Your SlideShare is downloading. ×
0
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Dimensionamento são joão 2008 luciana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Dimensionamento são joão 2008 luciana

349

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
349
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Turismo Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia Eventos Juninos Junho - 2008
  • 2. Governo do Estado da Bahia Jaques Wagner Governador Secretaria de Turismo – SETUR Domingos Leonelli Neto Secretário Diretoria de Planejamento, Estudos Econômicos e Comunicação Clarissa Amaral Diretora
  • 3.  Equipe Técnica Aldenair Pugas Luiz Fernando Macedo Costa  Estagiário de Estatística Rodrigo da Cruz Lopes  Pesquisadores Ana Cristina de Sá Ana Paula Conceição Andréia Brandão Corina Cingolani Gilmara Jabar Inácio Neto João Fontoura Sérgio Franco Tânia Feitosa
  • 4. Apresentação A pesquisa Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia – Eventos juninos, realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) tem o objetivo de caracterizar e dimensionar o turismo na Bahia durante as festas de São João, identificando o perfil sócio-econômico dos visitantes, informações sobre a viagem, além das opiniões e avaliações dos municípios e dos eventos. Nesta etapa, foram realizados dois tipos de pesquisas para os eventos juninos: a de Contagem de Fluxo Turístico e a de Perfil do turista de festas juninas.  
  • 5. Pesquisa de Contagem de Fluxo Turístico Período pesquisado: 22 e 25 de junho de 2008 Universo pesquisado: 21 localidades (Salvador, Porto Seguro, Ilhéus, Lençóis, Senhor do Bonfim, Barreiras, Jequié, Paulo Afonso, Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus, Mucugê, Euclides da Cunha, Cachoeira, Serrinha, Macaúbas, Entre Rios, Amargosa, Piritiba, Barra, Maragojipe e Ibicuí).
  • 6. Principais Resultados Fluxo total de turistas: 90.628 dos quais 65.615, equivalente a 67 %, tiveram como motivação da viagem as festas juninas. No total de localidades pesquisadas, observa-se que o fluxo de turistas em Salvador, Porto Seguro e Ilhéus não são destinações que têm apelo de Festas Juninas, tanto que em todas elas a motivação da festa não ultrapassa 25%. Já nas demais cidades, afora Barreiras, a motivação da festa chega a 70%. Em Jequié, por exemplo, 100% dos entrevistados tiveram o evento junino como motivador da viagem.
  • 7. Pesquisa de Turismo Receptivo (Perfil do Turista) Período pesquisado: 22 e 25 de junho de 2008 Universo pesquisado: 21 localidades (Salvador, Porto Seguro, Ilhéus, Lençóis, Senhor do Bonfim, Barreiras, Jequié, Paulo Afonso, Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus, Mucugê, Euclides da Cunha, Cachoeira, Serrinha, Macaúbas, Entre Rios, Amargosa, Piritiba, Barra, Maragojipe e Ibicuí). Número de entrevistas: 4.569 entrevistas
  • 8. Principais Resultados O próprio estado da Bahia é o maior emissor de turistas domésticos durante esse período, com 77,2% do total. 22,8% dos turistas são de outros estados. Dos turistas provenientes da região nordeste, foi registrado o percentual de 84,9% do total (aqui incluídos o da Bahia). Salvador foi a principal cidade emissora, com 42,6% dos turistas domésticos.  
  • 9. Mas observou-se também incidência relativamente alta de turistas de: - São Paulo (5,2%) - Pernambuco (2,7%) - Sergipe (2,7%) - Rio de Janeiro (2,4%) - Minas Gerais (2,3%) Dos turistas estrangeiros, os Estados Unidos se destaca como principal emissor, com 23% do total.
  • 10. Salvador e Lençóis foram os municípios que receberam maior variedade de turistas estrangeiros, com, respectivamente, 11 e nove países diferentes. 40% dos turistas internacionais chegaram por Salvador, 27% por São Paulo, 10% pelo Rio de Janeiro e igual percentual por Porto Seguro. O gasto médio per capta efetivado pelos turistas que visitaram as cidades por causa dos eventos juninos foi de R$ 229,91, sendo distribuídos entre diversão (37,1%), alimentação (23,9%), hospedagem (15,4%), compras (14,7%), transporte local (6,5%) e outros (2,5%). Observou-se que 57,3% dos turistas já haviam participado do evento. Trata-se de um dado positivo, pois indica a satisfação do turista.
  • 11. 86,9% dos turistas tiveram suas expectativas atendidas ou superadas. 82% disseram que retornariam aos eventos e 90% recomendariam o evento para outras pessoas. 88% avaliou positivamente itens como: decoração, espaço, qualidade do som, iluminação, organização e animação) 94,3% avaliou como bom e muito bom: atrações musicais tradicionais, atrações musicais eletrônicas, barracas de comida, concurso de quadrilhas, programação religiosa, trio de forró e show de espada) No geral, a infraestrutura turística dos municípios foi bem avaliada. A exceção foram os banheiros públicos, mal avaliados por 51% dos turistas. 70% dos entrevistados disseram preferir o São João ao Carnaval.
  • 12. Perfil dos Entrevistados Gênero: predominância do sexo masculino (52,7%). Em Cachoeira houve predominância do gênero feminino (62,8%). Faixa etária: Observa-se a predominância do público jovem, com idades entre 16 a 31 anos (60%). Grau de instrução: A maior parte dos turistas possui nível médio completo (56,4%) ou superior completo (29,9%). Ocupação: Estudantes (19,2%), comerciários (13%) e funcionários públicos (13%).

×