• Save
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas

on

  • 8,021 views

 

Statistics

Views

Total Views
8,021
Views on SlideShare
7,715
Embed Views
306

Actions

Likes
9
Downloads
0
Comments
0

7 Embeds 306

http://cienciasnaturais-8ano.blogspot.com 102
http://moodle.agrupamentoverticalcristelo.edu.pt 70
http://www.agrupamentoverticalcristelo.edu.pt 68
http://cn8cristelo-taniareis.blogspot.pt 48
http://cn8cristelo-taniareis.blogspot.com 13
http://www.blogger.com 3
http://cn8cristelo-taniareis.blogspot.com.br 2
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas Presentation Transcript

    • Perturbações no Equilíbrio dos Ecossistemas
      CN8
      Prof. Tânia Reis
    • Catástrofes Naturais
      Qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e que coloque em perigo a existência da Vida.
      3
    • Catástrofes Naturais
      O progresso científico e tecnológico permite detectar e compreender melhor as causas de algumas catástrofes e quais as zonas da Terra onde há maior probabilidade de acontecerem.
      O melhor modo de minorar os efeitos de uma catástrofe são a prevenção e a protecção.
      4
    • Catástrofes Naturais
    • Tempestades
      Perturbações da atmosfera caracterizadas por chuva intensa, vento e trovoada, podendo ocorrer a formação de tufões, tornados e furacões.
    • Vento: termo genérico que identifica o ar em movimento, independente da velocidade.
      Brisa: é um vento de pouca intensidade, que geralmente não ultrapassa os 50 km/h.
      Monção: começa no início de Junho no sul da Índia. São ventos periódicos, típicos do sul e do sudeste da Ásia, que no verão sopram do mar para o continente. A monção geralmente termina em Setembro, caracterizando-se por forte chuva associada a ventos.
      Ciclone: Caracteriza-se por uma tempestade violenta que ocorre em regiões tropicais ou subtropicais, produzida por grandes massas de ar em alta velocidade de rotação. Evidencia-se quando ventos superam os 50 km/h.
      Curiosidades
    • Furacão: vento circular forte, com velocidade igual ou superior a 119 km/h. Os furacões são os ciclones que surgem no mar do Caribe (oceano Atlântico) ou nos Estados Unidos. Giram no sentido horário (no hemisfério sul) ou anti-horário (no hemisfério norte) e medem de 200 km a 400 km de diâmetro. Sua curva se assemelha a uma parabólica.
      Tufão: é o nome que se dá aos ciclones formados no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico, entre Julho e Outubro. É o mesmo que furacão, só que na região equatorial do Oceano Pacífico. Os tufões surgem no mar da China e atingem o leste asiático.
      Tornado: é o mais forte dos fenómenos meteorológicos, menor e mais intenso que os demais. Com alto poder de destruição, seus ventos atingem até 500 km/h. O tornado ocorre geralmente em zonas temperadas do hemisfério norte.
      Vendaval: vento forte com um grande poder de destruição, que chega a atingir até 150 km/h. Ocorre geralmente de madrugada e sua duração pode ser de até cinco horas.
    • Tornados em Portugal
      Tornado em Tomar
    • Inundações
      Grande quantidade de água acumulada pode causar graves danos, como, por exemplo, chuvas diluvianas e subida do nível das águas dos grandes rios, que, transpondo as margens, têm grande poder destrutivo.
      Lisboa 2008 - Portugal
    • Inundações
      Excesso de precipitação
      Falta de limpeza dos leitos dos rios
      Construção sem planeamento
      Prevenção: cartas de zonas inundáveis
      Cumprimento da legislação
    • Sismos e Vulcões
      Tremores de terra e erupções vulcânicas podem, pela sua violência, alterar os ecossistemas, incluindo a população humana. Constituem um dos mais evidentes riscos naturais.
    • Sismos e Vulcões
      Cartas de risco sísmico
      Construções anti-sísmicas
      Simulacros
      Planeamento de ocupação do solo
      Previsão de erupções vulcânicas
    • Incêndios
      Provocados por descargas eléctricas de trovoadas e combustões espontâneas, afectam todo o ecossistema.
    • Secas
      Diminuição da água das chuvas, da qual resulta, por exemplo, o aumento dos incêndios florestais, diminuição da biodiversidade, queda da produtividade agrícola e desertificação.
      Prevenção: diminuição do consumo de água
    • Lago Chade
    • Catástrofes provocadas por Intervenção Humana
      Todas as catástrofes que não têm origem natural são provocadas pelos seres humanos:
      Terrorismo
      Explosões
      Guerra
      Poluição
    • Terrorismo
      Um dos principais flagelos das sociedades modernas.
      Responsável pela morte de milhares de pessoas.
    • Explosões
      São catástrofes tecnológicas com consequências graves para os ecossistemas e para as populações humanas.
    • Guerra
      Maior das catástrofes, já que gera todo o tipo de sofrimento e a morte.
    • Poluição
      Atmosférica
      Aquática
      Solos
    • Poluição no interior das casas