[PT] trendwatching.com’s TRENDS: REFRESHED

1,357 views
1,210 views

Published on

Os observadores de tendências – incluindo nós mesmos – são obcecados por novidades. Mas nossos leitores sempre nos perguntam o que aconteceu com tendências apresentadas no passado, e é claro que nós acompanhamos isso bem de perto. E é por isso que, neste mês, damos uma olhada em cinco tendências passadas*, inclusive uma de 2009 (ufa!): os desenvolvimentos, a situação atual e as diversas oportunidades de inovação que elas continuarão a oferecer (para aqueles que ainda precisam de sua dose de NEWISM ;)

Published in: Business
0 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,357
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
78
Comments
0
Likes
9
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

[PT] trendwatching.com’s TRENDS: REFRESHED

  1. 1. TENDÊNCIASRELOADEDLembra dessas 5 tendências? Elas continuam dando o que falar.Trend Briefing Julho / Agosto 2013trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed
  2. 2. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 2Os observadores de tendências – incluindo nós mesmos – sãoobcecados por novidades. Mas nossos leitores sempre nosperguntam o que aconteceu com tendências apresentadasno passado, e é claro que nós acompanhamos isso bem deperto. E é por isso que, neste mês, damos uma olhada emcinco tendências passadas*, inclusive uma de 2009 (ufa!): osdesenvolvimentos, a situação atual e as diversas oportunidadesde inovação que elas continuarão a oferecer (para aqueles queainda precisam de sua dose de NEWISM ;)* Esta foi uma seleção aleatória. Poderíamos ter escolhido quase qualquer uma das nossastendências passadas para este relatório (com a provável exceção de ‘JINGLE CASTING’ [DIFUSÃODE JINGLES] ;-), porque tendências fortes – que estão enraizadas em necessidades, gostose desejos profundos do consumidor – não desaparecem simplesmente nem deixam de serrelevantes ao serem absorvidas pelo mainstream. Elas continuam a evoluir, rendem subtendências,combinam-se com outras para formar tendências híbridas e assim por diante...1. SELLSUMERS »Será que vai sobrar algum consumidor que NÃOganhe um dinheirinho por fora?2. MATURIALISM »O mundo lá fora é cru, transparente e maduro:está na hora de as marcas crescerem oudesistirem.3. POINT & KNOW »Prepare-se para um mundo PÓS-POINT &KNOW.4. ECO-SUPERIOR »Por que só o “carbono neutro” não vai maiscolar.5. MADE FOR BRIC »E, agora, vamos tratar de MADE FOR N11.
  3. 3. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 31. SELLSUMERS |“Seja vendendo seus insights a empresas,fornecendo opiniões criativas a outrosconsumidores ou alugando coisas que nãousa, os consumidores vão, cada vez mais,transformar-se em SELLSUMERS. Possívelgraças à grande democratização da demanda eoferta proporcionada pela internet (que ganhouainda mais impulso com a recessão global, quedeixou os consumidores com dinheiro contado),o fenômeno dos SELLSUMERS é mais umamanifestação da megatendência da ‘participaçãodo consumidor’.”Esta é hoje uma tendência que se tornou total e completamente mainstream,com toda uma variedade de plataformas que atendem a todos os aspectos dasempre crescente economia SELLSUMER, de apartamentos a carros, passandopor comida e muito mais. E, desde 2009, com a explosão de tudo que é móvel esocial, a (re)venda dos bens ou do tempo ou da experiência de alguém se tornouinfinitamente mais fácil, mais conveniente, mais transparente e mais confiável doque nunca, como mostram os exemplos abaixo.Com opções disponíveis em quase todos os setores, espere encontrarplataformas combinando e integrando ofertas entre elas, como por exemplo:enquanto você reserva um quarto pelo Airbnb, imagine ser