Impacto das NTIC para Sistemas de Informação
    Edson Moreira                        Lucas Marchi                   Jacie...
dispositivos Bluetooth em sua residência. Assim, após chegar       padrão mais seguro e pré-requisito para que um produto ...
decodificação desse áudio em dados, para que sejam trocados        O objetivo é gerar um ambiente que ofereça soluções par...
limitava a operar em protocolos privados dentro de um               16.      Ginga Digital TV Middleware Specification.
am...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Impacto das NTIC para Sistemas de Informação

2,072

Published on

Manuscrito para a matéria Fundamentos da Computação do curso de SI da UFS

Published in: Technology, Travel
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
  • thanq its very nice and helpful to me in thinking about invention comes and think of that.... very nice function.... tanq for this.....
    Sharika
    http://financeadded.com http://traveltreble.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
2,072
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Impacto das NTIC para Sistemas de Informação

  1. 1. Impacto das NTIC para Sistemas de Informação Edson Moreira Lucas Marchi Jaciellen Najara Hebiane Demeter edson_poderoso@yahoo.com.br luke.marchi@hotmail.com yelle_naya@hotmail.com hebiane@msn.com +55 79 3246 6368 +55 79 8119 7929 +55 79 9966 1503 Departamento de Computação Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Universidade Federal de Sergipe Abstract mostrada a tecnologia Bluetooth pela sua ampla aplicação e This paper is intended to demonstrate the influence of news facilidade de uso em dispositivos portáteis. Já em 2.3 é technology of information and communication and it's practical apresentada a tecnologia DTV pelo seu potencial de uses focusing on the data flows on the new communication crescimento. Na subseção 2.4 são expostas as redes Wi-Fi e Wi- ways, being short on technical information and going MAX cuja possibilidade de integração potencializa sua throughout the reflexes that these new technology will have on possível expansão. A subseção 2.5 trata do conceito de the society on a daily basis and how the Information System's ubiqüidade, algo cada vez mais palpável a partir da tecnologia professionals will be able to work with then. corrente. Já 2.6 apresenta a tecnologia VoIP pelo sua recente expansão em aplicação. Resumo Esse artigo tem como objetivo demonstrar as influências das novas tecnologias de informação e comunicação e seus usos 2.1 3G práticos “principalmente no trânsito de informações dos 3G é o nome dado à terceira geração de telefonia móvel que se diversos tipos de comunicação”, sendo breve em informações caracteriza pela transmissão de dados em alta velocidade. A técnicas e abordando os reflexos que essas novas tecnologias principal característica desta geração de telefonia celular é a terão na dia-a-dia da sociedade e como os profissionais de velocidade. As redes 3G garantem uma velocidade de Sistemas Informação poderão trabalhar com elas. transmissão de dados até 15 vezes maior que a antecedente. Enquanto com a tecnologia de segunda geração de 1 INTRODUÇÃO telefonia móvel (2G) o tempo para baixar uma música pode A cada dia surgem diversas inovações tecnológicas. Algumas A chegar a 18 minutos, com a 3G é de cerca de 1 minuto. Com a cada dia surgem diversas inovações tecnológicas. Algumas 3G é possível se conectar à internet e desfrutar de velocidades dessas tem o poder de alterar radicalmente a vida cotidiana das comparáveis à banda larga convencional no seu computador ou pessoas. Com o avanço da rede mundial de computadores, a laptop, utilizando modems ou cartões de dados; com um Internet, uma das áreas que mais tem trazido essas mudanças é a