Your SlideShare is downloading. ×
Dia Mundial Poesia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Dia Mundial Poesia

756
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
756
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Escola Profissional Infante D. Henrique
    DIA
    MUNDIAL
    DA
    19 de Março de 2010
  • 2. Os Poetas da EPIDH…
  • 3. … dedicam a sua poesia e o seu amor a todos os pais!
  • 4. Que os deuses os guiem
    e as musas os inspirem…
  • 5. FEBO
    Deus romano da poesia,
    correspondente a Apolo
    APOLO
    Deus grego da
    poesia, da música e da
    beleza masculina
  • 6. ÉRATO
    Musa grega da
    poesia lírica
    CALÍOPE
    Musa grega da
    poesia épica
  • 7. O maiscalmo dos céus
    O mais calmo dos céus
    E a brisa mais serena
    Não inquietaram os meus
    Nem moveram uma pena.
    Veio da terra calma,
    De um solo fértil mas fraco,
    Tremeu toda a alma,
    Não ficou uma semente de Baco.
    A pobreza e a humildade imperam,
    O desespero e a agonia também.
    Os olhos do mundo atentos
    Aos que vivem em tormentos.
    Erguer é esperança,
    Voltar exige dedicação.
    Não nos envolveremos em matança,
    Teremos que apelar à razão!
    Um novo mundo irá abrir
    Portas para quem nunca quiser partir.
    Em homenagem às vítimas do terramoto no Haiti
    Diogo Basílio, nº6, 3ºTRRB
  • 8. As Palavras Que Nunca Vos Direi
    Ando muito triste
    Mas tenho que disfarçar.
    Ando muito triste
    Com o que se está a passar.
    Gostava que se interessassem
    Mais em saber de mim,
    Que um esforço fizessem
    Mas não.
    Enfim…
    Porquê não mostrar interesse?
    Porquê não prestar atenção?
    É que um dia como esse
    Traria alegria ao coração.
    Tudo era diferente,
    Porque é que agora é assim?
    Encarem-me de frente,
    Expliquem-me “tintim por tintim”.
    Percebam o que quero dizer
    Quando falo por meias palavras.
    O que é que tenho que fazer?
    Usar palavras caras?
    Eu reconheço e sei,
    Sei que sou reservada,
    Acreditem que tentei
    Mas à conversa não sou dada.
  • 9. As Palavras Que Nunca Vos Direi(continuação)
    Não tenho o à-vontade
    Que sei que podia ter
    Mas digo de verdade
    Que vos adoro a valer.
    Carla Almeida, nº 5, 3ºTRRB
    Tenho pena de tudo isto,
    Pena que seja assim
    Mas há sempre um imprevisto
    Quando se trata de mim.
    Mais uma reunião,
    Mais uma mentira.
    Outra desilusão
    Numa tarde perdida.
  • 10. Vida…
    Será que a vida é justa?
    Toda a gente quer saber.
    Por muitas vezes curta,
    Só quero saber viver…
    Sinto-me sozinha
    Mesmo estando acompanhada.
    Será o fim de uma linha
    Ou o início de uma encruzilhada?
    Sinto o vazio no meu peito
    Mas sei que o amor é perfeito.
    Às vezes, porém, onde anda
    Que tantas vidas abranda…
  • 11. Vida…(continuação)
    Será que posso viver sem ti?
    Não, eu não posso.
    Posso tentar fugir?
    Não, eu não consigo.
    Faço tudo para te ver sorrir
    E nunca te perder.
    Por vezes tento dormir
    Para asolidão esquecer.
    E vou vaguear por esta vida
    À procura de um destino
    Que me faça feliz
    E me ensine o caminho.
    se tu estiveres presente
    E Vou amar-te para sempre
    E aí nem vou adormecer
    Só para não te esquecer.
