Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
215
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Márcio Luiz de Carvalho Eng° Agrônomo Fazendas Reunidas Laia & Souza Estimativa de perdas baseada em observações de campo e dados climatológicos regional na Zona da Mata .
  • 2. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Balanço Hídrico segundo Thornthwaite & Mather (1955) e ETP pelo método Penman Monteith-FAO(1956). Márcio Luiz de Carvalho Eng° agrônomo CIDADE São Domingos das Dores - MG Latitude: -19°32'25" Longitude: -42°00'36" CAD (mm)  100 Altitude: 721 m ARM (mm) do ano anterior  100 Histórico: 2004 a 2013 Tempo T max. T min.T med. P ETP P-ETP NEG-AC ARM ALT ETR DEF EXC MESES oC oC oC mm Penman-Monteih- FAO mm mm mm mm mm mm Jan 29,3 19,6 24,4 191,3 127,4 63,8 0,0 100,0 0,0 127,4 0,0 63,8 Fev 30,3 19,3 24,8 109,4 121,9 -12,5 -12,5 88,3 -11,7 121,2 0,7 0,0 Mar 29,2 19,2 24,2 142,7 110,2 32,4 0,0 100,0 11,7 110,2 0,0 20,7 Abr 27,7 17,6 22,6 74,6 87,4 -12,8 -12,8 88,0 -12,0 86,6 0,8 0,0 Mai 25,5 14,4 20,0 34,3 72,5 -38,1 -50,9 60,1 -27,9 62,2 10,2 0,0 Jun 24,8 13,0 18,9 17,8 61,6 -43,8 -94,7 38,8 -21,3 39,1 22,5 0,0 Jul 25,2 12,2 18,7 9,5 70,7 -61,2 -155,9 21,0 -17,8 27,2 43,4 0,0 Ago 26,6 13,7 20,2 9,7 90,6 -80,9 -236,8 9,4 -11,7 21,3 69,2 0,0 Set 27,4 15,6 21,5 41,1 104,7 -63,6 -300,4 5,0 -4,4 45,5 59,2 0,0 Out 27,9 17,8 22,8 93,1 113,9 -20,8 -321,2 4,0 -0,9 94,0 19,9 0,0 Nov 27,3 18,6 22,9 203,0 108,5 94,5 -1,5 98,5 94,5 108,5 0,0 0,0 Dez 28,2 19,4 23,8 286,8 118,3 168,4 0,0 100,0 1,5 118,3 0,0 167,0 TOTAIS - - - 1213,2 1187,7 25,5 -1186,7 713,1 0,0 961,7 226,0 251,5 MÉDIAS 27,4 16,7 22,1 101,1 99,0 2,1 -98,9 59,4 0,0 80,1 18,8 21,0 Histórico do Balanço hídrico regional
  • 3. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza -100 -50 0 50 100 150 200 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez mm Média histórica do Balanço Hídrico Mensal DEF(-1) 2004/2013 EXC 2004/2013 Granação dos frutos Maturação dos frutos Dormência Florada ,chumbinho e expansão Histórico do Balanço hídrico regional
  • 4. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza -100 -75 -50 -25 0 25 50 75 100 125 150 175 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez mm Deficiência,Excedente,Retirada e Reposição Hídrica(2004-2013) Excedente Deficiência Retirada Reposição Granação dos frutos Maturação dos frutos Dormência Florada ,chumbinho e expansão
  • 5. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Balanço Hídrico Normal por Penman-Monteith-FAO Márcio Luiz de Carvalho Eng° agrônomo CIDADE São Domingos das Dores - MG Latitude: -19°32'25" Longitude: -42°00'36" CAD (mm)  100 Altitude: 721 m ARM (mm) do ano anterior  100 ANO 2014 MESES T max. T min. T med. P ETP P-ETP NEG-AC ARM ALT ETR DEF EXC oC oC oC mm Penman-Monteih-FAO mm mm mm mm mm mm Jan 28,3 18,3 23,3 32,6 131,3 -98,7 -98,7 37,3 -62,7 95,3 36,0 0,0 Fev 28,0 18,0 23,0 20,8 118,4 -97,6 -196,3 14,0 -23,2 44,0 74,4 0,0 Mar 26,6 18,5 22,6 160,8 98,2 62,6 -26,6 76,6 62,6 98,2 0,0 0,0 Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez TOTAIS 214,2 347,9 -133,7 -321,6 128,0 -23,4 237,6 110,3 0,0 MÉDIAS 27,6 18,3 23.0 71,4 116,0 -44,6 -107,2 42,7 -7,8 79,2 36,8 0,0 Histórico do Balanço hídrico 2014
  • 6. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza 0 20 40 60 80 100 120 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez mm Armazenamento(ARM):Máximo, Médio e Mínimo Requerido Máximo Mínimo ARM Médio 04/13 2013 2014
