Your SlideShare is downloading. ×
0
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Indicadores cienciométricos   - Curso SBPC 2013 - UFPE
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Indicadores cienciométricos - Curso SBPC 2013 - UFPE

313

Published on

A sequência de slides desta apresentação foi utilizada no curso oferecido na SBPC em 2013 na UFPE. O objetivo principal desta apresentação foi humanizar um assunto relevante e emblemático para os …

A sequência de slides desta apresentação foi utilizada no curso oferecido na SBPC em 2013 na UFPE. O objetivo principal desta apresentação foi humanizar um assunto relevante e emblemático para os interessados na produção de conhecimento. Buscou-se definir e desmistificar o uso de indicadores como fator de impacto (JCR, J ou FI), índice H etc.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
313
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. ANÁLISE DE INDICADORES CIENCIOMÉTRICOS NAS CIÊNCIAS DA SAÚDE Dr. Tony Meireles dos Santos Prof. Adjunto do Depto. EFI – Universidade Federal de Pernambuco
  2. Existe diferenciação? 2 Vs.
  3. Agradecimento 3
  4. Abordagem da Apresentação • Fontes de informação • Breve histórico da cienciometria e sua conceituação • Indicadores cienciométricos • Análise crítica dos indicadores 4
  5. Fontes Primárias de Informação 5
  6. Abordagem... 6
  7. Texto Produzido... 7 Santos et al. Motricidade 8(S2):15-22, 2012
  8. Abordagem da Apresentação • Fontes de informação • Breve histórico da cienciometria e sua conceituação • Indicadores cienciométricos • Análise crítica dos indicadores 8
  9. Algumas considerações históricas... 9
  10. Aspectos históricos • Século XVIII – Expansão da produção científica • Quantificação • Rastreamento • Disseminação – Primeiras bibliotecas • Século XIX – Lenta expansão dos bancos de dados Santos et al. (2011/2012, dados não publicados)
  11. Aspectos históricos • Século XX – Mídia digital • Maior armazenamento • Velocidade de divulgação – Criação da NLM (década de 1980) • Novos desafios – “Quantificação da ciência” (cienciometria) • Índices matemáticos – Journal Citation Report (JCR) - 1955 Santos et al. (2011/2012, dados não publicados)
  12. Cienciometria • Conjunto de técnicas matemáticas aplicadas à quantificação e qualificação da produção científica. – Derivada da bibliometria; – Foco em periódicos e patentes: • # de produtos (quantidade) • # citações (utilidade, aplicação prática, relevância) – Útil na avaliação de periódicos, pesquisadores, instituições e países. 12 http://pt.wikipedia.org/wiki/Cienciometria
  13. Reflexos da Cienciometria • Qualificação dos periódicos científicos – Publicação em melhores periódicos – Visibilidade do produto científico – Valorização da citação • Diferenciação dos pesquisadores • Concessão de recursos • Progressão profissional Santos et al. (2011/2012, dados não publicados)
  14. Exemplo I: Michael Pollock x Riess (Nobel de Física 2011) 14 http://www.skopus.com
  15. Exemplo II: Cenário Produtivo Brasil 2009/2010 15 http://www.scimagojr.com/mapgen.php? country=BR&year=2009&maptype=cn&un=a&x=h&y=citasxitem&z=item&area=0
  16. Transição dos Tempos 16 Publicar Publicar nos periódicos qualificados Visão Tradicional Visão Contemporânea
  17. Abordagem da Apresentação • Fontes de informação • Breve histórico da cienciometria e sua conceituação • Indicadores cienciométricos • Análise crítica dos indicadores 17
  18. JCR - Journal of Citation Report • Métrica do Thomson Reuters – International Science Institute • Número de citações, estimado, para um periódico em dois anos • Comparação e avaliação entre diferentes periódicos – Desde que de uma mesma área de conhecimento JCR (2011)= # Citações em (2011) das publicações (2009 e 2010) # de Publicações (2009 e 2010) http://thomsonreuters.com/
  19. IF, Immediacy Index e Cited Half Life 19 Triaridis e Kygidis (2010). Hippokratia 14 (Suppl. 1): 5-12
  20. Onde Encontrar o JCR 20
  21. Índice H • Indicador de qualidade do pesquisador • Impacto acumulativo de um determinado pesquisador pela quantidade de citações da sua produção • X trabalhos com pelo menos X citações – Michael L. Pollock • H = 17 # Artigos Citações 1 22 2 19 3 10 4 4 5 3 6 2 7 1 8 1 Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  22. Onde Encontrar o Índice H 22 Scopus Scimago