notificado sobrecarros disponíveis para aluguel na região, ou ainda notificações sobre os serviçosdelivery da área.A tendência SELLSUMER também anuncia uma grande mudança na arena doconsumo. Na medida em que as pessoas se transformam em (mini) empresas(ou, pelo menos, passam a negociar com colegas SELLSUMERS com maisfrequência), vão esperar que as empresas e marcas “tradicionais” tambémse comportem de modo diferente; vão exigir que as interações sejam maisautênticas, generosas, “humanas” e de igual para igual.Será que vai sobrar algum consumidor que NÃO ganhe um dinheirinho por fora?sellsumers:HOJEA SEGUIREm 2009, nós definimos esta tendência como:
  4. 4. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 4Em abril de 2013, o RelayRides, serviço de aluguel de carropeer-to-peer, adicionou a modalidade ‘Renting Social’(aluguel social). Os usuários podem anunciar o fato deque desejam alugar um carro a seus amigos do Facebook,que podem então disponibilizar seus veículos por meiodo marketplace. O processo tem como objetivo reduzir aprobabilidade de ter que tratar com terceiros desconhecidos.RelayRides: O ‘Renting Social’permite que os usuários peçamcarros a seus amigos do FacebookEm 2009, o Airbnb tinha acabado de ter sido lançado. Osite recentemente anunciou que o número de espaçoslistados no site passou de 120 mil para 300 mil em 2012 eque, no mesmo ano, 3 milhões de pessoas viajaram usandoo site (na comparação com 1 milhão de usuários nos trêsanos desde o lançamento até o início de 2012). A empresatambém abriu 11 escritórios globais, entre eles Cingapura,Délhi e São Paulo.Airbnb:Odobrodeofertasem 2012SELLSUMERS //ExemplosImagem via Mashable
  5. 5. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 5Lançado em abril de 2013, o Sold. tem a intenção de fazer com queas vendas online se transformem em uma atividade sem percalçospara os aspirantes a SELLSUMERS. Os usuários do aplicativomóvel tiram uma foto do objeto que desejam vender e, com o usodo “smart pricing analytics” (algoritmo de preços inteligentes)*, oserviço estabelece o preço e encontra um comprador. Quando avenda é combinada, o vendedor recebe uma caixa Sold., que chega“pré-paga, pré-endereçada, pré-segurada, com acompanhamentode entrega e cheia de plástico-bolha”. Ela pode ser deixada em umlocal de entrega combinado ou recolhida pela equipe do Sold..* Mas que belo exemplo de cruza com POINT & KNOW (vejacontinuação ;)Sold.: Serviço de SELLSUMERlivre de incômodosO Thuisafgehaald é uma plataforma que conecta aspirantesa chef na Holanda a consumidores famintos. Lançadoem março de 2012, ela permite aos usuários que postemdetalhes da refeição oferecida, estabeleçam um preço (oua ofereçam de graça), indiquem quando será servida, onúmero de porções disponíveis e também que postem umafotografia. O site tem mais de 5,5 mil chefs registrados naHolanda e já expandiu a cobertura para nove países, entreeles os EUA, o Reino Unido, a Alemanha e a Suécia.Thuisafgehaald:Siteholandêspermiteaspirantesachefsvenderem comidafeitaem casaSELLSUMERS //Exemplos
  6. 6. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 62. MATURIALISM |“Totalmente expostos a um mundo sem censura,cheio de opinião e cru (principalmente online...e isso quando não participam dele de maneiraefetiva), consumidores experientes já não tolerammais ser tratados como o público do passado,que se choca com facilidade, não tem experiênciae fica sempre no meio do caminho. Capazes deencarar conversas muito mais honestas, saboresmais ousados e diferentes, e experiências maisarriscadas, estes consumidores apreciam cadavez mais as marcas que extrapolam os limites.”A tendência do MATURIALISM hoje está menos ligada à sua capacidade dechocar e muito mais