Poster Python Brasil [5] 2009

195 views
142 views

Published on

Poster presented of the 5th meeting of the Brazilian community python in 2009.
See: http://www.mlhim.org http://gplus.to/MLHIM and http://gplus.to/MLHIMComm for more information about semantic interoperability in healthcare.

#mlhim #semantic_interoperability #health_informatics

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
195
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Poster Python Brasil [5] 2009

  1. 1. Developing future-proof information systems in PythonToda informação é repleta de contexto. Para garantir a persistência e a interoperabilidade dainformação, é essencial manter seu contexto semântico. O atual delineamento dos sistemas deinformação não provê um ambiente de transferência do contexto para quando os dados sãotrocados entre sistemas e mesmo para manter o contexto dentro do mesmo sistema ao longo dotempo.A abordagem multi-nível para o desenvolvimento de aplicações tem ganhado reconhecimento,como a saída para a obtenção de interoperabilidade. Na área de saúde, as especificaçõesopenEHR (www.openehr.org), baseadas em quase duas décadas de pesquisa, desenvolvimentoe implementação. De fato, parte das especificações openEHR são agora padrões ISO e CEN.A Open Source Health Information Platform (OSHIP) é uma visão mais ampliada daimplementação do modelo de referência openEHR. Seu objetivo é prover um ambiente em que sepossa criar aplicações que não restrinjam seus dados em aplicações que não permitem acomunicação dos dados com outras aplicações em diferentes serviços, o que impede suautilização continuada e compartilhada.As aplicações desenvolvidas em OSHIP podem ser específicas para uma doença ou podem serProntuários Eletrônicos completos e ainda assim são interoperáveis.A idéia central é que o modelo de referência, bastante genérico, está implementado em OSHIP, eos especialistas de cada área modelam seu conhecimento em arquétipos, que são restrições aomodelo de referência. Aplicações combinam os arquétipos em templates.A OSHIP é desenvolvida em Python, Zope e Grok, e já contém a funcionalidade de um sistemade apoio à decisão (DSE) baseado em CLIPS, embalado em PyCLIPS. Com esse DSE, pode-seenviar alertas para os profissionais de saúde quando um paciente necessita de uma vacinação oude mudanças no tratamento, de acordo com a implementação dos protocolos clínicoscorrespondentes na DSE. É possível detectar precocemente casos suspeitos de doenças decausam epidemias ou doenças desconhecidas pelo paciente, com base em protocolosdiagnósticos.A área da saúde é uma dos mais promissoras para pequenas egrandes empresas de TI, dada a demanda tanto no setor privado comono público. Além disso, é uma área de pesquisa inesgotável paraestudantes de graduação e pós-graduação.Visite-nos no Open Space do Python Brasil 5 e converse pessoalmentecom o criador da OSHIP, Tim Cook, e acesse nosso site: https://launchpad.net/oship

×