  23. Scimago Journal Rank - SJR • Indicador do Scimago – Normaliza o impacto de uma citação em uma determinada área de conhecimento – Citação realizada em uma área menos provável possui maior valor • Migração de informação – Tenta prever o tempo em que um artigo impactaria uma determinada área http://www.scimagojr.com/help.php#rank_journals
  24. Onde Encontrar o Índice SJR 24 http://www.scimagojr.com
  25. Índice H contemporâneo – Foco: tempo de atividade – Compensação da não diminuição do índice H • Pós aposentadoria – Atribui pesos para cada publicação conforme a sua “idade” • Artigos citados precocimente (< 4 anos) valem mais • Artigos citados com 4 anos valem 1 • Artigos citados tardiamente (> 4 anos) valem menos Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  26. Quociente – M • Foco: tempo de atividade • Comparar pesquisadores com tamanho de produção e tempo de carreira diferentes – Corrige a vantagem do # de anos ativos de um pesquisador antigo x pesquisador jovem • Quociente-M = Índice H / # Anos em produtividade Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  27. Variações do Índice H (HI, HInorm e hm) • Foco: Coautoria • Objetivo de normalizar o efeito da coautoria • HI – HI = Índice H / # de autores dos artigos • Hinorm – Hinorm = # de citações do artigo / # de autores do artigo • Índice H multi-autoral (hm) – Contagem reduzida das citações para casos de co-autoria Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  28. JCR x C/D 28 Rocha-e-Silva. CLINICS 65(4):351-355, 2010
  29. JCR x SJR 29 Rocha-e-Silva. CLINICS 65(4):351-355, 2010
  30. Índice G • Foco: diferenciação pelo número de citações • Valoriza os artigos mais citados • G = # artigos com ^2 imediatamente < soma de citações – G = 7 – H = 4 # Artigos Citações # Artigos ^2 8 22 64 7 19 49 6 10 36 5 4 25 4 3 16 3 2 9 2 1 4 1 1 1 Soma 62 Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  31. Onde Encontrar os Demais Índices 31 http://www.harzing.com/pop.htm
  32. Report Software Publish or Perish 32 Papers: 97 Cites/paper: 35.72 h-index: 23 AWCR: 276.30 Citations: 3465 Cites/author: 1179.81 g-index: 58 AW-index: 16.62 Years: 16 Papers/author: 32.05 hc-index: 16 AWCRpA: 104.00 Cites/year: 216.56 Authors/paper: 3.52 hI-index: 6.78 e-index: 51.22 hI,norm: 18 hm-index: 10.85 Query date: 14/10/2011 Hirsch a=6.55, m=1.44 Contemporary ac=4.32 Cites/paper 35.72/3.0/0 (mean/median/mode) Authors/paper 3.52/4.0/4 (mean/median/mode) 4 paper(s) with 1 author(s) 15 paper(s) with 2 author(s) 24 paper(s) with 3 author(s) 35 paper(s) with 4 author(s) 19 paper(s) with 5 author(s) Índices do desempenho e estratégias do pesquisador Contagens absolutas das informações do pesquisador Indicadores derivados do índice HÍndices ajustados pela “vida” de cada produção Alguns índices contemporâneos, com correções diversas Distribuição da estratégia de colaboração http://www.harzing.com/pop.htm
  33. Abordagem da Apresentação • Fontes de informação • Breve histórico da cienciometria e sua conceituação • Indicadores cienciométricos • Análise crítica dos indicadores 33
  34. Interferências nos critérios • JCR - principal indicador – Auto citações do periódico • Periódicos • Pesquisadores – Artigos com grande potencial de citação • Textos metodológicos (novos procedimentos) • Textos de revisão – Redes de relacionamento • Ghost writers
  35. Motivos para Auto Citações • Tradição entre os pesquisadores – Valorização do próprio trabalho – Continuidade e evolução de projetos – Prática espúria – Isso é monitorado! • Indicação de algumas revistas – Textos metodológicos • Rhea MR. Determining the magnitude of treatment effects in strength training research through the use of the effect size. J Strength Cond Res. 2004 Nov;18(4):918-20. – Sugestões declaradas • “Be sure to include appropriate articles from the Journal to which the article is submitted.” 35
  36. Controle das Auto-Citações - Efeito sobre o JCR 36 AM J REPROD IMMUNOL 1.931 224 54 170 116 1.466 -24,1% ANIM REPROD SCI 0,701 110 23 87 157 0,554 -21,0% BIOL REPROD 3.257 726 265 461 530 2.757 -15,4% EUR J OBSTET GYN R B 0,449 169 19 150 376 0,399 -11,1% HUM REPROD 1.328 627 * 627 472 1.328 0,0% INVERTEBR REPROD DEV 0,899 98 8 90 109 0,826 -8,1% J REPROD FERTIL 2.211 1287 209 1078 582 1.852 -16,2% J REPROD IMMUNOL 1.442 137 20 117 95 1.232 -14,6% MOL REPROD DEV 2.003 597 107 490 298 1.644 -17,9% OXFORD REV REPROD B 1.765 30 * 30 17 1.765 0,0% REPROD DOMEST ANIM 0,565 39 2 37 69 0,536 -5,1% REPROD FERT DEVELOP 1.493 221 40 181 148 1.223 -18,1% REPROD NUTR DEV 0,579 84 10 74 145 0,51 -11,9% REPROD TOXICOL 0,859 79 26 53 92 0,576 -32,9% SEMIN REPROD ENDOCR 0,347 25 * 25 72 0,347 0,0% SEX PLANT REPROD 1.659 136 38 98 82 1.195 -28,0% Reproductive Systems Journals Delta % (A/D) JCR Impact Factor Cites in 1992 to 1990-91 Articles Self-Cites in 1992 to 1990-91 Articles (A-B) Minus self- Cites Articles Published 1990-91 (C/D) Revised Impact Factor http://thomsonreuters.com/