relacionada a travar um intercâmbio maduro com osconsumidores, como bem mostram os exemplos da UNICEF e da SamoaAir abaixo. Comece a ser brutalmente honesto, ou quem sabe totalmentetransparente (e por que não FLAWSOME?).Marcas que desejam elevar seu nível de maturidade devem pensar em setransformar em DEMANDING BRANDS (MARCAS EXIGENTES). Esqueça onegócio de colocar o cliente em primeiro lugar; não adianta pedir com gentileza:está na hora de dar um passo pró-ativo e exigir que os consumidores tomematitudes nada fáceis, mas muito necessárias – só que você, é claro, precisa daro exemplo certo. Mas lembre-se de que aquilo que você pede aos consumidoresprecisa ser importante para eles e, mais ainda, eles devem saber por que opedido é feito. Assim, crie relevância.O mundo lá fora é cru, transparente e maduro: está na hora de as marcascrescerem ou desistirem.MATURIALISM:HOJEA SEGUIREis o que nós dissemos sobre MATURIALISMem 2010:
  7. 7. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 7Em abril de 2013, a Samoa Air lançou o plano “Um quilo éum quilo é um quilo”, onde o preço da passagem é calculadode acordo com o peso total a ser transportado (quer dizer, opeso da pessoa mais o da bagagem), com taxas a partir deUSD 0,50 por quilo em voos selecionados.Samoa Air: Empresa aérea cobrados passageiros por pesoEm abril de 2013, a UNICEF Suécia lançou sua campanha dearrecadação de fundos bem direta, intitulada “Dar um ‘curtir’não salva vidas”, com o intuito de difundir a informação deque dar um “curtir” em mídias sociais surte impacto limitadoou nenhum no mundo real, e não serve para pagar a entregade vacinas que salvam vidas.UNICEFSuécia:“Darum ‘curtir’nãosalvavidas”,avisam osativistasMATURIALISM //Exemplos
  8. 8. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 8Em fevereiro de 2013, o restaurante de frutos do marHachikyo, no Japão, introduziu um plano em que os clientesque não comem todo seu prato de tsukko meshi (arroz comovas de salmão) têm que pagar uma “multa” e fazer doaçãoa um fundo para pescadores locais. O cardápio explica quea doação tem o intuito de chamar a atenção para os perigosenvolvidos na atividade dos pescadores que coletam asovas.Hachikyo: Restaurante de frutosdo mar multa clientes por deixarcomida no pratoDurante maio de 2013, A Fundação de Doação de Órgãosda África do Sul organizou The Exchange, uma loja pop-up para incentivar o registro de doação de órgãos. A lojaoferecia roupas e acessórios de marca doados pelas grifes,mas os itens não podiam ser adquiridos com dinheiro vivonem com cartões de crédito. Em vez disso, depois que osconsumidores se inscreviam no programa de doação deórgãos da Fundação, podiam escolher uma peça da loja.FundaçãodeDoaçãodeÓrgãosdaÁfricadoSul:Lojapop-upexigequeosclientesseregistremcomodoadoresdeórgãosMATURIALISM //Exemplos
  9. 9. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 93. POINT & KNOW |“Com a busca e a informação textual disponível aosmontes para maior parte das pessoas, durante amaior parte do tempo, a corrida agora é fazer comque a pesquisa e a informação visual também setornem predominantes. Qualquer objeto do mundoreal (isso sem mencionar reconhecimento facial)logo poderá ser “reconhecido” pelos smartphonesdos consumidores que estão na rua, aparelhos quepodem ser apontados para qualquer coisas paraobter / encontrar informações a qualquer momento.E, sim, uma parte do comércio também pode seguiresta tendência ;-)”Com o advento de tecnologias vestíveis (desde o Google Glass ao noticiado Smart Watch da Apple,isso sem falar em incontáveis iniciativas semelhantes, apresentadas por empresas como Sony atéstart-ups no Kickstarter), esta é uma tendência que está sujeita a enorme aceleração.De fato, pode-se