2 ossos

5,447 views
5,151 views

Published on

astor

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,447
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2 ossos

  1. 1. Anatomia Funcional do Aparelho Locomotor UNIDADE 1I Sistema Esquelético: Ossos Nesta Unidade, estudaremos o conceito de osso, suasfunções e sua classificação1. Observe que o sistema esquelético,de grande importância para a sustentação do corpo, é formadopelos ossos e pelas articulações, a serem estudadas na próximaUnidade. A descrição dos principais ossos é fundamental para oestudo das articulações e dos músculos. Perceba, sobretudo, asfaces articulares dos ossos: elas darão pistas de como funcionamas articulações.OBJETIVOSAo finalizar esta Unidade, esperamos que você possa: conceituar osso; discutir as funções dos ossos; classificar os ossos; e discutir os tipos e as subdivisões do esqueleto. 1 Para facilitar o seu aprendizado, consulte o Livro Texto – Capítuloreferente a Ossos. 17
  2. 2. 2.1 Sistema Esquelético: Conceito O sistema esquelético é formado pelo conjunto de ossosque formam o esqueleto e os elementos de ligação entre eles: asarticulações. Note que chamamos de esqueleto (fig. 1) o conjunto total deossos do corpo articulados entre si, isto é, juntamente com oselementos de ligação.Figura 1 – Esqueleto humano em posição anatômica.2.2 Ossos2.2.1 Conceito e Função Ossos são peças relativamente rígidas, de formato variávele coloração ligeiramente amarelada.18
  3. 3. Figura 2 – Alguns exemplos de ossos humanos. O esqueleto é formado por 206 peças ósseas, não incluindoos ossos sesamóides. A contagem do número de ossos dependede: fatores etários, alguns ossos se fundem com o desenvolvimento da criança tornando-se uma única peça óssea; fatores individuais, algumas pessoas tem mais ou menos ossos do que outras; e critérios de contagem, alguns anatomistas incluem os ossos da orelha interna, outros não. Os ossos desempenham diversas funções:  Formam o arcabouço de sustentação do corpo, nas diversas posturas que este assume seja de forma estática ou de forma dinâmica.  Desempenham importante função de proteção a órgãos vitais, como o sistema nervoso e órgãos localizados na caixa torácica e cavidade pélvica.  Atuam como as hastes rígidas do sistema de alavancas do nosso corpo.  Desempenham função hematopoiética, renovando as células sanguíneas, que são produzidas na medula óssea, localizada principalmente no interior dos ossos longos.  Servem como reservatório de íons, como o cálcio e o fósforo. 19
  4. 4. 2.2.2 Tipos de Esqueleto Existem, basicamente, dois tipos de esqueleto:exoesqueleto e endoesqueleto. Exoesquelesto é um tipo de esqueleto externo existente,sobretudo, nos invertebrados como o besouro, o tatuzinho e aestrela do mar, constituído por uma carapaça dura externa (fig. 3).Figura 3 – Exemplo de um animal com exoesqueleto: o caranguejo. Endoesqueleto é um tipo de esqueleto interno constituídopor ossos ou cartilagens, existentes nos animais vertebrados comoos peixes, os répteis e as aves (fig. 4). Note que alguns animaisvertebrados possuem vestígios de um exoesqueleto como astartarugas (répteis) e os tatus (mamíferos – fig. 5). Figura 4 – Endoesqueleto do cão.Figura 5 – A carapaça do tatu é um exoesqueleto vestigial. O tatu é um mamífero que possui endoesqueleto.20
