Decotes matiello

506 views
470 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
506
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Decotes matiello

  1. 1. DECOTES SUCESSIVOS VÃO BEM NOS CAFEZAIS DA BAHIAJ.B. Matiello, Eng Agr Mapa-Fundação Procafé O decote é um tipo de poda no qual se corta a parte superior dos cafeeiros, normalmente deixando-os comaltura entre 1,5 e 2,0 m, visando reduzir o porte das plantas e, paralelamente, promover maior crescimento daramagem lateral das plantas, em sua parte baixa. Com uma condução adequada da brotação, que sai na parte superior,o que se orienta sem desbrota, pode-se, ainda, aumentar a área produtiva do cafeeiro. O decote é indicado, usualmente, nos casos de cafeeiros ainda sem perda significativa dos ramos laterais dasaia, para prevenir o fechamento precoce da lavoura. A poda pode, ainda, ser recomendada visando reduzir a alturadas plantas, para facilitar o manejo dos tratos e a colheita. Nas áreas com déficit hídrico, temos observado que a redução do porte das plantas, via decote, re-equilibrasua parte aérea com o sistema radicular e, assim, os cafeeiros passam a ter um melhor suprimento de água, ficandomenos prejudicados por estiagens. Em regiões como na Chapada Diamantina, na Bahia, onde as altitudes elevadas e a umidade de neblinascondicionam um ambiente favorável ao ataque de Phoma, temos visto que o decote, reduzindo a altura das plantas,promove um micro-clima menos sombrio e menos úmido dentro da lavoura, facilitando o controle dessa doença. Como se conhece, a condução das plantas decotadas, sem desbrota, é o melhor sistema para obter maiorprodutividade em seguida. Com isso, as plantas voltam a crescer e um novo decote vai ser feito, para, novamente,reduzir a altura das plantas, ao mesmo tempo em que, agora o corte feito logo abaixo do anterior, para elimina oexcesso de brotação que cresceu no topo das plantas. Surge, então, o sistema de decotes sucessivos. Em algumas fazendas que aplicam os decotes sucessivos na região de Chapada da Bahia, temos visto que ociclo ideal dessa poda, na variedade Catuai, mais plantada na região, tem sido um decote a cada quatro anos. Noprimeiro ano do decote a safra é baixa, restrita à parte baixa do cafeeiro. No 2º ano a safra vem muito alta e a plantase esgota, dando uma safra baixa no 3º ano. No 4º ano vem novamente uma boa safra e ai aplicamos a poda de decote,reiniciando o ciclo. Plantas decotadas, após safra alta, se recuperam, na Faz.Vista Bela, em Bonito- BA, com detalhe da brotação, conduzida sem desbrota, na parte alta do cafeeiro. Fundação Procafé Alameda do Café, 1000 – Varginha, MG – CEP: 37026-400 35 – 3214 1411 www.fundacaoprocafe.com.br
  2. 2. No 2º ano, a planta cresce e produz muito. O responsável pela condução do campomostra a altura onde houve o decote no ano anterior.Curioso é ver que até a parte suberificada dos ramos laterais, na parte baixa das plantas,de crescimentos de anos anteriores, volta a apresentar gemas florais e frutificação, porestímulo do decote. Fundação Procafé Alameda do Café, 1000 – Varginha, MG – CEP: 37026-400 35 – 3214 1411 www.fundacaoprocafe.com.br

×