esperar smartphones deparando-se cada vez mais com uma forte concorrênciade aparelhos que são cada vez mais acoplados – isso quando não estão totalmente integrados– à visão, às roupas ou ao corpo do consumidor.Apesar de boa parte da atual discussão a respeito da tecnologia vestível estar relacionada àsquestões de privacidade e aos desafios da aceitação social, evidências passadas sugerem queequipamentos para vestir vão passar a fazer parte do cotidiano mais cedo do que a maior partedas pessoas é capaz ou deseja imaginar – é possível que isso aconteça em uma questão deanos.E a mudança de comportamento vai acontecer muito rápido, assim que as marcas deixaremde vibrar com a simples possibilidade de colocar alertas literalmente na cara das pessoas(não, anúncios “melhores” não serão o app do momento) e começarem a pensar nas novascapacidades, comportamentos, interações, plataformas, ferramentas e serviços em potencialque serão revelados pelos aparelhos vestíveis, alimentados por tudo que vai desde fluxos dedados permanentes a percepção hipercontextual, passando pela computação antecipatória.Basta dar uma olhada nos novos comportamentos e expectativas desencadeados desde que atela sensível ao toque e a plataforma da App Store no iPhone romperam com o paradigma do“e-mail instantâneo simplesmente mais conveniente” dos “smart” phones pré-2007 (PLANNEDSPONTANEITY [ESPONTANEIDADE PLANEJADA] é apenas um deles).Prepare-se para um mundo PÓS-POINT & KNOW.POINT-KNOW-BUY (APONTE-SAIBA-COMPRE):HOJEA SEGUIRPouco tempo atrás, em fevereiro de 2012, nósexaminamos a tendência do POINT-KNOW-BUY, e dissemos o seguinte:
  10. 10. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 10A realidade aumentada “tradicional” ainda ofereceoportunidades infinitas para marcas inovadoras do mundotodo. Em abril de 2013, o time de críquete indiano RoyalChallengers Bangalore lançou seu novo app de bilhete deentrada em realidade aumentada, permitindo aos torcedoresque apontem a câmera do telefone aos seus ingressosde papel para acessar informações ao vivo sobre trânsito,estacionamento e vista 3D do estádio.Royal Challengers Bangalore: Timede críquete indiano oferece aostorcedores informações digitaisextras em ingressosDemorou mais de dez anos para o Shazam, um dospioneiros da tecnologia POINT & KNOW, criar 1 bilhão de“tags” de áudio, mas, em fevereiro de 2013, a empresaanunciou que seus 300 milhões de usuários agora levavam3 meses para gerar 1 bilhão de tags. O serviço atualizouseu app para iPad em maio de 2013 para oferecer taggingautomático, permitindo aos espectadores que acessem,sem intermediação, informação adicional a respeito deprogramas de TV, anúncios ou quando estão ouvindomúsica.Shazam:Usuárioscriam maisde10milhõesdetagspordiaPOINT & KNOW //Exemplos
  11. 11. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 11A marca de óculos americana Oakley já demonstrou umaaplicação prática para os aparelhos vestíveis do tipo“KNOW”. Em outubro de 2012, a marca lançou seus AirwaveSki Goggles, que vêm com Bluetooth e GPS integrados. Osóculos fornecem análise de desempenho e informações dedeslocamento em tempo real perante os olhos do esquiador,com apresentação de dados por meio de um display comtecnologia de prisma para evitar que os olhos precisemreajustar o foco. Os óculos estão à venda ao consumidorpor USD 599.OakleyAirwave:ÓculoscomGPSpermiteaesquiadoresmonitoraravelocidadeeaperformanceO projeto de computação vestível do Google, o ‘Glass’, por enquantosó está disponível para desenvolvedores, mas isso não impediu osurgimento de especulações fervorosas em relação a seus usos empotencial. As capacidades atuais já incluem navegação (para permitiraos usuários que recebam instruções passo a