  5. 5. 2.2.3 Divisão do Esqueleto O esqueleto divide-se em: esqueleto axial (fig. 6), que, como o próprio nome diz, forma o eixo do corpo, localizando-se na sua linha mediana. É formado pela cabeça (29 ossos), pela coluna vertebral (33 ossos) e pela caixa torácica, formada pelas costelas e esterno (25 ossos); e o esqueleto apendicular (fig. 7), que está apenso, isto é, “dependurado” ao eixo do corpo. É formado pelos membros superiores, compostos pela cintura escapular e a parte livre (64 ossos), e pelos membros inferiores, formados pela cintura pélvica e a parte livre (62 ossos).Figura 6 – Esqueleto axial Figura 7 – Esqueleto apendicular: à esquerda, membro superior; à direita, membro inferior.2.2.4 Tipos de Ossos Existem basicamente dois tipos de ossos: o osso compacto, que é bastante denso e forma a parte mais externa de ossos longos e chatos; e o osso esponjoso, que tem uma estrutura esponjosa formada por numerosas trabéculas e forma a parte mais interna dos ossos, estando presente nas extremidades dos ossos longos e entre as duas lâminas de osso compacto nos ossos chatos, onde é chamado de díploe. 21
  6. 6. 2.2.5 Seção Longitudinal de um Osso Longo A figura 8 mostra uma seção longitudinal de um osso longo.Esse osso é constituído de uma parte média, a diáfise, e duas [M1] Comentário: Lembre-se dosextremidades: as epífises distal e proximal. termos de posição distal e proximal. Figura 8 – Seção longitudinal de um osso longo: úmero. As epífises estão unidas à diáfise pela cartilagem epifisial,também denominada de linha epifisiária, formando a metáfise. Elaé responsável pelo crescimento do osso no sentido longitudinal.Essa cartilagem desaparece (calcifica) quando cessa ocrescimento do indivíduo em torno dos 21 anos.22
  7. 7. Os ossos são revestidos externamente por uma membranachamada de periósteo. O periósteo é formado por duas lâminas: a mais externa serve de elemento de fixação para ligamentos e tendões, cujas fibras colágenas são contínuas às do periósteo; e a mais interna é chamada de camada osteogênica, pois é responsável pelo crescimento do osso no sentido do diâmetro. Observe que as epífises são constituídas de osso esponjosoe nelas estão presentes as faces articulares revestidas decartilagem articular. A diáfise, entretanto, é formada por osso compacto e no seuinterior, no canal medular, localiza-se a medula óssea responsávelpela formação das células sanguíneas.2.2.6 Classificação dos Ossos Osso longo: uma dimensão prevalece sobre as demais. Ex.: o fêmur, os metacarpos, o rádio. Osso curto: as três dimensões são mais ou menos equivalentes. Ex.: o hamato, o cuneiforme. Osso plano ou chato: duas dimensões são prevalentes. Ex.: a escápula, o esterno, o frontal. Osso irregular: não possui forma definida. Ex.: as vértebras, o zigomático Osso pneumático: possui uma cavidade revestida de mucosa. No homem são cinco: o maxilar, o esfenóide, o etmóide, o frontal e o temporal. Estão localizados ao redor da cavidade nasal com a qual se comunicam, por isso essas cavidades são denominadas em conjunto de seios paranasais. A inflamação destes seios é denominada de sinusite. Osso sesamóide: são ossos intratendíneos cuja função é semelhante à de uma polia para os tendões. Estão presentes nas mãos e nos pés. 23
  8. 8. Figura 9 – Visão geral do esqueleto. Em amarelo o esqueleto axial.2.2.7 Acidentes Ósseos A superfície dos ossos apresenta uma série de estruturasque em conjunto são chamadas de acidentes ósseos. Essasestruturas servem para: fixar ligamentos, tendões musculares, cápsulas articulares; alojar determinadas estruturas como músculos, glândulas e órgãos de sentidos; e permitir a passagem de artérias e nervos. Podem ser processos, côndilos, epicôndilos, faces, fóveas,forames (orifícios), tuberosidades, tubérculos, cavidades, fossas.24