smartphone 3G, você tem acesso a e-mails e pode navegar pela de Novas Tecnologias da Informação e Comunicação. Esse Internet com muito mais velocidade ; no celular, a 3G torna trabalho decorrerá sobre algumas dessas tecnologias, com o muito mais rápidos os downloads de arquivos como jogos, foco no seu uso e em sua conclusão irá teorizar sobre o possível músicas, vídeos. uso integrado delas e qual impacto esse uso ocasionará na vida das pessoas. Na Seção 2 serão enumeradas as tecnologias abordadas 2.2 Bluetooth mostrando suas atuais aplicações no mercado. Bluetooth é um padrão para comunicação sem fio por ondas de A seção 3 apresenta o estudo de caso sobre a criação de uma rádio de curto alcance e baixo custo cujo objetivo é interligar os casa digital, sendo em 4 disposta a analise do caso. diversos equipamentos de computação, telecomunicação e Em 5 são expostas as conclusões, enquanto a seção 6 contém as eletrodomésticos, automaticamente, sem necessidade de referencias. configuração manual da conexão. Uma rede Bluetooth é denominada de piconet e ela possui saltos de freqüência para evitar a interferência de equipamentos e de 1.1 Trabalhos relacionados outras piconets. Em [14] a proposta é de mostrar que o Bluetooth é um novo Características: padrão de comunicação sem fio, por ondas de rádio, que possui • Alcance de até 100 metros; aplicações variadas na facilitação da vida cotidiana. Já em [22], • Freqüência entre 2,4 e 2,5 GHz; a 3G é vista de uma forma geral, [11] aborda o funcionamento • Velocidade de até 24 Mbps; da Wi-Max, em [2], [10] e [12], o objetivo é destacar as • Potência de até 20 dBm. influências das novas tecnologias e seus usos práticos, sendo Esta tecnologia já elimina aquela quantidade enorme de fios breve em informações técnicas e abordando os reflexos que atrás dos microcomputadores, restando apenas os cabos de essas novas tecnologias terão no dia-a-dia da sociedade e como energia elétrica. E para o futuro: Um dispositivo funcionando os profissionais de Sistemas de Informação poderão trabalhar como um identificador pessoal pode se comunicar com outros com elas. Em [4], o uso das tecnologias abordadas neste trabalho é evidenciado com a casa digital. Permissão para fazer copias digitais ou físicas, integrais ou parciais deste material para uso pessoal ou em classe de aula é garantido sem custos provido que as cópias não sejam feitas ou distribuídas com o 2 TECNOLOGIAS intuito de ganho comercial e que as cópias tragam esse notificado e a citação completa na primeira página. Para todos os demais fins como Esta seção é dedicada à apresentação das novas tecnologias de cópia, republicação, disponibilizar na Internet ou redistribuir para informação e comunicação. listas de discussão, é necessária autorização prévia e/ou uma taxa de Na subseção 2.1 é apresentada a tecnologia 3G pela uso. possibilidade de levar dados por longas distancias. Em 2.2 é Copyright 2009
  2. 2. dispositivos Bluetooth em sua residência. Assim, após chegar padrão mais seguro e pré-requisito para que um produto receba em casa, a porta destrava automaticamente e as luzes acendem. o selo Wi-Fi CERTIFIED desde 2006 e seu grande trunfo é o Como pode-se notar, é uma tecnologia com amplas aplicações TKIP um sistema de gerencia de chaves que permite que cada mercadológicas na área de comunicação sem fio, podendo ser pacote tenha uma chave diferente englobando até 280 trilhões implementada em um número significativo de equipamentos. de chaves possíveis, O uso pratico do WI-FI está em pequenas redes domesticas ou corporativas, e da interoperabilidade de diferentes dispositivos 2.3 DTV dentro de um pequeno espaço(ver figura 1), enquanto o WiMax DTV, acrônimo para Digital Television, em português, televisão está se propondo a ser uma tecnologia de