passo enquantocaminham), uma câmera (capaz de capturar imagens e vídeos tipo“ponto de vista”), alertas (de redes sociais ou publicações, como o NewYork Times). Entre outros usos criativos estão o Insight, um app de“impressão digital visual” que permite aos usuários encontrar amigosno meio de uma multidão por meio de tags nas roupas, a capacidadede conferir e controlar objetos conectados (como o termostatoNest) por meio de controles por voz, vida mais saudável com cominformação em tempo real sobre produtos, tradução instantânea, ea lista parece nunca ter fim...GoogleGlass:Prontoparaolançamentocomercialnofinalde2013?POINT & KNOW //Exemplos
  12. 12. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 124. ECO-SUPERIOR |“Quando a questão é de ‘consumo verde’, espera-se um aumento dos produtos ECO-SUPERIOR:aqueles que além de serem ecologicamenteadequados, também são superiores a seusconcorrentes poluentes em todos os aspectospossíveis. Pense em uma combinação deadequação ambiental, com funcionalidadesuperior, design superior e / ou economiasuperior.”Apesar de muitos novos produtos criarem iniciativas para reduzir seu impactoambiental, a crescente riqueza global e a disseminação da industrialização e doconsumismo significam, com muita frequência, que o efeito é mínimo. De fato,em maio de 2013, a concentração de CO2 na atmosfera ultrapassou 400 partespor milhão pela primeira vez*.E é por isso que o único futuro sustentável real terá suas raízes em produtos quenão são apenas “melhores” do que as alternativas (poluentes), mas produtosou serviços que sejam realmente ECO-POSITIVE (ECO-POSITIVOS): quer dizer,cujo consumo ou existência na verdade beneficia o ambiente e surte impactopositivo duradouro.Por que só o “carbono neutro” não vai mais colar.ECO-SUPERIOR:HOJEA SEGUIRNós apontamos ECO-SUPERIOR comotendência a ser observada em 2011 edissemos o seguinte:* Fonte: U.S. Department of Commerce e National Oceanic & Atmospheric Administration
  13. 13. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 13A loja de presentes niko niko, da Holanda, oferece oconfete para eventos Throw & Grow, que germina floressilvestres depois de ser usado. O confete é feito de materialbiodegradável com sementes de flores silvestres embutidas.Quando o confete é jogado, pode ser deixado para sedesintegrar naturalmente e, se cair em solo fértil, pode darorigem a uma planta.Throw & Grow: Confete setransforma em flores silvestresdepois do usoNo último trimestre de 2012, a Universidade de Tecnologia eEngenharia do Peru (UTEC) criou um outdoor que gera águaao extraí-la da umidade do ar. Nos primeiros três meses defuncionamento, o equipamento coletou 9 mil litros de águapotável, o suficiente para suprir centenas de famílias pormês.UTEC:OutdoorextraiumidadedoarparageraráguaECO-SUPERIOR //Exemplos
  14. 14. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 14Inaugurado em dezembro de 2012, em Hong Kong, o ZeroCarbon Building produz mais energia do que consome.Com o uso de 80 tecnologias distintas para a economiade eletricidade, entre elas painéis solares fotovoltaicos,ventilação natural, microturbinas eólicas e geradoresmovidos a biodiesel, alimentados por óleo de cozinhausado, o prédio produz energia excedente de até 99 horasmegawatt por ano, que é devolvida ao sistema públicode fornecimento de energia elétrica de Hong Kong. Suaconstrução custou HKD 240 milhões.Prédio com emissão zero decarbono em Hong KongFinalizado em abril de 2013, o prédio Torre deEspecialidades (parte do hospital da Cidade do México)absorve e desintegra substâncias químicas no ar a seuredor. A construção conta com uma camada de lajotaspintadas com dióxido de titânio, que reage com a luz UVpara desmembrar a poluição em produtos químicos menosnocivos, como CO2 e água. As lajotas Prosolve370e foramdesenvolvidas pela Elegant Embellishments, empresa dedesign de Berlim.TorredeEspecialidades:PrédiodehospitalapresentaparteexternaquecombateapoluiçãoECO-SUPERIOR //Exemplos