  • 7. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez T°C Temperatura Média anual Média 2004/2013 2013 2014
  • 8. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza -110 -70 -30 10 50 90 130 170 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez mm Deficiência,Excedente,Retirada e Reposição Hídrica em 2014 Excedente Deficiência Retirada Reposição
  • 9. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Radiação solar média anual Mês Radiação(MJ/m²) 2010 2011 2012 2013 2014 Média Janeiro 705,9 666,4 596,6 518,5 621,3 621,7 Fevereiro 612,4 629,2 672,1 500,8 532,7 589,4 Março 589,1 545,3 489,3 461,3 461,7 509,3 Abril 500,4 492,3 407,2 361,7 440,4 Maio 449,5 465,7 355,3 350,0 405,1 Junho 431,0 416,5 310,8 296,4 363,7 Julho 448,0 417,5 371,1 349,6 396,6 Agosto 564,2 562,7 394,9 427,3 487,3 Setembro 601,8 591,3 496,2 432,6 530,5 Outubro 584,7 546,3 597,1 434,4 540,6 Novembro 556,6 551,4 416,5 475,5 500,0 Dezembro 660,8 590,9 636,5 514,4 600,7 Média 558,7 539,6 478,6 426,9 538,6 508,5
  • 10. Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza 250 300 350 400 450 500 550 600 650 700 750 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez RadiaçãoSolar(MJ/m²) Radiação Solar média Anual(MJ/m²) Radiação Média 2010 2014 Granação dos frutos Maturação dos frutos Dormência Florada ,chumbinho e expansão
  • 11. 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2009 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Temperatura(°C) Granação dos frutos 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2010 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Temperatura(°C) Decréscimo da safra em relação a previsão -31,7% Granação dos frutos Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Acréscimo da safra em relação a previsão +10,3% Climatologia para os três primeiros meses do ano 2009 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 28,8 19,6 24,2 260,5 Fev 29,7 20,1 24,9 125,5 Mar 29,3 19,9 24,6 240,0 Med 27,3 17,5 24,6 626,0 2010 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 31,8 20,1 25,9 24,0 Fev 32,1 20,3 26,2 40,0 Mar 30,6 19,7 25,1 210,5 Med 31,5 20,0 25,8 274,5
  • 12. 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2012 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Granação dos frutos Temperatura(°C) 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2011 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Temperatura(°C) Granação dos frutos Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Decrescimo da safra em relação a previsão -3,0 Acréscimo da safra em relação a previsão +15,2% Climatologia para os três primeiros meses do ano 2011 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 30,2 19,7 25,0 141,0 Fev 32,1 19,7 25,9 84,3 Mar 28,7 19,3 24,0 284,0 Med 30,3 19,6 25,0 509,3 2012 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 30,2 18,8 24,5 220,3 Fev 32,1 17,8 25,0 24,0 Mar 30,3 17,7 24,0 60,5 Med 30,9 18,1 24,5 304,8