transmissão de dados digital, é o nome dado à tecnologia de produção, transmissão, a longa distancia, promovendo a inclusão digital. recepção, processamento, apresentação e execução do sinal de A tecnologia WiMax está sendo testada exaustivamente pelas TV em formato digital. teles enquanto esperam da ANATEL a liberação e leilão das DTV não é algo simples como HDTV. O foco da HDTV é apenas a qualidade de som e imagem. Já a DTV engloba tanto as tecnologias necessárias ao aproveitamento completo das HDTVs (Ex.: transmissão em alta definição), como também tecnologias de portabilidade, interatividade e inclusão digital. O sistema adotado no Brasil é o ISDTV-T, também conhecido por como SBTVD. Tal sistema é baseado no padrão japonês, o ISDB-T, com algumas modificações. Um dos grandes fatores para a adoção dessa tecnologia é o aumento da qualidade de imagem e som. Ao transmitir o sinal em formato digital, deve-se eliminar os problemas de imagem relacionados ao ruído, como “chuviscos e fantasmas”, na imagem. Outro grande impacto será a portabilidade, pois são transmitidas diferentes resoluções para diferentes tipos de aparelho, podendo Figura 1 : Uso da tecnologia Wi-Fi o espectador usar tanto uma HDTV como um celular para assistir o conteúdo. freqüências para uso comercial, estudos apontam para 700 mil Assim sendo, o recurso de interatividade, que pode trazer desde assinantes em 2010 e uma movimentação de US$300 milhões simples recursos como um sistema de votação eletrônico, como anuais. também complexos aplicativos de atendimento bancário, converte o espectador em agente interator, permitindo o advento 2.5 Ubiquidade da inclusão digital através de um aparelho que deve em poucos anos estar presente na maioria dos lares brasileiros. Ubiqüidade é o nome da terceira onda de computação que está De acordo com “FREIRE, L.:2008: O usuário [...] atualmente é surgindo, em oposição à era dos mainframes (um o chamado ‘interator’, alguém que ‘contempla’ as informações, computador/varias pessoas), à era do computador pessoal (“um mas que também interage, critica, comenta, questiona e computador/uma pessoa). A idéia de ubiqüidade é a de vários transmite várias idéias, quase na mesma proporção com que as computadores para uma pessoa. Apesar de estarmos discutindo recebe de outrem”. Sendo assim, esse novo recurso também esse conceito agora, essa idéia não é recente e vem de 1988 por abre um imenso leque de possibilidades para a área de social Mark Weiser. computing. Ubiqüidade quer dizer onipresença, “WEISER ,C.: 1990: “invisble but everywhere around us” [12] ou seja, invisível, porém em todos os lugares a nossa volta. 2.4 Wi-Fi e WiMaX Um dispositivo ubíquo deve ter o poder de se conectar com Wi-Fi e WiMax são tecnologias que tratam da transmissão de todos os outros dispositivos. Através de um dispositivo dados por ondas de rádio. Sua principal diferença reside no poderemos pagar contas, fazer compras, e identificarmos-nos alcance do sinal e velocidade da transferência de dados, perante outros sistemas. enquanto o Wi-fi consegue teóricos 450m e 300Mb/s no padrão O futuro pede que os aparelhos sejam ubíquos. Um simples 802.11n em campo aberto o WiMax promete entre 50 km e 75 acessório como um relógio ou um broche será o controle remoto km de alcance. de todos os outros. Hoje temos cada aparelho existente como Os dispositivos com capacidades Wi-Fi estão em franca uma ilha, uma geladeira não se comunica com a televisão e essa expansão indo muito alem dos computadores, se conectar a uma está a começar a se comunicar com o PC, entretanto ainda em rede Wi-Fi é uma necessidade dos aparelhos que estão por vir e um via de mão única. um fato nos aparelhos topo de linha, Smarthphones, consoles de jogos e celulares são apenas alguns exemplos dessa