  15. 15. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 15Com abertura marcada para o terceiro trimestre de 2013,The Green Leaf, em Delavan, Wisconsin (EUA), é um hotelcom gasto líquido de energia zero, que vai gerar maiseletricidade do que consome. O hotel butique conta comsistema aeróbico local de tratamento de água, turbinaeólica, diversos painéis solares e programas de coleta deágua da chuva. Os quartos são equipados com banheirosprivativos e jacuzzis; códigos QR permitem aos hóspedesque saibam mais sobre as iniciativas de economia deenergia por todo o hotel.GreenLeafInn:HotelgeramaisenergiadoqueusaECO-SUPERIOR //ExemplosClaro que nós oferecemos muito mais do queapenas os Trend Briefings mensais gratuitos.Confira o nosso SERVIÇO PREMIUM e passe aser um Especialista em Tendências instantâneo.SAIBA MAIS
  16. 16. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 165. MADE FOR BRIC |“Aguarde um número crescente de marcas‘ocidentais’ que vão lançar novos produtos ouaté novas marcas dedicadas a consumidoresem mercados emergentes (isso quando não vãodemonstrar respeito adequado a eles)”Com o anúncio do FMI de que neste ano o PIB dos mercados emergentes vaiultrapassar o dos mercados avançados pela primeira vez (USD 44,1 trilhões contraUSD 42,7 trilhões*), as marcas continuarão encontrando oportunidades infinitas nassempre crescentes classes consumistas das economias dos BRIC, como mostra oexemplo da L’Occitane abaixo.O próximo passo para marcas globais ambiciosas? Estender o conceito doMADE FOR… de produtos localizados e sob medida para além dos consumidoreschineses, indianos e brasileiros para o mercado dos Próximos 11: Bangladesh,Egito, Indonésia, Irã, México, Nigéria, Paquistão, Filipinas, Turquia, Coreia doSul, Vietnã e além. O que vai acontecer em breve? Marcas dos BRIC lançandoprodutos sob medida em nome dos mercados dos Próximos 11, na medida emque a tendência EMERGING² continua a evoluir.E agora, vamos tratar de MADE FOR N11 (FEITO PARA OS PRÓXIMOS 11).MADE FOR BRIC:HOJEA SEGUIRMADE FOR BRIC é apenas uma das diversastendências que registramos conforme o poderpassa às mãos dos mercados emergentes. Em2010, nós dissemos:* Medido em termos de paridade de poder de compra (FMI, outubro de 2012).
  17. 17. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 17Nós apresentamos a City Series da Absolut em 2009,como parte da nossa tendência URBAN PRIDE (ORGULHOURBANO), e agora a marca transformou esta iniciativa emalgo global, com parceria com o tatuador mexicano Dr.Lakra para criar três garrafas de vodca customizadas emagosto de 2012. Com influência das culturas e das tradiçõesmaias, as garrafas coloridas (disponíveis com exclusividadeno México) estampam a onça guerreira, Balam; a serpenteemplumada, Kukulkan; e o deus do vento, do fogo e datempestade, Hurakan.Absolut: Garrafas celebramartistas e cultura localEm março de 2013, a marca de produtos de belezafrancesa L’Occitane anunciou o desenvolvimento de umalinha de produtos produzida inteiramente no Brasil, como uso de ingredientes extraídos de algumas das plantasnativas do país (como o cacto de mandacaru). A L’Occitaneau Brésil vai ser vendida em todas as 89 lojas da L’Occitanedo Brasil durante o primeiro ano de produção. No futuro, aintenção da marca é distribuir os produtos globalmente.L’Occitane:Primeira linha de cosméticosproduzida fora da FrançaMADE FOR BRIC //Exemplos
