• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Partograma
 

Partograma

on

  • 18,218 views

 

Statistics

Views

Total Views
18,218
Views on SlideShare
18,215
Embed Views
3

Actions

Likes
1
Downloads
336
Comments
0

2 Embeds 3

http://humanizacaodoparto1.blogspot.com 2
http://www.humanizacaodoparto1.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Partograma Partograma Presentation Transcript

    • Partograma Profa. Carla Vitola Gonçalves Faculdade de Medicina Universidade Federal do Rio Grande Curso de Capacitação “ Atendimento a Gestante e Humanização do Parto”
    • Partograma
      • Partograma – representação gráfica do trabalho de parto (TP)
          • Seu uso melhora a qualidade da assistência ao parto, permitindo corrigir precocemente os partos disfuncionais.
    • Partograma
          • OMS – estudo multicêntrico (Indonésia, Tailândia, Malásia)
          • Eficaz e de baixo custo
          • Redução TP > 18h (50%)
          • Redução taxa cesáreas (5,2% para 3,7%)
          • Redução hemorragia pós-parto
          • Redução rotura uterina
    • Partograma
        • Descrito por Friedman em 1954
        • Aperfeiçoado por Philpott em 1972
          • Linha de alerta – melhor observação médica
          • Linha de ação – intervenção médica
    • Partograma
      • A abertura do partograma deve ocorrer na fase ativa do trabalho de parto
      • Em caso de duvida realizar 2 toques com intervalo de 1h, se a dilatação for de 1cm/h iniciar partograma
    • Partograma
      • BCF – 30/30 min
      • Membranas e liquido aminiótico
        • BI – bolsa integra
        • BRA – Bolsa rota artificial
        • BRE – Bolsa rota espontânea
        • Bossa – 0, +/++++
        • LCCG – líquido claro com grumos
        • LCSG – líquido claro sem grumos
        • MEC – mecônio (+/++++)
        • LS – líquido sanguinolento
    • Partograma
      • A dilatação cervical é marcada no ponto correspondente no gráfico com um ▲e ou X
        • Linha de alerta – traçada na hora seguinte
        • Linha de ação – traçada 4h após a linha de alerta
      • Dinamica – 30/30 min
        • Frequência
        • Intensidade
      Partograma
    • Parto funcional
      • A curva da dilatação se mantém a esquerda da Linha de alerta ou com discreto desvio a direita
        • Primiparas
        • Período de dilatação pode durar até 12 horas
        • Multípara
        • Período de dilatação pode durar até 7 horas
    • Parto funcional
    • Parto disfuncional
      • A curva da dilatação se mantém a direita da Linha de alerta
        • Fase prolongada da dilatação e da descida: tem como causa a contração uterina insuficiente
        • Parada secundária da dilatação e da descida: há bloqueio no canal de parto
    • Parto disfuncional
      • Fase ativa prolongada – dilatação < que 1,0 cm/h ou a dilatação passa 2h a direita da linha de alerta
    • Parto disfuncional Fase ativa prolongada
    • Parto disfuncional
      • Manejo ativo
        • Toques vaginais a cada hora nas primeiras três horas, e a cada 2 horas no período subseqüente
        • 1º toque feito 1 hora após a admissão, se dilatação não progrediu 1cm, realizar amniotomia. A amniotomia reduz a duração do TP em 1 a 2 horas, reduz a chance de Apgar abaixo de 7 no 5º minuto e reduz a necessidade de ocitocina
        • 2º toque feito 1 hora após amniotomia: se não houver progressão de pelo menos 1 cm, iniciar com uso de ocitocina
    • Período pélvico prolongado BRE Parto disfuncional
    • Período pélvico prolongado
    • Parto disfuncional
      • Parada secundária da dilatação
        • diagnosticada por apresentar a mesma dilatação cervical em dois toques sucessivos, com intervalo de 2 horas ou mais, em fase ativa do trabalho de parto, ultrapassa a linha de alerta e, por vezes, a linha de ação
    • Parto disfuncional DCP Parada secundária da dilatação
    • Parada secundária da dilatação
    • Parada secundária da descida DCP Parto disfuncional
    • Parada secundária da descida
    • Parto Taquitócico Duração<3h Parto disfuncional
    • Referências
      • Martins-Costa SH, Ramos JGL, Brietzke E. Assistência ao Trabalho de Parto. Projeto Diretrizes. Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina , 2001.
      • Brasil. Ministério da Saúde. Parto, aborto e puerpério: assistência humanizada à mulher. Brasília, 2001.
      • Camano L, Souza E. Assistência ao Parto e Tocurgia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia , 2002.