    Andrea Cerca, nº3, 1ºTRCP-B
  • 12. Água e Ar
    Nasce de uma nascenteA leve água pura.É bebida com amorE há para todas as doenças a cura.O ar é tudo.O ar é a vida!É tudo o que é para amar,Ai, que bom o poder respirar!Com a Água e o Ar,Temos a maravilhosa Natureza.As árvores, as flores, os animais…Elementos que se querem ver mais.Água e Ar.Estão sempre na minha mente,Para no futuroOs ter para sempre.Diogo Peixe, nº5,1ºTRRB
  • 13. A noite cai
    A noite cai,
    O céu escurece.
    Dou por mim a imaginar
    Como será o amanhã.
    Todos os nossos dias
    São novos e únicos
    Por mais simples que sejam!
    Penso se irei sorrir, chorar,
    Estar alegre ou triste!
    Penso se viverei intensamente…
    Ou talvez monotonamente!
    Penso se encontrarei alguém
    Que me cative,
    Que me surpreenda!
    Vivo um dia de cada vez,
    Sempre com cautela e esperança
    No amanhã…
    Vânia Silva, nº17,1ºTRA
  • 14. Mar, Céu e Estrelas
    No teu olhar consigo ver
    O mar, o céu, as estrelas.
    Parece até que consigo
    Navegar no brilho do teu olhar.
    Gostava de poder nadar
    No mar dos teus olhos,
    Voar pelo teu céu
    E alcançar as tuas estrelas!
    Adoro-te!
    Vânia Silva, 1ºTRA
  • 15. Pai
    Tantas ideias sobre ti
    Que nem sei como começar.
    És alguém que me ajuda,
    Alguém em quem posso confiar.
    Terei o teu apoio e carinho
    Mesmo quando o não merecer,
    Sei que estarás do meu lado
    Quando mais ninguém estiver.
    Apesar de discussões e atritos,
    Orgulho-me de viver contigo debaixo do mesmo tecto.
    Apesar de não o mostrar,
    É em ti que procuro afecto.
    Sei como te compreender
    Mas não sei como lidar contigo.
    Neste dia, quero que saibas que me lembrei
    De que antes de seres meu pai, és um grande amigo!
    Hugo Basílio, nº10, 1ºTRCP-B
  • 16. A Solidão na União
    Nascemos para estarmos unidos,
    Para aprendermos com os erros de cada um.
    Porque não temos os mesmos sentidos?
    Porque vivo só nesta união?
    Vivo só por pensar diferente,
    Por não ser cego, longe da ilusão.
    Penso alto para melhorar futuramente
    E para acabar com a solidão.
    Há gente que não se dá ao trabalho
    De ser único e o próximo ajudar.
    E como sou único, sou apenas espantalho
    Dum sonhar que assim não irá chegar.
    Só vivo, só cresço,
    Sou pensamento de ilusão!...
    David Magalhães, nº3, 2ºTRCP-A
  • 17. Onde quer que estejas,
    O que quer que queiras,
    Diz-me se é este
    O mundo que desejas?
    Onde tu me beijas,
    Já muitas me beijaram,
    Mas nem todas
    Me marcaram.
    Pirilampo, não percebes,
    Mas iluminas
    E enfeitiças, felizmente,
    A minha vida!
    A ti me juntei,
    Pois com a tua
    Beleza me enfeiticei,
    Contigo tudo concretizei.
    No fim do percurso,
    Contigo morrerei.
    Vida efémera
    Henrique Borges,nº8, 2ºTRCP-A
  • 18. Amor…oh! O amor…
    Amor…oh! O amor…
    Verdadeiro
    Só um existe,
    Só um se sente profundamente,
    Só um existe
    Em toda a vida.
    Amor…amor…
    Esse sentimento belo
    Não, não…sublime, intenso.
    Sem ele nada faria sentido,
    Sem ele nada teria graça
    Não saberia viver
    Sem…o amor…
    José Faria, nº9, 2ºTRCP-A
  • 19. Em busca de…
    Por mais que tente ser perfeito,
    A minha dúvida é maior.
    Quero arrancar o coração do meu peito
    E dar-to com muito primor!
    Contribuir para a tua felicidade,
    Tornar-te cada vez maior.
    Diz-me se tenho capacidade
    Para te mostrar todo o meu amor.