  18. 18. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 18Em dezembro de 2012, foi lançada uma edição do jogode tabuleiro Banco Imobiliário ambientada em Lagos. Oslugares no tabuleiro foram alterados para corresponder alocais reais da cidade (a ilha artificial Banana é o terrenomais caro) e as cartas da sorte refletem os desafiosenfrentados pelos cidadãos nigerianos; uma delas diz: “Portentar subornar um agente da lei, pague multa”. Entre osparceiros do projeto estão o Governo de Lagos, o First Bankof Nigeria, o Guaranty Trust Bank e o jornal THISDAY.Bestman Games: Primeira ediçãoafricana do Banco Imobiliário,ambientada em LagosEm maio de 2013, a Lamborghini lançou o Gallardo MLE:um carro especial, apenas para a Malásia. Resultado deuma parceria entre a revenda Lamborghini Kuala Lumpure a fábrica italiana Automobili Lamborghini, apenas 20unidades do modelo serão produzidas, cada uma complaca numerada de edição imitada. O preço do GallardoMLE é MYR 868.000 (USD 285.996).Lamborghini:CarrodeediçãolimitadaapenasparaaMalásiaMADE FOR BRIC //Exemplos
  19. 19. Quer mais?Nossos Trend Briefings Mensais Gratuitos1. Nosso Serviço Premium2.Inscreva-se para receberos nossos Trend Briefingsmensais gratuitosVeja os nossos Trend BriefingsAnteriores aquiQUERO FAZER A MINHA INSCRIÇÃO »Veja como o nosso Serviço Premium pode trazer benefícios a VOCÊ
  20. 20. www.trendwatching.com/pt/trends/trendsrefreshed 20NEXTEm última instância, o acompanhamento de tendências tem tudo a ver com a aplicação. Se você nãousar as tendências e os insights de consumo como informação para os seus processos de inovação,então eles não passam de algo que é “bom saber”. Por isso, acompanhe-os, combine-os, leve-os pornovos caminhos. Se você não souber por onde começar, dê uma olhada na nossa página gratuita deDICAS, que contém sugestões sobre como aplicar tendências. E o ideal é que você acabe liderando aevolução de uma tendência também.Para arrematar, se você está mesmo a fim de conhecer a fundo todas as mais recentes tendências deconsumo e inovações relacionadas a elas, além de ter acesso a ferramentas e abordagens testadas eaprovadas que vão de fato inspirar novos produtos, serviços, campanhas e até modelos de negócioscompletamente novos, confira o nosso Serviço Premium. Por um preço menor do que o da sua dosede cafeína diária, é garantia de vantagem competitiva contra seus concorrentes. Hoje mesmo ;-)O nosso próximo Trend Briefing gratuito – uma avaliação profunda das DEMANDING BRANDS(MARCAS EXIGENTES) – vai chegar a sua caixa de entrada no dia 3 de setembro de 2013, por isso,garanta a sua inscrição. Até lá, divirta-se acompanhando, avaliando, iniciando e inovando!
  21. 21. Para receber nossos Trend Briefingsmensais por email.Precisa acessar todas as tendências de consumo, os insights e as inovações mais vibrantes em2013 e 2014? Nosso Premium Service é para você.2013 Premium ServiceCompartilhe esse Trend Briefing coma sua equipe, seus clientes e seusamigos e tenha certeza que elestambém estarão conectados no queestá acontecendo.COMPARTILHEINSCREVA-SESe você tem algum comentário, sugestãoou dúvida, por favor entre em contato.Apenas envie um email para:PAUL BACKMANpaul@trendwatching.comSOBRE NÓSCriado em 2002, trendwatching.com é a empresade tendências líder no cenário mundial, que mapea omundo todo em busca das tendências de consumomais promissoras, insights e ideias práticas parasua empresa. Entre os nossos clientes do PremiumService estão muitas das mais influentes marcas,enquanto nossos Trend Briefings grátis são enviadospara mais de 200.000 assinantes em 180 países.Mais em www.trendwatching.comPRÓXIMOGostou desse Trend Briefing? Deseja mais?Clique abaixo e esteja certo de que você estará por cima em relação atodas as tendências, insights e inovações importantes:

×