  9. 9. 2.2.8 Ossos do crânio Observe como o crânio forma uma caixa óssea cujaprincipal função é a proteção do encéfalo. É constituído por 22ossos, e dividido em duas partes: o crânio visceral ou face e ocrânio neural (fig. 10). Figura 10 – Crânio humano. Em cima: vista sagital.Embaixo: vista frontal. A abóboda craniana, a parte superior do crânio, é formadapor quatro ossos: o frontal, o occipital e os dois parietais. Observe como a cavidade craniana, que aloja o encéfalo, éenvolta pela calota craniana (todos os ossos que envolvem oencéfalo), cuja parte superior é denominada calvária. Seu assoalho [M2] Comentário: Os termos deé divido em três fossas cranianas: a anterior, a média e a posterior. posição devem estar bem compreendidos, pois serão bastante utilizados ao longo do nosso estudo. 25
  10. 10. 2.2.9 A coluna vertebral [M3] Comentário: Saiba Mais – Ilustrações em cores podem ser encontradas A coluna vertebral é formada pela superposição de 33 no link abaixo: http://www.sogab.com.br/anatomia/colunavpeças ósseas, as vértebras, divididas em cinco regiões: a ertebraljonas.htmcervical, com 7 vértebras, a torácica, com 12 vértebras, alombar, com 5 vértebras, a sacral, com cinco vértebrasfundidas em um único osso, o sacro, e a coccígea, com 4vértebras, fundidas em um único osso, o cóccix. Em uma vista sagital, a coluna vertebral apresentacurvaturas: cifoses, com concavidade anterior, e lordoses, comconcavidade posterior. As cifoses, torácica e sacral, são ditascurvaturas primárias, pois já nascemos com elas, e aslordoses, cervical e lombar, são ditas curvaturas secundárias,pois as adquirimos ao longo do nosso desenvolvimento: alordose cervical, quando passamos a sustentar verticalmente acabeça, e a lordose lombar, quando assumimos a posturabípede. Estude bem todos os acidentes observados nasvértebras. Eles servem para a fixação de ligamentos emúsculos, que serão estudados nas Unidades seguintes. 2.2.30 O membro inferior Observe como o membro inferior é formado poruma raiz, a cintura pélvica, e por uma parte livre. A cintura pélvica é formada pelos ossos do quadril, quepor sua vez são formados pela fusão de três ossos: o íleo, oísquio e o púbis. Estão articulados posteriormente ao sacro, eanteriormente, pelos púbis. A parte livre é formada pelos ossos da coxa, o fêmur, daperna, a tíbia e a fíbula, e do pé, os ossos do tarso, dometatarso e dos artelhos (as falanges). O fêmur é o maior osso do corpo humano.26
  11. 11. Observe como o membro inferior está adaptado asustentar grandes cargas, condição indispensável para apostura bípede, herança de nossos ancestrais. Estude bem todos os detalhes descritivos dos ossos domembro inferior. 2.2.31 O membro superior De forma semelhante ao membro inferior, o membrosuperior é formado por uma raiz, a cintura escapular, e umaparte livre. A cintura escapular é formada pela escápula e pelaclavícula, e apresenta possibilidades de movimentação bemmaiores do que a cintura pélvica. Esta é uma herança dasadaptações arborícolas de nossos ancestrais, fundamentalpara a manipulação de ferramentas, habilidade fundamental naevolução da espécie humana. A parte livre é formada pelos ossos do braço, o úmero,do antebraço, o rádio e a ulna, e da mão, os ossos do carpo,do metacarpo e dos dedos (as falanges). O membro superior está adaptado à manipulação deferramentas e objetos.RESUMO – Síntese dos assuntos abordados O sistema esquelético é formado pelos ossos e articulações.Os ossos são peças rígidas de coloração amarelada e formavariada que desempenham diversas funções: sustentação docorpo, proteção de órgãos vitais, sistema de alavancas, produçãode células sanguíneas e armazenamento de íons. Os ossosclassificam-se conforme sua forma em: longos, curtos, chatos,irregulares, pneumáticos e sesamóides. O esqueleto, por sua vez, 27
  12. 12. divide-se em esqueleto axial (crânio, coluna vertebral e caixatorácica) e esqueleto apendicular (membros superiores einferiores).28

×