tendência. Uma sociedade ubíqua terá novos desafios e o profissional de Abordamos também a questão da segurança, uma vez que esses S.I. servirá como um elo entre o usuário final e dados são transmitidos por radio, qualquer aparelho Wi-Fi é desenvolvimento dos produtos, seja escrevendo programas de capaz de agir como um “Sniffer” da rede, e pacotes de dados interoperabilidade seja definindo o uso dessa tecnologia no sem a devida proteção se tornam completamente inviáveis. Hoje ambiente ao nosso redor. podemos encriptar os dados principalmente com WEP ,WPA e WPA2, por ser desconsiderada em ambientes corporativos e 2.6 VoIP apresentar falhas de segurança WEP será excluído de nossas considerações. VOIP , trata da comunicação via áudio utilizando a internet. Uma evolução do padrão WPA, o protocolo WPA2 com Enquanto na linha convencional de telefone o áudio é encriptação AES é recomendado pela Wi-fi Aliance como o transmitido sem decodificação no sistema VoIP o que temos é a
  3. 3. decodificação desse áudio em dados, para que sejam trocados O objetivo é gerar um ambiente que ofereça soluções para a pela Internet como um simples pacote. transação de dados, permitindo a interoperabilidade entre os Sua vantagem principal é simples: o preço. Uma ligação entre aparelhos e a criação de pontos de controle na casa. dois usuários da internet tem custo zero já que ambos estão conectados a Rede , e ligações para telefones convencionais ou 4 ANALISE DA CASA DIGITAL celulares deixam de ter tarifas sobre interurbano, pois o dados Como pode ser notado, todos os aparelhos escolhidos possuem trafegam pela internet até a cidade de destino e apenas no local opções de conectividade sem fios, o que demonstra a grande de destino, através dos servidores que estão prestando o serviço disponibilidade desta tecnologia no mercado atual. Um dos de VoIP os dados são convertidos em áudio e passam para a grandes obstáculos à implementação de uma casa com um bom rede convencional. uso desse recurso é a falta de padronização de recursos de VoIP trará grande impacto principalmente para as empresas de interoperabilidade entre as diversas plataformas. Como exemplo telefonia celular, uma vez que a rede 3g está cada vez mais podemos citar a falta de aplicação de um formato aberto de comum e os smartphones são capazes de rodar software VoIP , intercambio de informações de contatos, agendas e outros tipos o usuário final deixaria de utilizar a chamada convenciona para de dados. Em alguns casos o firmware dos smartphones é fazer a ligação VoIP ,gratuita entre dois usuários 3G. bloqueado e não permite o uso completo dos recursos do Analisando o impacto para pequenas empresas e residencias, aparelho, por exemplo, permitindo o envio de um tipo de dado temos a idéia do PABX virtual, onde cada computador por já através de uma dada tecnologia (ex.:bluetooth) em detrimento estar conectado a uma rede pode trocar pacotes de dados e de outra (ex.:Wi-Fi). Mesmo na comunicação entre dispensar os aparelhos de mesa convencionais para smartphones e computadores o processo de troca de dados não é comunicação interna , e também na comunicação com empresas ideal. Um dos problemas é a necessidade de instalação de de outra cidades , utilizando algum serviço de ligações VoIP softwares controladores de dispositivo para fazer uso dos que ofereça suporte para ligações convencionais por preços recursos avançados dos aparelhos. Em muitos casos, os mais acessíveis controladores estão disponíveis para apenas alguns poucos sistemas operacionais impedindo o uso total do aparelho por 3 ESTUDO DE CASO – CASA DIGITAL usuários alheios a estes. Até mesmo o processo de comunicação entre computadores apresenta falhas devido a diferenças na implementação dos recursos dos diferentes sistemas