  37. Exclusão pelo JCR da Revista Brasileira de Farmacognosia 37 http://www.scielo.org/php/index.php
  38. Babado Recente... • Suspensão para 2012 do JCR – Acta Ortopedica Brasileira – Clinics – Jornal Brasileira de Pneumologia – Revista da Associação Médica Brasileira 38
  39. Comparação do JCR Entre as Áreas 39 Rose Olthof . How to Get Published. Apresentação Fio Cruz, Rio de Janeiro, 2011
  40. Comparação do JCR Entre as Áreas: CS x MED 40 0 2 4 6 8 10 Medicina Ciências Sociais Fator de Impacto (JCR) http://www.scimagojr.com
  41. JCR - Estratégia para aumento do JCR • Aumento do numerador – Auto citações – Relevância dos estudos – Relevância dos pesquisadores – Número de pesquisadores • Ameaça da auto citação • Diminuir o denominador – Baixa quantidade de artigos aceitos por revista • Estratégia da revista x benefício da ciência – Impacto sobre os PPG JCR (2011)= # Citações em (2011) das publicações (2009 e 2010) # de Publicações (2009 e 2010)
  42. Recurso do Número de Artigos de Revisão 42 http://www.skopus.com
  43. Considerações Sobre o Índice H • Vantagem – Sensível à produção x impacto – Múltiplas aplicações • Pesquisadores, países, instituições etc. • Limitações – Sensível à idade do pesquisador – Não regride – Influenciado pela auto citação – Influenciado pela multi-autoria 43 Harzing A-W. The Publish or Perish Book. 1st ed. Melbourne VIC: Tarma Software Research Pty, 2011. 256 p.
  44. Utilidades do Índice H - Países 44 Brasil Argentina Portugal EUA Índice H 253 183 191 1190 Documentos 325549 93075 99351 5285514 Documentos citáveis 315102 90135 95994 4934052 Citações 2203616 814586 873105 94410591 Auto citações 716178 185945 183305 43892266 (%) 33% 23% 21% 46% Citações por documento 6,77 8,75 8,79 17,86 1996-2010 Indicadores http://www.scimagojr.com
  45. Utilidades do Índice H - Países 45 http://www.scimagojr.com
  46. Br x Ar x Pt - # de Documentos • > produção Br • Mudanças 2003/2004 46
  47. Br x Ar x Pt - Colaboração Internacional • Pt: > interação internacional • Tendência “-” • Br = Ar 47
  48. Br x Ar x Pt - Índice H • Índice H: Integração Quant x Quali • Br > Ar ≥ Pt 48
  49. Br x Ar x Pt - Ameaça ao Índice H: Auto Citação • Padrão semelhante ao # Citações • Tendência Natural 49
  50. Possível diferenciação / superioridade 50
  51. SJR x IF - Scimago 2010: Orthopedics and Sports Medicine 51 http://www.scimagojr.com/journalrank.php? area=2700&category=2732&country=all&year=2010&order=sjr&min=0&min_type=
  52. Indexação • PubMed – Escopo e cobertura – Qualidade do conteúdo – Qualidade do trabalho e corpo editorial – Qualidade da produção – Audiência – Tipos de conteúdo – Periódicos de língua estrangeira (inglês) – Cobertura geográfica http://www.pubmed.com
  53. Revisão por pares • Qualidade do manuscrito • Entretanto... – Histórico e prestígio dos autores – Instituição de origem – Proteção à ideologias pessoais – Tendência à aprovação dos estudos com “significância estatística” (2/3) – Circuito extremamente fechado • Muitas vezes independente da qualidade do manuscrito • Periódicos em plataforma aberta – Revisão metodológica – Adequação à revista
  54. PitBull Reviewers 54 Walbot. J Biol 8:24, 2009
  55. Impacto direto sobre os PPG nacionais • CAPES – Quantidade de produção • Nº de produtos – Qualidade da produção (Área 21, 2007-2009) • A1 – JCR ≥ 1,85 – H ≥ 70 • A2 – JCR ≥ 1,35 – H ≥ 25 • B1 – JCR < 1,35 – H < 25 • Desvalorização dos livros – Sem julgamento prévio – Incertezas sobre a pontuação
  56. Considerações Finais • Informações fundamentais para pesquisadores e alunos • Interpretação crítica do JCR • Necessidade de adequação dos critérios brasileiros – Área 21 trabalhando nesta proposta – Minha sugestão (se é que posso...): • Se for utilizar o JCR – Normatização dos impactos pelo pico das subáreas • Investigar outras opções – SJR – Variações do H 56
  57. Colaboradores 57 Bruno Oliveira Bruno Viana
  58. Agradecimento... 58
  59. Perguntas? 59 Santos TM, Barra da Tijuca - Recreio, 18.9.2011

×