    Quero ser o teu porto de abrigo
    Onde podes chorar
    Pois sou mais do que um amigo,
    Sou aquele que sempre te há-de amar!
    Carlos Maia, nº4, 2ºTRCP-B
  • 20. Longe de ti
    Como uma árvore sem folhas,
    Estou eu sem ti.
    Como uma chegada da Primavera,
    Espero eu por ti.
    Nesta noite,
    Sem uma pequena luz no céu,
    Lembro-me de ti.
    Um amor assim,
    Só a Lua e o Sol
    Que nunca se encontram!
    Espero por ti,
    A esperança não me cansa!
    O mundo para mim és tu.
    Agora como um milagre,
    Tenho no meu coração
    Apenas a esperança.
    Tânia Pinto, nº14, 2ºTRCP-B
  • 21. Um muito obrigado…
    Tenho que vos agradecer
    Mas não com um simples obrigado!
    Não sei como fazer,
    Por palavras é complicado!
    Passei noites sem dormir,
    À procura de palavras certas
    E senti-me glorificado
    Como um marinheiro das descobertas.
    Talvez as tenha encontrado,
    São vocês que me vão dizer.
    Por isso vos recordo:
    Pais, amo-vos e não vos quero perder!
    É um simples poema,
    Eu sei bem que sim,
    Mas é com todo o coração,
    Vocês são tudo para mim!
    Tiago Ramos, nº15, 2ºTRCP-B
  • 22. Só tu
    Apenas um “amo-te”,
    Apenas um desejo de te querer,
    Nada é por mero acaso,
    Nada é por simples magia.
    Querer seria poder,
    Amar e ser amado
    É assim, um sonho
    Como toda a gente tem.
    Viver para morrer
    Amar para sonhar
    Sonhar para viver e amar.
    Mas nunca morrer.
    Só tu, puramente tu,
    Me fazes viver
    Nunca morrer.
    A vida és tu,
    Só tu,, puro amor.
    José Sá, nº11,1ºTOE
    O brilho no teu olhar,
    Aqueles abraços,
    Aqueles beijos,
    Estarei a sonhar?
    Todo o bem feito,
    Toda a maldade ultrapassada,
    Apenas a felicidade
    Será ilusão?
    Ou, por outras palavras, alguma paixão?
    Será para sempre?
    Nada se sabe, apenas
    Que toda a imaginação está guardada
    Queria morrer, mas não posso.
    Queria fugir, mas não consigo.
    Sempre que te tenho comigo
    É assim!
  • 23. Sonhar e Mudar
    Vou sonhar em mudar
    Sonhar e sorrir
    Quero muito mudar
    Mas nunca cair.
    Ajuda-me a mudar,
    Ajuda-me a viver,
    Ajuda-me a ganhar,
    Ajuda-me a não sofrer.
    José Sá, nº11,1ºTOE
    Sonhar em mudar
    Mudar para bem
    Tentar melhorar
    O que se tem.
    Com o tempo iremos mudar
    Mas para sempre lembrar
    Do que não mudou
    E para sempre nos marcou.
  • 24. Amizade, a amizade…
    Amizade, a amizade…
    É essencial à vida.
    O que seria de nós sem amigos,
    Amigos verdadeiros!
    E o que são amigos verdadeiros?
    São aqueles que criticam
    pelo bem e pelo mal que fazemos,
    São aqueles que nos ajudam
    Nos momentos bons e maus,
    São aqueles que não nos largam
    Quando mais precisamos.
    É mais um sentimento
    Também ele intenso!
    José Faria, nº9, 2TRCP-A
  • 25. Olhar para o céu
    Olhar para o céu
    E ouvir o mar
    Com um sorriso de encantar,
    Este mundo a girar.
    O tempo que aí vem
    Ninguém sabe ao que vem.
    Andar para a frente, sem parar
    E não pensar em voltar.
    Os tempos mudarão,
    Mas os sentimentos não
    Pois o eterno amor,
    Esse, tem sempre valor!
    Samuel Oliveira, nº16, 2ºTRCP-A