforme contexto; • Mapeamento da cadeia de valor desde os fornecedores até os clientes (inicial e futuro) • Identificação dos dados correntes de desempenho e das metas futuras • Identificação dos desperdícios • Elaboração de plano de transformação com produção puxada desde os clientes até os fornecedores com a redução/ eliminação dos desperdícios • Elaboração de programa de melhorias integrado com a participação de todos em um grupo de 5S/ kaizen/ gestão a vista • Aplicação de poka-yoke e técnicas de TPM e manutenção preditiva, andon, balanceamento de transferência de materiais e posicionamento de layout pelo momento de massa, sistemas de cálculo de produto integrados, coleta de dados de produção integrados e muitos outros. 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 13
  • 14. Desenvolvimento do Trabalho4. Fluxo lógico da apresentação consistente; • Mapeamento preliminar da cadeia de valor com situação inicial e futura • Treinamento dos gestores • Definição dos grupos de trabalho e treinamento dos participantes do grupo • Mapeamento detalhado da cadeia de valor inicial com identificação dos desperdícios, baseado no diagnóstico e nas melhores práticas • Construção de uma visão futura com os investimentos e pay-back para cada uma das funções (PDCA) • Implementação da visão futura (PDCA) • Verificação dos objetivos (PDCA) • Ajuste para alcançar os objetivos iniciais da visão futura retornando os quatro passos anteriores até superar os objetivos iniciais (PDCA) • Medição dos resultados • Coleta de idéias • Redefinição de metas e planos de ação dentro do planejamento estratégico do negócio.5. Time de efetivação do trabalho. • Todas as pessoas da empresa coordenadas pelo grupo gestor do trabalho e dos grupos derivados com um ou mais gestores participando de cada grupo. 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 14
  • 15. ResultadosObjetivos e metas condizentes com a definição inicial: q 100% de atendimento as pedidos q 100% de eficiência q 1% de perdas totais internas relativo ao faturamentoComunicação / Envolvimento: q Todos na empresa participam de um grupo de melhoria q Todos contribuem com as melhorias q O grupo com melhor resultado é premiado com uma cesta de alimentos a ser sorteada pelos participantes do grupo q Todos os dias surgem novas sugestões de melhoria dos processos e fluxo produtivoResultados Sustentáveis: q Melhoria de eficiência em 2 a 3% ao mês q Melhoria da qualidade interna em 10% q Melhoria da qualidade de fornecedores em 20% q Redução do quadro de pessoal direto em 28% com aumento de volume produtivo de 25% q Eliminação do 3º turno de produçãoHá indícios de "Mudança de Cultura" dos funcionários participantes: q O envolvimento do pessoal q As pessoas que participam não aceitam as que não participam e as excluem do processo. 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 15
  • 16. Situação Inicial 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 16
  • 17. Situação Intermediária 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 17
  • 18. Situação Futura 26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 18
  • 19. Obrigado!26.11.2010 | Alécio Rodrigues/ Edgard Oliveira ASK Industries | All Rights Reserved | Confidential | Page 19