  • 13. 2014 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 28,3 18,3 23,3 32,6 Fev 28,0 18,0 23,0 20,8 Mar 26,6 18,5 22,6 160,8 Med 27,6 18,2 22,9 214,2 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2014 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Temperatura(°C) Granação dos frutos Temperatura(°C) Granação dos frutos 2013 Temperatura Chuva Max Min Med mm Jan 28,2 19,5 23,8 194,2 Fev 28,6 18,6 23,6 65,6 Mar 27,7 19,4 23,5 90,2 Med 28,1 19,1 23,6 350,0 15,0 17,0 19,0 21,0 23,0 25,0 27,0 29,0 31,0 33,0 0 50 100 150 200 250 300 Jan Fev Mar Precipitação(mm) Temperatura Maxima,Mínima e Precipitação ano de 2013 Precipitação Temperatura Maxima Temperatura Mínima Temperatura(°C) Granação dos frutos Temperatura(°C) Granação dos frutos Fonte: Estação meteorológica das Fazendas Reunidas Laia & Souza Acréscimo da safra em relação a previsão +7,8% Climatologia para os três primeiros meses do ano Perda estimada da safra em relação a previsão -20 a 25%
  • 14. Observações e Conclusões: Em fevereiro o armazenamento de água no solo chegou a 14 mm,sendo que as precipitações foram de 32,6 e 20,8 mm em Jan. e Fev. respectivamente,ocasionando um déficit de 110,3 mm no período. As temperaturas médias nos meses de Jan. e Fev. foram de 23,1°C,sendo que a média histórica de 10 anos para o mesmo período é de 24,6°C,ou seja,1,5°C abaixo da média. Houve uma precipitação de 82,8 mm com reposição hídrica de 76,3 mm no início do mês de Março,fazendo com que o armazenamento de água no solo ficasse superior a 60 mm. Pelos dados históricos,no ano de 2010 as perdas foram de 31,7% devido ao forte veranico ocorrido em Jan. e Fev. aliado as altas temperaturas no período que foi de 26,1°C na média,sendo que as máximas foram de 31,9°C ocasionando forte escaldadura das folhas e queima de frutos.Em lavouras irrigadas as perdas foram de 15%. Além da temperatura média alta(26,1°C)um outro grande motivo da quebra acentuada em 2010 e que contribuiu muito na escaldadura foliar e queima de frutos,foi a elevada Radiação Solar ocorrida durante os meses de Jan. e Fev. que chegou a um total de 1318,3 MJ/m²,sendo que a média para o período é de 1211,2 MJ/m². Em 2012 houve um veranico mais tardio(Fev. e Mar.),com temperatura média no período de 24,0°C,ocasionando perda de 3% da safra prevista.
  • 15. Observações e Conclusões: Agora em 2014 temos novamente um forte veranico em Jan. e Fev.,porém com temperaturas mais amenas,na ordem de 23,1°C e radiação solar 1154,0 MJ/m²,ligeiramente inferior na média para o período. Com relação as avaliações de campo,nota-se plantas com baixo crescimento vegetativo,folhas com escaldadura e frutos chochos na ordem 22,0%,sendo que em lavouras irrigadas esta percentagem está por volta de 8,0%. Diferentemente de 2010 onde as perdas chegaram a 31,7% devido as altas temperaturas ocorridas nos meses de Janeiro e Fevereiro que foi de 26,1°C na média e precipitação de 64,0 mm,o veranico ocorrido este ano foi mais ameno com relação as temperaturas médias registradas,que foi da ordem de 23,1°C e precipitação de 53,4 mm,isso contribuiu para que o cafeeiro não sofresse tanto quanto 2010 o efeito de escaldadura,sendo estimada uma perda de 20% para esta safra. Pelos dados apresentados ocorrem perdas maiores em anos com veranico concentrado nos meses de Janeiro e fevereiro aliado as altas temperaturas e Radiação solar(caso de 2010).Em anos com Janeiro chuvoso e veranico em fevereiro e Março as perdas são menores(caso de 2012). Diante dos fatos e opiniões de produtores e Técnicos a perda estimada é de 20 a 25% para esta safra de 2014,já para a safra de 2015 como o índice de crescimento das plantas foi prejudicado e com menor número de internódios no período,estima-se perdas de 10%.
  • 16. Márcio Luiz de Carvalho Eng° Agrônomo Fazendas Reunidas Laia & Souza ml.carvalho@hotmail.com