operacionais, muitas vezes exigindo do usuário leigo, a execução de procedimentos técnicos os quais ele não foi preparado para realizar. Já ao realizar a comunicação pode haver a falha ou falta de interpretação, sendo que os dados escritos por um aplicativo de um sistema não possam ser lidos nos aplicativos de outro sistema. Já na TV uma das possíveis falhas é a falta de interface entre ela e os celulares tanto através de Bluetooth como de Wi-Fi. Ela só permite o controle através do uso do cada vez mais restrito do infravermelho. Já como vitória deste sistema, podemos discursar sobre o seu uso quase que irrestrito da internet em praticamente todos os Figura 2 : Conceito de casa digital dispositivos. Vitória esta conquistada através da padronização de protocolos de rede e internet como 802.11(b)(n)(g), TCP/IP, Tomamos como base para nosso estudo de caso a http, ftp, VoIP, html entre outros. Através deles os aparelhos implementação de uma casa digital, usando para tal as conseguem visualizar páginas de Web, celulares podem usar tecnologias até aqui abordadas, tentando elucidar o leito a Wi-Fi e Voip para realizar chamadas, computadores também respeito das vantagens, desvantagens e obstáculos ao uso destas. podem realizar chamadas e serem usados para streaming de Como elementos necessários ao estudo foram escolhidos alguns vídeo funcionando efetivamente como mais um canal de mídia itens, listados abaixo, atualmente disponíveis no mercado, em vídeo. sendo alguns destes considerados o estado-da-arte em Mesmo que através de configurações ainda consideradas tecnologia produzida para o consumo de massa: avançadas, já é possível conectar a TV ao PC, o PC a algum i. Dois smartphones de diferentes fabricantes com sistema de som possivelmente também wireless e atender suas conectividade Wi-Fi; ligações em vídeo diretamente em sua TV com áudio ii. Um computador com conectividade Wi-Fi da fabricante reproduzido através das caixas de som espalhadas na casa e Apple Computer, utilizando como sistema operacional o captura do áudio através de um microfone Bluetooth e de vídeo Mac OS X; através de uma webcam. Como necessidade notória a esse sistema é necessária a iii. Um notebook com conectividade Wi-Fi utilizando como padronização de interfaces, formatos de arquivos e a liberação sistema operacional o Windows Vista; de especificações de hardware dos aparelhos para que possam iv. Um notebook com conectividade Wi-Fi utilizando como ser desenvolvidos controladores compatíveis em todos os sistema operacional o Ubuntu (Linux); sistemas. Assim estará mais próximo o dia em que a ubiqüidade v. Um televisor DTV Samsung LED TV (Televisor que realmente será presente em nossas vidas. utiliza leds como elementos pictóricos de sua tela); vi. Um modem WiMAX com interface Wi-Fi; 5 CONCLUSÃO E TRABALHOS Além destes, é tomado como garantido o acesso a internet de FUTUROS A passos largos, a Internet levou as tecnologias a convergirem alta velocidade através de uma rede WiMAX. de maneira inusitada. Há até pouco tempo atrás, cada área – da telefonia fixa e da móvel, da televisão e da própria Internet – se
  4. 4. limitava a operar em protocolos privados dentro de um 16. Ginga Digital TV Middleware Specification. ambiente particular e de forma independente, com pouquíssima Disponível em: http://www.ginga.org.br/ [Acessado Março 30, interconexão com outras tecnologias. Hoje, a tão comentada 2009]. convergência quebra velhos paradigmas e várias das barreiras que separavam estas áreas. O protocolo IP, responsável pelo 17. GINGA RN: Ginga-J. Disponível em: tráfego da Internet, alterou sensivelmente esses conceitos e hoje http://gingarn.wikidot.com/gingaj [Acessado Maio 2, 2009]. novas tecnologias chegam ao mercado a partir de uma forte 18. Glossário. Disponível em: demanda de usuários ávidos por novos serviços que, em função http://www.forumsbtvd.org.br/materias.asp?id=36 [Acessado desta forma de comunicação, podem ser proporcionados. Em Março 30, 2009]. busca de expandir a oferta de serviços encontramos, entre essas tecnologias, VoIP, TV Digital, banda larga móvel (3G) entre 19. http://br.octopop.com/comunidade_-TELME-Sua- tantos outros. É certo também que as corporações já não Rede-Global-WiFi-3G 02 de outubro 13:00 conseguem sobreviver sem todo esse aparato tecnológico, nem 20. http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL7743 querem perder as oportunidades de negócio por ele 48-6174,00.html proporcionadas. 21. http://tecnologia.uol.com.br/ 6 REFERÊNCIAS 22. http://www.ericsson.com/br/solutions/3G/artigo_dupr 1. Bluetooth, Disponível em: at.shtml http://www.bluetooth.com/bluetooth/ 23. http://www.museudotelefone.org.br/celular.htm 2. Blu-Ray e LCDs avançam » Webinsider. Disponível em: http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/02/09/blu-ray- 24. http://www.scribd.com/doc/2413867/TECNOLOGIA- e-lcds-avancam/ [Acessado Março 31, 2009]. 3G 3. Brasil terá 768 mil assinantes de WiMax em 2010, 25. http://www.wi.com.br/fotos/Figura5.jpg Moreira D. 26. http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult12 (http://idgnow.uol.com.br/telecom/2006/04/05/idgnoticia.2006- 4u13567.shtml 04-05.3186974705/ ) 27. http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult12 4. Casa Digital Intel ( 4u13568.shtml 5. http://www.sitesintel.com.br/casadigital/ ) 28. ISDB-TB. Disponível em: http://www.forumsbtvd.org.br/materias.asp?id=20 [Acessado 6. Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Março 30, 2009]. Telecomunicações (CNPQ) Dsiponível em: http://www.cpqd.com.br/ 29. OpenGinga - Implementação de Referência do Middleware Brasileiro de TV Digital. Disponível em: 7. Como escolher seu televisor digital. Disponível em: http://www.openginga.org/index.html [Acessado Maio 2, 2009]. http://www.forumsbtvd.org.br/materias.asp?id=34 [Acessado Março 30, 2009]. 30. O que é VOIP ? (http://www.youtube.com/watch?v=1qwcf2kjyb0 ) 8. Computação Ubíqua (http://peticmonstrossa.blogspot.com) 31. Saiba mais sobre VoIP , Neno , 9. Deploying WPA® and WPA2® in the Enterprise M.(http://www.clubedohardware.com.br/artigos/99/4 ) (http://www.wi-fi.org/white_papers/whitepaper-022705- 32. The Digital TV Transition: What is DTV. Disponível deployingwpawpa2enterprise ) em: http://www.dtv.gov/whatisdtv.html [Acessado Março 30, 2009]. 10. Entenda a TV Digital. Disponível em: http://www.forumsbtvd.org.br/materias_index.asp?menu=4 33. The How and Why of Wi-Fi (http://www.wi- [Acessado Março 30, 2009]. fi.org/knowledge_center/kc-howandwhyofwi-fi ) 11. Entenda como funciona a tecnologia do WiMAX 34. TV digital no ar: recepção ou decepção! » ,Rebêlo ,P.( Webinsider. Disponível em: http://tecnologia.uol.com.br/especiais/ultnot/2005/12/29/ult2888 http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/03/18/tv-digital- u131.jhtm ) no-ar-recepcao-ou-decepcao/ [Acessado Março 31, 2009]. 12. Everyware- The dawning age of ubiquitous 35. Ubiquitous Computing Weiser, M. ( computing Greenfield A. http://www.ubiq.com/hypertext/weiser/UbiHome.html ) (www.youtube.com/watch?v=RMXox8IJvmE) 36. Wi-Max Forum (http://www.wimaxforum.org/ ) 13. FRAGA. T. Arte, codificação e jogos computacionais interativos. 37. www.peaberus.com.br/redes 01 de Outubro 12:40 14. FREITAS, A. M. Bluetooth – novidade em 38. www.Tecnologia3G.com.br/defaut.php 01 de Outubro comunicações de curta distância sem fio. 13:30:20 15. Ginga Digital TV Middleware Specification - NCL. 39. www.vivaolinux.com.br/comunidade/Redes-3G 02 de Disponível em: http://www.gingancl.org.br/documentos.html Outubro 12:30 [Acessado Março 30, 2009].

×